Você está na página 1de 9

PROVA-MODELO DE AFERIÇÃO – PORTUGUÊS 5.

º ANO Proposta 1
ANO LETIVO: ________ / ________ ANO DE ESCOLARIDADE: 5.º Ano DATA: ______ / ______ / ______
NOME: _______________________________________________________________________________________________________ N.º: ________ TURMA: ________
CLASSIFICAÇÃO: ______________________ PROFESSOR: ________________________________ ENC. DE EDUCAÇÃO: _________________________________

GRUPO I

Para responderes aos itens que se seguem, vais ouvir um texto sobre um novo
órgão do corpo humano1.

Assinala com X, nos itens de 1. a 4., a opção que completa corretamente cada frase, de
acordo com o sentido do texto.

1. A divulgação da descoberta de um novo órgão foi feita através de


A.  um comunicado.
B.  notícias.
C.  um aviso.
D.  livros científicos.

2. O mesentério foi identificado


A.  recentemente. 1
B.  há exatamente quinhentos anos.
C.  há muito tempo.
D.  na obra quinhentista Mona Lisa.

3. O órgão encontra-se
A.  no cérebro.
B.  à solta no organismo.
C.  no aparelho digestivo.
D.  junto ao aparelho digestivo.

4. Em relação à função do mesentério, os cientistas


A.  já chegaram a conclusões.
B.  estão em fase de conclusão dos estudos.
C.  ainda não a identificaram.
D.  não estão interessados no assunto.

1Acesso através do link https://www.rtp.pt/play/zigzag/p2739/e273758/1-minuto-de-ciencia-por-dia-nao-


sabes-o-bem-que-te-fazia .

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
GRUPO II

Texto A

Lê o texto.

Até os gatos vão sair do Bolhão (e podem ir morar para sua casa)

1 Fazem parte do Mercado do Bolhão, por muito que alguns comerciantes passem
o tempo a enxotá-los das bancas. Outros, até camas lhes fazem aos seus pés. Na
antecipação das obras, o PAN e duas associações pelos direitos dos animais querem
arranjar-lhes outra casa. Quem quer acolher um gato do Bolhão?
5 São muitos os clientes que, quando param na banca de Rosa Maria, se
encantam não com o que está à venda mas com o que se esconde por baixo da mesa.
É que foi ali que Francisca, uma gata de pelo cinzento e temperamento meigo, decidiu
que ia passar a dormitar. «Ela começou por ir para a banca da minha colega, mas
deitava tudo ao chão e aquilo não resultou bem», conta ao PÚBLICO a comerciante de
10 50 anos, 40 deles passados ali, no Mercado do Bolhão, no Porto.
De relações quase cortadas com a outra lojista, Francisca começou a conquistar
Rosa Maria que, por afeções de nome, antes só comprava comida para a Maria, outra
2
das gatas que mora no Bolhão e que terá de encontrar uma nova casa quando o
mercado entrar em obras.
15 É isso que Bebiana Cunha, representante do PAN na Assembleia Municipal do
Porto, e cinco voluntários de duas associações de proteção animal andaram a tentar
fazer durante a manhã do Dia Mundial do Gato, que se celebra a 17 de fevereiro. «Esta
gata, se calhar, ia melhor consigo», tenta António Manuel, da Miacis, uma organização
que promove o controlo populacional de animais errantes. «Não posso. Sabe que eu já
20 tenho dois que também trouxe daqui, depois de alguém os ter abandonado», devolve
Rosa Maria. «Eu bem que ando a ver se arranjo alguém que a leve, mas não está fácil.»
Há cerca de três semanas, quando tentaram fazer a primeira contagem, além de
Francisca, registaram mais 14 gatos. Depois de uma visitante ter levado para adoção
quatro crias e a mãe, este sábado, restavam dez. «Estamos a prever que destes metade
25 sejam adotáveis», diz Bebiana Cunha. Os restantes, com temperamentos pouco dados
a pessoas e espaços fechados, deverão ser esterilizados e posteriormente
reintroduzidos em colónias preexistentes.
https://www.publico.pt/2018/02/19/local/reportagem/ate-os-gatos-vao-sair-do-bolhao-e-podem-ir-morar-
para-sua-casa-1803520 (consultado a 20 de fevereiro de 2018 e com supressões)

30

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
1. Assinala com X, nos itens de 1.1 a 1.3, a opção que completa cada frase, de acordo
com o texto.

1.1 A expressão «enxotá-los das bancas» (linha 2) significa

A.  chamá-los para as bancas.


B.  atraí-los para as bancas.
C.  expulsá-los das bancas.
D.  arrastá-los para longe das bancas.

1.2 A gata Francisca

A.  não se relaciona com nenhuma das comerciantes do Bolhão.


B.  relaciona-se apenas com algumas comerciantes do Bolhão.
C.  relaciona-se com todas as comerciantes do Bolhão.
D.  não costuma ir ao Bolhão.

1.3 A intenção de retirar os gatos do Bolhão deve-se ao facto de

A.  se irem realizar obras neste mercado.


B.  haver comerciantes que não se relacionam com eles. 3

C.  haver comerciantes que os expulsam das suas bancas.


D.  muitas pessoas os quererem adotar.

2. Classifica as afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F), segundo as informações


do texto.

Afirmações V F
a. Todos os comerciantes do Bolhão se comportam do mesmo modo
em relação aos gatos.
b. A gata Francisca é brava e destemida.
c. A comerciante Rosa Maria começou a ir para o Mercado do Bolhão
com apenas dez anos.
d. Rosa Maria preocupa-se em arranjar donos para os gatos.
e. Nem todos os gatos do Bolhão estão preparados para serem
adotados.

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
2.1 Corrige as afirmações falsas.
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

3. Transcreve do texto a frase que comprova que os gatos ficarão sem abrigo quando o
Mercado do Bolhão entrar em obras.
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

Texto B

Lê o texto.

O mesmo rapaz de sempre

1 Quando o rapaz viu a maçã 4


que reluzia ao sol,
lambeu o lábio superior três vezes.
Como um gato.

5 Agora só faltava roubá-la,


que a maçã tinha dono.
O sr. Horta conhecia cada maçã do seu pomar.
Contava-as todas as noites,
antes de se ir deitar.
10 Tinha tanto medo de ser roubado
por um rapaz mais esperto
que dormia acordado:
um olho fechado, o outro aberto.

Era um homem prevenido o sr. Horta,


15 mas era apenas um homem.
E o rapaz era mais do que um rapaz:
pousou as mãos na terra sem hesitar
e caminhou de gatas,
corpo tenso e arqueado,
20 como um tigre, ou um jaguar.

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
Caladinho como um rato,
esperou com paciência a sua vez
e só então chegou ao cimo do muro
com um salto de gamo.
25 Depois pulou de pedra em pedra
como uma cabra montês.

Já dentro do pomar colou-se ao chão


e, de repente, esqueceu braços e pernas
para rastejar na relva.
30 Como um caimão, ou uma serpente.

De ramo em ramo,
como um macaco,
trepou até ao cimo da macieira,
onde comeu a maçã sem a limpar
35 e cuspiu as pevides para longe.

Quando o sr. Horta deu um tiro para o ar,


deixou-se cair e correu para a rua
com o rabo entre as pernas.
Como um coiote, ou um chacal.

40 No fim de tudo era um rapaz,


5
o mesmo rapaz de sempre:
um magnífico animal.

Álvaro MAGALHÃES (2015). O limpa-palavras e outros poemas. Alfragide: Asa

4. Transcreve a expressão que revela a grande vontade de o rapaz comer a maçã.


_____________________________________________________________________

5. Seleciona a única opção que completa corretamente a frase, assinalando-a com X.


O rapaz «era mais do que um rapaz» (verso 16), porque
A.  afinal, tinha companhia.
B.  já era um homem.
C.  era a junção de rapaz e de vários animais.
D.  tinha características especiais.

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
6. Preenche o quadro seguinte, enumerando os vários animais com os quais o rapaz se
assemelhava.
Lambe a boca.
Anda em quatro patas, com o corpo em
arco.
Não fala nem faz barulho.
Dá grandes saltos.
Pula e saltita.
Rasteja.
Trepa e descasca alimentos com a boca.
Corre depressa.

7. Indica o recurso expressivo que se repete ao longo do texto para destacar as


características do rapaz.
_____________________________________________________________________

8. Explica como reagiu o sr. Horta ao furto da maçã.


_____________________________________________________________________

9. Como conclusão, o sujeito refere que o rapaz era «o mesmo rapaz de sempre» (verso 6
41).
9.1 Explicita o sentido da expressão «magnífico animal» (verso 42).
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

10. Completa as frases.


O poema é constituído por ________________ versos.
Os versos estão organizados em _______________ estrofes.
A primeira estrofe é uma _______________.
A última estrofe é um _______________.
No poema, não há rima, com exceção dos versos ______________ e
_______________.

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
GRUPO III

1. Associa as formas verbais sublinhadas nas frases da coluna A aos tempos do modo
indicativo da coluna B. Escreve, em cada espaço da coluna A, o número correspondente
da coluna B.

Coluna A Coluna B
a. O rapaz viu a maçã. 1. Futuro
b. A maçã tinha dono. 2. Pretérito mais-que-perfeito
c. O sr. Horta terá de vigiar melhor o 3. Pretérito perfeito
seu pomar.
d. A maçã é um fruto delicioso. 4. Presente
e. Antes de ter tentado ir buscar a 5. Pretérito imperfeito
maçã, o rapaz tinha lambido o lábio
três vezes.

2. Assinala, na respetiva coluna, se as palavras sublinhadas nas frases são pronomes


ou determinantes.
Pronome Determinante
a. O sr. Horta conhecia todas as maçãs do seu pomar.
b. A maçã que o rapaz viu era aquela.
c. O pomar do sr. Horta é maior do que esse.
7
d. A nossa fruta é muito saborosa.

3. Transforma a frase seguinte numa frase negativa.


O rapaz roubou-a.
_____________________________________________________________________

4. Indica a função sintática desempenhada pelas expressões sublinhadas nas frases.


4.1 Ó rapaz, não entres nesse pomar!
____________________________________________________________________
4.2 O sr. Horta era muito precavido.
____________________________________________________________________
4.3 O rapaz cobiçou uma maçã.
____________________________________________________________________
4.4 O dono do pomar pregou-lhe um susto.
____________________________________________________________________
4.5 O rapaz e o sr. Horta são muito diferentes um do outro.
____________________________________________________________________

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
5. Circunda quatro palavras da família de animal.
animação animado animalesco animalaço
animalejo animador anichar animalada

6. A partir do nome comum coletivo, apresenta o nome comum.


EXEMPLO: Vara – conjunto de porcos
a. Pomar – conjunto de ________________
b. Gataria – conjunto de ________________
c. Cabrada – conjunto de ________________

GRUPO IV

Imagina que conhecias o pomar do sr. Horta.


Escreve um texto descritivo, no qual apresentes as características desse lugar.
O teu texto, com um mínimo de 120 e um máximo de 200 palavras, deve incluir:
– um título adequado;
– a referência ao dono do pomar;
– adjetivos e expressões valorativas.
8

_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________ 9
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________
_____________________________________________________________________

www.raizeditora.pt
Rita Mendes e Sónia Costa • Volta e meia 5 / Português
© Raiz Editora, 2018 • Todos os direitos reservados.