Você está na página 1de 6

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DO PIAUÍ

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

II LISTA DE EXERCÍCIOS

DE

Eletricidade Básica

PROF. EDI ROZEMBERGH

TERESINA, 16/05/2018 – PI
1) Um objeto de ferro, de pequena espessura e em forma de cruz, está magnetizado e
apresenta dois pólos Norte (N) e dois pólos Sul (S). Quando esse objeto é colocado
horizontalmente sobre uma mesa plana, as linhas que melhor representam, no plano
da mesa, o campo magnético por ele criado, são as indicadas em

2) Considere um ímã permanente e uma barra de ferro inicialmente não imantada,


conforme a figura a seguir.

Ao aproximarmos a barra de ferro do ímã, observa-se a formação de um pólo ______


em A, um pólo ______ em B e uma ______ entre o ímã e a barra de ferro.

A alternativa que preenche respectiva e corretamente as lacunas da afirmação anterior é


a) norte, sul, repulsão
b) sul, sul, repulsão.
c) sul, norte, atração.
d) norte, sul, atração
e) sul, norte, repulsão.

3) Dois fios retos, compridos e paralelos são colocados perpendicularmente ao


plano desta folha e percorridos por correntes elétricas tais que i1 = 3i2 conforme
figura.

Represente vetorialmente os campos magnéticos resultantes criados pelas


correntes, nos pontos M e N.
4) Duas espiras circulares, concêntricas e coplanares, de raios R1 e R2, sendo
R1 = 2R2/5, são percorridas respectivamente pelas correntes i1 e i2; o campo
magnético resultante no centro da espira é nulo. A razão entre as correntes i1
e i2 é igual a:
a) 0,4
b) 1,0
c) 2,0
d) 2,5
e) 4,0

5) Um solenoide compreende 2000 espiras por metro. A intensidade do vetor


indução magnética originado na região central, devido à passagem de uma
corrente de 0,5 A, é de:

a) 2π.10-4 T
b) 4π.10-4 T
c) 2π.10-5 T
d) 4π.10-5 T
e) n. r. a.

6) Uma espira circular tem raio 0,2 m e é percorrida por uma corrente de 5A no
sentido horário. Determine a intensidade e a orientação do vetor campo
magnético no centro da espira. Adote  0 = 4  .10-7 T.m/A

7) Uma espira circular de raio R=0,2 m é percorrida por uma corrente elétrica de
intensidade i=8A no sentido horário. Dê as características do vetor campo
magnético no centro da espira. Adote  0 = 4  .10-7 T.m/A

8) Duas espiras circulares concêntricas e coplanares de raios 0,4  m e 0,8  m


são percorridas por correntes de sentidos contrários de intensidades 1A e 4A
, respectivamente, conforme mostra a figura. Determine a intensidade do
vetor campo magnético resultante no centro das espiras. Adote  0 = 4  .10-7
T.m/A

9) No interior de um solenoide de comprimento 0,16m, registra-se um campo magnético de


intensidade 5  .10-4 T, quando ele é percorrido por uma corrente de 8A. Quantas espiras
tem esse solenoide? Adote  0 = 4  .10-7 T.m/A

10) Considere um solenoide de 0,16m de comprimento com 50 espiras. Sabendo


que o solenoide é percorrido por uma corrente de 20A, determine a
intensidade do campo magnético no seu interior.

11) Um solenoide de 1 metro de comprimento contém 1000 espiras e é percorrido


por uma corrente de i. Sabendo que o vetor campo magnético no seu interior
vale 8  .10-4 T, determine i. O solenoide está no vácuo.
12) Um condutor de comprimento L, percorrido por uma corrente i, está imerso em
um campo magnético uniforme B. O condutor fica sujeito à uma força F,
conforme indica a figura. Assinale a afirmativa FALSA.

a) se B inverter o sentido, o sentido de F também


muda
b) O sentido de F mostrado na figura está
incorreto.
c) Se i alterar o sentido, F também muda.
d) F é proporcional a i.
e) F é proporcional a B.

13) Uma espira quadrada de lado L, é colocada em um campo magnético uniforme


B, conforme a figura. O momento ( torque ) que age na espira, na posição
indicada, têm módulo igual a:

13.1) 2BiL
13.2) 2 B i (L)2
13.3) B2 i L
13.4) B i (L)2
13.5) B i2 L

14) Um feixe de partículas em movimento circular está sob influência de um campo


magnético uniforme B = 0, 1 T. Sabendo que a carga de cada partícula é
8x10-19 C e que elas se movem a uma velocidade 2x105 m/s, determine o valor
da força magnética que atua sobre cada partícula e o ângulo entre o
campo e a velocidade.

a) 1,6x10-14 N, 90o
b) 0,8x10-14 N, 90o
c) 1,6x10-14 N, 45o
d) 1,6x10-14 N, 0o
e) 0,8x10-14 N, 0o

15) Uma carga elétrica puntiforme de 20.10-6 C, é lançada com velocidade de 4m/s,
numa direção perpendicular a um campo magnético, e fica sujeita a uma força
de intensidade 8.10-5 N. Qual a intensidade do campo magnético?

16) Uma carga elétrica de 10-15 C é lançada perpendicularmente a um campo


magnético de 10-2 T, ficando sob a ação de uma força de 10-15 N. Determine a
velocidade com que a carga foi lançada no campo.

17) Uma partícula elétrica de carga q=4.10-6 C desloca-se com velocidade 2.102
m/s, formando um ângulo de 45o com um campo magnético uniforme de
intensidade 16.104 T. Determine a força magnética que atua sobre a partícula.
18) Uma partícula de carga 6.10-8 C é lançada perpendicularmente a um campo magnético
uniforme de intensidade 4.10-2 T, com velocidade 103 m/s. Determinar a intensidade da
força magnética que atua sobre ela.

19.0) Responda ás seguintes perguntas teóricas:


a) O que distingue um campo magnético uniforme de um campo magnético não
uniforme?
b) Porque razão é que quando se parte um íman, se obtêm 2 com as mesmas
propriedades magnéticas?
c) O que é uma substância ferromagnética?
d) O que é o espectro magnético de um íman?
e) O que é um vector normal à superfície?

20.0) Uma superfície em ferro encontra-se submetida a um campo magnético


uniforme de indução igual a 1,5T. A secção reta do ferro é igual a 20 cm 2.
Calcule o fluxo magnético através do ferro, se as linhas de força:

a) Forem perpendiculares à superfície do ferro.


b) Fizerem um ângulo de 60º com a superfície.
c) Fizerem um ângulo de 0º com a superfície.

21.0) Determine o valor da indução na superfície de uma espira de um dínamo, de


secção igual a 40 cm2, que é atravessada por um fluxo magnético de 6,4 mWb,
sendo as linhas de força perpendiculares à superfície da espira.

22.0) Um solenoide, de 40 cm de comprimento, produz no seu centro uma indução


de 20 mT quando percorrido por 15 A. Calcule:

a) O número de espiras.

23.0) Um campo magnético atua perpendicularmente sobre uma espira circular de


raio 10cm, gerando um fluxo de indução magnética de 1Wb. Qual a intensidade
do campo magnético?

24.0) Uma espira quadrada de lado R= 2cm é imersa em um campo magnético


uniforme de intensidade 2T. Qual é o fluxo de indução nessa espira em cada
um dos seguintes casos:

a) o plano da espira é paralelo às linhas de indução;


b) o plano da espira é perpendicular às linhas de indução;
c) o reta normal ao plano forma um ângulo de 60° com as linhas de
indução.

25.0) Um condutor retilíneo de comprimento 10m, percorrido por uma corrente i=7A
(da esquerda para a direita), é imerso em um campo magnético uniforme de
indução B=2T (saindo do plano do papel). Determine a intensidade e a
orientação de Fm quando o condutor está disposto perpendicularmente às
linhas de campo.

26.0) Um íon de massa 8,0.10-27 kg e carga +1,6.10-19 C, entra na câmara de um


espectrômetro de massa com uma energia cinética de 1,6.10-16 J, após ter sido
acelerado por uma ddp. Após descrever a trajetória ilustrada na figura, o íon
atinge o ponto C de uma chapa fotográfica, distante de A, de:

27.0) Um elétron penetra em uma região do espaço onde só existe um campo


magnético de módulo 2,00.10 -2T. Se a energia cinética do elétron, ao penetrar
no campo, vale 4,05.10 -11joules, a força máxima que ele poderá sofrer, sendo
me = 9,00.10 -31kg e e = 1,60.10 -19C, é:

a) 1,6.10-12 N
b) 3,8.10-12 N
c) 8,0.10-12 N
d) 9,6.10-12 N
e) 1,4.10-11 N