Você está na página 1de 15

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA

CONCESSÃO DE AUTORIZAÇÃO JUDICIAL PARA


COMPRA DE MEDICAMENTO

Abaixo, seguem os procedimentos que deverão ser observados, bem como


os documentos necessários para ajuizamento de ação judicial que visa a aquisição
da substância FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA, produzida pelo laboratório
PDT Pharma com sede na cidade de Cravinhos – São Paulo.

ATENÇÃO: Os documentos abaixo solicitados, deverão estar em nome da


pessoa que fara uso do medicamento (autor da ação). Quando se tratar de pessoa
menor de 18 anos, deverá ser enviado cópia dos do RG, CPF e Comprovante de
Endereço de seu representante, além da certidão de nascimento do (a) menor.

Obs. O representante do menor poderá ser o pai, a mãe ou seu


representante legal.

DOCUMENTOS:

1) Documentação Pessoal – maiores de 18 anos: (CPF, RG) ou RNE – Registro Nacional


de Estrangeiros (em caso de estrangeiro residente ou domiciliado no país));

2) Comprovante de Residência: Conta de Agua ou Luz, se não houver qualquer outro


tipo de documento que comprove a residência do requerente. Caso a pessoa more
com parentes e não haja comprovante de endereço providenciar uma declaração
simples e assinada informando que a pessoa tal reside com ela.

3) Laudos Médicos: É necessário digitalizar os laudos médicos que comprovem a


NEOPLASIA MALIGNA (Câncer);
IMPORTANTE:

1º PASSO: Favor enviar todos os documentos SCANEADOS em formato PDF


para o e-mail: jeffersonvaz@uol.com.br ou juridico@vivafosfo.org

2º PASSO: Você receberá resposta do e-mail contendo PROCURAÇÂO,


DECLARAÇÃO DE HIPOSSUFICIENCIA e DECLARAÇÃO DE
RESPONSABILIDADE, em documentos anexos.

3º PASSO: Estes documentos deverão ser impressos e assinados (podendo ser


de próprio punho). Não é necessário reconhecimento de firma da
assinatura.

4º PASSO: Quando os documentos estiverem devidamente preenchidos e


assinados, deverão ser digitalizados (scaneados) em formato PDF,
em seguida, enviados como resposta no mesmo e-mail.

Em caso de dúvidas, entre em contato através dos seguintes


telefones/whatsapp:

(11) 99675.7545 (Dr. JEFF VAZ – VIVO / WHATSAPP)


(11) 99633.5434 (EDITH VAZ – Assistente Jurídica)
(11) 4623.0240 (ESCRITÓRIO – FIXO)
(11) 3591.7776 (ESCRITÓRIO - FIXO)
INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Com relação aos honorários advocatícios, bem como a taxa de manutenção


do processo, entrega e outras despesas, estes, serão tratados diretamente com o
Advogado, respeitando a TABELA da ORDEM DOS ADVOGADOS do BRASIL –
OAB.

Quanto aos valores referentes a substância, após a concessão da


autorização judicial, estes deverão ser pagos por meio de depósito bancário em
conta sob a titularidade da PDT Pharma, cujos valores serão posteriormente
informados, pois poderão sofrer alterações dependendo da quantidade de
fosfoetanolamina a ser adquirida.

ATENCIOSAMENTE
LISTA DE CARTEIRAS DA ORDEM DOS ADVOGADOS PARA CONSULTA
PROCURAÇÃO

(NOME) ____________________________________________________________________________
(NACIONALIDADE) ________________________, (ESTADO CIVIL) ____________________,
(PROFISSÃO) ________________________________ (RG) _____________________________
(ESTADO EMISSOR) _____________, inscrito no CPF sob número ___________________________,
residente e domiciliado na cidade de ______________________, estado _____________________ na
(RUA / AVENIDA)___________________________________________________________________
(NUMERO)____________, CEP ____________________________.
E-MAIL: ________________________________________ TELEFONE ____________________________

OUTORGADO: DR. JEFFERSON SABON VAZ, BRASILEIRO, SOLTEIRO, ADVOGADO, inscrito na


OAB/SP sob número 340.731 e OAB/RS 106.860 no CPF sob número 275.694.358-42, com
escritório em OSASCO/SP, na Avenida Santo Antonio, 1090 – 1º andar, Bela Vista, CEP: 06086-060,
com endereço eletrônico para intimações, e-mail: jeffersonvaz@uol.com.br.

PODERES: O OUTORGANTE nomeia e constitui os OUTORGADOS seus procuradores, conferindo os


mais amplos e ilimitados poderes para o foro geral, com cláusula "ad judicia et extra" para em
qualquer Juízo, Instância ou Tribunal, propor contra quem de direito as ações competentes e
defendê-lo nas contrárias, seguindo uma as outras, até decisão final, usando recursos legais e
acompanhando-os, conferindo-lhes, ainda, poderes especiais para confessar, desistir, transigir,
firmar compromissos ou acordos, receber e dar quitação, bem como efetuar o levantamento de guias e
depósitos judiciais, agindo em conjunto ou separadamente, podendo ainda substabelecer a outrem, com
ou sem reserva de iguais poderes, dando tudo por bom, firme e valioso com o fim específico de
defender seus interesses.

FINALIDADE: Os poderes outorgados poderão ser exercidos, especialmente para propor/defender os


interesses da parte outorgante exclusivamente nos processos judiciais que visem a OBTENÇÃO DA
FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA.

(CIDADE) ____________________ (DATA) ________________________________

(ASSINATURA)
DECLARAÇÃO de HIPOSSUFICIENCIA

(NOME) ____________________________________________________________________________
(NACIONALIDADE) ________________________, (ESTADO CIVIL) ____________________,
(PROFISSÃO) ________________________________ (RG) _____________________________
(ESTADO EMISSOR) _____________, inscrito no CPF sob número ___________________________,
residente e domiciliado na cidade de ______________________, estado _____________________ na
(RUA / AVENIDA)___________________________________________________________________
(NUMERO)____________, CEP ____________________________, nos termos da Lei nº 8.213/91, que
determina a isenção de impostos e taxas ao portador de Câncer, do qual declara-se portador, e ainda
se aplicando, declarar-se para fins de concessão do benefício da gratuidade de justiça, nos termos da
lei 1.060/50.
E por ser verdade, o declarante firma a presente.

(CIDADE)_____________________ (DATA) ________________________________

(ASSINATURA)
TERMO DE CONSENTIMENTO E RESPONSABILIDADE
PARA USO COMPASSIVO

Eu _____________________________________________________________
, estou ciente que, em relação à substância fosfoetanolamina sintética, há testes
clínicos sendo realizados porem, ainda não comprovados os fins terapêuticos e
que o uso desta não substitui as terapias convencionais, bem como
comprometo-me a realizar exames periódicos para acompanhar a evolução
do tratamento assumindo os riscos de eventuais efeitos colaterais dele
advindos. Assim, pelo artigo 13º e 14º do texto da RESOLUÇÃO DA
DIRETORIA COLEGIADA nº 38 da ANVISA de 12 de Agosto de 2013, “in
verbis”:

DO PROGRAMA DE USO COMPASSIVO


Art. 13. Para o uso compassivo, a anuência da Anvisa é pessoal e
intransferível.
Parágrafo único. O uso compassivo não admite formação de grupos e/ou
inclusão de pacientes na mesma solicitação.
Art. 14. O medicamento disponibilizado deverá apresentar evidência científica
para a indicação solicitada ou estar em qualquer fase de desenvolvimento
clínico, desde que os dados iniciais observados sejam promissores e que se
comprove a gravidade da doença e a ausência de tratamentos disponíveis.

DATA: __________________, ____ de ___________ de _______

______________________________________________________

Assinatura
CONTRATO DE HONORARIOS ADVOCATÍCIOS

Pelo presente instrumento


particular, que entre si fazem, de um lado como CLIENTE, e assim
doravante indicado, (NOME) ___________________________

______________________________________________
(NACIONALIDADE____________, (PROFISSÃO)______________,
(ESTADO CIVIL) __________________, portador da cédula de
identidade RG sob nº ____________________ SSP/______,
inscrito no CPF sob nº ______________________, residente
e domiciliado na (RUA/AVENIDA)________________________
(NUMERO)_________ (COMPLEMENTO)_____________________
(BAIRRO)__________________, CEP: _________________ e
qualificado em epígrafe e de outro lado como CONTRATADO, assim
doravante indicado, JEFFERSON SABON VAZ, brasileiro, advogado,
solteiro, portador da cédula de identidade com RG sob o nº
32.067.890-8, inscrito no CPF sob nº 275.694.358-42, inscrito na
Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/SP sob nº 340.731, OAB/RS
sob o nº 106.680 e OAB/MG sob nº 179.027 com escritório
profissional na Avenida Santo Antonio, 1090 – 1º andar, Bela
Vista, Osasco/SP, CEP: 06086-060, ajustam entre si, com fulcro
no artigo 22 da Lei nº 8.906/94, mediante as seguintes
cláusulas e condições:
CLÁUSULA PRIMEIRA

O advogado, ora CONTRATADO, se


obriga a prestar os seus serviços profissionais para patrocinar
os interesses e direitos do CLIENTE em procedimento
administrativo de AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER COM PEDIDO DE
ANTECIPAÇÃO DE TUTELA INAUDITA ALTERA PARTE e/ou OUTRAS
AÇÕES JUDICIAIS OU ADMINISTRATIVAS PARA ALCANCAR O OBJETIVO
PRETENDIDO.

Parágrafo Único: Somente é objeto


deste instrumento a prestação de serviços advocatícios para ações
em sede de juízo “Ad Quo”, primeira instância com demais recursos
na segunda instância, até sentença final de primeira instância,
SALVO combinado diferente com o contratante.

CLÁUSULA SEGUNDA

O CLIENTE, que reconhece já haver


recebido a orientação preventiva comportamental e jurídica para a
consecução dos serviços, fornecerá ao CONTRATADO os documentos e
meios necessários à comprovação processual do seu pretendido
direito, bem como pagará as despesas judiciais que decorrem da
causa.

CLÁUSULA TERCEIRA

Em remuneração pelos serviços


profissionais ora contratados serão devidos honorários
advocatícios, no valor informado de R$ 2.477,88 (Dois
mil quatrocentos e setenta e sete reais e oitenta e oito centavos)
a serem pagos na totalidade no início do processo, sendo
também cobrada taxa administrativa de R$ 50,00 (cinquenta
reais) pagos mensalmente para administração da ação
eventuais gastos administrativos.

No caso das buscas no PDT –


PHARMA (liminares concedidas) SOMENTE SERÃO COBRADOS A
TITULO DE CUSTO DE DILIGENCIA 286,80 (Duzentos e oitenta e
seis reais e oitenta centavos) JÁ INCLUSOS DILIGENCIAS,
E GASTOS OPERACIONAIS COMO GASOLINA E PEDAGIO.

Parágrafo Primeiro – Os honorários


ajustados no presente serão cobrados independentemente se a
demanda terminar de forma amigável ou judicialmente.

Parágrafo Segundo – A respectiva


quitação será dada quando da emissão do respectivo RECIBO com
quitação total e/ou mediante comprovante de depósito em conta
corrente do BANCO DO BRASIL, Agência 6838-1, Conta Corrente
6378-9, FAVORECIDO: JEFFERSON SABON VAZ, Nada Mais.

CLÁUSULA QUARTA

Outras medidas judiciais


necessárias, incidentais ou não, diretas ou indiretas,
decorrentes da causa ora contratada, estarão inclusas no valor
dos honorários estipulados com o CLIENTE.
CLÁUSULA QUINTA

Considerar-se-ão vencidos e
imediatamente exigíveis os honorários ora contratados, caso do
CLIENTE vier a revogar ou cassar o mandato outorgado ao
Contratado ou a exigir o substabelecimento sem reservas, sem que
este tenha, para isso, dado causa.

CLÁUSULA SEXTA

Os honorários de condenação
(sucumbência), se houver, pertencerão ao Advogado, sem exclusão
dos que ora são contratados, de conformidade com os artigos 23 da
Lei nº 8.906/94 e 35, parágrafo 1º, do Código de Ética e Disciplina
da Ordem dos Advogados do Brasil.

Caso a demanda seja convertida em


perdas e danos os honorários advocatícios “ad exetum” serão da
ordem de 30% (trinta por cento) do montante recebido a esse título,
sejam eles multas, indenizações, ou qualquer outra pecúnia
recebida.

Caso sejam necessárias diligencias


fora do domicílio do escritório do advogado, esta será combinada
previamente com CLIENTE, sendo como base da quilometragem a
quantia de R$ 0,98 (noventa e oito centavos) por quilometro rodado.
Ademais fica fixado, caso haja necessidade, o valor de um salário
mínimo vigente à época para diligencia a serem somados ao valor
das despesas supramencionados. (somente aplicável aos casos
necessários com a entrega pessoal do medicamento)

No caso das buscas no PDT – PHARMA


SOMENTE SERÃO COBRADOS A TITULO DE CUSTO DE DILIGENCIA 286,80
(Duzentos e oitenta e seis reais e oitenta centavos) JÁ INCLUSOS
DILIGENCIAS, E GASTOS OPERACIONAIS COMO GASOLINA E PEDAGIO.

CLÁUSULA SÉTIMA

O Advogado Contratado fica


autorizado a deduzir, dos valores recebidos para o CLIENTE, a
importância referente a honorários e despesas, mediante prestação
de contas, conforme preceitua o artigo 35, §2º, do Código de Ética
e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil.

CLÁUSULA OITAVA

A atuação profissional do
Advogado Contratado ficará restrita ao Juízo da causa, em
todas as instância, até sentença final. A indicação de
advogados para acompanhamento de recursos nos Tribunais
Superiores, bem como para acompanhamento de eventuais cartas
precatórias será do Contratante, caso este prefira os serviços
de outros profissionais da sua confiança pessoal.

CLÁUSULA NONA
Elegem as partes o foro da Comarca
de São Paulo, para dirimir controvérsias que possam surgir do
presente contrato, podendo o Advogado optar pelo foro de
residência do CLIENTE.

E por estarem assim justos e


contratados, assinam o presente em duas vias de igual forma e
teor, na presença de duas testemunhas, para que possa produzir
todos os seus efeitos de direito.

DATA: (DIA/MÊS/ANO): _____________

________________________________

CONTRATANTE

________________________________

TESTEMUNHA 1

________________________________

TESTEMUNHA 2

JEFFERSON SABON VAZ


ADVOGADO
OAB / SP 340.731
OAB / RS 106.680
ANEXO 1 – CONTA PARA DEPOSITO DE HONORARIOS

Segue abaixo conta para deposito de honorários

Banco: BANCO DO BRASIL


Agência: 6838-1
Conta Corrente: 6378-9
Titular: JEFFERSON SABON VAZ
CPF: 275.694.358-42