Você está na página 1de 25

Gerenciamento de Recursos materiais na

enfermagem
Administração de materiais
• Tem como objetivo coordenar todos as
atividades necessárias para garantir o
suprimento de todas as áreas da
Organização ao menor custo e de
maneira que a prestação de seus
serviços não sofra interrupções
prejudiciais ao cliente.
Recursos materiais
• Essenciais para o funcionamento de qualquer
tipo de organização;

• Uma organização hospitalar com 300 leitos


trabalha com cerca de 2500 itens referentes a
material de consumo.
Só estes apresentam uma média de consumo
de 1.500.000 unidades/mês podendo gerar
custo: R$: 4.000.000,00
Recursos materiais
Em Unidades básicas:
A média de materiais utilizados é de 110
itens com consumo médio mensal de
3.500 unidades.
Recursos materiais
• Representam :
-cerca de 75% do capital das organizações;
-cerca de 35 a 40% das despesas das
Instituições, somente Rh tem custo maior;
• Forma de administra-los-reflete custos e
produtividade
“O cliente é o produto final de serviços e sua
assistência não pode sofrer interrupções que lhe
são prejudiciais”
Fluxo das atividades do gerenciamento da cadeia
logística nas instituições

• Programação: (padronização, classificação, Especificação,


previsão);

• Compra: Controle de qualidade e licitação;


• Recepção
• Armazenamento
• Distribuição e controle (quantidade e
qualidade)
Classificação de materiais (KURCGANT, 2001)
• A. Quanto a duração:

1-Permanente: duração mínima de 2 anos Ex:


móveis, maquinas, instrumentais,etc..

2-Consumo: destaca-se com o uso, tem vida máxima


de até 2 anos, e pode ser classificado em perecível
e perecibilidade relativa.

2.1-Perecível- sofre ação de agentes físicos.Ex: medicamentos,


umidade.

2.2-Perecibilidade relativa- sofrem ação em menor quantidade


Classificação de materiais
• B- Quanto ao porte:
1- Grande: autoclaves
2- Médio: respiradores, aspiradores
3- Pequeno: inaladores, pacotes de
curativos, etc..
Classificação de materiais
3- Quanto ao custo:
Esta classificação pode auxiliar na seleção,
compra e prioridade de controle.

4- Quanto a matéria prima:


Importante reconhecer pois determina a
forma de limpeza, esterelização,
acondicionamento guarda e manutenção
Funções do enfermeiro na
administração de recursos materiais
• O enfermeiro faz: Previsão, Provisão,
Organização, Controle, Compra e seleção de
materiais.

PREVISÃO
Levantamento das necessidades da Unidade de
enfermagem, identificando a quantidade e a
especificidade dos materiais para suprir essas
necessidades.
Para fazer previsão
Deve se fazer o diagnóstico situacional da
unidade em relação às quantidades e
às especificidades analisando:

• A- Especificidade da unidade- o que é


necessário pra o desenvolvimento das
atividades em cada unidade. EX Bisturi
elétrico.
Para fazer previsão
• B- características da Clientela;
• C- freqüência do uso de materiais;
• D- Numero de leitos- principalmente na
abertura da unidade;
• E - Local de guarda- espaço disponível
para guarda;
• F- Durabilidade;
Para fazer previsão
• G:Periodicidade da reposição do
material
A periodicidade pode ser diária, semanal,
quinzenal e mensal.

Na previsão, dependendo da
periodicidade do uso de materiais
estabelece –se a cota de materiais
Provisão
 Reposição dos materiais necessários para a
realização das atividades na unidade.Pode ser
feita por tempo
( Período semanal,quinzenal ou mensal),por
quantidade
Verificar estoque mínimo
 evitar acumulo de materiais
“ Planejamento”
Provisão
O sistema de reposição pode ser
realizado de 4 formas:
1-Sistema de reposição por tempo
2-Sistema de reposição por quantidade
3-Sistema de reposição por quantidade e
tempo
4- sistema de reposição imediata por
quantidade
Provisão
1-Sistema de reposição por tempo : A reposição ocorre em épocas
determinadas sendo as cotas repostas integralmente.

2-Sistema de reposição por quantidade: Sendo a cota estipulada, o


estoque é reposto quando o estoque chega ao nível mínimo
também chamado de estoque de reposição.
3-Sistema de reposição por quantidade e tempo: estabelece a cota
que garante o consumo por um período. Em época pré
determinada é feita a solicitação.
4- sistema de reposição imediata por quantidade: a reposição é
feita através de um das vias de débito do paciente, após uso
diariamente ou em frequências ou em período maior que um
dia.
Organização

• Manter e controlar ordem do material


quanto à arrumação, disposição,
localização e acondicionamento (fácil
acesso).

• Afim de organizá-la é importante


analisar área física e atividades
realizadas na unidade
Controle

• Envolve: quantidade,
qualidade,conservação e reparos até
proteção contra roubos. Faz parte do
controle a manutenção preventiva e
reparadora dos aparelhos.
Compra e seleção de materiais
• Emissão de parecer técnico opinando
sobre quantidade do material.
• Deve haver padronização do material
para evitar grande quantidade de
materiais diferentes.
Na administração de materiais deve
se evitar :
• Insuficiência de material
• Inadequação de material
• Improvisação de material
• Excesso de material
• Uso inadequado
Papel do enfermeiro na
administração de materiais
Tem papel fundamental no que diz
respeito a:
• Determinação do material necessário;
• Na definição de especificação técnica:
• No estabelecimento do quantitativo;
• Na análise da qualidade;
• Na participação do processo de compra,
• No estabelecimento do controle e avaliação
O enfermeiro deve:
• Deve conhecer acompanhar o perfil de
consumo;
• Promover estratégias de orientação e
capacitação dos profissionais de
enfermagem no que se refere ao uso
racional de material e otimização dos
recursos;
O enfermeiro deve:
• Manter se atualizado quanto a tecnologia
e produtos novos.
REFERÊNCIAS
• Kurcgant, Paulina. Administração em
enfermagem. São Paulo:EPU, 2001

• KURCGANT, P. et al. Gerenciamento


em Enfermagem. Rio de Janeiro:
Guanabara Koogan, 2005.
• OBRIGADA PELA ATENÇÃO!