Você está na página 1de 12

Analise as afirmações abaixo.

I – O conceito de Educação Ambiental varia de interpretações, de acordo com cada contexto, conforme a
influência e vivência de cada um.

II – Para muitos, a Educação Ambiental restringe-se em trabalhar assuntos relacionados à natureza: lixo,
preservação, paisagens naturais, animais, etc. Dentro deste enfoque, a Educação Ambiental assume um
caráter basicamente naturalista.

III – A Educação ambiental é um tema contemporâneo e desta forma não deve seguir nenhuma
metodologia pré-estabelecida.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.


I – A Educação ambiental é um tema muito importante devendo assim ser tratado de forma isolada do
restante da grade curricular.
II – Atualmente, a Educação Ambiental assume um caráter mais realista, embasado na busca de um
equilíbrio entre o homem e o ambiente, com vista à construção de um futuro pensado e vivido numa lógica
de desenvolvimento e progresso (pensamento positivista).
III – Educação Ambiental é ferramenta de educação para o desenvolvimento sustentável (apesar de
polêmico o conceito de desenvolvimento sustentável, tendo em vista ser o próprio "desenvolvimento" o
causador de tantos danos socioambientais).
Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.
Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Ampliando a maneira de perceber a Educação Ambiental podemos dizer que se trata de uma prática de
educação para a sustentabilidade.

II –A Educação Ambiental não possui relação com o Desenvolvimento Sustentável.

III – Para muitos especialistas, uma Educação Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável é
severamente criticada pela dicotomia existente entre "desenvolvimento e sustentabilidade".

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Educação Ambiental foi definida como uma dimensão dada ao conteúdo e à prática da Educação,
orientada para a solução dos problemas concretos do meio ambiente, através de enfoques
interdisciplinares e de uma participação ativa e responsável de cada indivíduo e da coletividade.

II – A definição oficial de educação ambiental, do Ministério do Meio Ambiente: “Educação ambiental é um


processo permanente, no qual os indivíduos e a comunidade tomam consciência do seu meio ambiente e
adquirem conhecimentos, valores, habilidades, experiências e determinação que os tornam aptos a agir –
individual e coletivamente – e resolver problemas ambientais presentes e futuros”.

III – Por maior que seja o esforço da academia, ainda não é possível afirmar que exista uma definição para
Educação Ambiental.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – De acordo com o conceito de educação ambiental definido pela comissão interministerial na preparação
da ECO-92 " A educação ambiental se caracteriza por incorporar as dimensões socioeconômica, política,
cultural e histórica, não podendo se basear em pautas rígidas e de aplicação universal, devendo
considerar as condições e estágios de cada país, região e comunidade, sob uma perspectiva histórica.
Assim sendo, a Educação Ambiental deve permitir a compreensão da natureza complexa do meio
ambiente e interpretar a interdependência entre os diversos elementos que conformam o ambiente, com
vistas a utilizar racionalmente os recursos do meio na satisfação material e espiritual da sociedade, no
presente e no futuro." (LEÃO; SILVA, 1995).

II – Afim de garantir sua independência para com os outros países o Brasil decidiu não adotar uma
definição para a Educação Ambiental.

III – O CONAMA - Conselho Nacional do Meio Ambiente - define a Educação Ambiental como um
processo de formação e informação orientado para o desenvolvimento da consciência crítica sobre as
questões ambientais, e de atividades que levem à participação das comunidades na preservação do
equilíbrio ambiental.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Na Pedagogia tradicional a Relação Ser Humano e Natureza é interpretada como: - O ser humano é
dono e senhor (dominador) da Natureza. - A Natureza passa a ser propriedade privada de alguns homens.

II – Na Pedagogia tradicional a Relação Sociedade e Cultura é interpretada como: - Visão burguesa e


individualista, objetivando a perpetuação das relações estabelecidas na Sociedade e na Cultura. -
Separação da concepção de "Sociedade" e de "Cultura" da concepção de "Natureza".

III – Na Pedagogia tradicional a Relação o Conhecimento é interpretada como: - A essência do


pensamento ecologista é ser um pensamento de amor e de aliança. De amor e de aliança entre os seres
humanos; e de amor e aliança entre os homens e a natureza. - Não existe uma teoria de conhecimento
explícita. - Privilegia o conhecimento originário da experiência. - Visão imediatista, supostamente
“holística”, na qual com uma equívoca consideração da totalidade, esquece a complexidade das inter-
relações entre sociedade e natureza. - Prioriza o conhecimento popular. - Faz a crítica ao conhecimento
científico positivista.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.


Analise as afirmações abaixo.

I – Na Pedagogia tradicional a Educação é interpretada como: - Centrada na transmissão do


Conhecimento. - Processo de assimilação do Conhecimento historicamente acumulado.

II – Na Pedagogia tradicional a Escola é interpretada como: - Preconiza que as escolas devem ser
pequenas e ter alicerces firmes em suas comunidades, para permitir maior contato entre alunos e
professores, entre a escola e o contexto social, e, até, entre os próprios alunos. - Tem como referencial o
modelo integralizado de sociedade que não aceita o divórcio entre a sala de aula e o mundo. - A instituição
escolar é vista como reprodutora da sociedade dominante, legitimando o conhecimento científico
fragmentado. - Muitos autores postulam a desescolorização, uma vez que a instituição escolar isola o
homem da natureza

III – Na Pedagogia tradicional o Ensino-Aprendizagem é interpretada como: Mera transmissão e aquisição


de informações. - Subordina Educação à Instrução. - Verbalismo e memorização.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A educação ambiental na vertente ecológico-preservacionista a relação Professor/Aluno é interpretada


como: - Tende a ser uma relação horizontal, amistosa e de educação pelo exemplo combinada com
elementos de relação vertical na qual o professor, como interpretador de teorias, impõe visões geralmente
reducionistas. - Prioriza a formação nos aspetos éticos e estéticos e as mudanças de comportamento das
pessoas.

II – A educação ambiental na vertente ecológico-preservacionista a Metodologia é interpretada como: -


Destaca a importância de “sentir” e amar a natureza. - Passeios, excursões, atividades extra-escolares,
que permitam um maior contato com a natureza. - Trabalho de campo, de reconhecimento de
ecossistemas. - Promoção de campanhas preservacionistas. - Plantio de árvores, construção de hortas
escolares, coleções entomológicas e botânicas.

III – A educação ambiental na vertente ecológico-preservacionista a Avaliação é interpretada como: -


Provas, exames. - Visa à exatidão na reprodução do conteúdo transmitido. - Exames como fins em si
mesmos e sua aplicação funcional na sociedade como meio de ascensão social.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica o conhecimento é interpretado


como algo desnecessário, haja vista que o aluno deve aprender na prática do dia-a-dia.

II – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica a Relação Ser Humano e


Natureza é interpretada como: - Reintegra o homem na natureza, como espécie biológica com
características específicas. - O homem, para sua subsistência, se apropria da natureza e tem
conhecimento dos mecanismos dessa apropriação. - Ênfase nas inter-relações dinâmicas, historicamente
construídas, de intercâmbio e transformação entre as sociedades humanas e os ecossistemas. - O Meio
Ambiente se gera e constrói no processo histórico das inter-relações entre sociedade e natureza. - Postula
uma compreensão dessas inter-relações mediadas pelos estilos de desenvolvimento. - Trabalha sobre o
conceito de desenvolvimento sustentável como eixo central, acrescentando os indicadores de
desenvolvimento humano.

III – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica a Relação Sociedade e Cultura
é interpretada como: - Produto do processo da evolução histórica da humanidade. - Categorias
inseparáveis, mutuamente determinantes e determinadas pelas inter-relações entre os substratos naturais
e os tipos de organizações sociais e culturais. - Não é a sociedade, em seu conjunto, a culpada da
degradação ambiental, mas o estilo de desenvolvimento dominante (capitalismo), que produz esgotamento
de recursos naturais e exploração do homem pelo homem. - Não vê os problemas ambientais como
catástrofes inevitáveis, mas como problemas sociais que colocam novos desafios ao conhecimento
científico, e limites ao próprio homem à medida que ameaça a sua sobrevivência como espécie. - Postula
a construção de novas formas sociais de aproveitamento dos recursos (desenvolvimento sustentável) e de
novas relações sociais entre os homens.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica a Educação é interpretada como:


- Privilegia os aspectos formais e não formais da educação, considerando que ambos se complementam. -
Postula uma educação para a preservação e conservação da natureza, no marco da análise econômico-
social e histórica, dos problemas ambientais (contextualização espacial e temporal). - Visa à plena
realização do homem, em todos os aspectos, à sua sobrevivência e à melhoria da qualidade de vida. -
Orientada para a compreensão e solução de problemas socioambientais. - Educação com caráter
interdisciplinar, capaz de responder com eficácia às necessidades sociais. - Educação de caráter
permanente orientada para o futuro, com a preocupação de construir valores e conhecimentos para a
tomada de decisões adequada à preservação do ambiente e da própria sociedade humana. - Em síntese,
visa à formação de um cidadão democrático, crítico e participativo.

II – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica a Relação Ensino-


Aprendizagem é interpretada como: - totalmente independente da atuação do professor. O aluno é
responsável por todo o aprendizado que deve ser desenvolvido obrigatoriamente na biblioteca da escola.

III – A educação ambiental na vertente socioambiental - perspectiva crítica a Escola é interpretada como: -
É considerada como uma instituição social pública, de caráter dinâmico e histórico. - Considera que, como
instituição social ela é contraditória, conflitante, e pode aparecer como um importante espaço de luta para
a oposição aos processos de homogeneização cultural (MAC LAREN, APLE). - Importante para a
formação do homem do futuro e no desvelamento das ideologias da sociedade dominante e seu estilo de
desenvolvimento. - Permite o acesso e a apropriação do conhecimento historicamente acumulado como
instrumento de emancipação. - Não se limita ao espaço isolado de sala de aula, mas que deve servir
efetivamente na comunidade como agente de compreensão e procura de soluções aos problemas
ambientais concretos (possibilidade de solução, no nível escolar) e de identificação das potencialidades
para o desenvolvimento sustentável.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.


Analise as afirmações abaixo.

I – Considerando-se que educação ambiental é um processo em construção permanente e que, portanto,


torna-se um instrumento de aprendizagem em constante movimento, alguns fatos e acontecimentos
marcantes na história mundial têm sua importância para o estudo histórico.

II – Em 1869, Ernest Haeckel propõe o vocábulo “ecologia” para os estudos das relações entre espécies e
seu ambiente. Três anos depois, é criado o primeiro Parque Nacional do mundo, o de Yellowstone, nos
Estados Unidos.

III – A educação Ambiental é uma preocupação do homem desde a idade da caverna.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Após a 1ª Grande Guerra se iniciou de forma muito intensa e preocupação com meio ambiente e com a
Educação Ambiental.

II – Após a 2ª Grande Guerra quando do crescimento desenfreado da produção industrial e do


consequente acirramento da degradação do meio ambiente, começaram a surgir problemas de dimensões
globais, que rompiam fronteiras e extrapolavam a regionalidade, como a poluição de rios e mananciais
internacionais, a chuva ácida, o buraco na camada de ozônio, o efeito estufa, as ilhas de calor nos
grandes centros urbanos, entre outros.

III – Após a 2ª Grande Guerra percebeu-se a importância de uma reflexão mais profunda e a necessidade
de um trabalho conjunto entre as nações, concentrando recursos financeiros e tecnológicos para a solução
dessas questões e/ou para minimização dos impactos desses fenômenos no meio ambiente. Nesse
sentido, diversas atitudes passam a ser tomadas, principalmente nos países do hemisfério norte. Algumas
delas são emblemáticas, tais como a fundação em 1947, na Suíça, a UICN – União Internacional para a
Conservação da Natureza, a mais antiga instituição ambientalista de que se tem registro.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – O Clube de Roma e o Crescimento Zero - Em 1968, é fundado o Clube de Roma pelo industrial italiano
Aurélio Peccei e pelo químico inglês Alexander King, que agregou 100 empresários, políticos, cientistas
sociais, preocupados com as consequências do modelo de desenvolvimento predatório adotado pelos
países ricos do ocidente e que rapidamente se espalhava por todo o globo terrestre. Em 1971, o Clube
encomenda ao MIT – Instituto de Tecnologia de Massachussets, Estados Unidos - um estudo sobre a
situação do Planeta.

II – O Clube de Roma e o Crescimento Zero – este nome se origina da importância do império Romano
para o desenvolvimento da Educação Ambiental.
III – O Clube de Roma e o Crescimento Zero - publicada no ano 1972, um relatório que leva o nome de
“Limites do Crescimento”, que recomenda crescimento zero da atividade econômica e da população, como
forma de garantir a continuidade da existência da espécie humana do Planeta.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – O Clube de Roma e o Crescimento Zero – originou o documento – Limites do crescimento – que foi
duramente criticado, principalmente porque congelava desigualdades e não previa mudanças nos padrões
de produção e consumo adotados pela sociedade, nem tampouco propunha uma redistribuição de
riquezas entre os países e as diferentes camadas da população.

II – O Clube de Roma e o Crescimento Zero - ser a primeira vez que um sério instituto de pesquisa,
financiado por poderosos empresários do primeiro mundo, apontava a situação a que o Planeta estava
exposto. Por fim, o mundo tomava conhecimento, oficialmente, das limitações ambientais ao crescimento.

III – O Clube de Roma e o Crescimento Zero – se destaca por ter ocorrido na mesma época em que a
Itália sediava uma copa do mundo de futebol.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A Conferência de Estocolmo - aconteceu a Conferência das Nações Unidas, em Estocolmo, debatendo


o tema “Crescimento Econômico e Meio Ambiente”, com a presença de 113 países.

II – A Conferência de Estocolmo - Esta Conferência é considerada um marco político internacional para o


surgimento de políticas de gerenciamento ambiental. Ali foram propostos novos conceitos como o do
Ecodesenvolvimento, uma nova visão das relações entre o meio ambiente e o desenvolvimento; gerados e
criados novos importantes programas como o das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA);
gerados documentos da relevância da Declaração sobre o Ambiente Humano, uma afirmação de
princípios de comportamento e responsabilidade que deveriam governar as decisões relativas à área
ambiental e o Plano de Ação Mundial, uma convocação à cooperação internacional para a busca de
soluções para os problemas ambientais.

III – A Conferência de Estocolmo – também constituiu o Dia Mundial da Mulher, em homenagem a ao


Planeta Terra que é a mãe de todos nós.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Na época da Conferência de Estocolmo o Brasil, estava sob intervenção do regime militar, e havia
adotado o chamado modelo econômico “nacional-desenvolvimentista”, no qual o crescimento a qualquer
custo era visto como ferramenta fundamental para o progresso e para a melhoria da qualidade de vida da
população e vinha acumulando sucessivos índices positivos de crescimento do Produto Interno Bruto.

II – Na época da Conferência de Estocolmo o Brasil possuía um desenvolvido programa de proteção da


Amazônia que assegurava a não realização de queimadas de derrubada da floresta.

III – Na época da Conferência de Estocolmo o Brasil se encontrava na década do “milagre brasileiro” e os


investimentos governamentais em grandes obras eram consideradas prioritários, a rodovia
Transamazônica, a Ponte Rio - Niterói, a Usina de Energia Nuclear de Angra, entre outros, ampliavam a
infraestrutura que, por sua vez, possibilitava o crescimento desenfreado que exigia ainda mais
infraestruturas de base.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Congresso de Belgrado -estabelece a criação de um Programa Mundial em Educação Ambiental. Como


resultado, a UNESCO cria, então, o Programa Internacional de Educação Ambiental (PIEA), que até os
dias de hoje tem continuamente atuado na EA internacional e regionalmente. O PIEA mantém uma base
de dados com informações sobre instituições de EA em todo o mundo, além de projetos e eventos que
envolvem estudantes, professores e administradores.

II – Congresso de Belgrado - propõe a discussão de nova ética planetária para promover a erradicação da
pobreza, analfabetismo, fome, poluição, exploração e dominação humanas. Censurava o desenvolvimento
de uma nação à custa de outra e propõe a busca de um consenso internacional.

III – Congresso de Belgrado – não tratava de questões ambientais, mas sim do desarmamento das
potencias militares.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A Conferência de Tbilisi - foi a reunião internacional que de fato revolucionou a Educação Ambiental -
EA foi a Conferência Intergovernamental sobre Educação Ambiental, promovida pela UNESCO e realizada
em Tbilisi, na Geórgia em 1977. Embora o evento fosse governamental, participantes não-oficiais se
fizeram presentes, marcando posições e interferindo nas discussões. Conseguiram grandes avanços e
estratégias e pressupostos pedagógicos foram adicionados aos seus documentos.

II – Conferência de Tbilisi – está relacionada ao desafio de se preparar a humanidade para os desafios de


nfrentar as doenças virais, que na ocasião eram interpretadas, como uma grande ameaça a sobrevivência
humana.

III – Conferência de Tbilisi - é fundamental na declaração final de Tbilisi estabelece os princípios


orientadores da Educação Ambiental - EA e remarca seu caráter interdisciplinar, crítico, ético e
transformador. Anuncia que a Educação Ambiental - EA deveria basear-se na ciência e na tecnologia para
a tomada de consciência e adequada compreensão dos problemas ambientais, fomentando uma mudança
de conduta quanto à utilização dos recursos ambientais.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.


B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Nosso Futuro Comum – tem como principal meta desenvolver um sistema de financiamento mundial,
para favorecer o consumo de bens pela sociedade em geral.

II – Nosso Futuro Comum – se origina da chamada de Comissão Brundtland, que circulou o mundo e
encerrou seus trabalhos em 1987, com um relatório chamado “Nosso Futuro Comum”. E é nesse relatório
que se encontra a definição de desenvolvimento sustentável mais aceita e difundida em todo o Planeta:
“Desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a
possibilidade das gerações futuras satisfazerem suas próprias necessidades”.

III – Nosso Futuro Comum - em 1983, por decisão da Assembléia Geral da ONU, foi criada a Comissão
Mundial de Meio Ambiente e Desenvolvimento – CMMAD. Presidida pela então primeira ministra da
Noruega, Gro Harlem Brundtland, tinha como objetivo analisar a interface entre a questão ambiental e o
desenvolvimento e propor um plano de ações.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Rio-92 - Fez história ao chamar a atenção do mundo para uma questão nova na época: a compreensão
de que os problemas ambientais estão intimamente ligados às condições econômicas e à justiça social.
Reconheceu a necessidade de integração e equilíbrio entre as questões sociais e econômicas para a
sobrevivência da vida humana no Planeta.

II – Rio-92 - Reuniu apenas ambientalistas, pois interpretava que os chefes de estado não estavam
preocupados com a educação Ambiental.

III – Rio-92 - A Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (CNUMAD),
oficialmente denominada de “Conferência de Cúpula da Terra” e informalmente de Eco-92 ou Rio-92, foi
realizada no Rio de Janeiro entre 03 e 14 de junho de 1992, 20 anos após a Conferência de Estocolmo e
teve grande importância para reforçar e ampliar essa nova abordagem ambiental, que já vinha sendo
discutida em documentos anteriores.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Na Conferência de Tbilisi (1977), a Educação Ambiental - EA foi definida como “uma dimensão dada ao
conteúdo e à prática da educação, orientada para a resolução dos problemas concretos do meio ambiente,
através de enfoques multidisciplinares e de uma participação ativa e responsável de cada indivíduo e da
coletividade”.

II – Os que convivem com a Educação Ambiental - EA se depararam com uma surpreendente diversidade
sob o guarda-chuva dessa denominação. Atualmente, podemos encontrar uma gama imensa de conceitos,
práticas e metodológicas que, por sua vez, ora se subdividem, ora se antagonizam, ora se mesclam.
III – A Educação Ambiental – EA em nenhum momento foi organizada de forma global, ficando sempre sob
exclusividade dos governos locais

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Não fácil a tarefa analisar, qualificar e adjetivar a educação ambiental. Suas práticas têm sido
categorizadas de muitas maneiras: Educação Ambiental popular, crítica, política, comunitária, formal, não
formal, para o desenvolvimento sustentável, para a sustentabilidade, conservacionista, socioambiental, ao
ar livre, entre tantas outras.

II – A Educação Ambiental – EA é de exclusiva responsabilidade da família, pois é que passa os


fundamentos básicos de ética e cultura.

III – A Educação Ambiental – EA deve ser ministrada apenas nas escolas particulares, pois o custo desta
disciplina é muito alto para as escolas Públicas.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

D Somente a afirmação I está correta.

Analise as afirmações abaixo.

I – O Conservacionismo com significativa presença nos países mais desenvolvidos, ganha grande impulso
com a divulgação dos impactos sobre a natureza causados pelos atuais modelos de desenvolvimento. Sua
penetração no Brasil se dá a partir da atuação de entidades conservacionistas como a UIPA e a FBCN, e
da primeira tradução para o português de um livro (Tanner, 1978) sobre educação ambiental.

II – O Conservacionismo não é uma corrente que deve ser ponderada, no estudo da Educação Ambiental
no Brasil.

III – O Conservacionismo é mantido no país especialmente por ONGs de origem internacional que se
dedicam à proteção, conservação e preservação de espécies, ecossistemas e do Planeta como um todo; à
conservação da biodiversidade; às questões do aquecimento global e o efeito estufa; ao enfrentamento da
questão da rápida deterioração dos recursos hídricos; ao diagnóstico e análise dos grandes fenômenos de
degradação da natureza, incluindo a espécie humana como parte da natureza; ao estudo e formulação de
banco de dados que sirvam de base para a conservação e utilização dos recursos naturais.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – O Sociambientalismo está relacionado, a apenas atividades organizacionais, não se adequando ao


contexto escola.

II – O Socioambientalismo tem suas raízes mais profundas fincadas nos movimentos de resistência aos
regimes autoritários na América Latina. No Brasil, esses ideais foram constitutivos da educação popular
que rompe com a visão tecnicista, difusora e repassadora de conhecimentos.
III – Paulo Freire teve papel preponderante na defesa deste tipo de educação, o Socioambientalismo, e
inspirou centenas de educadores brasileiros e em todo mundo que romperam com a visão tecnicista e
reprodutora de conhecimentos para construir uma educação emancipatória, transformadora, libertária.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – O Socioambientalismo é uma importante vertente da EA se inspira nos ideais democráticos e


emancipatórios da Educação Popular e lhe acrescenta a dimensão ambiental buscando compreender as
relações sociedade e natureza para intervir nos conflitos socioambientais.

II – Entre as principais expressões do Socioambientalismo estão o histórico seringalista Chico Mendes e


sua discípula Marina Silva, hoje Ministra do Meio Ambiente. Seus pressupostos apontam para o fomento
de uma cultura de procedimentos democráticos; de estímulo a processos participativos e horizontalizados;
de formação e aprimoramento de organizações, de diálogo na diversidade; de auto-gestão política; de
inclusão social e de uma organização social mais justa e equitativa.

III – O socioambitalismo só se adequa para os países ricos, ditos do primeiro mundo.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – O nome agenda 21, está relacionado aos 21 primeiros países que assinaram o protocolo de Quioto.

II – A Agenda 21 é um documento gerado a partir da Rio Eco-92 para implantação global, prevendo, em
mais de 40 tópicos, as possibilidades de desenvolvimento sustentável para o planeta, onde se possa gerar
desenvolvimento sem prejuízos à qualidade de vida do ser humano e às condições ambientais.

III – Pode-se resumir a filosofia, da Agenda 21, no encaminhamento das condições de vida do planeta
para um ambiente justo e saudável, com o equilíbrio perfeito entre o ser humano, a natureza e a
economia, sem prejudicar o desenvolvimento e a qualidade de vida, e sem degradar o ambiente
planetário.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A Agenda 21 nacional, deverá ser implementada, em cada país, observando-se suas características
peculiares.

II – A Agenda 21 local que, em tese, deve ser implementada em cada cidade ou localidade onde exista um
núcleo humano com necessidades de crescimento e de sustentabilidade ambiental e econômica, sem
prejuízo da qualidade de vida e da degradação dos ecossistemas.
III – A agenda 21 não deve ser ajustada as realidades de cada pais ou localidade, pois há o receio de que
elas sejam alteradas em relação ao seu propósito principal.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – A agenda 21 local não necessita ter os mesmos fundamentos e princípios em relação a agenda 21
nacional.

II – As bases lógicas para a implementação das Agendas por país e por localidade são óbvias: não se
poderá construir um mundo sustentável, saudável e com um ambiente protegido, sem que as respectivas
ações nesse sentido tenham início nas bases dos habitantes que dominam o planeta e são capazes de
transformá-lo para melhor ou pior, ou seja, os seres humanos. Daí a adoção do tão alardeado slogan:
"pensar globalmente e agir localmente". A soma das boas ações locais vai produzir uma globalização
condizente e correspondente.

III – As agendas locais - Estados, municípios, regiões e comunidades - têm, portanto, papel fundamental
na elaboração da agenda nacional. Partindo-se do microcosmo para o macrocosmo pode haver
participação ativa de todas as comunidades, de todos os habitantes na criação de um plano de
sustentabilidade maior e mais abrangente. Afinal, o ser humano, individualmente, é a célula da sociedade,
que, por sua vez, forma uma nação, um país, e o planeta.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

C Somente as afirmações II e III estão corretas.

Analise as afirmações abaixo.

I – Agenda 21 - A humanidade se encontra em um momento de definição histórica. Defrontamo-nos com a


perpetuação das disparidades existentes entre as nações e no interior delas, o agravamento da pobreza,
da fome, das doenças e do analfabetismo, e com a deterioração contínua dos ecossistemas de que
depende nosso bem-estar. Não obstante, caso se integre as preocupações relativas a meio ambiente e
desenvolvimento e a elas se dedique mais atenção, será possível satisfazer às necessidades básicas,
elevar o nível da vida de todos, obterem ecossistemas melhor protegidos e gerenciados e construir um
futuro mais próspero e seguro. São metas que nação alguma pode atingir sozinha; juntos, porém,
podemos - em uma associação mundial em prol do desenvolvimento sustentável.

II – Agenda 21 – deriva do protocolo de Quioto, fato este que caracteriza a preocupação dos Japoneses
com a Educação Ambiental

III – Agenda 21 - Essa associação mundial deve partir das premissas da resolução 44/228 da Assembleia
Geral de 22 de dezembro de 1989, adotada quando as nações do mundo convocaram a Conferência das
Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, e da aceitação da necessidade de se adotar
uma abordagem equilibrada e integrada das questões relativas a meio ambiente e desenvolvimento.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

B Somente as afirmações I e III estão corretas.


Analise as afirmações abaixo.

I – Agenda 21 - está voltada para os problemas prementes de hoje e tem o objetivo, ainda, de preparar o
mundo para os desafios do próximo século. Reflete um consenso mundial e um compromisso político no
nível mais alto no que diz respeito a desenvolvimento e cooperação ambiental. O êxito de sua execução é
responsabilidade, antes de tudo, dos Governos.

II – Agenda 21 - Para concretizá-la, são cruciais as estratégias, os planos, as políticas e os processos


nacionais. A cooperação internacional deverá apoiar e complementar tais esforços nacionais. Nesse
ontexto, o sistema das Nações Unidas tem um papel fundamental a desempenhar.

III – Agenda 21 - Outras organizações internacionais, regionais e sub-regionais não devem ser convidadas
a contribuir para tal esforço. A mais ampla participação pública e o envolvimento ativo das organizações
não-governamentais e de outros grupos também devem ser estimulados.

Assinale a alternativa que melhor retrata as afirmações acima.

A Somente as afirmações I e II estão corretas.

Você também pode gostar