Você está na página 1de 5

A IGREJA

REGIMENTO INTERNO

Regimento Interno Juventude Viver em Cristo

Esse regimento interno tem por objetivo organizar a participação dos jovens da ADVC
envolvidos nas atividades da Juventude Viver em Cristo. Seguindo normas e critérios básicos
aqui estabelecidos para o seu funcionamento.

Líder da Juventude Viver em Cristo:

.........

Regente:

Solistas:

Objetivo Principal da Juventude Viver em Cristo:


Ajuntar unir os jovens da igreja levando-os a uma consciência pura de
uma verdadeira adoração a Deus baseada nos princípios da palavra de Deus, para que todos
entendam e percebam o verdadeiro significado do louvor, crendo que Deus está no nosso meio
e se alegra em receber nossa adoração.

Atividades do Líder da Juventude Viver em Cristo:


- Desenvolver na Juventude: característica própria de adorador cuidando da parte espiritual e
técnica.
- Elaborar “ou designar quem o faça” escalas mensais de Solistas
- Promover “ou designar quem o faça” louvores nos cultos oficiais e em outras reuniões na
igreja.
- Colaborar “ou designar quem o faça” juntamente com as equipes nos eventos especiais da
igreja.
- Selecionar “ou designar quem o faça” os louvores para os ensaios.
- Promover o desenvolvimento da Juventude entre todas as faixas etárias da igreja.
- Desenvolver na Juventude ministerial cuidando da área espiritual dos membros através de
acompanhamento, aconselhamento e oração, sendo uma referência para os integrantes das
equipes em caso de dificuldades em geral.

Perfil para participar da Juventude Viver em Cristo:


- Ter cuidado ao vestuário observando que nossa igreja preserva os bons costumes adotados
pelas demais Igrejas Assembléia de Deus no Brasil
- Ser assíduo aos cultos diários.
- Não faltar a escola bíblica dominical EBD
- Ser submisso as autoridades instituídas na igreja.
- Participar de programações em outras igrejas só será possível sob orientação e autorização do
pastor.
- Ter um coração humilde (consciência de que somos servos e precisamos servir a Deus e ao
próximo).
- Ser exemplo dos fiéis dentro e fora da igreja (dar testemunho).
- Ter comunhão diária com Deus através da oração e leitura da palavra.
- Ser comprometido com Deus e sua obra (esta Igreja).
- Estar em plena comunhão com o corpo de Cristo.
- Estar disposto (a) a participar de ensaios, e aberto á receber instruções.

Compromisso dos membros das equipes:


- Ter tempo disponível para participar dos ensaios.
- Ser assíduo aos ensaios, cultos, reuniões, grupos familiares e outros trabalhos da igreja.
- Os membros das equipes em efetivo exercício de suas funções deverão estar envolvidos com
estudo e treino de suas atividades (voz e outros).

Passos para se envolver nas equipes:


- Procurar a liderança da Juventude

Atividades a serem desenvolvidas na Juventude Viver em Cristo:


- Reuniões periódicas para reavaliação (das equipes)
- Reuniões informais para integração dos jovens
- Participação de programações em outras igrejas só será possível sob orientação e autorização
do pastor através da liderança da juventude.
- Promover cultos especiais e eventos voltados a louvor e adoração
- Consagração dos jovens: vigílias, jejum, reunião de oração, estudo da palavra e outros.
- Participação nos eventos e programações especiais da igreja.
- Confraternização: Cine Crente Pipoca e outros a serem desenvolvidos.

Regimento criado em 17/09/2010


Modificado em 30/07/2016

REGIMENTO INTERNO DO CORPO DE OBREIROS (AUXILIARES)

Igreja Assembléia de Deus Ministério Viver em Cristo

- Para atender aos diversos serviços, tanto espirituais quanto materiais, a ADVC constituirá seu
corpo de obreiros, separando dentre os membros, pastores, evangelistas, presbíteros, diáconos
e cooperadores, observando o Art. 8o do Estatuto da Igreja.

COOPERADORES
- Para serem separados cooperadores os candidatos deverão satisfazer os requisitos abaixo
descritos:
a) Ser participante frequente dos cultos e reuniões da igreja;
b) Ser pontual, procurando estar antes dos horários de culto e reuniões;
c) Ser batizado nas águas por imersão e participante frequente da santa ceia do Senhor;
d) Ter bom testemunho na Igreja local e fora dela;
e) Ser membro integrado da igreja a um período não inferior a seis meses;
f) Ser perceptível o seu comprometimento com a igreja local e sua administração;
g) Ter vocação para o trabalho em questão.
h) Possuir espírito humilde e cooperador;
i) Ser dizimista fiel;
j) Ter cuidado ao vestuário observando que nossa igreja preserva os bons costumes adotados
pelas demais Assembléia de Deus no Brasil (para cultos e ensaios ou qualquer outra reunião no
interior da igreja mesmo quando se tratar de limpeza da mesma sendo com portas abertas ou
fechadas vestuário masculino calça e camisa).
k) Ser aprovado pelo ministério local;
OBS - Os candidatos a cooperadores lhes é exigida a seguinte documentação:
a) Ficha cadastral atualizada do candidato c/ 2 fotos 3x4 atualizadas;
b) Cópia simples dos documentos pessoais e familiares (Cédula de Identidade, Certidão de
Casamento ou de Nascimento).
c) Cooperadores vindos de outro ministério acrescentar também carta de apresentação.

– São atribuições dos COOPERADORES:


a) manter a ordem e reverência no templo e suas dependências;
b) visitar enfermos e demais irmãos que não podem congregar-se;
c) prestar assistência a órfãos, viúvos (as), idosos (as) e necessitados;
d) desempenhar outras funções administrativas ou espirituais atribuídas pelo Ministério Local.

DIÁCONOS e PRESBÍTEROS
– Para serem separados a diáconos e presbíteros os candidatos deverão satisfazer os requisitos
constantes de I Tm 3.1-4.
– Deve ser observado ainda o seguinte:
a) Ser batizado com o Espírito Santo;
b) Ter bom testemunho na Igreja local e fora dela;
c) Possuir espírito humilde e cooperador;
d) Ser dizimista fiel;
e) Ser aprovado pelo ministério local;
f) Ser casado civilmente, sendo a esposa membro da igreja.
OBS - Os candidatos a diáconos e presbíteros lhes é exigida a seguinte documentação:
a) Ficha cadastral atualizada do candidato c/ 2 fotos 3x4 atualizadas;
b) Cópia simples dos documentos pessoais e familiares (Cédula de Identidade, Certidão de
Casamento ou de Nascimento).
c) presbíteros e diáconos vindos de outro ministério acrescentar também carta de
apresentação.

– São atribuições dos DIÁCONOS:


a) manter a ordem e reverência no templo e suas dependências;
b) preparar a mesa da Ceia, distribuir a ceia, inclusive fazer a aquisição do pão e vinho para
essa reunião;
c) recolher as contribuições financeiras de cada culto, quando for solicitado para esta função;
d) visitar enfermos e demais irmãos que não podem congregar-se;
e) prestar assistência a órfãos, viúvos (as), idosos (as) e necessitados;
f) estabelecer e coordenar programas sociais que garantam a cidadania e a justiça dos irmãos
na fé, desde que supervisionado pelo seu dirigente;
g) desempenhar outras funções administrativas ou espirituais atribuídas pelo Ministério Local.
– São atribuições dos PRESBÍTEROS:
a) desempenhar as mesmas atribuições previstas aos cargos de evangelistas e pastores, desde
que previamente comissionados para tais pelo pastor presidente da ADVC, com exceção de
celebrar casamentos;

EVANGELISTAS e PASTORES
- Do candidato ao ministério (evangelistas e pastores) lhes é exigida a seguinte documentação:
a) Cópia autenticada da ata da Assembléia-Geral que aprovou a consagração do candidato;
b) Cópia autenticada da Certidão de Casamento ou Nascimento do candidato (Inciso V do
Estatuto da CADEESO);
c) Declaração de Idoneidade Moral e Espiritual, do candidato (inciso VI do Estatuto da
CADEESO);
d) Declaração que o candidato está há mais de três anos como membro da igreja (Inciso VII do
Estatuto da CADEESO);
e) Original do Atestado de Sanidade Mental (Inciso V do Estatuto da CADEESO);
f) Originais das Certidões Negativas dos Cartórios Criminais e Cíveis (Inciso IX do Estatuto da
CADEESO);
g) Cópia autenticada do Certificado do Curso de Ensino Fundamental, ou, na falta deste,
Declaração fornecida pelo Pastor Presidente da Igreja que apresentar o candidato, atestando
que o mesmo sabe ler e escrever (inciso X do Estatuto da CADEESO);
h) Cópia autenticada do comprovante de conclusão do Curso de Formação Teológica, ou
declaração da instituição de ensino teológico atestando que o candidato esteja cursando o
último ano;
i) Cópia da Cédula de Identidade e do CPF;
j) Certidão Negativa do SPC e SERASA.
k) Quatro fotos atualizadas 2 fotos 3x4 2 fotos 2x2;
l) Ficha de Cadastro do Candidato a ingresso na CADEESO, devidamente preenchida e assinada
pelo candidato;
m) Ficha da CGADB, devidamente preenchida e assinada pelo candidato.

– São atribuições dos EVANGELISTAS E PASTORES:


a) pregar o evangelho de Cristo;
b) dirigir cultos, conhecendo suas naturezas;
c) celebrar casamentos, santa ceia e outras celebrações que se fizerem necessárias;
d) ungir enfermos, apresentar crianças e outras necessidades afins;
e) visitar os membros da comunidade evangélica, tomando conhecimento de suas
necessidades para ajudá-los;
f) dirigir igrejas, desde que para isso hajam sido designados;
g) desempenhar todas as demais tarefas inerentes a esses cargos;

OBSERVAÇÕES GERAIS:
- Os evangelistas e pastores membros do Ministério Local, são membros da Convenção Geral
das Assembléias de Deus no Brasil - CGADB e Convenção das Assembléias de Deus no Estado
do Espírito Santo e Outros - CADEESO, exceto os evangelistas autorizados.

- O Pastor, Evangelista, Presbítero ou Diácono vindo de outro campo ministerial da Igreja


Assembléia de Deus, para exercer as atividades inerentes ao cargo, estará sujeito ao
cumprimento de um período probatório de 6 (seis) meses.

- Fica a cargo da Convenção das Assembléias de Deus no Estado do Espírito Santo e Outros -
CADEESO a aprovação e ordenação dos Ministros, Evangelistas e Pastores, indicados pela ADVC
de que trata este Regimento Interno.

- Aos membros do Ministério local, quando autorizados para o exercício de qualquer função de
caráter ministerial, serão fornecidas autorizações correspondentes às respectivas funções, as
quais deverão estar assinadas pelo Pastor Presidente e pelo 1º (primeiro) Secretário do
Ministério Local.

- Os certificados ou autorizações, concedidos aos membros do Ministério Local, serão cassados


ou suspensos a qualquer tempo, em caso de suas condutas tornarem-se incompatíveis com os
preceitos cristãos contidos nas Sagradas Escrituras ou com as regras de conduta impostas pelas
normas legais vigentes, bem como se contrariarem as normas estabelecidas no presente
Regimento Interno.

Regimento criado em 17/09/2010


Modificado em 17/09/2010