Você está na página 1de 5

EXERCÍCIO 5 - Durkheim

Componentes:

- Cristiano Eugênio

- Paulo Mesquita

- Philippe Marlon

9º EMET

1. Tostão, craque do Cruzeiro e da seleção brasileira nos anos 60 e 70, escreveu,

recentemente, um artigo em que defende sua liberdade de opinar mesmo
recentemente,
um
artigo
em
que
defende
sua
liberdade
de
opinar
mesmo

contrariando o que ele julga ser uma unanimidade, ou quase, entre torcedores e

comentaristas de futebol. Escreveu ele: Se você discordar dos milhares de chavões

e lugares-comuns que são repetidos um milhão de vezes nas ruas e nos programas

esportivos, vai levar uma tremenda vaia, mesmo se tiver ótimos argumentos. A

vaia será maior ainda se negar algumas lendas que existem no futebol, mesmo que

tenha vivido os fatos. Querem que você minta para si próprio. TOSTÃO. Querem

que eu diga o mesmo. Folha de S. Paulo, 02 mar. 2014. Caderno D, Esporte, p. 3.

Explique detalhadamente qual é o conceito elaborado por Durkheim que melhor

nos ajuda a entender a queixa e a rebeldia do ex-jogador cruzeirense.

O conceito que melhor se aplica aqui é o de consciência coletiva, uma espécie de fato

social. Basicamente, a consciência coletiva é o que dita aos indivíduos de certo grupo

social as ideias passíveis de aceitação majoritária dentro daquele grupo, isto é, o que é

certo, o que não é, o que é verdadeiro ou não, etc. Em seu texto, Tostão opõe-se à

consciência

coletiva

com

a

intenção

de

sobressair

sua

consciência

individual.

2. Alan Chalmers, especialista em filosofia da ciência publicou em 1976 (edição

brasileira da Brasiliense de 1993) o livro: O que é ciência afinal? A sinopse para o

público brasileiro é a seguinte: A Ciência deve parte de sua alta estima ao fato de

ser

vista

como

"religião

moderna",

desempenhando

hoje

papel

similar

ao

cristianismo na Europa, em séculos passados. Mas como se construiu a base para

natureza da ciência, o inglês Alan F. Chalmers investiga por que o homem

contemporâneo dedica uma fé cega ao que chamamos respeitosamente "método

científico". (Disponível em http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/352093/o-

que-e-ciencia-afinal.

Acesso

em

02/04/2014.

Qual é o conceito de Durkheim que melhor reflete as ideias de Chalmers sobre a

ciência? Explique de forma rigorosa e detalhada.

Émile Durkheim considerava que em um mundo sob constante mudança somente a ciência ou um novo racionalismo seria capaz de explicar ou indicar vias de explicação para as questões mais complexas que fossem emergentes. Durkheim afirma também que

a sociologia é um ponto de vista que vem se afirmando nas diversas ciências sociais,

despontando nos bons trabalhos de história do direito, da religião ou da economia. Não basta, somente, a sustentação filosófica ou metodológica da sociologia. É necessário praticá-la, comprová-la e é preciso mostrar, com resultados substantivos, que

o método preconizado é fértil.

3. A característica mais importante da controvérsia metodológica que animou uma

acesa polêmica entre intelectuais europeus no século XIX foi a cisão, estabelecida

como uma crítica ao positivismo, entre as ciências da natureza e as ciências do

espírito, ou da cultura. Wilhelm Dilthey, filósofo alemão, foi uma figura
espírito,
ou
da
cultura.
Wilhelm
Dilthey,
filósofo
alemão,
foi
uma
figura

exponencial neste debate. Dilthey revela em sua obra uma percepção muito aguda

dos problemas que sua época levanta para o estudo dos fenômenos histórico-

sociais. Seu pensamento articula-se em torno de três grandes oposições: entre o

mundo histórico criado pelo homem e a natureza não criada por ele; entre a

explicação dos fenômenos a partir de seu exterior, no caso da natureza, e a

compreensão interna das obras humanas, no caso da história. (COHN, Gabriel.

Crítica e resignação? fundamentos da sociologia de Max Weber. São Paulo: T.A.

Queiroz

,

1979.

P.

15).

Durkheim elabora seu projeto intelectual (a criação de uma ciência da sociedade, a

sociologia) alinhando-se aos defensores de um método único para as ciências

naturais e as sociais ou compartilha com Dilthey métodos diferenciados para as

ciências da natureza e para as ciências históricas (isto é, ciências sociais ou

Durkheim elabora seu projeto intelectual alinhando-se aos defensores de um método

único para as ciências naturais e sociais pois, em sua visão, o funcionamento da

sociedade é regido por leis alheias aos homens, assim como a natureza. Seguindo a

linha positivista, ele propunha que as ciências sociais podiam ser analisadas de modo

semelhante às ciências naturais, como parte destas. Não obstante, Durkheim construiu

sua metodologia sobre os princípios do método científico, enxergando os fatos sociais

como “coisas” passíveis de quantização, permitindo o uso da estatística para análise das

questões sociais.

4. Examinem os dois textos a seguir.

Ao

desenvolver

sua

teoria

sociológica

do

totemismo,

o

antropólogo

inglês

Radcliffe-Brown comentou um livro de Durkheim, As Formas Elementares da

Vida Religiosa, e, entre outros pontos, destaca: Se posso reapresentar, com minhas

palavras, a teoria do totemismo de Durkheim seria a seguinte: um grupo social

como o clã só possui solidariedade e permanência se for objeto de sentimentos de

apego no espírito de seus membros. Para que tais sentimentos se mantenham vivos

devem, ocasionalmente, ser expressos de modo coletivo. Por uma lei que pode ser

prontamente verificada, segundo penso, todas as expressões coletivas regulares dos

sentimentos sociais tendem a assumir uma forma ritual. E no ritual, também por

uma lei inexorável, exige-se algum objeto mais ou menos concreto que possa atuar

como representante do grupo. (

)

E a função da atitude ritual para com o totem é

exprimir e deste modo manter viva a solidariedade do grupo social.

Radcliffe-Brown, A. R. Estrutura e função na sociedade primitiva. Petrópolis:

Editora Vozes, 1973. P. 156-157.

Por outro lado, ao analisar a contribuição de Norbert Elias para a análise da

evolução das teorias administrativas, Bejarano et al. apontam para algumas

características da administração clássica: Com o avanço no desenvolvimento

industrial americano do começo do século XX, proliferaram as filosofias de

gerenciamento com enfoque na produtividade do trabalhador e na padronização

das tarefas, influenciadas pelas ideias do engenheiro americano Frederick Taylor

(1856-1915) - conhecidas como Gerência Científica adotadas e expandidas pelo

empresário Henry Ford (1863-1947). A proposta de Taylor para a organização do

baseando

cada

fase

do

processo

de

trabalho

em

passos

cuidadosamente

cronometrados, com o intuito de eliminar processos longos e inúteis. (

)Henry

Ford aperfeiçoou o taylorismo através de dois princípios adicionais: a integração

das etapas do processo de trabalho (através do deslocamento, por meio de esteiras,

das partes dos trabalhos individuais) e a fixação dos trabalhadores em seus

designados postos de trabalho.

BEJARANO, V. C. et al. A Evolução das teoprias administrativas à luz da

sociologia

de

Norbert

Elias.

Disponível

em

http://www.uel.br/grupo-

estudo/processoscivilizadores/portugues/sitesanais/anais9/artigos/mesa_debates/art

29.pdf.

Acesso

em

02/04/2014.

Qual é o conceito proposto por Durkheim que melhor se ajusta à análise dos dois

textos? A seguir, indiquem a resposta mais adequada e expliquem com rigor a

escolha feita. O que interessa principalmente é a explicação da escolha.

(A) O texto de Radcliffe-Brown remete ao conceito de consciência coletiva, o de

Bejarano et al. ao de fato social.

(B) Ambos se referem ao conceito de solidariedade social. O de solidariedade

mecânica

no

primeiro

texto,

o

de

solidariedade

orgânica,

no

segundo.

(C) O texto de Radcliffe-Brown deve ser analisado a partir do conceito de

representações coletivas; o de Bejarano et al. ao de solidariedade mecânica.

(D) Os dois textos referem-se a fatos sociais, e por isto mesmo não podemos usar

outros conceitos elaborados por Durkheim, como os de consciência coletiva,

representações

coletivas

e

solidariedade

social.

(E) Todas as respostas estão corretas

Os dois textos me parecem exemplos claros da solidariedade social, introduzida por

Durkheim. A solidariedade mecânica é típica das sociedades menos complexas com

poucas classificações para os indivíduos. Já a solidariedade orgânica está certamente

presente nas sociedades industriais. O segundo texto expõe a grande divisão do trabalho

resultante de sua organização e padronização, propostas por Taylor e expandidas por

Ford, que gera

interdependência entre os indivíduos, ou seja, uma solidariedade

orgânica.
orgânica.

5. Em seu livro “Da Divisão do Trabalho Social”, Durkheim diz o seguinte: “O laço

de solidariedade social a que corresponde o direito repressivo é aquele cuja

ruptura constitui o crime; chamamos com este nome todo ato que, num certo grau,

determina contra seu autor aquela reação característica que se denomina pena”.

DURKHEIM, E. Da divisão do trabalho social?, in RODRIGUES, J. A. (Org.)

Durkheim:

sociologia.

São

Paulo:

Ática,

1984.

Qual é o procedimento metodológico adotado por Durkheim no texto citado?

Explique.

Basicamente, o procedimento metodológico de Durkheim consiste em um tripé:

1. Trabalhar e pensar os fatos sociais como coisas: Para Durkheim esta ideia é válida

porque os fatos sociais são externos aos indivíduos, dotados de existência própria;

2. Afastar-se do objeto de análise: Assim como Sócrates propôs, é preciso buscar a

essência das coisas, afastando-se das aparências e enganos que elas trazem.

3. Definição do objeto: Aqui é estabelecido o objetivo da análise.