Você está na página 1de 2

Nullum crimen sine lege

12/3/2010

Saiu na Folha de hoje (19/06/07):

"O computador de Cox, morador de Suffolk (sudeste da Inglaterra), continha mais de 76 mil imagens
de crianças e 316 horas em vídeo. O britânico usava o apelido "Son of God" (filho de deus) na rede.

Cox foi condenado pelo crime ontem, mas sua sentença é indefinida: continuará preso enquanto for
considerado perigoso"

Essa eh uma diferenca interessante entre o direito penal ingles e o brasileiro. Todos os paises
democraticos possuem um mesmo principio de direito penal: Nullum crime sine (prævia) lege. Em
portugues, "nao ha delito sem lei anterior que o defina". Ou seja, alguem soh pode ser preso se a lei
disser que sua acao (ou omissao) constitui um fato delituoso. Mas nao soh isso: ela tem de dizer isso
antes que o fato tenha ocorrido. Por isso, se o Joaozinho poe o dedo no nariz hoje e amanha o
governo baixa uma lei dizendo que por o dedo no nariz eh crime, Joaozinho nao pode ser punido,
pois a lei veio depois do fato.

Mas a lei brasileira (seguindo a tradicao dos paises continentais da Europa) vai mais alem e diz que
nao soh nao ha delito se nao lei anterior, mas tambem que nao ha pena sem previa cominacao legal,
ou seja, ninguem pode ser punido sem que antes a lei defina qual eh a punicao para aquela acao
criminosa. Ou seja, mesmo que a lei diga que eh crime por o dedo no nariz, a pessoa nao pode ser
punida se a lei esqueceu de dizer qual eh a punicao.

Reparem esses dois paragrafos abaixo:

“Matar alguem: pena - reclusao, de 6 a 20 anos” (Cod Penal brasileiro)

“Nao mataras” (Velho Testamento).

Notaram a diferenca? Reparem que o Velho Testamento diz que eh proibido matar alguem,
enquanto nosso Cod Penal fala apenas que se voce resolver matar alguem voce deve estar disposto
a arcar com a consequencia: ficar preso entre 6 e 20 anos. Eh com voce decidir se vale a pena perder
os melhores anos de sua vida em uma penitenciaria porque voce resolveu tirar a vida de outra
pessoa.

Nao existe nenhuma lei penal brasileira que diz que eh proibido fazer algo. Todas dizem apenas
quais as consequencias para as acoes delituosas. A lei brasileira foca no livre arbitrio das pessoas.

Ja o direito ingles nao possui a mesma restricao que o brasileiro. Embora nao seja possivel ao
magistrado ingles punir alguem sem lei anterior que defina aquela acao como criminosa, eh possivel
punir alguem por tempo indeterminado (ate que a pessoa deixe de representar um risco a
sociedade). Voce fica preso ate que a justica diga que voce pode ser solto.

A unica coisa parecida que temos no direito brasileiro eh no caso da internacao ambulatorial, que eh
quando a justica julga que fulano realmente cometeu um crime mas nao pode ser punido pois eh
louco. Nesses casos ele eh submetido a internacao ambulatorial – eh internado em hospital
psiquiatrico - ate que uma junta psiquiatrica diga que ele esta recuperado. E essa internacao pode se
dar por tempo indefinido.