Você está na página 1de 3

FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS – UFMG

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ECN-101 – ECONOMIA A1 (Curso de Administração)


TURMA: F- CARGA HORÁRIA: 60 – CRÉDITO: 04
ANO LETIVO: 2011– SEMESTRE: 2º
PROFESSORA: FERNANDA FARIA SILVA
E-MAIL: fernfaria@gmail.com

EMENTA:
Introdução aos conceitos básicos de economia. Noções de Microeconomia: Demanda e
Oferta; Teoria do Consumidor e da Firma; Estruturas de Mercado. Noções de
Macroeconomia: principais variáveis macroeconômicas e o papel da política
econômica; Moeda, Inflação, Crescimento Econômico; Setor Externo. A Economia
Brasileira atual.

OBJETIVO DO CURSO:
O curso visa apresentar alguns conceitos e instrumentos básicos de Economia que
permitirá ao estudante compreender melhor os fenômenos econômicos da realidade. Sob
o ponto de vista microeconômico, será destacado o comportamento e a interação dos
agentes econômicos individuais (no âmbito das pessoas, empresas e Governo). Da
mesma forma, sob o ponto de vista da Macroeconomia, serão destacados os conceitos
para uma análise em perspectiva agregada, envolvendo o sistema econômico como um
todo, oferecendo suporte para o entendimento das políticas econômicas. Na última
parte, serão planteadas algumas discussões sobre a conjuntura econômica brasileira,
permitindo ao estudante articular os conhecimentos obtidos durante o semestre com o
contexto atual.

PROGRAMA:

1- MICROECONOMIA
Teoria elementar da Demanda e Oferta. Equilíbrio. Análise Gráfica e
deslocamentos. Teoria do Consumidor. Teoria da Firma. Elasticidades. Noções
gerais de Estrutura de mercado: concorrência perfeita, monopólio e oligopólio.

2- MACROECONOMIA
Conceitos básicos de Contas Nacionais. Medidas de atividade econômica. Principais
variáveis macroeconômicas e o seu papel na política econômica. Noções sobre
política monetária e política fiscal. Noções de economia monetária: sistema
monetário e financeiro. Inflação. Noções de Economia Internacional: Balanço de
Pagamentos. Taxa de câmbio. Crescimento Econômico.
2

3- ECONOMIA BRASILEIRA:

A Economia Brasileira Contemporânea. O Plano Real (diagnósticos, medidas e


resultados). O pós-Real e a transição da era FHC para o Governo Lula. O
desempenho recente da economia brasileira: um ciclo de crescimento de longo prazo?
Os desafios atuais para o Desenvolvimento Brasileiro.

AULAS*:
Todas as Terças (das 19:00 às 20:40) e Sextas-Feiras (20:50 às 22:30).
Início do Semestre letivo: 08/08/2011. Fim: _______/12/2011
*Feriados Nacionais: 15/11 (Proclamação da República).

AVALIAÇÃO
Prova 1: Seções 1 (30 pontos)
Prova 2: Seção 2 (30 pontos)
Prova 3: Seções 3 (30 pontos)
Listas de exercícios: (10 pontos) / Serão 2 listas de exercícios no total; cada uma
aplicada ao final de cada unidade correspondente.
OBS: Haverá reprovação por falta.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
(Obs.: Novas referências poderão ser incorporadas ao programa no decorrer do semestre).

SEÇÃO 1- MICROECONOMIA

1.1 . MANKIW, N. G., Introdução à economia. São Paulo: Pioneira, Thomson


Learning, 2005.
1.2.. MANKIW, N.G. Introdução à economia: Princípios de micro e macroeconomia. 1ª
edição. Rio de Janeiro: Campus, 1999.
1.3. PINHO, D. B. – VASCONCELLOS, M. A. S. - Manual de Economia - Equipe de
professores da USP: São Paulo. 5ª ed. Saraiva. 2004.
1.4. GREMAUD, A. P. et al. Introdução à economia. São Paulo: Atlas. 2007.

SEÇÃO 2 – MACROECONOMIA

2.1. BLANCHAD, O. Macroeconomia. Prentice Hall Brasil: 4ª edição, 2006.


2.2. MANKIW, N. G., Introdução à economia: princípios de micro e macroeconomia.
3ªed: Thompson. 1999
2.3. PINHO, D. B.,VASCONCELLOS, M. A. S. - Manual de Economia - Equipe de
professores da USP: São Paulo. 5ª ed. Saraiva. 2004.
2.4. ROSSETTI, J. P. Introdução à Economia. São Paulo: Atlas, 2002.
2.5. GREMAUD, A. P. et al. Introdução à economia. São Paulo: Atlas. 2007.
2.6. CARVALHO, F. J. C. et. all. Economia Monetária e Financeira: Teoria e Política.
Rio de Janeiro, Campus. 2007.

2
3

SEÇÃO 3 – ECONOMIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

3.1. BACHA, E. L.: “Elementos para uma Economia Política das Reformas no Governo
Lula”, REP, vol 24, no 1 (93), janeiro – março/2004.
3.2. CARNEIRO, R. Desenvolvimento em Crise: a economia brasileira no último quarto
do século XX. São Paulo: Unesp, 2002.
3.3. CARNEIRO, R. Desafios do Desenvolvimento Brasileiro. IPEA/ UNICAMP
Texto: I (pgs 8-20) Disponível em:
http://www.iececon.net/arquivos/Desafios_do_Desenvolvimento_Brasileiro.pdf
3.4. FURTADO, C.: “Reflexões Sobre a Crise Brasileira”, Revista de Economia
Política, vol 20, no 4 (80), julho – setembro de 2000. Disponível em:
http://www.rep.org.br/pdf/80-1.pdf
3.5. GIAMBIAGI, F., Rompendo com a ruptura (2003-2004), in F. Giambiagi, L.B. de
Castro e J. Hermann (Orgs) – Economia brasileira contemporânea (1945-2004), Rio de
Janeiro: Elservier & Campus, 2005, cap. 8.
3.6. GREMAUD, A. P. VASCONCELLOS, M. A. S. de; TONETO JUNIOR, R.
Economia Brasileira Contemporânea. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2005.
3.7. BAER, W., A economia brasileira, São Paulo, Nobel, 2003. 2ª edição.
3.8. PAULANI, L.M.: „Brasil Delivery: a política econômica do Governo Lula”, Revista
de Economia Política, vol 23, no 4 (92), outubro - dezembro/2003.
3.9. Coletânea de artigos de revistas e jornais (mimeo).

Alguns sites de interesse (dados, textos para discussão, artigos):

http://www.ipea.gov.br
http://www.ibge.gov.br
http://www.bacen.gov.br/
http://www.planejamento.gov.br/
http://www.mdic.gov.br//sitio/
http://www.economist.com/
http://www.cedeplar.ufmg.br/publicacoes/trabalhos/textos-para-discussao.php
http://www.anpec.org.br
http://www.sep.org.br
http://www.centrocelsofurtado.org.br/
Revista Conjuntura Econômica => http://www.fgv.br/ibre/cecon/
http://www.valoronline.com.br/
CEPAL=> http://www.eclac.org/brasil/
FMI => http://www.imf.org/external/index.htm

OBS_1=> Será criada uma lista com os e-mails da turma para eventuais necessidades de
contato. Atente-se para fornecer um mail atualizado e checá-lo com freqüência.