Você está na página 1de 2

MEMORIAL

DISCIPLINA HOMEM, PENSAMENTO E CULTURA : ABORDAGEM

FISIOLOGICA E ANTROPOLOGICA

PROFESSORA - REGINA CELIA

A escola é o espaço da diversidade reunindo homens e mulheres, crianças e


adultos, negros e brancos, alunos, professores e funcionários, todos com o
papel de valorizar e respeitar a cultura com e pelas quais diferentes pessoas e
grupos sociais se fazem, chamam-se e sentem-se humanos. Lendo o material
de estudo disponibilizado, deparamos com o relato de que homens e
mulheres não nascem humanos ,mas se tornam humanos pelas
transformações que realizam na natureza. Essas transformações chamamos
de cultura ,na cultura as gerações mais velhas educam as gerações mais
novas ao mesmo tempo. Mas o que é cultura ? Cultura é um conjunto de
respostas de grupos sociais diferentes são modos de viver que fazem de
homens e mulheres seres diferentes entre si: diversas culturas diferentes. O
cultivo que as gerações mais velhas fazem das gerações mais novas é a
endoculturação , ou transmissão cultural parte importante da educação
humana, por fim a tarefa social da educação . Cabe a escola encarregada de
ensinar ou criar as condições para que as crianças jovens e adultos possam
aprender valores específicos para responder as necessidades do modo de
viver .A unidade 2 discorre sobre Dever humano, linguagem educação: , ela
nos relata sobre como compreendermos a importância da linguagem para o
dever humano e para a educação de homens e mulheres, pois nela é possível
registrar acontecimentos, falar do mundo, expressar o que acontece no nosso
corpo e pensamento sobretudo ,na linguagem nos relacionamos de tal modo
que ela é fundamental para ensinar e para aprender a viver humanamente .A
linguagem que falamos é um tipo de linguagem verbal , a linguagem permite a
comunicação quando pessoas a compartilham sabem usa-la e interagem entre
si por meio dela. Por meio da linguagem ,duas ou mais pessoas podem
conversar, questionar-se e negociar sentidos. A comunicação e o dialogo
possibilitam que, na relação com os outros casos podemos construir consensos
ou afirmar nossas diferenças, em ambos os casos, construímos e refletimos
juntos uns com os outros e aprendemos. Devir humano e educação: Esta
unidade trata da importância em pensar um pouco sobre as relações entre
trabalho, educação e escola. O trabalho é essencial para a produção do mundo
humano, pois é trabalhando que homens e mulheres o constroem e
transformam. Com o trabalho nos educamos uns aos outros com ou sem
consciência de que estamos fazendo. Podemos ensinar valores na escola
utilizando e aproveitando os espaços onde existe interação entre pessoas que
possam expressar suas experiências, valores, costumes, modo de ser, enfim,
suas diferenças. Assim, todos se educam, ensinando e aprendendo com os
outros, o que sabem através do diálogo. Acontecendo assim o devir humano.
Na escola todos se educam e são educados. Todos têm responsabilidade pelo
que fazem em relação à humanidade. Fizemos uma reflexão dos valores na
construção da humanidade, compreendendo-os e sabendo os tipos existentes.
Os valores estéticos, éticos e políticos podem ser construídos e desconstruídos
na escola. Dentro dela podemos ensiná-los utilizando e aproveitando os
espaços onde existe interação entre pessoas que expressam suas
experiências, valores, costumes, modo de ser, enfim, suas diferenças. Assim,
ensinando e aprendendo com os outros.