Você está na página 1de 8

Clube de Astronomia Amadora de Feira de Santana

Observatório Astronômico Antares-Uefs


I-Curso de Astronomia Básica
André Bastos da Silva

O Sistema Solar
1-Historia do Nosso Sistema

Desde a antiguidade o ser humano tem observado o céu, criando diversas teorias sobre
sua origem, membros, formas e etc. Além de estudar o Sol, a Lua e as Estrelas fixas,
eles estudavam o movimento de um tipo estranho de “estrela”, as quais chamaram de
Planetas ou Astro Errantes, pois elas não seguiam o movimento comum a todas as
outras. Cinco planetas eram conhecidos antes da invenção do telescópio: Mercúrio,
Vênus, Marte, Júpiter e Saturno.
O astrônomo grego Claudius Ptolemaeus (85 d.C.-165 d.C.), que acreditava que a Terra
era o centro do universo (veja a figura abaixo),
desenvolveu essa idéia de um modo mais
eficiente do que os precursores desta
teoria, através de modelo complexo que
explicava o movimento dos planetas com
muitos círculos.
Em oposição a esta teoria varias
personalidades marcantes propuseram
que o Sol era o centro do universo e não
a Terra. Copérnico e Galileo Galilei
(1564-1642) ocupam um lugar de
destaque por suas contribuições e estudos
do Sistema Heliocêntrico. Galileo foi ainda mais longe, pois provou suas idéias com
observações feitas com um telescópio. Estudando Vênus percebeu que ele apresentava
uma face quase totalmente iluminada.Observe a figura abaixo:

Posições da Terra, Vênus e do Sol nos sistemas Geocêntrico


e Heliocêntrico, respectivamente.

Questão 1-Porque o modelo Geocêntrico é inconsistente com a observação de


Galileo?
Após a queda do geocentrismo outros modelos foram criados e hoje sabemos que o sol é
o centro do Sistema Solar e orbita a via-lactéa com bilhões de estrelas, num universo de
bilhões de galáxias.
Outras planetas foram descobertos, como o planeta Urano descoberto por William
Herschel (1738-1822) em 1781 e Netuno em 1846 por previsão de Urbain Jean Joseph
Le Verrier (1811-1877) e John Couch Adams (1819-1892).Plutão foi descoberto
(observado) em 1930 por Clyde William Tombaugh (1906-1997).
O avanco da ciência e a tecnologia possibilitou a construção de maiores telescópios e o
envio de satélites que minusciosamente vem trazendo confirmações e incontáveis
descobertas sobre o nosso lar, O Sistema Solar.

2-Formação

A processo de formação de estrelas como o nosso sol, obdece a algumas condições


muito conhecidas na astrofisica, antes de citá-las devemos conhecer qual a forma e
composição da estrutura que traz a vida para as estrelas, as nebulosas.
Nebulosa é uma nuvem de gás e poeira composta principalmente de: 90% de
hidrogenio, 9% helio e 1% de outros elementos.Veja abaixo alguns tipos de nebulosas:

Nebulosa de emissão de Orion. Nebulosa de poeira ou absorção M20. Eta-Carinae, nebulosa planetária
(NASA).

Se uma nebulosa sofrer uma perturbação externa ou interna, as forças que mantém o
equilíbrio da nuvem mudam. Isso pode criar uma região de maior concentração de
matéria fazendo com que a força gravitacional aumente continuamente até a nuvem
colapsar. Durante este processo a nuvem se fragmenta e dezenas ou mais estrelas podem
se formar! As forças que dominam este processo são: A Gravitacional, Pressão e Campo
Magnético.

Questão 2 - Que força impede a nuvem de se transformar numa única estrela


supermassiva? Dê um exemplo de como sentimos esta força em nosso dia-a-dia.
2.1- Como se formaram os Planetas?

Antes que a nuvem de gás colapsasse


completamente, o sol nasceu e começou a
emitir energia que por sua vez expeliu
parte do gás a sua volta. A nuvem assumiu
uma forma discoidal dando origem aos
planetas através do acréscimo da matéria
que não foi atraída para o sol. Essas
pequenas estruturas são chamadas de
Planetesimais.Os quais cresceram
continuamente formando os planetas sendo
que, aqueles mais afastados e de maior
massa atraíram mais gás que sobrou da
nebulosa. Essa teoria sobre a formação do
sistema solar é conhecida como teoria da
Nebulosa Primitiva Solar.

Questão 3 – Porque os planetas não caem no sol ou saem de orbita? Com base na sua
resposta anterior e sabendo que a lua se afasta da terra, você poderia afirmar se a lua
se formou com o sol e os planetas?Foi capturada posteriormente a formação da
Terra?Ou ambas não tem como ser provadas?

3-Principais Membros do Sistema Solar

O Sistema Solar é composto pelo Sol, Planetas, Satelites, Asteroides, Cometas, Poeira
interestelar e outros.Para tanto citaremos as principais caracteristicas de cada um destes
componentes.
3.1-O Sol

É uma estrela jovem, tem 4,6 bilhoes de anos e contem 99,85% da massa do sistema
solar, o que corresponde a 2x1030 kg. Com um raio de 696.260 km e temperatura
superficial é de 5.300°C é uma estrela tipica que esta na Sequência Principal (Veja no
tópico “ESTRELAS”).É composta principalmente de hidrogenio.

3.2-Planetas

Um planeta é definido, segundo a união Astronomica Internaçional, como um astro que:

(a) Está em órbita ao redor do Sol;


(b) Tem forma determinada pelo equilíbrio hidrostático (arredondada) resultante do fato
de que sua força de gravidade supera as forças de coesão dos materiais que o
constituem;
(c) É um objeto de dimensão predominante entre os objetos que se encontram em
órbitas vizinhas.
Como vimos anteriormente, os planetas foram formados da mesma nuvem que deu
origem o sol. Podemos dividi-los em três grupos:Telúricos, Jovianos e Anões.

3.2.1-Telúricos ou Rochosos

São planetas proximos do sol que apresentam uma estrutura interna rochosa e pouco gás
em sua atmosfera.Estes planetas são:Mercúrio,Vênus,Terra e Marte.Devido a sua
pequena, massa e proximidade do sol, eles não conseguiram atrair nem reter muito gás
da nebulosa.Possuem massas proximas a da Terra, têm poucos ou nenhum satelite
natural, são compostos de rochas, metais pesados, silicatos, oxidos e outros elementos.

3.2.2-Jovianos

São planetas mais afastados do sol compostos basicamente de gás Hidrogenio, Hélio e
outros.Possuem massa maior que 14 massas da Terra, muitos satelites naturais e
anéis.Estes planetas são: Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

3.2.3-Planetas Anões

São astros que órbitam o sol, estão em equilibrio hidrostatico mantendo assim uma
forma quase esferica e possuem dimensões muito menores em relação aos planetas
vizinhos.Estes planetas são: Ceres, Plutão, 2003UB e outros.

Questão 4 - Se o sol e os planetas foram formados da mesma nebulosa porque eles


são tão diferentes?
3.3-Outros astros que compõe o Sistema Solar

3.3.1-Satélites

É um astro que orbita um planeta.Se este astro possuir um diametro grande em relação
ao planeta chamamos ambos de Planeta Duplo.Ex:Plutão e Caronte ou até mesmos o
sistema Terra-Lua.

3.3.2-Asteróides

São pequenos astros que orbitam o sol e são basicamente formados metais pesados e de
rochas.O diâmetro dos asteróides varia de 1 a 1000 kilometros.

3.3.3-Cometas

São muito semelhantes aos asteróides porém são compostos em sua maior parte por
gelo. Os cometas possuem órbitas muito excentricas.

3.3.4-Meteoros e Meteoritos

São fragmentos de Planetas, asteróides e/ou cometas.Quando um dessses fragmentos


passa pela atmosfera terrestre o chamamos de meteoros.Aqueles que resistem e caem na
superfície são chamados de meteoritos.

3.3.4-Gás e Poeira interestelar

A grande parte do gás é composta de hidrogênio, a poeira é composta principalmente de grafite,


silicatos e gelo de água, em grãos de vários tamanhos, mas muito menores do que a poeira aqui
na Terra.

4-A Fisica do Sistema Solar

Para estudarmos a dinamica do sistema solar devemos conhecer e entender duas leis
basicas da Mecânica Newtoniana: A gravitação Universal e As Leis de Kepler.Para
facilitar a compreensão veja as simulações na aula “Sistema Solar”.

4.1-A Gravitação Universal

Sabemos que todo objeto que possui massa tem a capacidade de atrair outros corpos.
Newton descobriu que essa atração é proporcional a quantidade de massa, ou seja,
quanto maior a massa maior será a atração.E que esta diminui com o quadrado da
distância.

Interação entre objetos vista através do conceito de força gravitaçional

4.2-As Leis de Kepler

1. Lei das órbitas elípticas (1609): A órbita de cada planeta é uma elipse, com o
Sol em um dos focos. Como consequência da órbita ser elíptica, a distância do
Sol ao planeta varia ao longo de sua órbita.
2. Lei da áreas (1609): A reta unindo o planeta ao Sol varre áreas iguais em tempos
iguais.
3. Lei harmônica (1618): O quadrado do período orbital dos planetas é diretamente
proporcional ao cubo de sua distância média ao Sol. Podemos expressar a lei
como:

Questão5 - Qual a relação entre as leis de Kepler e da Gravitação?

5-Considerações Finais

É necessário ressaltar que todas as leis e considerações feitas neste trabalho possuem
apenas um caráter introdutório, de modo que, uma analise mais profunda é requerida
para compreender as leis básicas de formação e evolução de sistemas planetários.
Todos os tópicos apresentados neste trabalho serão tratados minuciosamente nas aulas
sobre Sistema Solar e alguns serão analisados nas aulas sobre As Estrelas, mediante a
Apresentação Oral, Simulações Computacionais, Experimentos e Avaliações. Sendo
assim, deixamos claro que este material é apenas um guia/Resumo das aulas.
6-Referencias

HTTP://astro.if.ufrgs.br/
www.cosmobrain.com.br
www.on.br/
http://profs.ccems.pt/PauloPortugal/CFQ/Geocentrismo_Heliocentrismo/Geocentrismo_
Heliocentrismo.html
dirleymiranda.multiply.com/journal/item/30