Você está na página 1de 10

CURSO: Engenharia Civil

DISCIPLINA: Física II
PROFESSOR: Esp. Eduardo Gouveia Santiago Lage
E-mail: 0830@prof.itpacporto.com.br
DATA: _____/____/_____ ETAPA: N1
Aluno (a) _______________________________________________
CONTEÚDO 3 – Exercícios 3_1 – Calorimetria e Trocas Gasosas

Calorimetria 1

1.(ENADE) Em um dia de inverno, uma estudante correu durante 1,0 hora, inspirando ar, à temperatura de 12ºC e
expirando-o à 37ºC. Suponha que ela respire 40 vezes por minuto e que o volume médio de ar em cada respiração seja
de 0,002 m3. A quantidade estimada de calor cedida pela estudante ao ar inalado durante o período do exercício, em
joules, é de
Dados: densidade do ar = 1,3 kg/m3
Calor específico do ar = 1,0.103 J/kgºC
a) 5,0.104
b) 6,0.104
c) 1,6.105
d) 2,3.104
e) 9,3.104

2. (VUNESP) – Suponha que o seu prato de jantar tenha massa 300g e está, inicialmente, à temperatura ambiente de
22ºC. Uma porção de purê de batatas, de massa 200g e à temperatura 50ºC, é colocada sobre o prato. Desprezando a
perda de calor para o ar e para a mesa, a temperatura final do sistema prato-purê de batatas, após atingir o equilíbrio
térmico, será, em ºC, aproximadamente igual a
c prato = 0,14cal / gº C
Dados:
c purê = 0,98cal / gº C
a) 22,0
b) 28,2
c) 36,0
d) 45,0
e) 50,2

3. Um bloco de gelo com 725g de massa é colocado num


calorímetro contendo 2,50 kg de água a uma temperatura de
5,0ºC, verificando-se um aumento de 64 g na massa desse bloco,
uma vez alcançado o equilíbrio térmico. Considere o calor
específico da água (c = 1,0 cal/gºC) o dobro do calor especifico
do gelo, e o calor latente de fusão do gelo de 80 cal/g.
Desconsiderando a capacidade térmica do calorímetro e a troca
com o exterior, assinale a temperatura inicial do gelo
a) -191,4ºC
b) - 48,6ºC
c) - 34,5ºC
d) - 24,3ºC
e) -14,1ºC

4. (FMU) A temperatura durante a mudança de estado, para uma dada substância,


a) é sempre maior que zero
b) é sempre menor que zero
c) varia conforme o estado de agregação da substância
d) é sempre constante à mesma pressão
e) varia independentemente do estado de agregação da substância

5. (UFRN)Um copo de água está à temperatura ambiente de 30°C. Joana coloca cubos de gelo dentro da água. A
análise dessa situação permite afirmar que a temperatura da água irá diminuir por que
a) o gelo irá transferir frio para a água.
b) a água irá transferir calor para o gelo.
c) o gelo irá transferir frio para o meio ambiente.
d) a água irá transferir calor para o meio ambiente.

6.(PUC-PR)Um menino inglês mediu sua temperatura com um termômetro graduado na escala Fahrenheit e
encontrou 96,8°F. Esse menino está:
a) com febre alta, mais de 39°C.
b) com temperatura menor que 36°C.
c) com a temperatura normal de 36°C.
d) com temperatura de 38°C.
e) com temperatura de 34,6°C.

7. (PUC-PR)Um calorímetro contém 500 g de água a uma temperatura de 20°C. Despreze o calor recebido pelo
calorímetro. Fornecendo-se à água uma quantidade de calor de 20000 cal, obtêm-se no calorímetro:
Dados: cH2O = 1 cal/g°C LH2O = 540 cal/g
a) 400 g de água a 100°C e 100 g de vapor de água a 100°C.
b) 300 g de água a 100°C e 200 g de vapor de água a 120°C.
c) 500 g de água a 40°C.
d) 500 g de água a 60°C.
e) 500 g de água a 80°C.

8. (PUC-RS) Podemos caracterizar uma escala absoluta de temperatura quando


a) dividimos a escala em 100 partes iguais.
b) associamos o zero da escala ao estado de energia cinética mínima das partículas de um sistema.
c) associamos o zero da escala ao estado de energia cinética máxima das partículas de um sistema.
d) associamos o zero da escala ao ponto de fusão do gelo.
e) associamos o valor 100 da escala ao ponto de ebulição da água.

9. (PUC-RS) Uma piscina contém 20.000 litros de água. Sua variação de temperatura durante a noite é de – 5° C.
Sabendo que o calor específico da água é de 1cal/g ° C, a energia, em kcal, perdida pela água ao longo da noite, em
módulo, é
a)1.104
b)1.105
c) 2.103
d) 9.103
e)9.107

10. (PUC-MG) Considere dois corpos A e B de mesma massa de substâncias diferentes. Cedendo a mesma
quantidade de calor para os dois corpos, a variação de temperatura será maior no corpo:
a) de menor densidade.
b) cuja temperatura inicial é maior.
c) de menor temperatura inicial.
d) de maior capacidade térmica.
e) de menor calor específico.

11. Anulada

12. (PUC-MG) O equivalente em água de um corpo é definido como a quantidade de água que, recebendo ou cedendo
a mesma quantidade de calor, apresenta a mesma variação de temperatura. Desse modo, o equivalente em água, de
1000 g de ferro (c = 0,12 cal/g°C) é igual a 120 g de água (c = 1,0 cal/g°C ). Visto isso, é correto dizer que o
equivalente em alumínio ( c = 0,20 cal /g°C ) de 1000 g de ferro vale, em gramas:
a) 200
b) 400
c) 600
d) 800
e) 1000

Gabarito:

4. D
5. B
6. C
7. D
8. B
9. B
10. E
11. C
12. C
13. D

Calorimetria 2

1. Determine o calor cedido em joule no aquecimento de 250g de gelo no intervalo de -15oC a 120oC.
**cGelo =
2,1 ⋅103 J / kg ⋅ K
**c Vapor =
2,1 ⋅103 J / kg ⋅ K
Dados: **c H 2O =
4,19 ⋅103 J / kg ⋅ K;
= 3,34 ⋅105 J / kg
** L Fusão
= 2, 256 ⋅106 J / kg
** L Vaporização
Lembrete: Observe os calores sensível e latente.

2. Considere que um bloco de gelo seja um cubo de aresta de 4 cm.

Com base nisso, quantos blocos de gelo seria necessário colocar num refrigerante de 2 litros para que a temperatura
de equilíbrio seja 12 ºC, sabendo que a temperatura inicial do refrigerante é 18 ºC e a do gelo é – 15 ºC?

**cGelo = 0,5cal / gº C
**c H2O = 1cal / gº C
**c Refrigerante = 1cal / gº C
Dados:
**L Fusão = 80cal / g
**d Absoluta Gelo = 0,92g / cm3
**d Absoluta Refrigerante = lkg / litro

Lembrete: Calcule a massa do gelo, depois calcule o volume total, e depois divida o volume total pelo volume de
um cubo de gelo.

3. A câmara de um freezer é um espaço cúbico com 3m de lado. Considere o fundo e a tampa como sendo
perfeitamente isolado. Qual a espessura mínima de um isolamento a base de espuma de poliestireno (k=0,032W/mK)
que deve ser aplicado nas paredes dos lados para garantir que a carga térmica que entra no freezer seja igual a 600W,
quando a suas superfícies interna e externa se encontram a -12 e 38ºC, respectivamente.

Lembrete: Calcule a área lateral do freezer para usar na equação do fluxo.

4. Uma barra de ferro com 800 g de massa, 0,5 m de comprimento, submetida a uma temperatura 130oC é colocada
num reservatório isotérmico isolado que contém 400 g de água a 10oC. Sendo o calor específico da água (1,0 cal/g oC),
o calor específico do ferro (0,1 cal/g oC), o coeficiente de dilatação linear do ferro (12.10-6 oC-1), pede-se a temperatura
de equilíbrio e o comprimento final da barra de ferro.

Trocas de Calor 1

1. (FUVEST) Um ser humano adulto e saudável consome, em média, uma potência de 120J/s. Uma “caloria
alimentar” (1kcal) corresponde, aproximadamente, a 4,0 x 103J. Para nos mantermos saudáveis, quantas “calorias
alimentares” devemos utilizar, por dia, a partir dos alimentos que ingerimos?
a) 33
b) 120
c) 2,6x103
d) 4,0 x103
e) 4,8 x105

2. (MACKENZIE) Uma fonte calorífica fornece calor continuamente, à razão de 150 cal/s, a uma determinada massa
de água. Se a temperatura da água aumenta de 20ºC para 60ºC em 4 minutos, sendo o calor especifico sensível da água
1,0 cal/gºC, pode-se concluir que a massa de água aquecida, em gramas, é:
a) 500
b) 600
c) 700
d) 800
e) 900

3. (UFPR) Durante o eclipse, em uma das cidades na zona de totalidade, Criciúma-SC, ocorreu uma queda de
temperatura de 8,0ºC. (Zero Horas – 04/11/1994) Sabendo que o calor específico sensível da água é 1,0 cal/gºC, a
quantidade de calor liberada por 1000g de água, ao reduzir sua temperatura de 8,0ºC, em cal, é:
a) 8,0
b) 125
c) 4000
d) 8000
e) 64000

4. (UFSE) A tabela abaixo apresenta a massa m de cinco objetos de metal, com seus respectivos calores específicos
sensíveis c.

METAL c(cal/gºC) m(g)


Alumínio 21,7 0,217 100
Ferro 22,6 0,113 200
Cobre 27,9 0,093 300
Prata 22,4 0,056 400
Chumbo 15,5 0,031 500

O objeto que tem maior capacidade térmica é o de:


a) alumínio
b) ferro
c) chumbo
d) prata
e) cobre

5. (MACKENZIE) Um bloco de cobre (c = 0,094 cal/gºC) de 1,2kg é colocado num forno até atingir o equilíbrio
térmico. Nessa situação, o bloco recebeu 12972 cal. A variação da temperatura sofrida, na escala Fahrenheit, é de:
a) 60ºF
b) 115ºF
c) 207ºF
d) 239ºF
e) 347ºF
6. (MACKENZIE) Quando misturamos 1,0kg de água (calor específico sensível = 1,0cal/g°C) a 70°C com 2,0kg de
água a 10°C, obtemos 3,0kg de água a:
a) 10°C
b) 20°C
c) 30°C
d) 40°C
e) 50°C

7. (UFSM - RS) Um corpo de 400g e calor específico sensível de 0,20cal/g°C, a uma temperatura de 10°C, é colocado
em contato térmico com outro corpo de 200g e calor específico sensível de 0,10cal/g°C, a uma temperatura de 60°C.
A temperatura final, uma vez estabelecido o equilíbrio térmico entre os dois corpos, será de:
a) 14°C
b) 15°C
c) 20°C
d) 30°C
e) 40°C

8. (FUVEST) Num calorímetro contendo 200g de água a 20°C coloca-se uma amostra de 50g de um metal a 125°C.
Verifica-se que a temperatura de equilíbrio é de 25°C. Desprezando o calor absorvido pelo calorímetro, o calor
específico sensível desse metal, em cal/g°C, vale:
a) 0,10
b) 0,20
c) 0,50
d) 0,80
e) 1,0

9. (VEST - RIO - RJ) Um confeiteiro, preparando um certo tipo de massa, precisa de água a 40°C para obter melhor
fermentação. Seu ajudante pegou água da torneira a 25°C e colocou-a para aquecer num recipiente graduado de
capacidade térmica desprezível. Quando percebeu, a água fervia e atingia o nível 8 do recipiente. Para obter a água na
temperatura de que precisa, deve acrescentar, no recipiente, água da torneira até o seguinte nível:
a) 18
b) 25
c) 32
d) 40
e) 56

10. (PUCCAMP) Uma barra de cobre de massa 200g é retirada


do interior de um forno, onde estava em equilíbrio térmico, e
colocada dentro de um recipiente de capacidade térmica 46cal/°C
que contém 200g de água a 20°C. A temperatura final de
equilíbrio é de 25°C. A temperatura do forno, em °C, é
aproximadamente igual a: Dado: cCu = 0,03 cal/g°C
a) 140
b) 180
c) 230
d) 280
e) 300
Gabarito:

1. C
2. E
3. D
4. E
5. C
6. C
7. C
8. B
9. D
10. C

Trocas de Calor 2

1. (UELondrina /02/2001) - Numa tarde quente de verão, um estudante resolveu fazer a seguinte experiência: como ele
não tinha condicionador de ar, manteve as portas e as janelas abertas em seu ambiente de estudo e colocou sua
geladeira, com a porta aberta, funcionando no meio da sala. O que se pode concluir sobre esta experiência do
estudante? Assinale a alternativa correta.
a. A experiência não dará certo, e o estudante aquecerá ainda mais a sala.
b. O estudante alcançará seu objetivo, e a sala ficará fria.
c. A experiência poder dar certo, desde que o estudante utilize, por exemplo, um ventilador para espelhar rapidamente
o ar gelado produzido pela geladeira.
d. A experiência não dará certo porque a geladeira, diferente do ar condicionado, está na parte inferior da sala.
e. A experiência vai dar certo, desde que o estudante feche as portas e as janelas de sua sala de estudos.

Gabarito: A

2. (UELondrina /02/2001) - Alguns fornos dos fogões de cozinha são revestidos de materiais esmaltados e escuros que
têm a finalidade de:
I- Dissipar rapidamente o calor do forno, de madeira que este não se aqueça demais.
II- Preservar o calor e refletir as ondas eletromagnéticas na região do infravermelho, para que o forno atinja
rapidamente e de maneira econômica a temperatura máxima.
III- Preservar o calor e refletir as ondas eletromagnéticas na região do ultravioleta, para que o forno atinja rapidamente
e de maneira econômica a temperatura máxima.
Assinale a alternativa correta.
a. Apenas a afirmativa I é verdadeira.
b. Apenas a afirmativa II é verdadeira.
c. Apenas a afirmativa III é verdadeira.
d. Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.
e. Apenas as afirmativas II e III são verdadeiras.

Gabarito: B

3. (PUC-MG) - Leia atentamente cada uma das afirmações que se seguem:


I. O congelador de uma geladeira comum é sempre posto na parte superior do aparelho.
II. Um pedaço de carne assa mais rapidamente em um forno convencional se houver palitos de metal penetrando-o.
III. Um satélite espacial em órbita transmite, para o espaço vazio, o calor produzido pelo funcionamento de seus
componentes eletrônicos.
Em cada fato descrito acima, predomina uma forma de transferência de calor.
A alternativa que relaciona CORRETAMENTE cada fato com essa forma predominante é:
a. I – condução; II – convecção; III – radiação.
b. I – convecção; II – condução; III – radiação.
c. I – radiação; II – condução III – radiação.
d. I – convecção; II – condução; III – condução.

Gabarito: B

4. (UFSCarlos-SP) - Um grupo de amigos compra barras de gelo para um churrasco, num dia de calor. Como as barras
chegam com algumas horas de antecedência, alguém sugere que sejam envolvidas num grosso cobertor para evitar que
derretam demais. Essa sugestão
a. é absurda, porque o cobertor vai aquecer o gelo, derretendo-o ainda mais depressa.
b.é absurda, porque o cobertor facilita a troca de calor entre o ambiente e o gelo, fazendo com que ele derreta ainda
mais depressa.
c.é inócua, pois o cobertor não fornece nem absorve calor ao gelo, não alterando a rapidez com que o gelo derrete.
d. faz sentido, porque o cobertor facilita a troca de calor entre o ambiente e o gelo, retardando o seu derretimento.
e. faz sentido, porque o cobertor dificulta a troca de calor entre o ambiente e o gelo, retardando o seu derretimento.

Gabarito: E

5. (Uni-Rio-RJ/2000) - A figura abaixo representa um corte transversal numa garrafa térmica hermeticamente fechada.
Ela é constituída por duas paredes. A parede interna é espelhada em suas duas faces e entre ela e a parede externa
existe uma região com vácuo. Como se explica o fato de que a temperatura de um fluido no interior da garrafa
mantém-se quase que inalterada durante um longo período de tempo?
Tampa isolante

Parede espelhada
nas duas faces

Líquido
Vácuo

Material
pástico
isolante

a.A temperatura só permanecerá inalterada, se o líquido estiver com uma baixa temperatura.
b.As faces espelhadas da parede interna impedem totalmente a propagação do calor por condução.
c.Como a parede interna é duplamente espelhada, ela reflete o calor que chega por irradiação, e a região de vácuo evita
a propagação do calor através da condução e convecção.
d.Devido à existência de vácuo entre as paredes, o líquido não perde calor para o ambiente através de radiação
eletromagnética.
e. Qualquer material plástico é um isolante térmico perfeito, impedindo, portanto, toda e qualquer propagação de
calor através dele.

Gabarito: C

6. (UnB-DF) - Para a construção de prédios termicamente isolados, é necessário o estudo de processos que envolvem
transferência de calor. A figura abaixo ilustra duas paredes – a e b – construídas com diferentes materiais.

T1 T2 T3

interior ka kb exterior

La Lb

parede a parede b

Do ponto de vista termodinâmico, a taxa de transferência de calor – H –, em regime estacionário, é diretamente


proporcional à diferença de temperatura – ∆T – nas interfaces da parede e inversamente proporcional à resistência
térmica da parede – R –, de acordo com as equações abaixo.
H = k a A (T − T ) = 1 ∆T
 a La 1 2 Ra a

H b = k b A (T2 − T3 ) = 1 ∆Tb
 Lb Rb
Nessas equações, A é a área das interfaces de cada parede, ka e kb são as suas condutividades térmicas, La e Lb são as
suas respectivas espessuras, e T1, T2 e T3 são temperaturas das interfaces entre o interior e a parede a, entre a parede a
e a parede b e entre a parede b e o exterior, respectivamente.
Com base nas informações acima e nas leis da Termodinâmica, julgue os seguintes itens.
01. No equilíbrio térmico, quando todas as interfaces das paredes estiverem à mesma temperatura, as taxas de
transferência de calor Ha e Hb poderão ser diferentes de zero.
02.se T3> T2> T1, o calor fluirá do interior para o exterior, independentemente do material de que é feita cada parede.
03. Maximizar o isolamento térmico das paredes envolve a procura de materiais de maiores valores de condutividade
térmica.
04. Fazendo-se uma analogia do sistema de duas paredes apresentando na figura com um circuito elétrico formado por
dois resistores em série, então a diferença de temperatura corresponderia à diferença de potencial e a taxa de
transferência de calor corresponderia à corrente elétrica.

Gabarito: 01. E 02. E 03. E 04. C

7. (UFCeará) - Uma garrafa térmica, do tipo das usadas para manter café quente, consiste em um recipiente de vidro
de parede dupla com vácuo entre as paredes. Essas paredes são espelhadas.

paredes
espelhadas
vácuo

vácuo
O vácuo e as paredes espelhadas são usadas para dificultar a transmissão de calor, estando relacionados com uma ou
mais formas de transmissão.
Assinale a alternativa que relaciona corretamente as características da garrafa térmica com as formas de transmissão
de calor que essas características tentam impedir.
a.parede espelhada ↔ condução, vácuo ↔ radiação.
b.parede espelhada ↔ condução, vácuo ↔ radiação e convecção.
c.parede espelhada ↔ radiação, vácuo ↔ condução e convecção.
d.parede espelhada ↔ radiação, vácuo ↔ radiação, condução e convecção.

Gabarito: C

8. (UFG-Fase-I/1999) –“Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.”

Em relação às transformações e à transferência de energia e seus efeitos, assinale certas com (C) e as erradas com (E)
:
01-no funcionamento do coletor solar, estão presentes os processos de transferência de energia: radiação, condução e
convecção;
02-a secagem da roupa no varal é mais rápida quando está ventando, porque o vento aumenta a velocidade de
evaporação contida na roupa;
03-em um rádio a pilha funcionando, há transformações de energia química em energia elétrica e de energia elétrica
em energia sonora;
04-a transformação de estado da água, de líquido para vapor, é realizada por ebulição, evaporação ou calefação.

Gabarito:01-C;02-C;03-C;04-C.
9. Uma barra de alumínio (k = 0,5 cal/s.cm.ºC) está em contato,
numa extremidade, com gelo em fusão e, na outra, com vapor de
água em ebulição sobre pressão normal. Seu comprimento é 25
cm, e a seção transversal tem 5cm2 de área. Sendo a barra isolada
lateralmente e dados os calores latentes de fusão do gelo e de
vaporização da água
= ( L 80cal
= / g; L 540cal / g ) , determine:
F V

a) a massa de gelo que se funde em meia hora.


b) a massa de vapor que se condensa no mesmo tempo.
c) a temperatura numa seção da barra a 5 cm da extremidade fria.
Gabarito: 225 g; 33,3 g; 20ºC.

10. Quantas calorias são transmitidas por metro quadrado de um cobertor de 2,5 cm de espessura, durante uma hora,
estando a pele a 33ºC e o ambiente a 0ºC? O coeficiente de condutividade térmica do cobertor é 0,00008 cal/s.cm.ºC.

Gabarito: Q = 38.016 cal

11. Uma taxa de calor de 3 kW é conduzida através de um


material isolante com área de seção reta de 10 m2 e espessura de
2,5cm. Se a temperatura da superfície interna (quente) é de
415ºC e a condutividade térmica do material é de 0,2 W/mK,
qual a temperatura da superfície externa?
Gabarito: T2 = 651 K = 378ºC

12. O fluxo de calor através de uma placa de madeira com 50mm de espessura, cujas temperaturas das superfícies
interna e externa são de 40 e 20ºC, respectivamente, foi determinado e é igual a 40W/m2. Qual a condutividade
térmica da madeira?

Gabarito: K = 0,1 W/mK

13. As temperaturas das superfícies interna e externa de uma janela de vidro, com espessura de 5mm, são de 15 e 5ºC,
respectivamente. Qual é a perda de calor através de uma janela com dimensões de 1m de largura por 3m de altura? A
condutividade térmica do vidro é igual a 1,4W/mK.

Gabarito: 8400 W

14. A câmara de um freezer é um espaço cúbico com 2m de lado. Considere o fundo como sendo perfeitamente
isolado. Qual a espessura mínima de um isolamento a base de espuma de poliestireno (k=0,030W/mK) que deve ser
aplicado nas paredes do topo e dos lados para garantir que a carga térmica que entra no freezer seja inferior a 500W,
quando a suas superfícies interna e externa se encontram a -10 e 35oC, respectivamente.

Gabarito: 54mm

15. Qual a espessura necessária para uma parede de alvenaria com condutividade térmica de 0,75W/mK se a taxa de
transferência de calor através dessa parede deve ser equivalente a 80% da taxa de transferência através de uma parede
estrutural com condutividade térmica de 0,25W/mK e espessura de 100mm? As superfícies de ambas as paredes estão
sujeitas à mesma diferença de temperatura.
Gabarito: 375mm

16. Um circuito integrado (chip) quadrado de silício (k=150W/mK) possui w=5mm de lado e uma espessura t=1mm.
O chip está alojado no interior de um substrato de tal modo que as superfícies laterais e inferior estão isoladas
termicamente, enquanto sua superfície superior encontra-se exposta a uma substância refrigerante. Se 4W estão sendo
dissipados pelos circuitos que se encontram montados na superfície inferior do chip, qual a diferença de temperatura
que existe entre as suas superfícies inferior e superior, em condições de regime estacionário?

Gabarito: ∆T = 1,1ºC