Você está na página 1de 2

Radiodocumentário

Segundo o dicionário No Michaelis, Documentário “1. Exposição de fatos,


baseada em documentos. 2. Coleção de documentos(...)” O documentário busca
mostrar a verdade sobre um determinado tópico, sobre certo incidente ou local,
ou sobre relacionamentos entre pessoas.
Novo Aurélio: “(...)2. filme, em geral de curta metragem, que registra,
interpreta e comenta um fato, um ambiente, ou determinada situação.”
Documentário no Rádio é semelhantemente a uma Grande Reportagem
na televisão. Seleciona um tema, explica e contextualiza o acontecimento,
apresentando ambos os lados do ocorrido. Colhendo informações através de
entrevistas e fontes documentais.
Esta palavra (reportagem) tem dois sentidos: por um lado,
designa o setor das redações que trata da apuração e
codificação dos dados, em geral: por outro, um gênero
jornalístico diferente da notícia por vários aspectos. O
primeiro deles é que a reportagem cuida...do
levantamento de um assunto conforme ângulo
preestabelecido. (LAGE, 1998, P.46)

Documentário radiofônico apesar de pesquisar as diversas partes do


assunto é parcial, pois é uma produção de autor.
“O gênero documentário tem desenvolvido a noção de
ensaio com características que lhe são peculiares: a
liberdade de expressão, a possibilidade de
experimentação, o desenvolvimento do espaço subjetivo,
a montagem como agenciadora de uma desordem.”
(LABAKI E MOURÃO, 2003, P.23)

Para fazer um radiodocumentário

É preciso escolher um tema (não precisa ser factual), pesquisar a fundo sobre o
tema escolhido, criar um roteiro, selecionar o que deve conter no seu roteiro
(selecionando o mais importante), coletar o máximo de informações e
depoimentos possíveis, decupagem para recortar os áudios que foram
selecionados, e por fim, editar inserindo músicas, vinhetas, manchetes e outros
efeitos.
Um documentário apresenta somente fatos, baseados em
evidência documentada, registros escritos, fontes que
podem ser citadas, entrevistas atuais e coisas do gênero.
O objetivo fundamental é informar, mostrar uma história
ou situação sempre se baseando na reportagem honesta
e equilibrada (MCLEISH, 2001, p.191).
Tipos de documentário
-Documentário Jornalístico
Estão relacionados a questões contemporâneas, com temas que afetam a
sociedade.
Alguns exemplos são sobre saúde, política, religião, racismo, etc.
Pode ser apenas com um entrevistado, ou uma única notícia. Pesquisando com
afinco todos os detalhes.
-Documentário Histórico
Retratam historias, contam ocorridos do passado.
Traz um fato ocorrido e defende uma nova versão, ou seja, lembra-se de alguma
história que ela aconteceu de uma maneira diferente, não a maneira a qual está
armazenada em nossa memória, livros e outros.
-Documentários Culturais
Arte em geral. Trata de poemas, músicas, peças teatrais, filmes, danças e tudo
que é considerado arte.
-Documentários de abordagem filosófica ou psicológica
Temas que são sempre atuais
Filosóficos: Identidade, amor, crença...
Temas psicológicos: Relacionado a família, amor, trabalho, faculdade...
Os documentários divididos por narrativas são três, observacional, conduzido
pelo narrador ou repórter e o Autoral.
O observacional não precisa de um narrador, vai retratando a cena e deixando
o telespectador interpretar, já o conduzido pelo narrador é totalmente
dependente, de uma forma óbvia o narrador narra a sena. Autoral e totalmente
parcial, narrador ou repórter impõe sua opinião.