Você está na página 1de 6

Prezadas(os) Concursandas(os)!

Bom dia, tarde, noite ou até madrugada!

De partida, gostaria de agradecer ao convite do Curso Exponencial para


colaborar com dicas finais para os que prestarão o concurso da SEFIN
RO.

Nosso encontro será na próxima sexta-feira, às 20 horas, na fanpage do


Exponencial.

Mestre, vou prestar o concurso da ABIN. Posso assistir à resenha?

Não só pode, como deve!

Galerinha, o Direito Administrativo é um só. O que muda é a forma de


abordagem entre as bancas e o conteúdo programático, que pode ser
menor ou maior.

Ah! A banca examinadora da SEFIN RO é da ilustríssima FGV. É uma


banca “caixinha de surpresas”. Houve concursos, por exemplo,
extremamente complicados, de nível de dificuldade NASA, em que sequer
se alcançou o número de vagas disponíveis para o certame.

Professor, então devo ficar como medo?

Nem pensar! Medo nem da Cuca do sítio do pica-pau amarelo. Devemos


só respeitar, e isso, além de suficiente, e necessário. E, pessoal, a FGV
não tem mais cometido o erro do passado, com provas alienígenas, para
não selecionar sequer o número desejado de novos servidores.

Confesso que minha missão não está nada facilitada para a nossa revisão,
isso porque o Edital de vocês foi “carinhosamente” preenchido com todos
os principais tópicos do Direito Administrativo. Por exemplo, são raros os
Editais que preveem o tema intervenção do Estado na propriedade
privada. Adivinha! O de vocês tem intervenção...

E, Mestre, como então rever tão longo edital?

Pessoal, simples. Por meio de temas. Levantei por tópico do edital os


quesitos “mais queridinhos” da FGV, na certeza de dar um xeque-mate a
cavalo na ilustríssima FGV.

Não será uma aula. Vou apresentar rapidamente o tema e com comentário
bem sucinto. Vai que, eventualmente, eu apresente algo que não tenha
sido fixado nesta reta final, e pode ser aquela questão que fará a diferença
em sua classificação.

Espero contribuir com todos.

Cyonil Borges.

Tópico 1 – Conceito e Fontes e Sistemas Administrativos

1º - Critério da Administração Pública e seus aspectos

2º - Tratados internacionais e regulamentos enquanto fontes. E


características da jurisprudência.

3º - Dualidade de jurisdição. Emprego no Brasil.

Tópico 2 – Princípios da Administração

4º - Aplicações dos principais princípios expressos.

- Legalidade X Arbitragem

- Moralidade X Nepotismo

- Impessoalidade X §1º do art. 37 da CF


- Eficiência X contratos de gestão

- Publicidade X Lei de Acesso à Informação

Tópico 3 – Administração Pública Direta e Indireta

5º - Criação das pessoas jurídicas. Vinculação e controle finalístico. Tutela


X Autotutela.

6º - Criação das subsidiárias.

7º - Empresas públicas unipessoais e pluripessoais.

8º - Regras de direito público aplicáveis às empresas governamentais.

Tópico 4 – Consórcios Públicos

9º - Personalidade Jurídica.

10º - Formação entre União e Município.

11º - Contrato de rateio e ato de improbidade.

Tópico 5 – Terceiro Setor

11º - O ato de qualificação das OS e OSCIP. Natureza e tipos de acordos.

12º - Quem não pode ser qualificada como OSCIP? Destaque também
para o prazo de funcionamento.

13º - Dever de licitação pelas OS e OSCIP.

14º - Controle pelo TC e natureza da responsabilização dos gestores


faltosos por não comunicarem o fato ao TC.

Tópico 6 – Agentes Públicos. Aspectos constitucionais

15º - Aposentadorias diferenciadas. Mandado de injunção. E Professores.

16º - Administração fazendária e precedência sobe os demais setores.

17º - Acumulação de cargos. Médico militar (realce).


18º - Teto remuneratório. Cômputo. E alcance também para as estatais.

19º - Mandato eletivo. Destaque para Vereadores.

Tópico 7 – Improbidade Administrativa

20º - Terceiro e a Lei de Improbidade.

21º - Consequências para as tipologias.

22º - Prescrição.

23º - Independência entre as instâncias.

Tópico 8 – Atos Administrativos

24º - O silêncio administrativo é ato? E quais seus efeitos?

25º - A cobrança da dívida ativa é ato dotado do atributo da


autoexecutoriedade?

26º - A tipicidade é atributo existente em todos os atos?

27º - O ato de nomeação de Ministros do STF é composto ou complexo?

28º - Convalidação é ato discricionário ou vinculado?

29º - Aplicação da teoria dos motivos determinantes e o controle judicial


dos atos discricionários.

Tópico 9 – Poderes da Administração

30º - Poder Disciplinar. Alcance. Diferença em relação ao Poder de Polícia


e ao Poder Criminal.

31º - Poder Regulamentar e a edição de Decretos Autônomos. Destaque


para a possível simetria.

32º - Poder de Polícia: autoexecutoriedade (destaque para contraditório


diferido), delegação de etapas a particulares e diferença da judiciária.

Tópico 10 – Licitações e Contratos


33º - Desenvolvimento Nacional Sustentável e Margem de Preferência.

34º - Princípio da igualdade e critério para desempate.

35º - Alteração unilateral. Cláusula exorbitante.

36º - Súmula TST e ADI 12 do STF. Encargos trabalhistas.

Tópico 11 – Pregão e Registro de Preços

37º - Vedações no Pregão. Equipe de Apoio (formação).

38º - Modalidades do SRP. E participação no SRP da União pelo Estado.

Tópico 12 – Serviços Públicos. PPP

39º - Promover X Declarar Desapropriação.

40º - Concessão X Permissão.

41º - Caducidade X Encampação.

42º - Tipos de PPP e formas de remuneração.

Tópico 13 – Bens Públicos

43º - Características. Destaque para usucapião e precatórios.

44º - Formas de utilização: ambulantes, quiosque na Orla da Praia, boxes


em Mercado Municipal.

Tópico 14 – Intervenção do Estado na Propriedade Privada

45º - Aplicações. Servidão. Ocupação temporária. Requisição


administrativa. Limitação administrativa. E desapropriação (destaque para
confiscatória).

Tópico 15 – Responsabilidade Civil

46º - Ação de responsabilidade. Polo passivo.


47º - Morte do detento. Nova orientação do STF.

48º - Responsabilidade das prestadoras de serviços.

49º - Caso fortuito interno e externo. Excludente de responsabilidade.

Tópico 16 – Controle da Administração

50º - TCs e a possibilidade de sustação de contratos.