Você está na página 1de 3

PRINCÍPIOS DA AUTORIDADE

fevereiro 17, 2013 · por portalebdibjsp · em REVISTA DA EBD. ·

Graça e paz amados alunos da classe da


Escola Bíblica Dominical, vamos fazer um comentário da lição aplicada no dia
10/02/2013, que tem por titulo: Princípios da Autoridade, essa nova revista que estamos
estudando nesse trimestre, traz um assunto forte e importante, sobre autoridade, o que é
a autoridade? a autoridade de Deus, a autoridade de Cristo e outras demais, aqui vamos
comentar um pouco sobre a primeira lição.
nosso texto bíblico básico: Romanos cap 13 vers 01-05
1- Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não
venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus.

2- Por isso, quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem
trarão sobre si mesmo a condenação.

3- Por que os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu,
pois, não temer a autoridade? Faze o bem e terás louvor dela.

4- Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não
traz debalde a espada; porque é ministro de Deus e vingador para castigar o que faz mal.

5- Portanto, é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas
também pela consciência.

nosso segundo texto bíblico: I pedro cap 02 vers 13-17


13- Sujeita-vos, pois, a toda ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como
superior;

14- quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores e para
louvor dos que fazem o bem.

15- Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo o bem, tapeis a boca à ignorância
dos homens loucos;

16- como livres e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de
Deus.
17- Honrai a todos. Amai a fraternidade. Temei a Deus. Honrai o rei.

nosso texto áureo: Lucas cap 22 vers 25 , 26


“E ele lhe disse: Os reis dos gentios dominam sobre eles, e os que têm autoridade sobre
eles são chamados benfeitores. Mas não sereis vós assim; antes, o maior entre vós seja
como o menor; e quem governa, como quem serve.”
Amados quando falamos em autoridade temo pelo menos 3 fatores que precisamos estar
atentos: o primeiro é que nunca devemos resistir ou negar a autoridade concedida a
alguém, pois ser assim fizermos, seria a mesma coisa que resistir a Deus não devemos
cometer esse erro (Romanos 13.02)

A segunda: aqueles que se encontram sob a autoridade de alguém, nunca se rebelar, ter
um comportamento distinto, capaz de convencer os críticos da fé (I pedro 02.15)

A terceira: aqueles que exercem autoridade, não devem usar dessa autoridade para
maltratar seus liderados, o Senhor propõe um comportamento ético com
responsabilidade e no temor do Senhor (Colossenses 04.01)

1- O que é autoridade?

Em Romanos 13.01, paulo descreve a autoridade com a palavra grega exousia, que
significa direito irrestrito a liberdade de ação. Em português, autoridade vem do
latimauctoritate, que deriva de auctor, promotor, patrocinador, ou seja aquele que
promove a cooperação ou submissão do grupo em prol de um objetivo maior.
Toda e qualquer autoridade exercida por alguém em posição de liderança, e dada por
Deus, que estar sobre tudo e todos (Jó 34.13; At 01.07). Em virtude disso, ninguém tem
autoridade por si mesmo, podemos ver isso, naquela passagem onde Jesus é interrogado
por Pilatos, ao seu julgamento, Pilatos diz que tem poder para mandar prender e soltar a
Jesus, e Jesus mostra a origem daquela autoridade que Pilatos possuía. “Nenhuma
autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada” (Jo 19.11), então toda
autoridade tem poder por que Deus concede, para que ele tenha, outra importante
questão a se destacar é que, quem da autoridade, também dar liberdade, para quem
recebeu autoridade agir, agora essa liberdade deve ser usada com sabedoria, essa
liberdade deve promover o bem do próximo, não a subjugação de ninguém, ou fazer o
que lhe der na cabeça e o que ele acha correto fazer ou não, na Bíblia temos exemplo de
lideres que tinha autoridade dada por Deus, e não usaram essa autoridade de forma
correta, podemo ver isso no Rei Saul em duas passagens a primeira em I Samuel 13)
onde Saul começa a reinar e Samuel no cap 10 vers 8 de livro I Samuel, da a Saul a
liberdade para ir na sua frente até Gilgal, e espera-lo para oferecer sacrifício, Saul vendo
que o exercito inimigo estava apertando a Israel, foi e ofereceu sacrifício antes de
Samuel, o prazo dado foi de 7 dias para Saul esperar, Saul tinha autoridade, dada a ele
por Samuel, mas não soube usar de forma sabia, e a outra passagem é quando Saul
poupa o melhor dos animais e o rei dos amalequitas quando Deus tinha dado a
autoridade a Saul para ela destruir tudo, em I Samuel cap 15, Saul não soube usar da
liberdade que tinha para agir, e agir de forma correta, antes fez o que ele achava que era
o certo e o correto, isso é um erro grave. Outro ponto interessante é que que dar
autoridade, tem o poder de controle, não significa intromissão a todo o momento, mais
significa que tem a autoridade de intervir na hora que desejar, do jeito que quiser, assim
é o nosso Deus, a autoridade máxima, o controle estar com ele, ele agindo quem
impedirá (Is 43.13). O ato da autoridade requer um comportamento sábio e honesto, o
uso da autoridade nunca pode ser para manipular o subjugar alguém, e sim para
promover a gloria de Deus. A bíblia trata pelo menos de três tipos de autoridades:
Autoridade do governo, Autoridade na família e Autoridade eclesiástica.
No governo são os poderes constituintes, que trazem as leis que regem o nosso país,
quando se trata da família, Deus entregou a autoridade do lar ao Homem, e isso não é
conceito maxita, é a palavra de Deus quem declara isso, como ninguém lidera sozinho,
Deus fez a mulher para ajudar o homem na liderança da casa. Na
autoridade eclesiástica temo o pastor da igreja, que merece todo o respeito e submissão,
quem se rebela contra uma autoridade espiritual Deus exerce juízo. (Nm cap 16)

A autoridade espiritual tem as funções de dirigir e orientar os liderados, proteger e


promover, essa é a função de uma autoridade espiritual.

Fica aqui esse pequeno comentário da lição numero 01 da nossa nova revista, que Deus
abençoe a todos.

Professor Abraão izaque