Você está na página 1de 2

ANTES DA PRIMEIRA PALAVRA: A FASE PRÉ-LINGUISTA

A linguagem tem diversas dimensões. Os padrões sonoros queuma determinada


linguausa e as regras que governam esses padrões são sua Formologia. A
semânticareferea como a linguagem representa significado. As regras que uma linguagem
usa para combinar palavras em frases são conhecidas como sintaxe. Os chimpanzés
podem aprender a se comunicar usando linguagem de sinais, porém é precisomuito
esforçopara ensiná-los a usar a linguagem expressiva (sons/sinais que comunicam
significado). O processo de desenvolvimento da linguagem começa meses antes de o
bebêfalar sua primeira palavra, um período chamdo fase pré-linguística.

Primeiros sons e gestos

Do nascimento até cerca de 1 mês, o som mais comum é o choro, embora possam
fazer sons de agitação, gorgolejo (gu-gu) e satisfação. De 1 ou 2 meses, esse repertório
se amplia com a adição de risada e de arrulho (sons repetitivos de vogais, exp: uuuuuuu).
Esses sons são, geralmente, sinais de prazer e podem apresentar bastante variação,
incluindo aumento e diminuições no volume ou intensidade.

Os sons de consoantes aparecem aos 6 a 12 meses, quando o bebê ganha um maior


controle muscular para combinar sons de uma consoante com vocal. Dos 6 meses em
diante, há um rápido aumento na quantidade de combinações de vogal-consoante, a esse
tipo de vocalização, dá-se o nome Balbucio. O balbucio muito precoce envolve cadeias
repetitivas da mesma sílaba, como dadadada ou nanana. Essas novas combinações de sons
sçao muito mais fáceis para o adulto imitar do que os primeiros sons de bebê. O jogo
imitativo instaurado nessa relação entre pai e filho não serve apenas par ao prazer dos
dois, mas pode ajudar o bebê a desenvolver a língua.

O balbucio éimportante para prepação da linguagem falada. O balbucio dos bebês


gradualmente adquire algunspadro~es de entonação que eles ouvem, nesse sentido, a
entonação ascendente aofinal de uma cadeia de sons parece sinalizar um desejo por
resposta, enquanto que a entonação descendente não requer resposta. A partir dos 9 a 10
meses, o repertorio de sons do bebê começa a mudar para um conjunto de sons aos quais
eles estão ouvindo, desaparecendo, assim, os sons nãos ouvidos. Os achados não provam
que o balbucio énecesspario para o desenvolvimento da linguagem, mas certamente
fazem parecer como se o balbucio fosse aprte de um processo evolutivo.
Outra parte do processo evolutivo parece ser um tipo de linguagem gestual, que
se desenvolve próximo do final do primeiro ano. Apontar é o gesto mais comum que os
bebês usam, mas não é raro ver um bebê usando gestos e sons para pedir coisas, por
exemplo.

Linguagem receptiva

Os primeiros sinais de que um bebê entende os significado de palavras falada


praele (linguagem receptiva) aparecem por volta dos 9 a 10 meses. As mães de bebês de
10 meses identificaram uma média de aproximadamente 30 palavrase que seus bebes
entendiam; aos 13 meses, esse número chegou a quase 100 palavras. Visto que bebês de
9 a 13 meses falam poucas palavras individuais, achados como esse tornaram claro que a
linguagem receptiva vem antes da linguagem expressiva, onde, nessa idade, eles já estão
aprendendo ativamente a língua à qual estão escutando.