Você está na página 1de 2

Paróquia de S Martinho de Cucujães

Catequese Familiar
____________________________________________________________________

0 - I TRODUÇÃO

A Paroquia de S Martinho de Cucujães implementou no ano 2008/2009 um novo modelo


de catequese: Catequese Familiar “Pais com Cristo”

O Pároco, Padre Artur elaborou um livro por trimestre "PAIS COM CRISTO" para os pais
orientar os filhos na catequese feita em casa aos (o livro segue as catequeses do guia da
catequese do SNEC)
Metodologia:
Os pais reuniam com o Sr. Padre e dois animadores, uma vez por mês: Esses encontros
dividiam-se em dois tempos. No 1º tempo o Sr Padre fazia a catequese aos pais;
O 2º tempo, destinava-se a troca de experiencias e orientações para uma vida melhor, como….
Durante a semana os pais transmitiam aos filhos os ensinamentos recebidos preparando-os para
o encontro semanal com o catequista.

Este modelo terminou este ano 2012/2013 para aderir ao novo projeto da Catequese Familiar
proposto pelo SNEC, por iniciativa do Padre Artur de Matos.

1 – CATEQUESE FAMILIAR A PAROQUIA DE S. MARTI HO DE CUCUJAES

Atendendo á experiencia anterior de trabalho com os pais o Pároco (Sr. Padre Artur Bastos)
não hesitou em avançar para o novo modelo de catequese familiar proposto pelo SNEC.

As matrículas para o 1º ano Catequese 2012 / 2013 foram anunciadas aos pais na Folha
Paroquial “Espírito e Vida” a partir de 17 de Junho com a seguinte informação:
• “Os pais cujas crianças façam seis (6) anos até 31 de dezembro deste ano devem
matriculá-las na Catequese, no mês de julho.
• Para isso haverá três (3) reuniões informativas nos dias 17 / 18 / 19 de julho. %o dia
19 será entregue a ficha de matrícula para ser entregue até fins de julho, na Casa
Paroquial.”

1.1 – Objetivos das reuniões:


• Orientar os pais na caminhada catequética que os filhos vão iniciar;
• Expor o novo modelo de catequese familiar;
• Convidar à reflexão familiar, para optar pelo modelo de catequese a seguir

1.2 - Criação de uma equipa paroquial de catequistas e animadores familiares, para implementar
o novo modelo de catequese “Catequese Familiar”

1.3 - Elaboração da programação provisória

1.4 - Pontos fracos:


- Na equipa ninguém tinha formação em catequese familiar
- As reuniões em massa (com os pais) dificultaram o dialogo e a mensagem não foi
compreendida;
- Os pais sentiram medo de algo desconhecido, que não compreenderam, que parecia muito
trabalhoso e de muito tempo;
- Não houve convites personalizados;
- Poucos catequistas

______________________________________________________________________________________________
Catequese Familiar 2012/2013 (FP)
Paróquia de S Martinho de Cucujães
Catequese Familiar
____________________________________________________________________
1.5 – Pontos positivos:
- O trabalho em equipa para compreender o método e organizar o processo
- O Estudo, a investigação, as Jornadas Nacionais
- Os pais que aderiram
- Os meios disponibilizados pela Paróquia.

2 – IMPLEME TAÇÃO DO PROJETO


Apesar dos pontos fracos inscreveram-se provisoriamente na Catequese familiar 20 crianças.
A equipa dói constituído por:
- O Pároco, 4 catequistas (sendo um casal) e uma catequista colaboradora da equipa

2.1- Reuniões Introdutórias

Na 1ºreunião introdutória apresentou-se o novo modelo de catequese.


Estabeleceu-se a discussão do horário, do dia para a “vinda à paróquia” mas, foi impossível
compatibilizar o horário e o dia com todos os pais (iniciamos apenas com um grupo, por falta de
catequistas) alguns pais optaram por seguir a catequese “normal”
Ficaram 6 crianças.
(anexos I -II - III)

3 – PROGRAMAÇÃO

(Anexo IV)

4 – AVALIAÇÃO DOS 1ºS PASSOS

4.1 - Pontos fracos:


- Na equipa ninguém tem formação em catequese familiar
- As reuniões em massa (com os pais) dificultaram o dialogo e a mensagem não foi
compreendida;
- Os pais sentiram medo de algo desconhecido, que não compreendiam, que parecia muito
trabalhoso e de muito tempo;
- Não houve convites personalizados;
- Poucos catequistas;
-Sem instrumentos de avaliação do processo.

4.2 – Pontos positivos:


- O trabalho em equipa para compreender o método e organizar o processo;
- O Estudo, a investigação, as Jornadas Nacionais;
- Os pais que aderiram;
- A dinâmica de grupo criada;
- Os meios disponibilizados pela Paróquia;

______________________________________________________________________________________________
Catequese Familiar 2012/2013 (FP)