Você está na página 1de 27

O Empreendedor

n  “O empreendedor é alguém que


percebe uma oportunidade e cria uma
organização para atingir essa
oportunidade”
Bygrave.Willian D.

n  “Acredita-se hoje que o empreendedor


seja o motor da economia, um agente
de mudanças”
Dolabela.Fernando
O Empreendedor
n  “O empreendedor é responsável pelo
processo de destruição criativa, sendo
impulso fundamental que aciona e mantém
em marcha o motor capitalista
constantemente, criando novos produtos,
novos métodos de produção, novos mercados
e implacavelmente sobrepondo-se ao antigos
métodos menos eficientes e mais caros”
Schumpeter, Joshep
O contexto atual da
administração

n  A nova economia

n  A nova organização

n  O novo funcionário


A nova economia
n  Fronteiras nacionais insignificantes
n  Mudanças tecnológicas – informações acessíveis
n  Oportunidades ao conhecimento
n  Diversidade cultural da população
n  Responsabilidades sociais da empresa
n  Economia conduzida por pequenas empresas,
empreendedoras
n  Negócios conduzidos pelas necessidades dos clientes
A nova Organização
n  Cargos temporários
n  Mão-de-obra diversificada
n  Aprimoramento contínuo e satisfação do
cliente são essenciais
n  Enxugamento das estruturas
n  Foco no processo
n  Flexibilidade, descentralização, participação
n  Ética e responsabilidades
O novo funcionário

n  Empregos de baixa qualificação são mal


pagos
n  Segurança mínima no emprego
n  O funcionário é responsável pelo
desenvolvimento da sua carreira
n  Participante de equipes
n  A imprevisibilidade e instabilidade
aumentam o stress
Globalização
Globalização
TENDÊNCIAS

n  Nova qualificação operacional do trabalhador


n  Incremento da tecnologia de
manufatura=desemprego tecnológico
n  Aumenta o tempo do lazer e da arte, longevidade
n  Incremento na diversificação e qualificação de
serviços e surgimento do estilo de vida internacional
n  Preocupação ambiental e escassez de matérias-
primas
Globalização
RESULTADOS

n  Aumento da concorrência mundial


n  Surgimento dos blocos econômicos
n  Abertura para o comércio internacional
n  Internacionalização direta ou indireta das
organizações
n  Anseios diferenciados de clientes
n  Uniformização de hábitos de consumo
n  Maior preocupação com o coletivo
O Empreendedor
Perfil comportamental do
empreendedor

n  Qualidades do empreendedor

n  Fatores de sucesso de pequenas


empresas

n  Virtudes do empreendedor


Qualidades dos empreendedor
n  Assumir riscos conscientemente
n  Aproveitar oportunidades, atenção,curiosidade
n  Conhecer o ramo
n  Saber organizar, recursos, tempo, dinheiro
n  Tomar decisões, certas, no tempo
n  Ser líder, comunicador, sensível, intuitivo
n  Ter talento
n  Ser independente
n  Manter o otimismo
n  Tino empresarial
Fatores de sucesso de pequenas
empresas

n  Valores associados à carreira do


empreendedor

n  Habilidades gerenciais

n  Habilidades interpessoais


Virtudes do empreendedor
Cunha, Cristiano

n  1. Virtudes de apoio


VISÃO, ENERGIA, COMPROMETIMENTO,
LIDERANÇA, OBSTINAÇÃO, CAPACIDADE DE
DECISÃO

. 2. Virtudes Superiores
CRIATIVIDADE, INDEPENDÊNCIA, ENTUSIASMO/
PAIXÃO
Empreendedor x jogador
n  O empreendedor não é um
jogador:
n  O jogador ama o risco.

n  O empreendedor corre riscos


calculados.
Transformando idéias em
negócios
A revolução do
empreendedorismo

“O empreendedorismo é uma
revolução silenciosa, que será para
o século 21 mais do que a
revolução industrial foi para o
século 20” (Timmons, 1990)
Empreendedorismo, o que é?
Historicamente, empreendedorismo tem sido definido
como uma maneira diferenciada de alocação de
recursos e otimização de processos organizacionais,
sempre de forma criativa, visando à diminuição de
custos e melhoria de resultados.
Percebe-se ainda que o termo é constantemente
relacionado à criação de novos negócios, geralmente
micro e pequenas empresas. Por trás destes negócios
estão indivíduos diferenciados, conhecidos por
empreendedores.
Empreendedorismo, o que é?
Isto tem gerado certa confusão de definições, pois
muitas pessoas têm considerado o empreendedorismo
como sendo sinônimo do ato de abrir empresas.

Definições mais abrangentes mostram que o


empreendedorismo vai além do ato de abrir
novas empresas e que pode estar relacionado a
vários tipos de organizações, em vários estágios
de desenvolvimento.
Exemplos de definições
clássicas

A Harvard Business School à empreendedorismo é a


identificação de novas oportunidades de negócio,
independentemente dos recursos que se apresentam
disponíveis ao empreendedor.

O Babson College à empreendedorismo é uma maneira


holística de pensar e de agir, sempre com obsessão
por oportunidades, e balanceada por uma liderança.
Detalhando um pouco mais…

O ato de empreender está relacionado à identificação,


análise e implementação de oportunidades de
negócio, tendo como foco a inovação e a criação de
valor.

Isto pode ocorrer através da criação de novas


empresas, mas também ocorre em empresas já
estabelecidas, organizações com enfoque social,
entidades de natureza governamental etc.
Aplicações do
empreendedorismo
O empreendedorismo aplica-se a uma variedade de organizações
em seus vários estágios de desenvolvimento, como por
exemplo:
n  Uma pequena empresa em início de desenvolvimento

n  Uma média empresa em fase de crescimento

n  Uma empresa familiar em fase de profissionalização

n  Uma ONG (Organização Não Governamental)

n  Em entidades e órgãos públicos

n  Em associações e cooperativas

n  Em empresas já estabelecidas, que buscam renovação e

crescimento
Quem é o empreendedor?
Para que o empreendedorismo ocorra nas organizações
haverá a necessidade de pessoas que o façam
acontecer, ou seja, os empreendedores.

“O empreendedor é aquele que faz acontecer, antecipa-se aos


fatos e tem uma visão futura da organização” (Dornelas, 2001)

“O empreendedor é aquele que destrói a ordem econômica


existente através da introdução de novos produtos e serviços,
pela criação de novas formas de organização, ou pela
exploração de novos recursos e materiais” Joseph Schumpeter
(1949)
Empreendedorismo é o envolvimento
de pessoas e processos

n  O empreendedor é aquele que percebe uma


oportunidade e cria meios (nova empresa,
área de negócio, etc.) para persegui-la.

n  O processo empreendedor envolve todas as


funções, ações, e atividades associadas com
a percepção de oportunidades e a criação de
meios para persegui-las
O empreendedor
n  Em qualquer definição de empreendedorismo
encontram-se, pelo menos, os seguintes
aspectos referentes ao empreendedor:
n  Iniciativa para criar/inovar e paixão pelo o que faz
n  Utiliza os recursos disponíveis de forma criativa
transformando o ambiente social e econômico
onde vive
n  Aceita assumir os riscos e a possibilidade de
fracassar
Quem é o empreendedor?
Alta

Inventor Empreendedor
Criatividade e
Inovação
A grande Gerente,
maioria Administrador

Baixa Alta

Habilidade e cohecimento gerencial


Empreendedorismo +
Inovação =Prosperidade