Você está na página 1de 17

RESUMÃO AV3 - NUTRIÇÃO

Resumão elaborado por: Edwallace Amorim

AULA 01 (AV1)
1. Todo alimento que para seu consumo é necessário apenas a remoção das partes não comestíveis e os tratamentos
para sua perfeita higienização e conservação é chamado de alimento in natura. Devemos ter uma ingestão adequada
destes alimentos devido à presença de fibras, vitaminas e minerais. Atualmente, há um predomínio da ingestão de
alimentos refinados, processados e industrializados, levando a uma série de prejuízos à saúde humana COM
EXCEÇÃO DE:
R: Aumento na saciedade.

2. O retardo na velocidade do esvaziamento gástrico e aumento na incidência de refluxo gastroesofágico podem estar
relacionados a alguns fatores dentre os quais podemos citar: R: a presença de gordura no quimo.

3. A nutrição é a ciência que estuda os alimentos e a maneira pela qual os nutrientes agem no organismo humano. Para
que a nutrição seja completa sucessivas etapas devem ser alcançadas. A etapa que inclui as reações químicas que
envolvem a ressíntese de moléculas de ATP (adenosina trifosfato) que acionam todas as formas de trabalho biológico
é: R: Metabolismo energético.

4. O enfermeiro deve conhecer todas as etapas relacionadas à nutrição humana a fim de educar seus pacientes. A
nutrição é uma ciência que estuda os alimentos, os nutrientes e a maneira pela qual os nutrientes agem no
organismo humano. Várias etapas são necessárias para que o organismo possa utilizar os nutrientes provenientes da
alimentação. As primeiras etapas fundamentais são:
R: Escolha e preparo dos alimentos.

5. O enfermeiro deve conhecer todas as etapas relacionadas à nutrição humana a fim de educar seus pacientes. A
nutrição é uma ciência que estuda os alimentos, os nutrientes e a maneira pela qual os nutrientes agem no
organismo humano. Várias etapas são necessárias para que o organismo humano possa utilizar adequadamente os
nutrientes provenientes da alimentação. Os alimentos devem passar por uma série de transformações químicas.
Moléculas grandes, impossíveis de serem absorvidas no intestino, devido a seu tamanho, deverão ser "degradadas"
em partes menores. Esse processo é chamado de:
R: Digestão enzimática.

6. Para que o organismo humano funcione em perfeito equilíbrio, é necessário uma dieta variada, equilibrada e
colorida. Esta afirmação NÃO está relacionada ao fato de que:
R: Devemos ingerir todos os dias os mesmos alimentos.

7. Sabemos que existe uma grande diversidade de alimentos tanto de origem animal quanto de origem vegetal.
Entretanto, não existe um alimento específico que contenha todos os nutrientes. Devido a isso, nossa alimentação
diária deverá ser variada e colorida para que possamos obter todos os nutrientes necessários ao organismo humano.
Essa afirmação ratifica a importância de:
R: Conhecer a composição nutricional dos alimentos para escolher adequadamente os alimentos.

8. Com relação às Leis da Alimentação, a lei da adequação refere-se à dieta que deverá estar adequada:
R: Ao período fisiológico atual do organismo ao qual se destina.

9. Atualmente, observa-se que a dieta das pessoas vem se tornando cada vez mais monótona e repetitiva. Como não
existe um alimento que contenha todos os nutrientes necessários, várias complicações ao estado nutricional são
desencadeadas. Assinale a opção que NÃO está relacionada a estas complicações:
R: Hiperparatireoidismo.

10. As etapas relacionadas à nutrição humana são imprescindíveis para que haja o correto aproveitamento dos
nutrientes presentes nos alimentos. A formação do bolo fecal representa a última etapa relacionada à nutrição
humana que é fundamental para:
R: Excreção dos resíduos alimentares não digeridos e não aproveitáveis.

11. O aumento na incidência de deficiências nutricionais está relacionado a vários fatores, com EXCEÇÃO de:
R: Diminuição no consumo de doces.
12. Com relação às Leis da Alimentação, a lei da quantidade refere-se aos alimentos que compõem a dieta, os quais
deverão ser suficientes para:
R: Suprir as necessidades energéticas.

13. Os nutrientes são compostos químicos presentes nos alimentos que exercem funções importantíssimas para a
manutenção da vida humana. Como não existe um alimento que contenha todos os nutrientes que precisamos, nossa
dieta deve ser variada. Assinale a alternativa que NÃO representa uma função dos nutrientes:
R: Reabsorção óssea.

14. O hábito de não mastigar adequadamente os alimentos pode comprometer a nutrição humana. Assinale a opção que
NÃO representa uma importante função da mastigação para a nutrição:
R: Promover a síntese tecidual.

AULA 02
1. Durante a realização de uma oficina de educação nutricional realizada em um hospital, um grupo de enfermeiras
destacou as inúmeras funções que a água desempenha no organismo humano. Os pacientes realizaram várias
perguntas sobre o monitoramento da ingestão hídrica. Avalie as afirmações:
I. Na maioria das vezes, a ingestão hídrica supre a necessidade hídrica em idosos.
II. Os pacientes que estavam participando da oficina foram orientados a ingerir pequenos volumes de água várias
vezes ao dia.
III. O mecanismo da sede é um excelente recurso para controlar a ingestão hídrica.
Agora, assinale a opção CORRETA: R: Apenas a afirmativa II está correta.

2. A fibra dietética é modernamente considerada alimento funcional e corresponde aos resíduos de paredes celulares e
tecidos de sustentação de vegetais usados na alimentação. Em relação ao assunto, assinale a alternativa correta.
R: A fração insolúvel das fibras é responsável pelo aumento do bolo fecal, garantindo o peristaltismo e a fração
solúvel contribui para baixar os níveis de colesterol.

3. No planejamento dietético para a anemia ferropriva, devemos considerar a existência de elementos inibidores e
facilitadores da absorção de ferro dos alimentos. A alternativa que contem alimentos com boa disponibilidade de
elementos de ferro é:
R: Carne bovina, peixe e frango.

4. Durante a realização de uma Feira de Saúde, alunos de graduação em Enfermagem e Nutrição foram abordados por
vários indivíduos hipercolesterolêmicos da comunidade que gostariam de saber o motivo pelo qual a inclusão de
alimentos ricos em fibras seria importante para a redução da colesterolemia. Um dos alunos de graduação respondeu
que é devido à:
R: Capacidade da pectina em se ligar aos ácidos biliares e aumentar a excreção fecal dos mesmos.

5. A vitamina que auxilia na absorção do ferro de origem vegetal?


R: Vitamina C.

6. Quais são as unidades básicas fundamentais das proteínas? R: Aminoácidos.

7. Na Semana Científica da Saúde, um grupo de alunos de graduação apresentou um pôster com as funções dos
micronutrientes no organismo humano. Dentro desse contexto, analise as afirmações:
I. A vitamina A é importante para a integridade e acuidade visual.
II. A vitamina D é importante para a mineralização óssea.
III. A vitamina K é importante para a coagulação sanguínea.
IV. A vitamina E é um dos micronutrientes antioxidantes.
Assinale a alternativa CORRETA: R: Todas as afirmações são verdadeiras.

8. Um grupo de alunos do curso de graduação em Enfermagem realizou uma oficina sobre os hábitos alimentares no
Brasil. A promoção da alimentação adequada e saudável como um prazer cotidiano, o estímulo à autonomia e a
valorização das especificidades culturais e regionais da alimentação de cada parte do país foram alguns dos objetivos
da atividade. As oficinas foram realizadas em cozinhas didáticas adaptadas a uma sala de aula, onde a população
aprendeu a aproveitar melhor os alimentos e compor uma boa alimentação. Os cardápios elaborados foram de baixo
custo e com alto valor nutricional. O consumo de arroz com feijão foi eleito como um dos hábitos alimentares mais
populares no Brasil representando uma excelente alternativa para:
R: Melhorar a qualidade da proteína vegetal pela complementação de aminoácidos não essenciais.
9. Sobre as propriedades das vitaminas são feitas as seguintes observações:
I. A vitamina C auxilia na absorção do ferro de origem vegetal.
II. A carência de vitamina A é muito comum e pode causar escorbuto.
III. A vitamina K é importante para a coagulação sanguínea.
IV. A vitamina E é um dos micronutrientes antioxidantes.
Agora marque a afirmativa CORRETA: R: Todas as afirmações são verdadeiras.

10. Sobre as propriedades das vitaminas são feitas as seguintes observações:


I. A vitamina C auxilia na absorção do ferro de origem vegetal.
II. A carência de vitamina A é muito comum e pode causar escorbuto.
III. A vitaminas lipossolúveis precisam das gorduras para serem absorvidas.
IV. A vitaminas hidrossolúveis raramente causam toxidade por não serem armazenadas no organismo.
V. A vitamina C fortalece o sistema imunológico por ser um potente oxidante e suas principais fontes alimentares
são: carne e laticínios.
Assinale a alternativa CORRETA: R: Apenas as alternativas I, III, IV estão corretas.

11. Os micronutrientes desempenham papéis fundamentais na homeostase corpórea. Assinale a alternativa que
apresenta um nutriente que é essencial para mulheres em idade fértil que planejam engravidar, pois evita defeitos
no tubo neural do feto além de prevenir a anemia:
R: Acido fólico.

12. Vários parâmetros devem ser monitorados no paciente hospitalizado, destacando-se o balanço hídrico. Indique a
alternativa que NÃO representa uma causa do balanço hídrico NEGATIVO:
R: Administração do soro glicosado.

13. A água exerce inúmeras funções no organismo humano. Indique a opção que representa vias normais de eliminação
de produtos tóxicos finais do metabolismo que estão relacionadas com a ingestão hídrica adequada:
R: Diurese e exoneração fecal (defecação).

14. A sudorese representa uma maneira eficaz de dissipar o calor originado nos músculos durante o exercício.
Entretanto, através do suor perde-se água e eletrólitos. Devido a isso, recomenda-se a ingestão de repositores
hidroeletrolíticos em vez de água pura em exercícios de longa duração como a maratona para a prevenção da:
R: Hiponatremia.

15. A água é um líquido incolor, insípido e inodoro. De todos os compostos os nutrientes essenciais à química e ao
funcionamento dos seres vivos, ela é a mais importante. Sobre esse composto, assinale a alternativa CORRETA.
R: Quando o organismo perde fluidos por qualquer via, ele não perde apenas água, mas eletrólitos também.

16. Os carboidratos são compostos orgânicos formados por átomos de carbono, hidrogênio e oxigênio em várias
combinações e correspondem aos macronutrientes que devem estar presentes em maior quantidade na alimentação
humana. Assinale a alternativa que contém os dissacarídeos.
R: Lactose, sacarose e maltose.

17. O balanço nitrogenado reflete a dinâmica proteica no organismo humano. Comparando-se a infância com o processo
de envelhecimento ocorre uma mudança radical nesta dinâmica proteica caracterizando respectivamente situações
de: R: Anabolismo e catabolismo.

18. A gordura presente nos alimentos realça o sabor, o aroma e a coloração dos alimentos aumentando muito sua
palatabilidade. Esse macronutriente possui importantes funções no organismo quando ingerido na quantidade
adequada. Assinale a única alternativa CORRETA com relação à função da gordura no organismo humano.
R: Fornece ácidos graxos essenciais.

AULA 03
1. Atualmente, as ações de Educação Alimentar e Nutricional vem despertando interesse por parte dos profissionais da
saúde e da educação, principalmente por ser a educação o fator primordial para retirar os indivíduos de situações de
exclusão social. Sobre os objetivos e instrumentos de Educação Nutricional NÃO É CORRETO AFIRMAR QUE:
R: As modificações na Pirâmide Alimentar propostas pelos professores epidemiológicos da Escola de Saúde Pública
da Universidade de Harvad não foram significativamente importantes. Coincidentemente ou não, a primeira
versão da Pirâmide Alimentar acompanhou a transição epidemiológica no Brasil e no mundo: a diminuição nos
casos de obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.
2. Uma das etapas mais importantes relacionadas à nutrição humana é a educação nutricional. Através da educação
nutricional os indivíduos aprendem a se alimentar adequadamente, de acordo com o seu poder aquisitivo e estado
de saúde, evitando assim, distúrbios nutricionais relacionados tanto à carência quanto ao excesso nutricional. De
acordo com o modelo da história natural da doença podemos destacar que a educação nutricional é uma importante
medida de:
R: Atenção primária à saúde (prevenção).

3. A Educação Alimentar e Nutricional está inserida no Programa da Segurança Alimentar e Nutricional que é um dos
programas sociais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A realização de ações de
Educação Alimentar e Nutricional vem despertando interesse por parte dos profissionais das áreas da saúde e da
educação. PORQUE Ações de Educação Alimentar e Nutricional são consideradas verdadeiras estratégias para a
prevenção de situações de insegurança alimentar e nutricional. É imprescindível ensinar as pessoas a selecionar e
consumir alimentos saudáveis e nutritivos, valorizando a diversidade regional dos alimentos. Com isso, procura ¿se
sensibilizar a população para o direito a uma alimentação adequada e saudável em todas as fases do ciclo da vida. O
incentivo à autonomia do indivíduo e à mobilização social são objetivos a serem alcançados. Analisando as
afirmações, conclui-se que:
R: As duas afirmações são verdadeiras e a segunda é uma justificativa correta da primeira.

4. Em uma sociedade em rápida mudança, a percepção da saúde como direito de cidadania é um dado novo na história
das políticas sociais brasileiras. A alimentação e a nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e a
proteção da saúde, possibilitando a afirmação plena do potencial de crescimento e desenvolvimento humano, com
qualidade de vida e cidadania. De acordo com as ações da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (2003), um
grupo de enfermeiros e nutricionistas elaborou oficinas de Alimentação e Nutrição abertas ao público em geral.
Dentro desse contexto, destaca-se a importância da Educação Nutricional. PORQUE A saúde física e mental depende
do estado nutricional dos indivíduos. Através dessas ações pretende-se promover práticas alimentares e estilos de
vida saudáveis; prevenir e controlar distúrbios e doenças nutricionais; desenvolver e capacitar recursos humanos em
saúde e nutrição e garantir a segurança e qualidade dos alimentos. Analisando os dois parágrafos, conclui-se que:
R: As duas afirmações são verdadeiras e a segunda é uma justificativa correta da primeira.

5. O motivo pelo qual no primeiro nível da nova proposta da Pirâmide Alimentar estarem apenas os cereais integrais,
assim como as massas e pães confeccionados com farinha integrais relaciona-se à:
R: Importância das fibras da saúde humana.

6. O motivo pelo qual os óleos vegetais foram separados dos outros alimentos fontes de gorduras como a manteiga na
nova proposta da Pirâmide Alimentar relaciona-se à:
R: Sua composição em ácidos graxos poli-insaturados (essenciais) e vitamina E.

7. Os óleos vegetais são ricos em ácidos graxos poli-insaturados, sendo que o óleo de oliva (azeite) se destaca pelo seu
teor elevado de acido graxo monoinsaturado (ácidos oleico). Se substituíssemos a manteiga ou margarina pelo azeite,
nossa saúde cardiovascular seria preservada, pois:
R: Os ácidos graxos saturados encontrados na manteiga e os ácidos graxos trans encontrados na margarina são
aterogênicos e aumentam os níveis sanguíneos de LDL.

19. Com relação às vitaminas, assinale a alternativa INCORRETA.


R: As vitaminas lipossolúveis (A,D,E,K) por não serem armazenadas no organismo humano não causam toxicidade
quando consumidas em excesso.

8. Dietas da moda para perda de peso, como as hipolipídicas, podem trazer sérias cosequencias ao organismo humano
como a deficiência de vitaminas como A, D, E e K, pois tais vitaminas são:
R: Lipossolúveis sendo absorvidas juntamente com a gordura dietética.

9. Na Pirâmide Alimentar, o grupo de peixes, ovos e frango são fontes principalmente dos seguintes nutrientes,
EXCETO: R: Amido.

10. Na Pirâmide Alimentar, o grupo das sementes oleaginosas e leguminosas é fonte de:
R: Proteínas de baixo valor biológico, vitamina E e ácidos graxos essenciais.

11. Há diferenças importantes em relação à pirâmide antiga e à nova. A afirmativa que apresenta uma dessas diferenças
é: R: Na pirâmide nova observa-se que a prática de exercícios físicos está na base, diferentemente da antiga, que
não apresenta informação sobre atividade física.
12. João, 54 anos, sedentário e recém-infartado, pretende mudar de estilo de vida. Irá iniciar um plano de atividade física
3 vezes por semana e além disso, pretende equilibrar de forma mais saudável sua alimentação. Com relação às
recomendações da Pirâmide Alimentar as assinale a alternativa CORRETA:
I. Recomenda-se consumir aves, peixes e ovos por conterem proteínas de alto valor biológico.
II. Recomenda-se dar prioridade ao consumo de cereais integrais na nossa alimentação em virtude dos benefícios das
fibras alimentares.
III. Recomenda-se não dar limites para o consumo de frutas, pois elas são ricas em vitaminas e minerais.
IV- Recomenda-se consumir leite e derivados para atingir as necessidades diárias de cálcio.
V. A Pirâmide Alimentar é um instrumento de orientação nutricional para a população adotar uma alimentação mais
saudável.
R: Apenas as alternativas I, II e V estão corretas.

13. O grupo de alimentos integrais (cereais, massas e pães) estão na base da pirâmide alimentar e são fontes
principalmente dos seguintes nutrientes:
R: Carboidratos, fibras e vitaminas do complexo B.

14. No Guia Alimentar da Pirâmide, os alimentos estão agrupados primariamente de acordo com os nutrientes que eles
fornecem, e não apenas pela quantidade de calorias. Assinale a opção que contém os principais nutrientes
encontrados no grupo dos Alimentos Integrais (Pães, arroz, cereais e massas):
R: Carboidratos complexos, Vitaminas do complexo B, fibras.

15. Para que o organismo humano funcione em perfeito equilíbrio, é necessário uma deita variada, equilibrada e
colorida. Esta afirmação NÃO está relacionada ao fato de que:
R: devemos ingerir todos os dias os mesmos alimentos.

16. Um paciente com doença renal crônica em estagio avançado é recomendado uma dieta com restrição de proteínas.
Qual é a única alternativa CORRETA que apresenta a quantidade de proteína em gramas/quilogramas de peso/dia
para uma Dieta Hipoproteica? R: 0,6

17. Com relação à educação nutricional, NÃO se pode afirmar que:


R: Não tem impacto sobre o estado de saúde dos indivíduos.

18. O conhecimento sobre a composição nutricional dos alimentos é imprescindível para fazer uma escolha adequada
dos mesmos. As Tabelas de Composição Nutricional dos Alimentos nos ajudam a alcançar a Segurança Alimentar.
Sobre os macronutrientes NÃO É CORRETO AFIRMAR QUE:
R: As proteínas de baixo valor biológico contêm todos os aminoácidos essenciais na quantidade e relação corretas
para manter o equilíbrio nitrogenado e permitir o crescimento e reparo dos tecidos.

19. Com relação à Promoção da Alimentação Saudável Não É correto afirmar que:
R: A promoção de práticas alimentares e estilos de vida saudáveis corresponde a uma das diretrizes da Política
Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), mas não se insere como um dos eixos estratégicos da Política
Nacional de Promoção da Saúde (PNPS).

AULA 04
1. O índice de massa corporal (IMC) é uma medida muito utilizada no diagnóstico nutricional, estando associado ao
risco de desenvolvimento de algumas doenças. Um paciente com IMC maior ou igual a 30 Kg/m2 pode ter maior risco
de desenvolver várias doenças. A alternativa que NÃO apresenta uma doença que pode acometer este paciente é:
R: Artrite reumatóide.

2. O índice de massa corporal (IMC) é uma medida muito utilizada no diagnóstico nutricional, estando associado ao
risco de desenvolvimento de algumas doenças. Um paciente com IMC menor que 18,5 Kg/m2 pode ter maior risco de
desenvolver:
R: Infecções.

3. O Índice Glicêmico (IG) é um fator que diferencia os carboidratos e deve ser considerado quando da orientação
nutricional ao paciente diabético. Em relação ao Índice Glicêmico, qual das afirmativas abaixo é correta?
R: O IG está relacionado com a velocidade com que os carboidratos entram na corrente sanguínea.

4. Há diferenças importantes em relação à pirâmide antiga e à nova. A afirmativa que apresenta uma dessas diferenças
é: R: Na pirâmide nova observa-se que a prática de exercícios físicos está na base, diferentemente da antiga, que
não apresenta informação sobre atividades física.
5. Estado Nutricional é o estado de equilíbrio/desequilíbrio, no organismo humano, decorrente da relação entre
ingestão e necessidade de nutrientes. Na Atenção Integral à Saúde, a avaliação do estado nutricional exerce um
impacto extremamente importante, visto que é uma avaliação feita ao indivíduo/paciente para verificar se a
necessidade fisiológica por nutrientes está sendo alcançada. Dentre os parâmetros antropométricos, a relação
cintura-quadril (RCQ) é utilizada para identificar o tipo de distribuição de gordura (andróide ou ginóide). Nesse
contexto, a relação cintura-quadril (RCQ) é um importante parâmetro para monitoramento do:
R: Risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

6. O estado nutricional pode refletir-se na aparência do indivíduo. Alguns tecidos podem servir como indicadores do
estado nutricional geral e ingestão adequada de nutrientes específicos. No exame físico devemos analisar com
atenção a pele, cabelo, dentes, gengivas, lábios, língua e olhos. A presença de petéquias na pele pode estar
relacionada com a deficiência de:
R: Vitamina C.

7. A etiologia do edema pode estar relacionada a fatores dietéticos. Assinale o nutriente que quando deficiente na dieta
pode levar à diminuição da pressão oncótica plasmática:
R: Proteína.

8. Os distúrbios causados por deficiência ou excesso de nutrientes estão entre as maiores causas de morbimortalidade.
Assim, a avaliação do estado nutricional é de extrema importância, a fim de identificar estes distúrbios. A alternativa
que apresenta apenas ações de diagnóstico em avaliação nutricional é:
R: Antropometria, exames laboratoriais e anamnese alimentar.

9. Os distúrbios causados por deficiência ou excesso de nutrientes estão entre as maiores causas de morbimortalidade.
Assim, a avaliação do estado nutricional é de extrema importância, a fim de identificar estes distúrbios de forma mais
precoce. A alternativa que NÃO apresenta uma ação de diagnóstico em avaliação nutricional é:
R: Exames radiográficos.

10. Na avaliação antropométrica a espessura da prega cutânea tricipital indica:


R: Reserva de tecido adiposo subcutâneo.

11. Na avaliação antropométrica, a massa corporal total (MCT) ou peso representa a soma de todos os componentes
corporais. A perda de peso é extremamente importante no prognóstico de um paciente porque reflete:
R: O desequilíbrio proteico-energético do indivíduo.

12. Na avaliação nutricional de pacientes hospitalizados o monitoramento dos parâmetros como prega cutânea tricipital,
albumina, transferrina e testes cutâneos é utilizado para calcular o:
R: Índice nutricional prognóstico.

13. Das medidas antropométricas utilizadas na avaliação nutricional, a que caracteriza a quantidade de gordura corporal
de forma mais próxima à realidade é:
R: Espessura das dobras cutâneas.

14. Na avaliação do estado nutricional, a medida que pode identificar o tipo de distribuição de gordura (andróide e
ginóide) é: R: Relação cintura-quadril (RCQ).

15. A terapia nutricional no diabetes mellitus é importante no tratamento e na prevenção das complicações relacionadas
a esta doença. Indique a afirmativa que apresenta somente objetivos da terapia nutricional no diabetes:
R: Manter a glicemia normalizada e atingir ou manter o peso corporal adequado.

16. O questionário Avaliação Global Subjetiva consiste em três partes. De acordo com as sentenças a seguir, marque a
opção correta.
I. A primeira parte colhe dados da história do paciente, visando avaliar a perda de peso nos seis meses anteriores à
avaliação e verificar alteração de peso nas últimas duas semanas.
II. Na segunda parte, realiza-se o exame físico, objetivando medir a perda de gordura, de massa muscular e a
presença de líquido no espaço extravascular.
III. Na segunda parte, também faz-se avaliação por meio de palpação e inspeção dos braços, ombros, costelas etc.
IV. A terceira parte corresponde a classificação do estado nutricional do paciente em bem nutrido, moderadamente
desnutrido ou suspeito de desnutrição e gravemente desnutrido.
V. A terceira parte faz-se avaliação laboratorial por meio de prontuários médicos.
R: I, II, III e IV estão corretas.
17. Dos indicadores utilizados na avaliação nutricional do paciente hospitalizado o que NÃO caracteriza a dinâmica
proteica é:
R: Dosagem de glicemia.

18. Os indicadores bioquímicos que caracterizam o turnover ósseo são:


R: Dosagem plasmática de fosfatase alcalina de origem óssea e do NTx urinário.

AULA 05
1. Para evitar a obstrução da sonda nasogástrica, após administração de alimentos ou medicamentos, deve-se:
R: Introduzir um pouco de água.

2. Para evitar a aspiração da dieta em pacientes com Gastrostomia Endoscópia Percutânea (PEG) é necessário que o
profissional tenha alguns cuidados. Marque a afirmativa que indica um desses cuidados:
R: Elevar a cabeceira do paciente durante a alimentação e mantê-la elevada em até 2 horas após alimentação.

3. A presença de obstrução pilórica, hipertensão portal, ascite, hepatomegalia e peritonite são algumas contra-
indicações da:
R: Gastrostomia.

4. Vários cuidados são necessários quando o paciente necessita de terapia nutricional enteral, a fim de evitar
complicações que podem comprometer o estado clínico e nutricional do paciente. Com relação aos cuidados que o
enfermeiro deve ter com um paciente neste tipo de terapia, todas as afirmativas estão corretas, EXETO:
R: Não é necessário administrar água após cada etapa de dieta.

5. O profissional de Enfermagem deve ficar atento às complicações que podem ocorrer em função do suporte
nutricional parenteral, a fim de evitá-las. Com relação a este tipo de suporte nutricional, é INCORRETO afirmar:
R: No suporte nutricional parenteral total, o enfermeiro deve infundir a dieta, por meio de uma sonda a nível
entérico ou gástrico.

6. A Terapia Nutricional Parenteral (TNP) é aplicada pela Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional - EMTN, na
qual, cada profissional possui atribuições específicas. De acordo com as proposições abaixo, qual a alternativa
contém as atribuições do Enfermeiro da EMTN?
R: Receber a NP da Farmácia e assegurar a sua conservação até a sua completa administração e proceder ou
assegurar a punção venosa.

7. A manutenção de um estado nutricional adequado é de estrema importância para a recuperação e manutenção da


saúde. Assim, quando o paciente apresenta alguma doença que não o permita se alimentar adequadamente, através
da alimentação via oral, é indicado iniciar o mais precocemente possível, a terapia nutricional enteral. Com relação a
está terapia é INCORRETO afirmar que:
R: A jejunostomia é indicada quando o paciente permanecer em terapia nutricional por não mais que quatro
semanas e não apresenta risco de aspiração.

8. Pacientes em terapia nutricional parenteral podem cursar com complicações mecânicas, metabólicas e infecciosas, se
alguns cuidados não forem tomados por parte de toda a equipe, inclusive do profissional de Enfermagem. Com
relação às complicações e cuidados neste tipo de terapia, NÃO se pode afirmar:
R: No suporte nutricional parenteral, o enfermeiro deve infundir a dieta, que é uma solução estéril de nutrientes,
por meio de um cateter nasoentérico.

9. Um paciente em terapia nutricional parenteral total (NPT) está internado na unidade de Clínica Médica, onde você é
o profissional de Enfermagem responsável. Marque a afirmativa que está CORRETA em relação ao tipo de nutrição
parenteral:
R: Na NPT a dieta é infundida por uma veia de maior diâmetro, geralmente a subclávia ou jugular interna, sendo
indicada para pacientes com necessidade de nutrição parenteral por longo período de tempo.

10. Um paciente em suporte nutricional parenteral total (NPT) está internado na unidade de clínica médica, onde você é
o profissional de enfermagem responsável. Indique a afirmativa que está INCORRETA, em relação ao tipo de nutrição
parenteral:
R: Na NPT os nutrientes são infundidos por veia de pequeno calibre, não atendendo às necessidades nutricionais.

11. Dieta contra indicada para pacientes com insuficiência renal é:


R: Hiperssódica.
12. Uma paciente que recentemente realizou uma cirurgia de gastroplastia irá receber alta hospitalar com indicação de
dieta líquida completa. Assinale a única alternativa que NÃO poderá entrar no cardápio da paciente:
R: Purê de batata.

13. Um paciente desnutrido, com diagnóstico de pancreatite aguda grave, foi internado na unidade de clínica médica,
onde você é o enfermeiro responsável. Foi indicada terapia nutricional parenteral. Com relação ao tipo de via para o
suporte nutricional parenteral, é correto afirmar que:
R: O mais indicado é utilizar um cateter em uma veia de maior calibre (subclávia ou jugular interna), uma vez que o
paciente deve ficar um período de tempo maior sem poder utilizar o trato gastrointestinal e esta via permitirá
ofertar um maior aporte energético para a recuperação do estado nutricional do paciente.

14. Em uma Dieta Branda Hipossódica, quais são os alimentos mais recomendados?
R: Batata cozida, carne moída e chuchu.

15. A dietoterapia é o tratamento das doenças através da alimentação. O principal objetivo de qualquer tipo de dieta
prescrita é suprir o organismo com nutrientes necessários. Dessa forma, é necessário adequar a dieta ao paciente
hospitalizado ou em home care. Com relação à adequação da dieta NÃO É CORRETO AFIRMAR QUE:
R: A manutenção do repouso do trato gastrintestinal (TGI) é a única modificação na dieta normal que corresponde
a uma adequação na dieta.

16. Dieta balanceada em nutrientes também chamada de livre, adequada para indivíduos sem exigência de modificações
alimentares é a:
R: Dieta normal.

17. São indicações da dieta liquida restrita com EXCEÇÃO de:


R: Aumento do volume do bolo fecal.

18. Em relação à dieta líquida completa, pode-se afirmar que:


R: Apresenta dificuldade de adequação calórica, devido à limitação de alimentos e tipo de preparação.

19. Foi indicada terapia nutricional com dieta enteral para uma criança de 1 ano de idade, desnutrida e com história de
pneumonias de repetição por broncoaspiração da dieta. Com relação ao posicionamento da sonda indicada para este
paciente, é CORRETO afirmar:
R: O mais indicado é o posicionamento entérico (duodenal ou jejunal), pois esta localização apresenta menor risco
de broncoaspiração.

20. A dieta por via oral indicada para dar repouso ao trato gastrintestinal (pós-operatórios, transtornos gastrintestinais)
é: R: Líquida restrita.

21. Assinale a alternativa que representa a definição da dieta hospitalar BRANDA:


R: Dieta que facilita a digestão onde todos os alimentos são modificados por cozimento ou mecanicamente
(triturados, ralados moídos) para abrandar as fibras.

22. Alimentar um paciente por sonda, por via nasal ou ostomia, necessita de cooperação do mesmo e de seus familiares,
principalmente quando existe indicação dessa terapia no domicilio. As alternativas abaixo representam opções para a
redução da ansiedade e o aumento na segurança dos pacientes, com exceção de:
R: Ressaltar apenas os riscos das complicações desse tipo de dieta.

23. Qual a dieta que preconiza restrição de frituras e alimentos gordurosos, principalmente os ricos em gordura saturada
sendo indicada para pacientes com sobrepeso, doenças cardiovasculares e dislipidemias?
R: Dieta hipolipídica.

24. Para evitar a aspiração da dieta em pacientes com Gastrostomia Endoscópia Percutânea (PEG) é necessário que o
profissional tenha cuidados. Marque a afirmativa que indica um desses cuidados:
R: Elevar a cabeceira do paciente durante a alimentação e mantê-la elevada em até 2 horas após alimentação.

25. O Enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente em terapia nutricional enteral pode apresentar,
a fim de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Indique a afirmativa que apresenta SOMENTE as
complicações mecânicas da terapia nutricional enteral:
R: Sinusite, erosão nasal e desposicionamento da sonda.
26. Com relação à escolha da terapia nutricional mais adequada para um paciente, deve-se levar em consideração:
I. a funcionalidade do trato gastrointestinal;
II. a duração da terapia nutricional para determinar a via de acesso;
III. o risco de aspiração da dieta para determinar o posicionamento da sonda.
Marque a alternativa correta: R: todas as afirmativas são verdadeiras.

27. Sobre as Dietas Hospitalares são feitas as seguintes afirmações:


I. A Dieta líquida Restrita consiste em uma refeição com resíduos e que atinge facilmente as necessidades energéticas
do paciente.
II. A Dieta Branda é rica em fibras, preparada com pouca gordura e poucos condimentos.
III. A Dieta Líquida Completa pode ser composta por leite, gelatina, iogurte, mingau, sopa liquidificada e suco de
frutas. É de fácil digestão, contém lactose e é pobre em fibras.
IV. A dieta pastosa é muito utilizada para quem tem dificuldade de mastigação e deglutição, em pós-operatórios e em
pacientes neurológicos. É uma preparação normalmente de fácil aceitação pela sua boa aparência e de consistência
sólida.
V. Dieta normal inclui todos os tipos de alimentos e preparações saudáveis, conforme hábitos e costumes regionais,
baseando-se nas necessidades nutricionais de um indivíduo.
Assinale a alternativa CORRETA: R: Apenas as alternativas III e V estão corretas.

28. A sequência de Robin (SR) é descrita na literatura como uma tríade de anomalias caracterizada por micrognatia,
glossoptose e fissura de palato. Clinicamente, a tríade se expressa por obstrução das vias aéreas e dificuldades
alimentares que são mais frequentes e mais graves no período neonatal. A heterogeneidade das manifestações
clínicas também é uma de suas características, podendo a criança expressar desde leve dificuldade respiratória e
alimentar até graves crises de asfixia, que podem levar ao óbito se não houver rápida intervenção médica. As
dificuldades alimentares se caracterizam por pouco volume de leite ingerido, alimentação por via oral (VO) demorada
(geralmente maior que 30 minutos), fadiga, tosse, engasgos, vômitos e regurgitações durante e após as mamadas.
Essas dificuldades alimentares podem levar à desnutrição protéico-calórica (MARQUES et al, 2005. Disponível em).
Para evitar as dificuldades alimentares e a desnutrição protéico-calórica, os lactentes com SR podem ser alimentados
através da: R: Gastrostomia.

AULA 06 (AV2)
1. A prática de atividade física orientada traz grandes benefícios para o controle adequado do paciente diabético,
prevenindo complicações e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida desses pacientes. No entanto, alguns
cuidados são importantes na prática de atividade física pelo paciente diabético. Com relação a estes cuidados,
indique a afirmativa CORRETA:
R: É recomendado, antes da prática da atividade física, o consumo de alimentos que contenham carboidratos para
evitar a hipoglicemia.

2. A prática de atividade física orientada traz grandes benefícios para o controle glicêmico no paciente diabético,
prevenindo complicações e contribuindo para a melhora na qualidade de vida desses pacientes. Com relação ao
efeito benéfico da atividade física para o paciente diabético, é INCORRETO afirmar:
R: A prática da atividade física diminui a captação de glicose pela célula, causando hipoglicemia.

3. Você orientou um paciente do gênero masculino, 57 anos de idade e obeso a procurar um nutricionista para que o
mesmo fizesse um tratamento dietoterápico, a fim de perder peso, uma vez que é grande o risco do paciente
desenvolver a síndrome metabólica. Marque a opção CORRETA que apresenta algumas comorbidades (doenças
associadas) que caracterizam a síndrome metabólica:
R: Doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo II e hipertensão arterial sistêmica.

4. Paciente apresentando hipercolesterolemia, com história de Infarto Agudo no Miocádio (IAM) e Hipertensão Arterial
Sistêmica (HAS), procurou o serviço de saúde, onde você é o enfermeiro responsável. Indique a afirmativa que
apresenta algumas orientações nutricionais, que devem ser dadas ao paciente.
R: Diminuir o consumo de gordura saturada (rica em ácidos graxos saturados) e diminuir o consumo de alimentos
ricos em colesterol.

5. Paciente masculino obeso e hipertenso foi internado em virtude de um pico hipertensivo. Na alta hospitalar o
paciente foi orientado a incluir alimentos integrais ricos em fibras na sua dieta. Em relação aos efeitos das fibras na
perda de peso e na saúde, indique a alternativa que está INCORRETA.
R: As fibras não apresentam efeito na saciedade, tendo apenas o efeito de aumentar o bolo fecal, não tendo
importância nas dietas para perda de peso.
6. Paciente do gênero feminino, de 44 anos de idade, apresenta excesso de gordura na região glúteo femoral (quadril,
nádegas e pernas). De acordo com a localização da gordura, marque a opção que apresenta o tipo de obesidade
apresentada por esta paciente:
R: Obesidade ginóide ou periférica.

7. Um paciente obeso foi atendido na unidade hospitalar onde você é o enfermeiro responsável. Este paciente foi
orientado a incluir fibras alimentares na sua dieta. Em relação aos efeitos das fibras na perda de peso e na saúde, a
alternativa que está CORRETA é:
R: As fibras aumentam a saciedade, uma vez que retardam o esvaziamento gástrico, contribuindo assim para a
perda de peso.

8. Paciente do sexo masculino, de 40 anos de idade, apresenta obesidade andróide, ou seja, excesso de gordura viscero-
abdominal e resistência periférica à insulina. Marque a opção que apresenta as principais complicações desse tipo de
obesidade do paciente:
R: Doenças cardiovasculares e diabetes mellitus.

9. Paciente do gênero feminino, de 22 anos de idade, com diagnóstico de diabetes tipo I, procurou o serviço de saúde
onde você é o enfermeiro responsável. Você orientou a paciente a agendar uma consulta com o nutricionista e
também deu algumas orientações nutricionais, que podem contribuir para manter a glicemia normal e prevenir as
complicações do diabetes, até que a paciente seja avaliada individualmente pela nutricionista da unidade. Indique a
afirmativa que apresenta algumas orientações nutricionais, que devem ser dadas à paciente.
R: Fracionar as refeições em no mínimo três intermediárias (colação, lanche e ceia) e três básicas (desjejum,
almoço e jantar) e dar preferência a consumir os carboidratos na forma integral, pois são ricos em fibras, que
melhoram o controle da glicemia sanguínea.

10. Paciente masculino procurou o serviço de saúde onde você é o enfermeiro responsável. A anamnese do paciente
revelou que o mesmo apresenta vários fatores de risco para o desenvolvimento do Infarto Agudo do Miocárdio
(IAM). Você o orientou a procurar um nutricionista para tratamento dietoterápico. Também forneceu algumas
orientações nutricionais ao paciente, que seriam relevantes para o momento, antes da consulta com o nutricionista.
Marque a afirmativa que apresenta somente orientações nutricionais que devem ser dadas ao paciente:
R: Substituir a gordura saturada pela monoinsaturada e diminuir o consumo de alimentos ricos em colesterol.

11. Paciente do gênero masculino, de 60 anos de idade, deu entrada a emergência de um hospital, queixando-se de falta
de ar e sensação de desconforto torácico (opressão precordial). Ao ser aferida a pressão arterial da paciente, foi
verificado que estava elevada. O paciente relatou ser fumante e diabético. Os exames laboratoriais evidenciaram
hiperuricemia. Os fatores de risco para o Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) que podem ser identificados neste
paciente são:
R: Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), diabetes, fumo e hiperuricemia.

12. As mudanças nos hábitos alimentares e no estilo de vida e o envelhecimento da população têm contribuído para o
crescente aumento na incidência das doenças crônicas não transmissíveis no Brasil e no mundo. Assinale qual é a
única CORRETA com relação à dieta nas doenças:
R: As principais causas da pandemia de obesidade estão relacionadas ao estilo de vida inadequado, como hábitos
alimentares incorretos e sedentarismo.

13. O tratamento nutricional do paciente diabético é imprescindível para o controle da doença e para evitar as
complicações clássicas. Com relação aos componentes da dieta oferecidos para o paciente diabético, é INCORRETO
afirmar:
R: Os carboidratos refinados devem representar a maior parte do total de carboidratos da dieta, devendo-se
restringir os alimentos integrais.

14. O Diabetes Mellitus é uma síndrome de etiologia múltipla caracterizada por hiperglicemia crônica e distúrbios do
metabolismo dos carboidratos, lipídios e proteínas. É considerado um importante problema de saúde pública uma
vez que é de alta prevalência, estando associado a complicações que comprometem a produtividade, qualidade de
vida e sobrevida dos indivíduos, além de envolver altos custos no seu tratamento e das suas complicações. Destaca-
se, nesse contexto, a importância da Terapia Nutricional. Com relação à importância das fibras solúveis, como a
pectina, no tratamento do diabetes mellitus É CORRETO AFIRMAR QUE:
R: As fibras solúveis, como a pectina, normalizam a glicemia, possivelmente por retardar a velocidade de
esvaziamento gástrico e aumentar o tempo de trânsito intestinal, transformando-se em gel no TGI prevenindo os
perigosos picos de hiperglicemia pós-prandial (após as refeições).
15. O Diabetes Mellitus constitui um importante problema de saúde pública, uma vez que é de alta prevalência e está
associado a complicações que comprometem a produtividade, qualidade de vida e sobrevida dos indivíduos, além de
envolver altos custos no seu tratamento e das suas complicações. Com relação a esta doença crônica, é INCORRETO
afirmar que:
R: O diabetes mellitus tipo II é causado por deficiência congênita na síntese e secreção do hormônio insulina pelas
células beta-pancreáticas.

16. O Diabetes mellitus constitui um importante problema de saúde pública, uma vez que é de alta prevalência e está
associado a complicações que comprometem a produtividade, qualidade de vida e sobrevida dos indivíduos, além de
envolver altos custos no seu tratamento e das suas complicações. Com relação ao tratamento nutricional desta
doença crônica, é CORRETO afirmar que:
R: Deve ser aumentado o consumo de fibras solúveis, pois estas retardam o esvaziamento gástrico e aumentam o
tempo necessário para a absorção do açúcar contido nos alimentos, prevenindo os perigosos surtos de
hiperglicemia após a alimentação.

17. O diabetes mellitus não tratado adequadamente pode levar a várias complicações a longo prazo, que interferem na
qualidade de vida do paciente. Assim, o controle glicêmico é de extrema importância, sendo a terapia nutricional
imprescindível neste controle. Em relação à terapia nutricional no paciente diabético, leia as afirmativas abaixo:
I. Deve ser evitada a ingestão de alimentos ricos em açúcar, mel e refrigerantes.
II. O tratamento do paciente diabético deve ser realizado por equipe profissional multidisciplinar: médicos,
enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e professores de educação física.
III. As proporções de carboidratos e gorduras da dieta devem estar de acordo com o controle metabólico individual.
IV. Em relação ao consumo de gorduras e bebidas alcoólicas não há restrição para o paciente diabético, estando o
consumo liberado.
Marque a opção CORRETA: R: Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.

18. O primeiro indicativo de diabetes mellitus é a alteração dos níveis de glicemia de jejum. Qual a alternativa abaixo
indica os níveis glicêmicos de normalidade? R: entre 70 a 99 mg/dL.

19. O diabetes mellitus (DM) é uma doença crônica que pode ser classificada em DM tipo I, DM tipo II e Diabetes
gestacional. Leia as afirmativas sobre estes tipos:
I. O DM tipo I resulta da destruição das células beta pancreáticas, geralmente ocasionando a deficiência absoluta de
insulina.
II. O DM tipo II resulta de graus variáveis de resistência à insulina e deficiência relativa da secreção de insulina.
III. No Diabetes gestacional há diminuição da tolerância à glicose, diagnosticada pela primeira vez na gestação,
podendo ou não persistir após o parto.
IV. O diabetes tipo I se desenvolve mais tardiamente, após os 40 anos, e é comum em indivíduos obesos.
Indique a opção CORRETA: R: Somente as afirmativas I, II e III estão corretas.

AULA 07
1. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente com gota (artrite microcristalina) pode
desenvolver, a fim de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Sabendo que o manejo nutricional é
importante para melhorar o prognóstico da doença, o objetivo de se recomendar abstinência alcoólica aos pacientes
é: R: Corrigir a hiperuricemia.

2. O enfermeiro deve conhecer os principais fatores de risco para a osteoporose. Além disso, campanhas de prevenção
são fundamentais para minimizar a incidência desta doença, principalmente durante a infância e adolescência, pois:
R: São períodos de maior alcance do Pico de Massa Óssea (PMO).

3. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente com artrite reumatoide pode desenvolver, a fim
de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Considerando o quadro clínico característico, destaque a
conduta nutricional que NÃO É preconizada a pacientes com disfunção na Articulação Temporomandibular (ATM):
R: Estabelecer dieta zero, com o objetivo de manter a articulação em repouso.

4. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente com gota (artrite microcristalina) pode
desenvolver, a fim de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Sabendo que o manejo nutricional é
importante para melhorar o prognóstico da doença, o objetivo de se recomendar aos pacientes o aumento na
ingestão hídrica é:
R: Otimizar a excreção urinária de ácido úrico e minimizar a possibilidade de formação de cálculos renais.
5. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente com gota (artrite microcristalina) pode
desenvolver, a fim de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Sabendo que o manejo nutricional é
importante para melhorar o prognóstico da doença, devido à hiperuricemia, o aporte proteico da dieta de pacientes
com gota, em fase aguda, é obtido através da ingestão de:
R: Clara de ovo, leite desnatado, ricota e cottage.

6. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que um paciente com artrite reumatoide pode desenvolver, a fim
de tomar os cuidados necessários para minimizá-las. Sabendo que a desnutrição é comum, são fatores relacionados à
desnutrição, em pacientes com artrite reumatoide, EXCETO:
R: Hipertrofia das microvilosidades intestinais.

7. A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica, de natureza autoimune, que promove aumento nas
necessidades nutricionais dos pacientes. Destaque a alternativa que contém os nutrientes que promovem melhora
no quadro clínico, ou seja, no processo inflamatório, e "stress" oxidativo, respectivamente:
R: Ácido alfa-linolênico (ômega 3) e vitamina C (ácido ascórbico).

8. A artrite reumatoide é mais frequente em mulheres e está comumente associada à osteoporose, devido ao uso
crônico de corticoides que promove:
R: Diminuição na absorção intestinal de cálcio e hipercalciúria.

9. Campanhas de prevenção são fundamentais para minimizar a incidência de várias doenças, dentre as quais podemos
destacar a osteoporose. O enfermeiro deve conhecer os principais fatores de risco para esta doença, inclusive os
nutricionais. A ingestão excessiva de café exerce impacto negativo na saúde óssea, principalmente em mulheres que
já apresentam osteoporose, pois:
R: Promove hipercalciúria.

10. A osteoporose é uma condição clínica caracterizada por um decréscimo na massa óssea (matriz osteóide e
componente macrocristalino inorgânico) resultando em uma redução na densidade mineral óssea principalmente da
coluna lombar e fêmur proximal e uma maior incidência a fraturas. Torna-se importante prevenir, ou pelo menos
retardar, o aparecimento da osteoporose através de medidas que otimizem o acúmulo máximo de massa óssea
durante a infância e adolescência, pois quanto maior for o Pico de Massa Óssea (PMO), maior será a reserva óssea
com o avanço da idade minimizando o impacto da perda óssea. A adoção de uma dieta rica em cálcio é uma das
medidas para otimizar o acúmulo máximo de massa óssea. Com relação à biodisponibilidade do cálcio no organismo
humano NÃO É CORRETO AFIRMAR QUE: R: A lactose diminui a absorção do cálcio.

11. A osteoporose acomete um número crescente de mulheres em todo o mundo, sendo considerada um importante
problema de saúde pública. Sobre esta doença do aparelho locomotor, é INCORRETO afirmar:
R: A prevenção da osteoporose deve ser iniciada na idade adulta, momento em que há aumento na atividade
osteoclástica.

12. São fatores de risco para a osteoporose, EXCETO:


R: Ingestão de alimentos fontes de cálcio e vitamina D.

13. O cálcio é o mais abundante cátion divalente do organismo humano, o qual contribui com aproximadamente 1,5 a
2,0% do peso corporal total do organismo adulto. Mais de 99% do cálcio total do organismo é encontrado nos ossos e
dentes formando o tecido ósseo. Sobre as fontes alimentares de cálcio e sua biodisponibilidade no organismo
humano é INCORRETO afirmar que:
R: As fontes alimentares de cálcio menos biodisponíveis são os laticínios, principalmente leite, iogurte e queijos.

14. O cálcio é um dos micronutrientes mais importantes na prevenção da osteoporose. Com relação às fontes
alimentares e biodisponibilidade deste nutriente, é INCORRETO afirmar:
R: O ácido fítico, presente nos cereais integrais, aumenta a absorção de cálcio.

AULA 08
1. O cuidado nutricional adequado da gestante diabética contribui para a redução do risco de ocorrência de
complicações durante a gestação. Com relação a orientações nutricionais para gestantes diabéticas, todas as
afirmativas abaixo estão corretas, EXCETO:
R: Deve-se desestimular o consumo de fibras, uma vez que estas causam desconforto as gestantes e não tem efeito
sobre a glicemia.
2. A ação multi e interdisciplinar, no atendimento às gestantes com Doença Hipertensiva Específica da Gestação
(DHEG), é fundamental para seu cuidado. A educação nutricional é fundamental para garantir um bom resultado da
gestação. Devido a isso, se o enfermeiro identificar a presença de hipertensão, deve orientar as gestantes a:
R: Evitar sopas industrializadas e caldos de carne em tabletes.

3. Estudos sobre biodisponibilidade de nutrientes demonstram que existem interações entre os nutrientes de forma
sinérgia ou antagônica. A interação antagônica entre determinados nutrientes pode comprometer sua absorção. Os
adolescentes devem ser orientados a não ingerir produtos lácteos após o almoço e jantar, devido ao risco de:
R: Anemia ferropriva, pois o cálcio interfere na absorção do ferro.

4. As necessidades de vitaminas e minerais estão aumentadas na população infantil, em função do acelerado


crescimento e desenvolvimento. Marque a alternativa CORRETA em relação às necessidades de vitaminas e minerais
para esta faixa etária:
R: O zinco é essencial para o crescimento, manutenção do apetite e acuidade da gustação.

5. A nutrição deficiente na gestação leva a ganho de peso insuficiente, má nutrição intrauterina, gerando recém-
nascidos de baixo peso. Assim, o cuidado nutricional nesta situação é de extrema importância, tanto para saúde
materna quanto para o recém-nascido. Com relação às necessidades nutricionais na gestação, é CORRETO afirmar:
R: Há necessidade de se ter um adicional de proteína para permitir hipertrofia dos tecidos maternos,
desenvolvimento da placenta, síntese de líquido amniótico e síntese de tecidos fetais.

6. Na dieta de gestantes com diabetes gestacional devem estar presentes alimentos ricos em CROMO, tais como,
brócolis, cereais integrais, nozes entre outros. A afirmativa que justifica tal recomendação é:
R: Micronutrientes como cromo aumentam a tolerância à glicose por estimular a sensibilidade insulínica.

7. Na dieta de gestantes com diabetes gestacional devem estar presentes alimentos ricos em ZINCO, tais como, carnes,
leite e derivados, nozes, feijões, fígado, cereais integrais, levedo de cerveja, gema de ovo entre outros. A afirmativa
que justifica tal recomendação é:
R: Micronutrientes como zinco são importantes na síntese de insulina.

8. O refluxo gastroesofágico pode comprometer de forma importante o estado nutricional da gestante, por isso
algumas orientações nutricionais são importantes nestes casos. São orientações para gestantes com refluxo
gastroesofágico, exceto:
R: Diminuir a ingestão de alimentos proteicos e aumentar a ingestão de alimentos gordurosos.

9. Com relação ao consumo de adoçante artificial aspartame durante a gestação, NÃO É correto afirmar que:
R: O uso deste adoçante é liberado para todas as gestantes, uma vez que não causa nenhuma complicação para o
feto.

10. A composição do leite materno pode variar de acordo com a ingestão de alimentos e bebidas pela nutriz interferindo
na aceitabilidade e bem estar do lactente. A CAFEÍNA encontrada em algumas bebidas como café e chá preto deve
ser ingerida com moderação pela nutriz, pois seu excesso pode provocar desconforto no lactente, como:
R: Insônia e irritabilidade.

11. O enfermeiro deve conhecer todas as complicações que a Doença Hipertensiva Específica da Gestação (DHEG), pode
desencadear. O cuidado nutricional adequado da gestante contribui para o bom resultado da gestação e reduz o risco
de ocorrência de:
R: Prematuridade e baixo peso.

12. Uma nutriz adolescente, devido à amenorréia decorrente de uma hipoestrogenemia, sofre aumento na reabsorção
óssea e perda de massa óssea. Tal fato compromete o pico de massa óssea característico da adolescência podendo
levar à: R: Osteoporose.

13. A constipação intestinal é uma complicação frequente durante a gestação. Marque a afirmativa que apresenta
orientações nutricionais para este tipo de complicação:
R: Aumentar o aporte de fibras e a ingestão hídrica.

AULA 09
1. A desnutrição infantil ainda é um problema de saúde pública em nosso país. Em relação à desnutrição protéica
(kwashiorkor) é CORRETO afirmar:
R: Neste tipo de desnutrição, a presença de edema "mascara" a perda de peso.
2. O estímulo à alimentação saudável deve ter início na infância. Assim, a realização de atividades educacionais
relacionadas à alimentação saudável nesta faixa etária é de grande importância. Com relação à educação nutricional,
leia e analise as afirmativas abaixo:
I. É importante para prevenção de doenças carenciais, como a anemia ferropriva.
II. Todos os profissionais de saúde podem atuar neste tipo de atividade, a fim de atuar na prevenção de doenças
crônicas futuras, tais como diabetes tipo II, doenças cardiovasculares e obesidade.
III. A educação nutricional não tem efeitos sobre a saúde futura das crianças, ou seja, não contribui para saúde na
idade adulta.
IV. A educação nutricional promove a aquisição de hábitos alimentares mais saudáveis, o que repercute na saúde a
curto e longo prazo.
Marque a opção CORRETA: R: Somente as afirmativas I, II e IV estão corretas.

3. Campanhas de educação nutricional são fundamentais durante a adolescência, com objetivo de garantir um
crescimento saudável e minimizar a incidência de várias doenças. A literatura relata e estudos epidemiológicos
comprovam que as necessidades nutricionais de ferro aumentam na adolescência. Devido a isso, adolescentes devem
ser orientados a:
R: Consumir frutas ricas em vitamina C após o almoço e o jantar.

4. Campanhas de educação nutricional são fundamentais para minimizar a incidência de várias doenças. Como as ações
da equipe de enfermagem estão ligadas à educação para a saúde, a equipe deverá orientar sobre a importância da
alimentação, explicar os grupos de alimentos e suas funções no organismo, além de ressaltar as necessidades e
recomendações nutricionais específicas para os adolescentes. O aumento nas necessidades nutricionais de vitaminas
do complexo B na adolescência é justificado:
R: Pelo aumento nas necessidades energéticas.

5. Campanhas de educação nutricional são fundamentais para minimizar a incidência de várias doenças. O aumento nas
necessidades nutricionais de vitaminas do complexo B, na adolescência, é justificado:
R: Pelo aumento nas necessidades energéticas.

6. Estudos sobre biodisponibilidade de nutrientes demonstram que existem interações entre os nutrientes de forma
sinérgia ou antagônica. A interação antagônica entre determinados nutrientes pode comprometer sua absorção. Os
adolescentes devem ser orientados a não ingerir produtos lácteos após o almoço e jantar, devido ao risco de:
R: Anemia ferropriva, pois o cálcio interfere na absorção do ferro.

7. As necessidades de vitaminas e minerais estão aumentadas na população infantil, em função do acelerado


crescimento e desenvolvimento. Marque a alternativa CORRETA em relação às necessidades de vitaminas e minerais
para esta faixa etária:
R: O zinco é essencial para o crescimento, manutenção do apetite e acuidade da gustação.

8. A infância é um período da vida de intenso crescimento e estabelecimento dos hábitos alimentares, sendo este grupo
suscetível a carências nutricionais. Marque a afirmativa CORRETA:
R: O ambiente familiar pode influenciar o comportamento alimentar da criança.

9. É na infância que os hábitos alimentares se estabelecem. Portanto, nesta fase da vida, a realização de atividades
educacionais, relacionadas a alimentação saudável, é de extrema importância. Em relação à educação nutricional em
crianças, é INCORRETO afirmar que:
R: A educação nutricional não tem efeitos sobre a saúde futura das crianças, ou seja, não contribui para a saúde na
idade adulta.

10. A nutrição adequada durante a adolescência desempenha um papel de destaque na prevenção de inúmeras
complicações nutricionais. Distúrbios no comportamento alimentar, como a anorexia nervosa, são comuns e
representam um fator de risco para o desenvolvimento da osteoporose. São situações clínicas características da
anorexia nervosa, COM EXCEÇÃO DE: R: Acúmulo máximo de massa óssea.

11. A mídia pode exercer influência negativa na saúde óssea, ao preconizar a necessidade de um padrão de beleza no
qual a magreza ocupa lugar de destaque. A incidência de transtornos alimentares, como a anorexia e a bulimia
nervosa, vem aumentando, principalmente em adolescentes femininas, exacerbando o impacto da perda de massa
óssea, durante o processo de envelhecimento. São fatores relacionados à perda de massa óssea, em adolescentes
femininas com anorexia nervosa, COM EXCEÇÃO DE:
R: Aumento no alcance do pico de massa óssea.
12. Com relação aos hábitos alimentares das crianças em idade escolar (7 a 12 anos), é CORRETO afirmar:
R: As crianças em idade escolar mantêm as preferências e as aversões dos anos anteriores e imitam os hábitos
alimentares das pessoas de suas famílias.

13. Crianças em idade pré-escolar são susceptíveis ao desenvolvimento de algumas carências nutricionais devido a
algumas características específicas desta faixa etária. Todas as afirmativas abaixo estão corretas, EXCETO:
R: As crianças em idade pré-escolar mantêm as preferências e as aversões dos anos anteriores e imitam os hábitos
alimentares das pessoas de suas famílias, sendo o apetite maior e o consumo de alimentos é mais variado.

14. A gravidez na adolescência é um importante problema de saúde pública em nosso meio, pois é um fator de risco por
várias complicações. Em relação à gestação na adolescência, é INCORRETO afirmar que:
R: As necessidades nutricionais da gestante adolescente são as mesmas da gestante adulta, para todos os
nutrientes, incluindo o cálcio e o ferro.

AULA 10

1. A imunodeficiência no idoso pode estar relacionada a vários fatores como a desnutrição, a hipocloridria, o uso
indiscriminado de antibióticos, as alterações na flora normal, entre outros. O profissional de enfermagem
especializado no atendimento a idosos deve ser capaz de conhecer os possíveis fatores envolvidos na prevenção de
doenças infecciosas, dentre os quais, os nutricionais. Com relação aos fatores nutricionais envolvidos, leia as
afirmativas abaixo:
I. A ingestão adequada de alimentos fontes de proteínas de alto valor biológico garante a formação dos anticorpos.
II. A ingestão de alimentos fontes de vitamina C e zinco fortalece a defesa antioxidante melhorando a resposta
imunológica.
III. A ingestão de ácidos graxos essenciais, como ácido alfa-linolênico, promove uma modulação benéfica na resposta
inflamatória e imunológica.
IV. A ingestão de ácidos graxos saturados promove uma melhora na fluidez sanguínea e na saúde endotelial.
Marque a opção CORRETA: R: Somente a afirmativa IV está errada.

2. Ao se planejar cardápios para idosos, devemos atentar para as características dos mesmos e tentar adaptar a dieta à
sua realidade, fazendo as modificações necessárias. A anamnese alimentar é uma importante ferramenta utilizada
para conhecer os hábitos alimentares dos idosos e também para verificar seu grau de lucidez. A observação, no que
diz respeito à integridade bucal, também é fundamental, pois a ausência de dentes, o uso de próteses dentárias mal
adaptadas e a presença de doenças periodontais podem impedir que o momento da alimentação seja prazeroso.
Adiciona-se, ainda, a necessidade de oferecer refeições coloridas e saborosas, tentando despertar o apetite no idoso,
evitando, assim, a anorexia que compromete o estado nutricional dos mesmos. Além dos fatores descritos, as
principais causas da anorexia no idoso são:
R: Alteração no paladar, uso crônico de medicamentos, depressão e problemas mentais.

3. As Universidades Abertas à Terceira Idade (UATI) desenvolvem trabalhos educativos de alta qualidade, contribuindo
para manter os idosos ativos, saudáveis e autônomos, preservando seu direito ao trabalho, ao lazer, à informação e à
educação. A intervenção nutricional educativa faz parte desse conjunto de atividades desenvolvidas nas UATI. Com
relação à intervenção nutricional educativa, leia as afirmativas abaixo:
I. A intervenção nutricional educativa terá maiores chances de sucesso se estiver incluída em programas habituais
que promovam mudanças radicais nos hábitos alimentares, por um curto período de tempo.
II. Os temas mais relevantes para serem desenvolvidos durante a intervenção educativa são: a importância da
alimentação para a saúde dos indivíduos; grupos de alimentos e suas funções no organismo humano; necessidades e
recomendações nutricionais específicas para a população idosa; e o autocuidado em nutrição.
III. As palestras e atividades deverão ser desenvolvidas de uma forma dinâmica e interativa para que a intervenção
nutricional educativa tenha maiores chances de sucesso.
IV. As ações da equipe de enfermagem estão ligadas à educação para a saúde. Assim, a equipe deverá orientar sobre
a importância da alimentação para a saúde, explicar os grupos de alimentos e suas funções no organismo, ressaltar as
necessidades e recomendações nutricionais específicas para a população idosa e estabelecer o autocuidado em
nutrição.
Marque a opção CORRETA: R: Somente a afirmativa I está incorreta.

4. Um dos fatores que interferem no tipo de processo de envelhecimento cursado pelo idoso está relacionado com o
estilo de vida adotado durante a vida inteira. Sabe-se que uma série de alterações ocorre com o avançar da idade.
Entretanto, o estilo de vida saudável pode minimizar o impacto das mesmas. Por isso, devemos incentivar a prática
regular de exercícios físicos, a adoção de hábitos alimentares saudáveis e a abstinência ao fumo para promover:
R: Aumento na atividade enzimática relacionada ao metabolismo lipídico.
5. A educação nutricional dos idosos é fundamental para garantir um processo de envelhecimento com qualidade de
vida. O profissional de enfermagem deve ser capaz de humanizar o atendimento ao idoso, conhecendo as alterações
psicológicas características do processo de envelhecimento e fornecendo orientação nutricional adequada aos
mesmos, a fim de prevenir ou corrigir a desnutrição. Com relação a estas alterações e orientações, leia as afirmativas
abaixo:
I. As alterações sensoriais, como redução nos sentidos do paladar, olfato, visão, audição e tato, características do
processo de envelhecimento, podem levar à depressão, anorexia e desnutrição. Devido a isso, a dieta deve ser
variada, colorida e saborosa.
II. A sensação de isolamento social e o abandono familiar são alterações psicossociais características do processo de
envelhecimento, podendo levar à anorexia e desnutrição se não houver uma intervenção psicológica adequada.
III. A participação em trabalhos educativos e palestras sobre intervenção nutricional contribui para manter os idosos
ativos, saudáveis e autônomos, preservando seu direito ao lazer, à informação e à educação.
Marque a opção CORRETA: R: Todas as afirmativas estão corretas.

6. A educação nutricional dos idosos é fundamental para garantir um processo de envelhecimento com qualidade de
vida. O profissional de enfermagem especializado no atendimento de idosos deve ser capaz de conhecer as
alterações fisiológicas e patológicas características do processo de envelhecimento e fornecer orientação nutricional
adequada aos mesmos, a fim de prevenir ou corrigir a desnutrição. Com relação a estas orientações, leia as
afirmativas abaixo:
I. Mudanças na consistência da dieta são necessárias para promover alimentação com conforto para idosos que
possuem doenças periodontais e xerostomia.
II. A dieta deve ser variada, colorida e saborosa devido às alterações sensoriais características do processo de
envelhecimento, como redução dos sentidos do paladar, olfato e visão.
III. O estímulo à alimentação deve ser frequente, principalmente em idosos que apresentam alterações neurológicas
características do processo de envelhecimento.
Marque a opção CORRETA: R: Todas as afirmativas estão corretas.

7. O estímulo à alimentação saudável deve ter início na infância. Assim, a realização de atividades educacionais
relacionadas à alimentação saudável nesta faixa etária é de grande importância. Com relação à educação nutricional,
leia e analise as afirmativas abaixo:
I. É importante para prevenção de doenças carenciais, como a anemia ferropriva.
II. Todos os profissionais de saúde podem atuar neste tipo de atividade, a fim de atuar na prevenção de doenças
crônicas futuras, tais como diabetes tipo II, doenças cardiovasculares e obesidade.
III. A educação nutricional não tem efeitos sobre a saúde futura das crianças, ou seja, não contribui para saúde na
idade adulta.
IV. A educação nutricional promove a aquisição de hábitos alimentares mais saudáveis, o que repercute na saúde a
curto e longo prazo.
Marque a opção CORRETA: R: Somente as afirmativas I, II e IV estão corretas.

8. A educação nutricional dos idosos é fundamental para garantir um processo de envelhecimento com qualidade de
vida. O profissional de enfermagem especializado no atendimento de idosos deve ser capaz de conhecer as
alterações fisiológicas e patológicas características do processo de envelhecimento. Com relação a estas alterações,
leia as afirmativas abaixo:
I. A sensação de isolamento social e o abandono familiar são alterações psicossociais características do processo de
envelhecimento, podendo levar à anorexia e desnutrição se não houver uma intervenção psicológica adequada.
II. Como a hipercolesterolemia e a aterosclesose são alterações cardiovasculares comuns no processo de
envelhecimento, a dieta dos idosos deverá ser rica em micronutrientes antioxidantes.
III. Como a constipação intestinal é uma alteração gastrointestinal comum no processo de envelhecimento, a dieta
dos idosos deverá ser rica em fibras e líquidos.
IV. Para evitar a nefropatia geriátrica (processo de esclerose glomerular renal) e o desenvolvimento e/ou
agravamento da osteoporose, a dieta do idoso deve ser hiperproteica.
Marque a opção CORRETA: R: Somente a afirmativa IV está incorreta.

9. Na Atenção Integral à Saúde, a avaliação do estado nutricional dos idosos exerce um impacto extremamente
importante, visto que é uma avaliação feita para verificar se a necessidade fisiológica por nutrientes está sendo
alcançada. Nesse contexto, são fatores que justificam a atenção especial dada ao idoso hospitalizado COM EXCEÇÃO
DE: R: A diminuição na morbi-mortalidade é comum em idosos.

10. Apesar do aumento no catabolismo proteico-muscular ser uma alteração do processo de envelhecimento, indica-se
uma dieta normoproteica para prevenção da:
R: Nefropatia geriátrica.
11. O processo de envelhecimento é caracterizado por uma série de alterações, que comprometem o estado nutricional
do idoso. As alterações psicossociais, tais como sensação de isolamento social e abandono família, podem levar à:
R: Anorexia e desnutrição.

12. Sabemos que os nutrientes exercem diversas funções imprescindíveis à manutenção da saúde, em todos os períodos
fisiológicos da vida humana. A desnutrição está relacionada a uma série de complicações no idoso, COM EXCEÇÃO
DE: R: Promoção do anabolismo.

13. Alguns idosos se beneficiam com a substituição de alimentos refinados por alimentos integrais. Esta substituição
alimentar evita alguns sintomas de desconforto gastrintestinal, como:
R: Diminuição no peristaltismo intestinal.

Subjetivas:
1. Os ácidos graxos diferem entre si de acordo com o tipo de ligação entre os átomos de carbono, ou seja, pela
quantidade de átomos de hidrogênio e de acordo com o tamanho da cadeia carbônica, ou seja, pela quantidade de
átomos de carbono. Podem ser classificados em ácidos graxos saturados, insaturados (monoinsaturada e
polinsaturada) e trans. Diferencie os ácidos graxos em relação à presença ou não de dupla ligação entre os átomos de
carbono e à sua consistência à temperatura ambiente:
R: A gordura saturada não apresenta dupla ligação e sua consistência é sólida a temperatura ambiente. A gordura
monoinsaturada apresenta 1 dupla ligação e a polinsaturada apresenta duas ou mais duplas ligações e ambas
apresentam consistência líquida a temperatura ambiente. A gordura trans apresenta uma inversão dos
hidrogênios da dupla ligação da posição cis para trans, tornando-se semi-sólido a temperatura ambiente

2. Uma paciente de 47 anos foi orientada a realizar um lipidograma. A equipe multiprofissional de saúde ao avaliar as
análises laboratoriais observou que os níveis sanguíneos de VLDL estavam elevados, assim como os níveis de
triglicerídios (hipertrigliceridemia). Além disso, durante a anamnese a paciente relatou que substituiu o cigarro por
doces apresentando um ganho de peso recente. Sabendo que a intervenção dietética é a primeira conduta a ser
adotada no tratamento das dislipidemias, comente a respeito da redução no consumo alimentos fontes de
carboidratos, principalmente pães, massas e doces.
R: Ocorre a síntese endógena de triglicerídios. O excesso de carboidratos é convertido em gorduras, ou seja, os
esqueletos de carbono da glicose são convertidos em ácidos graxos nos hepatócitos que são reesterficados com o
glicerol formando triglicerídios.