Você está na página 1de 6

COLÉGIO FRANCISCANO SANTÍSSIMA TRINDADE

104 anos ensinando valores


para toda a vida.
LISTA DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO – HIDRODINÂNICA - 2ª SÉRIE – EM.

01-(UFMS) Água escoa em uma tubulação, onde a região 2 situa-se a uma altura h acima da região 1,
conforme figura a seguir. É correto afirmar que:

a) a pressão cinética é maior na região 1. b) a vazão é a mesma nas duas regiões. c) a pressão estática
é maior na região 2. d) a velocidade de escoamento é maior na região 1. e) a pressão em 1 é menor
do que a pressão em 2.

02-(UFSM-RS) Em uma cultura irrigada por um cano que tem área de secção reta de 100 cm2, passa água
com uma vazão de 7200 litros por hora.

A velocidade de escoamento da água nesse cano, em m/s, é


a) 0,02 b) 0,2 c) 2 d) 20 e) 200

03-(UFSM-RS) Observe a figura que representa um vaporizador simples.

Sabendo que, normalmente, o herbicida líquido é vaporizado sobre a plantação, um jato de ar, passando por
A, ocasiona, nesse ponto, um __________ na pressão quando comparado com B, onde o ar está __________.
Então, o líquido sobe pelo conduto porque sempre se desloca da __________ pressão.
Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas.
a) acréscimo - em movimento - menor para a maior b) abaixamento - em movimento - maior para a
menor
c) acréscimo - praticamente parado - menor para a maior d) acréscimo - em movimento - maior para a
menor
e) abaixamento - praticamente parado - maior para a menor
04-(UFSM) Um fluido ideal percorre um cano cilíndrico em regime permanente. Em um estrangulamento
onde o diâmetro do cano fica reduzido à metade, a velocidade do fluido fica:
a) reduzida a 1/4. b) reduzida à metade. c) a mesma. d) duplicada. e)
quadruplicada.
Veja a figura abaixo:

d2=2d1 --- r2=2r1 --- S1v1=S2v2 --- π(r1)2.v1=π(r2)2.v2 --- (r1)2.v1=(2r1)2.v2 --- (r1)2.v1=4(r1)2.v2 --- v1=4v2
--- R- E

05-(UFPE) Um funil tem área de saída quatro vezes menor que a área de entrada, como indica a figura.

Se esse funil diminui de uma altura h=9,0cm, num intervalo de tempo de 3s, determine, em cm/s, a
velocidade com que o fluido abandona o funil na saída.

06-(UFSM-RS) A figura representa uma tubulação horizontal em que escoa um fluido ideal.

A velocidade de escoamento do fluido no ponto 1, em relação à velocidade verificada no ponto 2, e a pressão


no ponto 1, em relação à pressão no ponto 2, são:
a) maior, maior b) maior, menor c) menor, maior d) menor, maior e)
menor, menor

07-(UFMS-MS) Um dos métodos utilizados pelos jardineiros, durante a irrigação de plantas, é diminuir a
secção transversal da mangueira por onde sai a água para que o jato de água tenha um maior alcance.
Geralmente isso é feito através de esguichos. A figura a seguir mostra a extremidade de uma mangueira de
secção transversal uniforme e na horizontal, conectada a um esguicho de forma cônica. A mangueira está
sendo alimentada por um reservatório de água com nível constante e aberto. O jato de água sai na
extremidade do esguicho com velocidade horizontal. Considere que as superfícies internas da mangueira e
do esguicho não ofereçam resistência ao escoamento e que a água seja um fluido ideal. Com relação ao
escoamento da água nessa extremidade da mangueira e no esguicho, é correto afirmar:

(01) Se, de alguma maneira, for impedida a saída de água pelo esguicho (tampar a saída), a pressão
aumentará em todos os pontos.
(02) O alcance do jato de água é maior quando se usa o esguicho, porque a menor secção transversal na saída
do esguicho faz aumentar a vazão do jato de água.
(04) A pressão, no ponto P2 (onde a secção transversal é menor), é maior que a pressão no ponto P1 (onde a
secção transversal é maior).
(08) A pressão, na saída do esguicho, é igual à pressão no nível superior do reservatório.
(16) A trajetória das partículas de água que saem do esguicho é parabólica quando se despreza a resistência
do ar.

08-(UFMS-MS) A figura a seguir mostra um vaso com água, em cuja boca é soldado um tubo fino, aberto
nas duas extremidades, e que não atinge o fundo do vaso. Esse sistema também é chamado de Vaso de
Mariote. Inicialmente o vaso se encontra com água até o nível H acima da extremidade inferior do tubo que
está no ponto O. Um registro no fundo do vaso, quando aberto, permite que a água escoe para fora
lentamente. Sejam os pontos A e B, localizados inicialmente no mesmo nível H, nas superfícies da água que
estão no interior do vaso e no interior do tubo, respectivamente, e os pontos C e D localizados no interior do
vaso e do tubo, respectivamente, e ambos no mesmo nível de O, veja a figura. Considere a pressão
atmosférica igual a Po, e despreze os efeitos de pressão cinética devido ao escoamento. Com fundamentos na
hidrostática, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

(01) Abrindo o registro para permitir a saída de água do interior do vaso, as pressões, nos pontos C e D,
diminuem.
(02) Abrindo o registro para permitir a saída de água do interior do vaso, as pressões, nos pontos A e B,
diminuem.
(04) Abrindo o registro para permitir a saída de água do interior do vaso, o nível do ponto B desce mais
rapidamente que o nível do ponto A.
(08) Abrindo o registro para permitir a saída de água do interior do vaso, a diferença de pressão entre os
pontos D e B é sempre maior que a diferença de pressão entre os pontos C e A.
(16) Antes de abrir o registro, a pressão no ponto A é igual no ponto B, mas a pressão no ponto C é maior
que no ponto D.

09-(UFRRJ) Um jardineiro dispõe de mangueiras de dois tipos, porém com a mesma vazão. Na primeira, a
água sai com

velocidade de módulo V e, na segunda, sai com velocidade de módulo 2V. A primeira mangueira apresenta:
a) a metade da área transversal da segunda. b) o dobro da área transversal da segunda.
c) um quarto da área transversal da segunda. d) o quádruplo da área transversal da segunda.
e) dois quintos da área transversal da segunda.

10- (UFJF-MG) A figura representa uma caixa de água ligada a duas torneiras t1 e T2. A superfície livre da
água na caixa tem área A=0,8m2 e as vazões nas torneiras são 5 litros/minutos e 3 litros/ minutos,
respectivamente.

Pode-se afirmar que o módulo da velocidade V, com que a superfície da água desce, vale:
a) 1m/min b) 1m/s c) 1cm/min d) 1cm/s e) 2cm/s
11-(Unirio-RJ) Um menino deve regar o jardim de sua mãe e pretende fazer isso da varanda de sua
residência, segurando uma mangueira na posição horizontal, conforme a figura. Durante toda a tarefa, a
altura da mangueira, em relação ao jardim, permanecerá constante. Inicialmente a vazão de água, que pode
ser definida como o volume de água que atravessa a área transversal da mangueira na unidade de tempo, é
Zo. Para que a água da mangueira atinja a planta mais distante no jardim, ele percebe que o alcance inicial
deve ser quadruplicado. A mangueira tem em sua extremidade um dispositivo com orifício circular de raio
variável. Para que consiga molhar todas as plantas do jardim sem molhar o resto do terreno, ele deve:

a) reduzir o raio do orifício em 50% e quadruplicar a vazão de água.


b) manter a vazão constante e diminuir a área do orifício em 50%.
c) manter a vazão constante e diminuir o raio do orifício em 50%.
d) manter constante a área do orifício e dobrar a vazão da água.
e) reduzir o raio do orifício em 50% e dobrar a vazão de água.

12-(FUVEST-SP) A artéria aorta de um adulto tem um raio de cerca de 1cm, e o sangue nela flui com
velocidade de

33cm/s.
a) Quantos litros de sangue são transportados pela aorta?
b) Sendo de 5 litros o volume de sangue no organismo, use o resultado anterior para estimar o tempo médio
que o sangue demora a retornar ao coração.

13-(Mackenzie-SP) Um fazendeiro, para estimar a vazão de água em um canal de irrigação, cuja seção
transversal é aproximadamente semicircular (como na figura), procede do seguinte modo: faz duas marcas
numa das margens do

canal, separadas por quatro passadas (cada passada vale aproximadamente um metro); coloca na água um
ramo seco e mede um minuto para o mesmo ir de uma marca à outra. Finalmente, verifica que a largura do
canal equivale a uma sua passada. O fazendeiro faz cálculos e conclui que a vazão procurada vale
aproximadamente:

14-(UEL-PR) Observe as figuras a seguir.

Com base nos esquemas físicos apresentados nas figuras, considere as afirmativas a seguir.
I - A figura I mostra dois copos contendo suco de laranja à mesma altura. Independentemente do formato dos
copos, a pressão no ponto A é igual à pressão no ponto B.
II - A figura II mostra um tubo em forma de "U" contendo dois líquidos que não se misturam. No ramo da
esquerda, tem-se óleo de soja e, no da direita, água. A pressão no ponto A é igual à pressão no ponto B.
III - A figura III mostra dois líquidos de viscosidades diferentes escorrendo através de um capilar: o suco de
laranja, menos viscoso, escorre em A, ao passo que o xarope de milho, mais viscoso, escorre em B.
IV - A figura IV mostra um liquido em escoamento no sentido do ponto A para o ponto B. Apesar de a
velocidade de escoamento no ponto A ser maior do que a velocidade de escoamento no ponto B, a pressão no
ponto A é menor que a pressão no ponto B.
Assinale a alternativa CORRETA.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

15-(UFPA) Considere duas regiões distintas do leito de um rio: uma larga A, com 200 m2 de área de secção

transversal, onde a velocidade escalar média da água é de 1,0 m/s e outra estreita B, com 40 m2 de área de
secção transversal.
Calcule:
a) a vazão volumétrica do rio.
b) a velocidade escalar média da água do rio na região estreita B.

16-(UNICAMP-SP) Uma caixa-d'água com volume de 150 litros coleta água da chuva à razão de 10 litros
por hora.

a) por quanto tempo deverá chover para encher completamente essa caixa-d'água?
b) admitindo-se que a área da base da caixa é 0,50 m2, com que velocidade subirá o nível da água na caixa,
enquanto durar a chuva?

17-(UFPE-PE) A velocidade do sangue na artéria aorta de um adulto, que possui em média 5,4 litros de
sangue, tem

módulo igual a aproximadamente 30 cm/s. A área transversal da artéria é de aproximadamente 2,5 cm2. Qual
o intervalo de tempo, em segundos, necessário para a aorta transportar o volume de sangue de um adulto?

18-Mackenzie-SP) A figura ilustra um reservatório contendo água. A 5 m abaixo da superfície livre existe
um pequeno
orifício de área igual a 3 cm². Admitindo g = 10 m/s², podemos afirmar que a vazão instantânea através desse
orifício é:
a) 2 L/s b) 3 L/s c) 1 L/s d) 10 L/s e) 15 L/s

19-(AFA-SP) Através de uma tubulação horizontal de seção reta variável, escoa água, cuja densidade é
1,0.103kg/m3. Numa seção da tubulação, a pressão estática e o módulo da velocidade valem,
respectivamente, 1,5.105N/m2 e 2,0m/s. A pressão estática em outra seção da tubulação, onde o módulo da
velocidade vale 8,0m/s, é, em N/m2;
a) 1,2.105 b) 1,8.105 c) 3.105 d) 6.105

20-(ITA-SP) Álcool, cuja densidade de massa é de 0,80 g/cm3 está passando através de um tubo como
mostra a figura.

A secção reta do tubo em A é 2 vezes maior do que em B. Em A a velocidade é de vA = 5,0 m/s, a altura hA=
10,0m e a
pressão PA= 7,0 x 103 N/m2. Se a altura em B é hB= 1,0m, calcule a velocidade e a pressão em B.

21-(UNICAMP) “Tornado destrói telhado do ginásio da Unicamp”. Um tornado com ventos de 180km/h
destruiu o telhado do ginásio de esportes da Unicamp ...

Segundo engenheiros da Unicamp, a estrutura destruída pesa aproximadamente 250 toneladas. “Folha de
São Paulo, 29/11/95”
Uma possível explicação para o fenômeno seria considerar uma diminuição da pressão atmosférica , devida
ao vento, na parte superior do telhado. Para um escoamento de ar ideal, essa redução de pressão é dada por
ρv2/2, em que ρ=1,2kg/m3 é a densidade do ar e v a velocidade do vento. Considere que o telhado do ginásio
tem 5.400m2 de área e que estava apoiado nas paredes. (dado g=10m/s2).
a) Calcule a variação da pressão externa devido ao vento.
b) Quantas toneladas poderiam ser levantadas pela força devida a esse vento?
c) Qual a menor velocidade do vento(em km/h) que levantaria o telhado?

22-(UFSM-RS) Um líquido ideal preenche um recipiente até certa altura. A 5 metros abaixo da superfície
livre, esse

recipiente apresenta um orifício com 2.10-4-m2 de área, por onde o líquido escoa. Considerando g=10m/s2 e
não alterando o nível da superfície livre, a vazão através do orifício, em m3/s, vale:
a) 1.10-3 b) 2. 10-3 c) 3. 10-3 d) 4. 10-3 e) 5. 10-3