Você está na página 1de 2

Como será a relação "EaD e EPT" daqui a 10 anos?

Jeferson Machado D’Avila

Alexsandro Fernandes

Carlos Branco Rosa

Nossa sociedade vive hoje um avanço desenfreado da tecnologia, o que é


novidade hoje se torna obsoleto amanha. Não é diferente com as praticas de
ensino, principalmente quando relacionamos tecnologias de informação e
comunicação (TICs) e ensino a distancia (EaD).

As TICs possibilitaram uma abertura no processo de ensino-aprendizagem,


tanto no âmbito do ensino fundamental quanto no ensino superior.

No ensino fundamental ela transformou e revolucionou o meio pelo qual o


professor passou a ensinar os alunos. As novas gerações estão acostumadas
com uma velocidade de informações totalmente diferente de alguns anos atrás,
e com isso, as TICs possibilitaram aos professores uma nova abordagem para
o ensino de seus conteúdos. Na área da biologia, por exemplo, o que antes era
somente visto em livros e em figuras desfocadas pela qualidade de impressão,
com as TICs, podemos possibilitar aos alunos uma visão real de uma célula, ou
até mesmo uma visão em 3d do sistema cardiovascular.

Já no processo de formação de novos docentes, a atuação das TICs e do EaD


impressiona ainda mais. Hoje pessoas que possuem uma predisposição para
as áreas biológicas, mas por falta de tempo ou ate mesmo de uma boa
universidade em sua cidade, podem se tornar professores, mestres e doutores.
Tudo isso sem sair de casa, usufruindo as mais variadas ferramentas que o
EaD possui, podemos gerar ótimos profissionais sem perder a qualidade que
uma universidade presencial possui.

Mas talvez o que impressiona mais é o uso das EaD e ensino para o trabalho
(EPT).
É notório o aumento de profissionais formados por EaD e essa modalidade de
ensino veio para ficar. Há 10 anos era quase utópico pensar em estudar e
concluir uma boa formação profissional no conforto de casa. Hoje isso é mais
do que realidade. Com a popularização dos smartphones então, ficou mais fácil
ainda. Em 10 anos o salto tecnológico que a sociedade experimentou foi
gigantesco.

Agora, pensado futuristamente, como será a EaD para EPT daqui a 10 anos...

Bem, acreditamos que em 10 anos você não só poderá estudar no conforto do


seu lar mas também, poderá interagir com realidades virtuais com auxilio de
simuladores, aproximando ainda mais o aluno do contexto profissional. Por
exemplo:

Um aluno de um curso técnico de segurança do trabalho, poderá virtualmente


participar de salas de aula interativas, simulando uma empresa, onde ele
deverá atuar com seus conhecimentos e aplica-los para a segurança dos
funcionários. Nessas salas ele poderá passar por situações que hoje em dia ele
só pode vivenciar na teoria.

Um aluno de um curso técnico de instrumentação cirúrgica poderá participar de


uma cirurgia virtual, sem risco ao paciente.

São diversas as possibilidades. Acreditamos que esse será o novo passo das
EaD para EPT com o auxilio das TICs