Você está na página 1de 3

A Gestão de Projetos também pode ser chamada de Gerenciamento de Projetos, ou de Administração de

Projetos. O Brasil começou a trabalhar com Gestão de Projetos, nos moldes das metodologias PRICE2 e
PMBOK, desde 2009/2010. No Brasil em 1940, já existiam registros de Gestão de Projetos, mas não com as
metodologias PRICE2 e PMBOK.

A Gerência de Projetos existe mundialmente desde 1960, e desde 1965, como Associação.

O que é Projeto ?
Projeto não é o mesmo que processo e nem o mesmo que atividade contínua.
Projeto é algo inédito e que será feito para um produto ou serviço específico.
É um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, destinadas a produzir um produto, serviço ou
resultados únicos.

Temporárias: No sentido que tem um início e fim definidos no tempo, e por isso, um escopo (um objetivo) e
recursos definidos.
Únicos: No sentido de que não se trata de uma operação de rotina, mas um conjunto específico de operações
destinadas a atingir um objetivo em particular.

O que são Multiprojetos ?


São vários projetos sendo executados ao mesmo tempo, não necessariamente precisam ter interligação um
com o outro.
Quando algum projeto é muito grande, e possui outros projetos dentro dele, dá-se o nome de PORTFÓLIO.

O que é o Gerenciamento de Projetos ?


É a aplicação de CONHECIMENTOS, HABILIDADES E TÉCNICAS para a execução de projetos de forma efetiva e
eficaz.

Gerenciamento de Projetos é uma competência estratégica que permite a UNIÃO DOS RESULTADOS DOS
PROJETOS COM OS OBJETIVOS DO NEGÓCIO, faz com que a empresa tenha COMPETITIVIDADE.

Quais as características de um Projeto ?


Possui administração própria.
Tem tarefas interdependentes.
Utiliza vários recursos (próprios).
Tem um tempo específico.
Possui resultado único e inédito.
Possui patrocinador.
Possui grau de incerteza.
Possui objetivos claros.

Projetos e Processos são semelhantes, pois são:


Executados por pessoas.
Restrito a recursos limitados.
Planejados, executados e controlados.

A diferença entre eles é:


Projetos: São atividades temporárias e únicas.
Processos: É operacional, com atividades repetitivas e contínuas.

Existe Projeto que é um SUCESSO, mas o Produto é um FRACASSO.


Existe Projeto que é um FRACASSO, mas o Produto é um SUCESSO.

Todo Processo Produtivo se origina de um Projeto.


Alguns itens são possíveis medir em um Projeto de SUCESSO, como:
Resultado.
Satisfação do cliente.
Desenvolvimento da equipe.
Participação no mercado.
Nova capacidade organizacional.

Itens responsáveis por um FRACASSO de um Projeto:


Falha de comunicação.
Desistência do produto.
Qualidade não atendida.
Falta de patrocinador.
Erro de planejamento.
Falta de engajamento da equipe.

Em relação à Gestão de Projetos, existem duas grandes instituições (uma Associação e um Instituto) IPMA e
PMI, que controlam, comandam, e que agregam grandes profissionais do mundo todo da área de
Gerenciamento de Projetos, os quais escrevem artigos, livros, fornecem cursos, certificações, pós-graduações,
etc.

O que são as Metodologias?


Também são chamadas de GUIAS, são um conjunto de informações com as melhores práticas em Gestão de
Projetos elaboradas por um grupo de pessoas ou entidades, que ficaram conhecidas como “BOAS PRÁTICAS
EM GESTÃO DE PROJETOS”.

O PRICE2 e o PMBOK são as “BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DE PROJETOS” mais conhecidas que existem.

Associações e Instituições mais conhecidas:

IPMA (Associação de Gerenciamento de Projetos):


Foi a primeira Associação que existiu no mundo em Gestão de Projetos, criada em 1965, na Áustria (Europa).
No Brasil está desde 2009.

PMI (Instituto de Gerenciamento de Projetos):


Criado em 1969, nos EUA. No Brasil também, desde 2009.

Metodologias mais conhecidas:

PRICE2: É uma Metodologia Britânica que surgiu antes do PMBOK, é a mais conhecida e a mais usada
no mundo.

PMBOK: Mais usada no Brasil, foi desenvolvida pelo PMI em 1993, sua atualização ocorre de 4 em 4
anos, atualmente está na 5ª edição.

O PMBOK é uma padronização que identifica e CONCEITUA PROCESSOS, ÁREAS DE CONHECIMENTO,


FERRAMENTAL E TÉCNICAS.

O Japão é campeão em Gerenciamento de Projetos, sempre utilizando novas tecnologias, etc.

O que o PMBOK oferece ?


Padronização das atividades do gerenciamento do projeto.
Melhoria no fluxo de comunicação entre as partes envolvidas.
Redução da negligência de atividades importantes.
Ênfase no uso dos recursos de maneira eficiente.
Controle sobre o andamento do projeto.
Tratamento otimizado de riscos.
Potencialização das chances de sucesso do projeto.

Para a Gestão de Projetos funcionar, não podemos usar em forma de Organograma Usual (Funcional ou
Matricial), o Organograma deve ser por Projetos.

O que é o PMO (Project Management Office, traduzindo: Escritório de Gerenciamento de Projetos)?


É um corpo ou entidade organizacional (departamento) a qual são atribuídas várias responsabilidades
relacionadas ao gerenciamento centralizado e coordenado dos Projetos.

Os tipos mais comuns de PMOs são estes abaixo, e funcionam assim:

1º - Abre-se um escritório de Projetos Autônomos.


2º - Com o passar do tempo a empresa vai crescendo, e acaba virando um Escritório de Projetos
Departamental (Dando Suporte).
3º - Acaba virando um escritório de Projetos Corporativo, onde todos os Projetos em andamento devem
passar por aqui.

O que são os Stakeholders ?


São as pessoas que de alguma forma tem interesse ou são afetadas por algum Projeto.

Quais são as etapas do Ciclo de Vida de um Projeto ?


Iniciar.
Planejar.
Executar.
Controlar.
Finalizar o Projeto.

Todo Projeto tem 10 áreas que devem ser Gerenciadas ?


1- Aquisições.
2- Qualidade.
3- Riscos.
4- Escopo (o objetivo).
5- Custos.
6- Integração.
7- Comunicações.
8- Recursos Humanos.
9- Tempo.
10- Partes interessadas.

Todo produto esbarra na chamada “Tríplice Restrição”, que é formada por:


Escopo.
Custo.
Tempo.