Você está na página 1de 14

Primeira Avaliação Parcial de Bioquímica 16/17

1. À exceção de um, todos os eventos listados a baixo contribuem para a formação de


glicose pelo fígado, no estado de jejum. Indique essa EXCEÇÃO:
a) glicólise anaeróbia
b) lipólise no tecido adiposo
c) carboxilação do piruvato a oxalacetato na mitocôndira do hepatócito
d) formação de malonil-CoA no hepatócito
e) ativação da transferase I da palmitoil- carnitina da membrana externa da
mitocôndria

2. Inibe a glicogenólise muscular:


a) AMP
b) Ca2+
c) glicagina
d) glicose
e) insulina

3. Num ciclo completo do ciclo de Krebs nos hepatócitos, por cada molécula de acetil-
CoA formam-se:
a) 3 NADH, 1 FAD e 1 ATP
b) 3 NADH, 1 FADH2, 1 GTP e 2 CO2
c) 3 NADH, 1 FADH2, 2 GTP e 2 CO2
d) 3 NADPH, 1 FADH2 e 1 GTP
e) 3 NADH, 1 FADH2, 1 GTP e 1 CO2

4. Um dos seguintes fatores NÃO aumenta o risco de desenvolvimento de obesidade.


Indique-o:
a) obesidade paterna
b) peso baixo ao nascimento
c) restrição calórica materna na gravidez
d) peso alto ao nascimento
e) dieta hiperproteica

5. As lipoproteínas de muito baixa densidade (VLDL):


a) são ricas em triacilgliceróis e são mais pequenas que as HDL
b) transportam a maior parte do colesterol presente no plasma sanguíneo
c) estão aumentadas no plasma de indivíduos com diabetes tipo II
d) originam-se no enterócito aquando da absorção de lípidos
e) libertam a maior parte do seu conteúdo lipídico via interação com a lípase das
lipoproteínas hepática

6. A síntese de ácidos gordos é mais intensa quando:


a) a dieta é suplementada com biotina, riboflavina e ácido pantoténico
b) a concentração de ribose-5-fosfato está aumentada no citoplasma das células
c) a concentração plasmática de glicose e insulina aumentam
d) a AMPK fica no estado fosforilado
e) nenhuma das anteriores
7. Uma das seguintes correspondências está correta. Indique-a.
a) tiamina -> FAD
b) riboflavina -> folato
c) ácido nicotínico -> NAD
d) ácido pantoténico -> ácido lipoico
e) biotina -> coenzima A

8. Na patogenia da hipertriglericeramia observada na diabetes tipo II participa a


diminuição da atividade da lípase:
a) de lipoproteínas muscular
b) de lipoproteínas do adiposo
c) de lipoproteínas hepática
d) de triacilgliceróis do tecido adiposo
e) Hormono-sensível

9. Na intolerância hereditária à frutose a enzima em défice é a que catalisa a


conversão:
a) frutose -> frutose-6-fosfato
b) frutose -> frutose-1-fosfato
c) frutose- 1-fosfato -> gliceraldeído-3-fosfato + dihidroxiacetona-fosfato
d) frutose- 1-fosfato -> gliceraldeído + dihidroxiacetona-fosfato
e) sorbitol -> frutose

10. A oxidação dos ácidos gordos:


a) aumenta aquando da estimulação da acil-traférase I da carnitina pelo maloniI-CoA
b) diminui quando a desidrogenase do acil-CoA fica estimulada
c) é estimulada pela insulina e inibida pelo acetil-CoA
d) pode envolver uma redútase de Δ2-trans- Δ4-cis- dienoil-CoA
e) leva de FADH2, NADH, NADPH e acetil-CoA

11. Se um dado indivíduo adulto aumentou o seu peso de 70 para 90 kg é de esperar


que, relativamente ao estado inicial, a:
a) despesa energética em repouso diminua
b) massa isenta de gordura aumente
c) síntese de leptina diminua
d) concentração de ácidos gordos livres plasmáticos diminua
e) produção de tri-iodotironina diminua

12. Na síntese de proteoglicanos que contêm sulfato de condroitina, é substrato dador


na transferência do primeiro resíduo glicídico à apoproteína:
a) UDP-glicurónico
b) UDP-xilose
c) CMP-N-acetil-neuramínico
d) GMP-fucose
e) GMP-manose
13. Haver, num determinado período de tempo, um aumento de peso de
10kg (em que 90% corresponde a aumento da massa de triacilgliceróis), é compatível
com haver, nesse período de tempo, um balanço energético positivo de:
a) 8,5 kcal
b) 85 kcal
c) 850 kcal
d) 8500 kcal
e) 85000 kcal

14. É uma reação fisiologicamente reversível:


a) redução de N5-N10-metileno-H4-folato a N5-metil-H4-folato
b) oxidação de N5-N10-metileno-H4-folato a N5-metil-H4-folato
c) redução de N5-N10-metileno-H4-folato a N5- N10- metenil-H4-folato
d) oxidação de N5-N10-metileno-H4-folato a N5- N10- metenil-H4-folato
e) a que é catalisada pela hidroximetiltranferase da serina

15. Quando um doente diagnosticado com défice de desidrogénase de acil-CoA de


cadeias médias tem gripe é uma medida profilática/terapêutica adequada:
a) reforçar a dieta com maltodextrinas
b) reforçar a dieta com óleos vegetais
c) restringir a ingestão de frutose e sacarose
d) administrar octanoil-glicina
e) administrar doses farmacológicas de vitamina B1

16. É um composto formado na via das pentoses-fosfato e pode ativar o ChREBP


(Carbohydrate response element binding protein)
a) glicose
b) 5-fosfato de xilulose
c) 5-fosfato de ribose
d) 5—fosforibosil-1-pirofosfato (PRPP)
e) 6-fosfato do D-gliconato

17. É uma ração catalisada no fígado por uma enzima que é mais ativa na forma
desfosforilada:
a) gliceraldeído-3-fosfato + NAD+ + Pi —>+ 1,3- bisfosfoglicerato +NADH
b) frutose-1,6-bisfosfato —> gliceraldeído-3-fosfato + dihidroxiacetona-fosfato
c) glicogénio(n resíduos de glicose) + Pi —> glicogénio(n-1 resíduos de glicose)+glicose-1-fosfato
d) fosfoenolpiruvato + ADP —> piruvato + ATP
e) glicose-1-fosfato —> glicose-6-fosfato
18. Na conversão de glutamato em glicose uma das enzimas listadas NÃO
está envolvida:
a) desidrogénase do lactato
b) desidrogénase do a-cetoglutarato
c) desidrogénase do succinato
d) desidrogénase do malato
e) desidrogénase do gliceraldeído-3-fosfato

19. A síntese de ácidos gordos:


a) é estimulada pelo citrato e pelos acis-CoA
b) ocorre nas mitocôndrias e nos peroxissomas
c) é um processo aeróbico
d) envolve a ação da carboxílase de acetil-CoA
e) nenhuma das anteriores

20. No ciclo de Krebs, o alfa-cetoglurato resulta diretamente da:


a) hidratação do malato
b) redução do succinato
c) deidratação do citrato
d) descarboxilação e oxidação do isocitrato
e) redução do glutamato

21. Acerca das lipoproteinas de baixa densidade (LDL) é verdade que:


a) originam as IDL após ligação aos recetores celulares da apo-B100 e interação com a
lecticin: cholesterol acytransferase (LCAT)
b) são compostas de colesterol e triacilgliceróis em igual proporção
c) cada partícula contém, como componente proteico, uma molécula de apo-B100
d) cedem apoC e apoE aos quilomicra e às lipoproteinas de muito baixa densidade (VLDL)
e) a maior parte do colesterol que transportam está na forma não esterificada

22. A rotenona é um composto que bloqueia a transferência de eletrões do NADH para


a coenzima Q. Por esta razão, quando adicionado a uma preparação de mitocôndrias
isoladas este composto impede a:
a) oxidação do piruvato e a consequente síntese de ATP
b) oxidação do succinato a fumarato e a consequente síntese de ATP
c) oxidação do glicerol-3-fosfato pela ubiquinona e a consequente síntese de ATP
d) oxidação do piruvato e a oxidação do succinato
e) oxidação do piruvato e a oxidação do glicerol-3- fosfato

23. Quando existe défice de vitamina B12 pode desenvolver-se uma anemia
megaloblástica em cuja patogenia participa a diminuição da atividade da:
a) carboxílase do propionil-CoA
b) mútase do L-metil-malonil-CoA
c) síntase da metionina
d) síntase do ácido δ-amino-levulínico
e) descarboxílase do glutamato
24. A formação de carboxi-glutamato envolve a vitamina:
a) A
b) B1
c) C
d) D
e) K

25. Acerca da frutose-2,6-bifosfato é verdade que:


a) é sintetizada pela forma fosforilada da enzima bifuncional
b) é inibidora da aldolase B
c) a sua concentração intracelular está aumentada no jejum
d) é ativadora da cínase 1 da frutose-6-fosfato
e) é ativadora da frutose-1,6-bifosfatase

26. O aminoácido limitante do alimento X é o ???. Se a concentração de ??? nesse


alimento for 2mg/g proteína e no alimento de referência (ovo) for 20mg/g proteína,
isso significa que:
a) o valor biológico desse alimento é 0,1
b) apenas 10% das proteínas do alimento serão utilizadas após a ingestão desse
alimento
c) o índice químico desse alimento é 0,1
d) o índice químico desse alimento é 10
e) o índice químico desse alimento é 10%

27. Qual destas vitaminas NÃO intervém na atividade da desidrogenase do piruvato?


a) tiamina
b) riboflavina
c) niancina
d) biotina
e) ácido pantoténico

28. O transporte de protões da matriz mitocondrial para o espaço intermembranar na


cadeia respiratória:
a) ocorre a favor do gradiente de concetração
b) é um processo exergónico
c) é um processo endergónico
d) ocorre nos complexos I, II e II da cadeia respiratória
e) ocorre nos complexos I, II e IV da cadeia respiratória

29. É característica clínica da glicogenose tipo II (doença de von Clarke):


a) hiperglicemia
b) hepatomegalia
c) acidose hepática
d) a e b estão corretas
e) b e c estão corretas
30. A reação catalisada pela fosforílase do glicogénio:
a) liberta UDP-glicose
b) necessita da vitamina B2
c) liberta glicose-1-fosfato
d) liberta glicose-1-fosfato e glicose
e) quebra ligações α-1,4 na extremidade redutora do glicogénio

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
D E B E C C C B D D
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
B B E A A B D A D D
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
C A C E D C D C E C
Segunda avaliação parcial de Bioquímica 16/17:

1. A incorporação do azoto do ião amónio na biossíntese de aspartato envolve


sequencialmente a atividade de 2 enzimas. Primeiro atua a:
a) Sintétase da glutamina e a seguir a transamínase do aspartato;
b) Transamínase do aspartato e a seguir a sintétase da glutamina;
c) Desidrogénase do glutamato e a seguir transamínase do aspartato;
d) Transamínase do aspartato e a seguir a desidrogénase do glutamato;
e) Sintétase da glutamina e a seguir desidrogénase do glutamato;

2. No estado alimentado:
a) A carboxílase do acetil-coA, a enzima bifuncional e a fosforílase do glicogénio estão
desfosforiladas e, portanto, activadas.
b) A insulina estimula a lípase hormono-sensível promovendo a hidrólise de
triacilgliceróis das lipoproteínas e consequentemente esterificação intracelular dos
ácidos gordos libertados.
c) A diminuição da concentração de frutose-2,6-bifosfato e desfosforilação da cínase
do piruvato estimulam a glicólise no fígado.
d) Aumenta a síntese de ácidos gordos e a sua libertação para a corrente sanguínea.
e) Nenhuma das anteriores.

3. É um anel pirrol com uma cadeia lateral de acetato e outra de proprionato:


a) Coprofirinogénio;
b) Protoporfirinogénio;
c) Porfobilinogénio;
d) Urobilinogénio;
e) Uroporfirinogénio;

4. É um processo estimulado pela insulina que contribui para a acumulação lipídica no


tecido adiposo:
a) Síntese de glicerol-3-P a partir de piruvato;
b) Fosforilação da lípase sensível à hormona (lípase hormono-sensível);
c) Fosforilação da carboxílase da acetil-CoA do adipócito;
d) Captação da glicose pelo adipócito (via GLUT4);
e) Captação da glicose pelo adipócito (via GLUT1);

5. É verdadeiro:
a) A concentração de amónio na veia porta é normalmente zero;
b) A glutamínase renal é mais ativa numa situação de acidose metabólica.
c) O N-acetil-glutamato inibe a atividade da sintétase de carbamoil-fosfato.
d) A deficiência da transcarbamílase da ornitina origina acidúria orótica.
e) A L-alanina e o L-glutamato podem interconverter-se por ação da desidrogénase do
glutamato
6. É uma proteína (ou não proteína) de origem hepática cuja concentração aumenta
no plasma na maioria das situações de caquexia:
a) Proteína C reativa;
b) Interleucina;
c) Albumina;
d) Cortisol;
e) Citocinas pró-inflamatórias;
7. A principal enzima envolvida na regulação da síntese de colesterol:
a) Sintétase da HMG-CoA;
b) Desidrogénase da HMC-CoA;
c) Líase do HMG-CoA
d) Redútase do HMG-CoA;
e) Síntase do colesterol

8. Qual das seguintes moléculas NÃO pode ser sintetizado a partir do colesterol no
nosso organismo:
a) tauroquenodesoxicolato;
b) Adrenalina;
c) Testosterona;
d) Cortisol;
e) Progesterona;

9. Antagoniza o efeito da insulina provocando, nos músculos diminuição da massa de


proteínas:
a) Cortisol;
b) Testosterona;
c) Exercício físico;
d) Somatotrofina;
e) Glicagina;

10. A etiologia da Diabetes Tipo 2 associa-se:


a) Sedentarismo;
b) Mutações em genes envolvidas na sinalização insulínica;
c) Dieta hiperlípidica;
d) Restrição de crescimento intra-uterino;
e) Todas as opções estão corretas;

11. No nosso organismo, o amónio NÃO é substrato:


a) Da sintétase de carbamoil-fosfato I;
b) Sintétase da glutamina;
c) Da desidrogénase do glutamato;
d) Da Sintétase da L-asparagina;
e) Nenhuma das anteriores;
12. Indique qual das manifestações listadas NÃO se associa à Diabetes Tipo I:
a) Hiperglicemia;
b) Aumento de peso;
c) Poliúria;
d) Cetoacidose;
e) Hemoglobina A1c 6,5%;

13. Não é sintetizada a partir da L-Tyr:


a) Trilodotironina;
b) Melanina;
c) Adrenalina;
d) Niacina;
e) Dopamina;

14. O GLP-1 (glucagon like peptide 1):


a) Estimula o apetite;
b) É produzido por células enteroendócrinas (células K) intestinais;
c) Não é codificado pelo mesmo gene que codifica a glicagina;
d) Inibe a secreção de insulina;
e) Estimula a secreção de insulina;

15. Um dos processos abaixo NÃO contribui em nenhuma condição para a esteatose
hepática:
a) Lipólise no tecido adiposo;
b) Ação da desidrogénase alcoólica sobre o etanol;
c) Ação da desidrogénase aldeídica sobre o acetaldeído;
d) Inibição da lípase hepática;
e) -oxidação no tecido adiposo;

16. É uma característica que distingue a mulher saudável no 2º-3º trimestre de


gravidez da mulher não grávida, não diabética:
a) Hiperinsulinemia;
b) Concentração de triacilgliceróis plasmáticos diminuída;
c) Balanço azotado positivo +50g/dia;
d) Taxa de metabolismo basal diminuída;
e) Concentração plasmática de ácidos gordos livres diminuída;

17. Na fenilcetenúria:
a) Não há défice na conversão de L-Tyr em Dopamina no SNC;
b) Não há défice na conversão de L-Phe em L-Tyr;
c) Não há défice na conversão de L-Trp em serotonina no SNC;
d) Quanto maior a atividade do transportador de aminoácidos neutros
relativamente à L-Phe mais grave a sintomatologia;
e) Os níveis de L-Phe no SNC são tipicamente normais;

18. Das seguintes afirmações qual NÃO será espectável na fase tardia de uma situação
de lesão extensa:
a) Diminuição da pressão sanguínea;
b) Aumento da temperatura corporal;
c) Aumento da taxa metabólica basal;
d) Diminuição do nível de colesterol sanguíneo;
e) Aumento do turnover do tecido
adiposo;

19. Está representado na figura 1:


a) Uracilo;
b) Timina;
c) Adenosina;
d) Guanosina;
e) Urato; Figura 1

20. Em relação à conjugação de xenobióticos, indique o par FALSO. (enzima envolvida:


dador ativo envolvido na reação de conjugação):
a) Acetiltranférase; acetil-CoA;
b) Glutationa-S tranférase; glutationa reduzida;
c) Sulfutransférase; Adenosina 3’-fosfato-5’fosfossulfato;
d) Metiltranférase; 5-adenosil-L-metionina;
e) Glicuroniltransférases; UTP-ácido glicurónica;

21. A atividade de uma destas enzimas NÃO faz aumentar os níveis de stresse
oxidativo:
a) Dismútase do superóxido;
b) Citocromo P450;
c) Oxídase do NADPH;
d) Complexos da cadeia respiratório;
e) Oxídase do Acil-CoA;

22. A cínase da creatina:


a) É uma enzima da matriz mitocondrial;
b) Catalisa uma reação irreversível;
c) Existe predominantemente nas fibras musculares vermelhas;
d) Tem atividade máxima quando o músculo se encontra em repouso;
e) Confere à célula muscular capacidade máxima de trabalho;

23. Um dos aminoácidos listados origina simultaneamente acetato e fumarato:


a) Tirosina;
b) Cisteína;
c) Leucina;
d) Glicina;
e) Metionina;

24. Num bebé com 1 semana de vida, a hiperbilirrubinemia direta e fezes


esbranquiçadas é compatível com:
a) Icterícia fisiológica do recém-nascido;
b) Hepatite;
c) Atrésia via biliar extra-hepática;
d) Cálculo biliar;
e) Anemia hemolítica;

25. Em relação ao tecido adiposo, é verdade que existe:


a) A proliferação de pré-adipócitos ocorre durante a via intra-uterina, mas não na
vida adulta;
b) A sua acumulação excessiva na região visceral ou na região subcutânea tem
igual significado patológico;
c) A expressão de Uncopling Protein-1 (UCP-1, ou termogenina) é característica
do tecido adiposo branco;
d) Existe tecido adiposo branco, beige e castanho;
e) A sensibilidade dos adipócitos à insulinaé diretamente proporcional ao seu
tamanho.

26. No jejum prolongado, o glicerol que existe no sangue tem origem na via X que
ocorre no adipócito e é utilizado maioritariamente na via Y hepática. X e Y
correspondem respectivamente:
a) Esterificação e cteogénese;
b) Gliceroneogénse e gliconeogénese;
c) Lipólise e oxidação em Beta;
d) Lipólise e gliconeogénese;
e) Lipólise e esterificação;

27. Dos seguintes, qual NÃO é um mecanismo para aumentar a temperatura corporal:
a) Tremer;
b) Hiperventilação;
c) Aumento dos ciclos fúteis;
d) Aumento da termogénses do tecido adiposo;
e) Vasoconstrição cutânea;

28. Atente na seguinte equação: guanina + PRPP (fosforibosil pirofosfato) X + Y:


a) X = PPI; Y= GMP;
b) X= Pi; Y= GDP;
c) X= ribose; Y = GTP;
d) X= ribose; Y= Guanosina;
e) X= PPi; Y= guanosina;

29. O consumo moderado de bebidas alcoólicas contendo polifenóis tem efeito no


nosso metabolismo. NÃO é um desses efeitos:
a) Efeito anti-inflamatório;
b) Efeito pré-biótico;
c) Efeito Anti-oxidante;
d) Aumento da concentração plasmática de HDL;
e) Aumento da resposta glicémica pós-prandial;

30. A partir do décimo minuto de um exercício de tipo aeróbio de elevada intensidade


(correr a maratona a 20Km/h por exemplo):
a) A glicemia continua a diminuir;
b) O pH do citoplasma das fibras em contracção deixe de diminuir;
c) A quantidade de glicogénio das fibras em contracção deixe de diminuir;
d) A quantidade de lactato produzida seja praticamente igual à consumida;
e) A atividade da cínase da creatina na fibras em contracção esteja a aumentar;

31. NÃO obtemos a partir da L-glicina:


a) Glicose;
b) -cetobutirato;
c) CO2;
d) Piruvato;
e) L-glicina;
32. É uma via muito importante nas céluas tumorais:
a) Oxiadção de ácidos gordos;
b) Síntese de corpos cetónicos;
c) Síntese de colesterol
d) Proteólise;
e) Via das pentoses-fosfato;

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
C E C D D A D B A E
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D B D E E A D A E E
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
A E A C D D B A E D
31 32
B E
Grupo II – Perguntas de desenvolvimento

Parte 1:

A) Um dos potenciais processos de intervenção farmacológica para promover a


diminuição da concentração de colesterol no sangue é a utilização de fármacos
que diminuam a absorção de sais biliares. Explique como.
B) Indique qual(ais) as enzimas e os percursores envolvidos na síntese de NO.
C) Descreve sucintamente o ciclo da glicose-alanina.

Parte 2:
A) A figura mostra o perfil glicémico médio de 2 grupos de mulheres (grávidas e
não grávidas) ao longo do dia. Responda às questões abaixo com justificações
diretas e sucintas.
o Legende a figura, identificando o significado das setas e fazendo
corresponder as linhas a tracejado e a cheio a cada grupo.
o No caso do grupo de grávidas, em que trimestre (1º ou 3º) considera
mais provável ter sido feita a avaliação?
o Qual é a principal conclusão da observação do gráfico?

B) A interação entre o intestino, o pâncreas e o tecido adiposo é fundamental


para que os ácidos gordos provenientes de uma dieta rica em glicose e
gorduras sejam esterificados no adipócito. Explique em que consiste esta
interação entre os três órgãos.
C) “Mesmo quando os aminoácidos ou um intermediário do seu
catabolismo estão envolvidos em reações de transaminação, os átomos de
azoto dos aminoácidos acabam formando amonio no decurso do seu
catabolismo.”
Comente a frase e concretize o seu significado, fazendo referencia explicita a
perda de grupos azotados da glutamina, do glutamato, da alanina, da
fenilalanina, da glicina e da metionina.

Você também pode gostar