Você está na página 1de 2

Analisemos alguns textos

"Não houve uma única palavra, de tudo o que Moisés ordenara, que Josué não tivesse lido

perante toda a congregação de Israel, de uma "Lei oral ?).

"Porque fostes plantados como nobres sementes, mas produzistes estranhos frutos." Isaías

17:10.

Porque "

enganar por suas próprias mentiras, após os quais andaram seus pais." Amós 2:4

" Josué 8:15. (Se tudo foi lido, que necessidade temos

rejeitaram a Torá do Eterno, e não guardaram os seus estatutos, antes se deixaram

"Pois são um povo rebelde que mente como crianças, que se recusa a atender os ensinamentos do Eterno." Isaías 30:9 (Crianças que aceitam como verdade as anedotas do Talmud, quando deveriam seguir e obedecer só o escrito na Torá e nos profetas).

" Ouvi, pois, a palavra de YHVH, homens escarnecedores, que dominais este povo que está em Jerusalém.

Porquanto dizeis

escondemos." Isaías 28:14,15.

porque

pusemos a mentira por nosso refúgio, e debaixo da falsidade nos

As Escrituras proibem leis suplementares:

"Nada acrescentareis a Palavra que vos mando, nem diminuireis dela,

pois "

"Se tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta Torá, que estão escritas neste Livro, para temeres este Nome glorioso e terrível, de Dus Teu Dus." Devarim (Deut.) 28:58. (Observe que fala: "escritas neste Livro", singular. Fala: "Desta Torá" E não: Torot, תורות no plural. Está claríssimo que se refere única e exclusivamente as Leis escritas, sem margem para "leis orais", e conforme o contexto de todo o capítulo 28 de Devarim está sob pena de maldição uma alteração destas. (Ao abrir precedentes à leis que não são legitimamente da Torá nosso povo se expõe a castigos, como o holocausto).

Mas afinal, como surgiu este conceito oral ? Quem estuda as Escrituras Hebraicas em busca da verdade deve saber que o que Dus não escreveu não tem valor de Lei, é um ensinamento infundado e pode no máximo ser aceito como tradição, se não contrariar as Escrituras. Existem tradições que não ferem o mandamento, e que podem ser aceitas, mas não tem valor de lei, um exemplo está em (ll Crônicas 35:25), um estatuto estabelecido pela vontade da maioria, mas não por mandado do Adonai. Outro exemplo é a instituição de Purim por Ester. Nós seres humanos temos hábitos e costumes que as vezes viram tradição, e se não ferirem o ensinamento bíblico e você quer praticar isto, tudo bem. Porém existem conceitos criados que se opõem a Torá, é o caso dos B,nei Noach, pois em toda a Bíblia não há nenhuma referência a este pacto.

Como estudante da torá , ainda com poucos recursos mais sempre auxiliado por Rabinos Messiânicos , lideres os quais respeito muito sem agredi porem a niquem ,as boas tradições devemos observar desde que elas não firam a torá.

" Deuterônomio 4:2

o engano deles é falsidade." Salmos 119:118

Possuímos unidade nos propósitos Sagrados de servirmos o mesmo Dus e de sermos o mesmo povo, porém sem uniformidade em todos os assuntos, visto não termos Sumo Sacerdote nos dias atuais com Urim e Tumim (Números 27:21). Assim algumas variações de interpretação (pessoais) entre nós em assuntos não fundamentais, são aceitáveis e inevitáveis. (Deut. 29:29). Até quando Moshé estava entre nós estas diferenças (pequenas ) existiam por que não haveriam de ter hoje ,Prossigamos em entender a tudo tentando ser tolerante em aceitar o que e do Eterno nos diz em sua palavra e vejamos o Reino

Rosh Inacio Medeiros

Comunidade Israelita do RN, (estamos em mudança de nome )

Moré do Insterah , formado em teologia pelo cates , bacharel em teologia eclesiástica pelo SIT, seminário internacional de teologia, cursando na Petah Ktivah, Orientado pelo Rabino Boney Kassed

Temos aula hoje as 20 Hrs

https://join.skype.com/xfJLioguNd8P