Você está na página 1de 8

UNIP - Universidade Paulista

Disciplina: Comunicação Empresarial


Profa. Angeles Treitero

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

A necessidade de manter a transparência organizacional elevou a


Comunicação Empresarial a um novo nível estratégico, mensagens, produtos e
serviços agora são analisados por órgãos regulamentadores, investidores e pelo
público em geral. As empresas deixaram de atuar somente na área econômica através
da produção. Sua atuação foi expandida para o âmbito político, cultural e social.

Poder se dizer que a comunicação assume uma importância fundamental nas


dinâmicas internas e externas de uma empresa, contribuindo para uma mais fácil
interação e desempenho dos indivíduos.

Nesta perspectiva, a comunicação empresarial se apresenta em duas funções


essenciais para a sua atividade global, que são a promoção e a coordenação da
comunicação externa e interna.

Comunicação empresarial externa

A comunicação empresarial externa é definida como, "a troca de informações e


mensagens entre uma organização e outras organizações, grupos ou indivíduos fora
de sua estrutura formal."

O objetivo da comunicação empresarial externa é organizar a cooperação entre a


empresa e os outros grupos e criar uma imagem positiva das empresas. A
comunicação empresarial externa ajuda a organizar eventos, promoções e
acontecimentos com os fornecedores e outras empresas para garantir que os produtos
e serviços sejam entregues a tempo. Ela também oferece clareza para os negócios,
horários de reuniões e acordos. Manter uma imagem favorável da empresa é um
aspecto importante da comunicação empresarial externa. Isto é possível por meio das
relações de marketing, da publicidade e das relações públicas.
Comunicação externa compreende toda a informação que esteja relacionada com as
atividades que esta empresa desenvolve. Essa informação vai no sentido de promover
a imagem da empresa, normalmente através de divulgação na imprensa dos
acontecimentos que a empresa realiza. Essas ações são desenvolvidas em torno da
gestão da sua imagem institucional e estão associadas às temáticas e aos conceitos
que as formalizam, ou seja, a comunicação externa é importante na empresa, pois
através dela você capta e mantêm seus clientes.

Comunicação Externa e as benfeitorias

A comunicação empresarial externa ajuda a melhorar o desempenho geral, a boa


vontade do público e da imagem corporativa. Ela garante que todas as partes
envolvidas com o negócio estejam bem informadas, fornece direção e recebe
relatórios de progresso. Isso gera confiança entre a empresa e os que estão fora do
negócio (boa vontade do público). Quando uma organização pratica comunicações
externas eficazes, a sua imagem pública torna-se favorável; sendo percebida como
honrada, confiável e segura.

Canais (Tipos)

A comunicação empresarial externa manifesta-se através de vários canais. Os canais


são o meio utilizado para entregar uma mensagem. A comunicação empresarial
externa é usada nos meios de comunicação, comunicação interpessoal e
organizacional e meios eletrônicos, como a Internet, e-mail ou mensagens de texto. Os
meios de comunicação inclui o uso de rádios comerciais, televisão, jornais e revistas.
A comunicação externa pode acontecer por meio de uma reunião com executivos de
empresas diferentes. Também se dá quando envolve mensagens enviadas em um
nível corporativo diferente do negócio a um grupo específico fora da empresa.

A comunicação empresarial externa pode ser realizada com serviço terceirizado,


contratado pela organização ou por meio de um departamento interno de
comunicação.
Comunicação Externa e suas responsabilidades

O sistema de comunicação externa é responsável pelo posicionamento e pela


imagem da organização na sociedade. Por isso, seu foco é a opinião pública. E como
é possível de constantes mudanças, em face da dinâmica das circunstâncias, o
acompanhamento das tendências de opinião pública constitui dever prioritário do
comunicador. Dentro do amplo espectro da opinião pública, merece destaque o
posicionamento do consumidor.
Nesta perspectiva, a comunicação assenta em duas funções essenciais para a sua
atividade global, que são a promoção e a coordenação da comunicação interna e
externa.

Gestão da Imagem

A gestão da imagem é um dos aspectos mais relevantes para uma empresa, não só
na sua apresentação e divulgação, mas também por constituir um fator considerável
para o seu sucesso.

Comumente considera-se que a primeira percepção da imagem é aquela que assume


um maior peso na formação de impressões; no entanto, aposta-se numa abordagem
visual-estética conducente a uma reflexão constante não apenas do que se vê, mas
como se vê.

Neste contexto, contrariamente à maioria das empresas, existe um ânimo coletivo da


equipe na tentativa de sintonizar constantemente a imagem que vai ser exteriorizada
com o conceito que está a abordar para os produtos a disponibilizar.

Outra forma que é utilizada para a divulgação da imagem da empresa passa pelo
contato com a comunicação social disponibilizando informação sobre suas áreas de
intervenção e acontecimentos relevantes na vida desta organização.
Captação de novos clientes:

São enviados e-mail marketing com propagandas e promoções de desconto nos


produtos ou oferecendo brindes para a captação de novos cliente e buscando mais
venda para os cliente recorrentes.

Manutenção de Clientes: Se os Clientes estão recebendo informações regularmente


sobre as novidades, produtos que sua empresa oferece.

Marketing

De certa forma, os textos bibliográficos são consensuais quanto ao conceito,


colocando o marketing como uma avaliação das oportunidades, satisfação de desejos
e atividades dirigidas à estimulação de troca entre produtores e consumidores.
Segundo Philip Kotler, ​conceitua-se marketing como uma orientação da
administração baseada no entendimento de que a tarefa primordial da organização é
determinar as necessidades, desejos e valores de um mercado visado a adaptar a
organização para promover as satisfações desejadas de forma mais efetiva e eficiente
que seus concorrentes.
Então, ​Marketing é a atividade humana dirigida para a satisfação das
necessidades, por meio dos processos de troca.
Já no estudo da ​Administração de Marketing conceitua-se como a análise, o
planejamento, a implementação e o controle de programas destinados a realizar as
trocas desejadas com mercados-alvo com o propósito de atingir as metas da
organização. Isto depende sobremodo do planejamento da oferta da organização, em
termos das necessidades e desejos dos mercados-alvo, usando eficazmente o preço,
a comunicação e a distribuição, a fim de informar, motivar e servir o mercado.
Concluímos então, que, em nosso caso, na Comunicação Empresarial,
Marketing é o conjunto de atividades destinadas a promover relações de troca entre
um ​emissor e um ​receptor, no momento certo, por meio de ​canais adequados ​e
mensagens apropriadas​ que atinjam o foco de interesses dos ​segmentos-alvo.
As palavras-chave desse conceito são:
● Satisfação de desejos;
● Avaliação de oportunidades
● Estimular a troca entre quem produz e quem consome.
Ressaltam-se, aqui as linhas básicas que estão por trás do conceito:

● O emissor de um lado e o receptor de outro – ou seja, o produtor de um


lado e comprador de outro;
● O momento certo;
● Canais adequados – portanto, mídia;
● Mensagens apropriadas/adequadas – mensagens que atinjam o foco
dos segmentos-alvo.

A Comunicação Interna

E-mail
Rocket: ​Rocket.Chat é uma plataforma para chat,​ ​seu código do Rocket.Chat foi
disponibilizado na internet em 2015, com o objetivo de aprimorar um projeto de
atendimento a clientes encomendado pela imobiliária gaúcha Foxter.

A empresa também possui murais com informações relevantes aos colaboradores,


como aniversário do mês dos colaboradores e performance (atingimento de resultados
da organização ).

A Comunicação Interna é todo processo de divulgação interna de informação


relacionada ao negócio da empresa (produtos, serviços, novas aquisições, ampliações
do negócio, contratações, benefícios etc).(TAVARES, 2010)
Segundo Pimenta (2007, p. 58), a comunicação dentro da empresa “contribui
para a definição e concretização de metas e objetivos, além de possibilitar a
integração e equilíbrio entre seus componentes (departamentos e áreas)”.
A empresa interage com grandes sistemas:
- O sócio-político, que envolve valores da sociedade contemporânea e as políticas;
- O econômico-industrial, que compreende os padrões de competição e as leis de mercado;
- O microclima interno das organizações que define normas e políticas das operações
empresariais.
Fatores que colaboram para obter excelente Comunicação Interna:

- Motivar e integrar o público interno, considerar a família do funcionário, pois as


decisões tomadas a respeito de um funcionário têm consequência direta na família.

- Desenvolver um clima favorável entre funcionários;

- Agilizar a tomada de decisão, buscando sempre a eficácia nos processos


administrativos;

- Incentivar a proatividade nos recursos humanos;

- Colaborar para a descentralização organizacional nos departamentos;

- Promover, através de campanhas internas, novos produtos;

- Criar uma boa imagem empresarial.

Endomarketing
Tavares (2010) esclarece que o conceito de ​endomarketing foi criado por Saul
Faingaus Bekin ele diz: “endomarketing são ações de marketing para o público interno
– funcionários – das empresas e organizações.”
Bekin complementa “são ações de marketing eticamente dirigidas ao público
interno das organizações e empresas focadas no lucro, das organizações não
lucrativas e governamentais e das do terceiro setor, observando condutas de
responsabilidade comunitária e ambiental.”
Para Tavares (2010, p. 19) “a comunicação faz parte do ​endomarketing​, ou
seja, a comunicação é uma ferramenta do ​endomarketing​.”
O resultado da aplicação do ​endomarketing ​é melhorar a qualidade da
Comunicação Interna e consequentemente, gerar motivação nos funcionários para o
resultado final dos processos administrativos.
O processo de ​endomarketing possui dois enfoques básicos: a Motivação e a
Comunicação.
Comunicação Interna: Redes Formal e Informal

A ​Rede Formal é toda manifestação oficial enquadrada na estrutura da


organização e legitimada pelo poder burocrático. A ​Rede Informal é formada pelo
“grupinho” de onde surgem os famosos boatos.
Se a empresa não estiver com a Rede Formal estruturada, consolidada e com
credibilidade, ela poderá ser prejudicada pela Rede Informal. As consequências de
uma rede formal de comunicação sendo afetada pela Informal são:

✓ Gerar um clima de instabilidade interna;


✓ Queda de produtividade;
✓ Desmotivação entre os empregados

No entanto, se o responsável pelo gerenciamento da comunicação estiver


atento ao que acontece na organização, ele poderá usar a Rede Informal para reverter
uma situação negativa. Pois, na Rede Informal ​surgem os ​líderes​, pessoas que
exercem influência em um determinado grupo específico. A empresa pode tornar estes
líderes aliados para obtenção do sucesso em suas metas. Para isso, é preciso
observar e identificar quem são estes líderes.
Não despreze jamais a Rede Informal de comunicação na empresa. Avalie as
consequências, como administrador e se posicione: Existem vários tipos
posicionamentos, o importante é ter consciência das consequências de cada um deles:

✓ Reconhecer a existência desta Rede Informal e tirar vantagens (líderes


– aliados);
✓ Ignorar​: fazer de conta que ela (Rede Informal) não existe. O risco: a
Rede Informal poderá se fortalecer e superar a Rede Formal;
✓ Desistimular a Rede Informal através de uma atuação firme da Rede
Formal. Lembre-se! você tem condições de organizá-la e planejá-la de
forma eficiente para “minar” os efeitos da Rede Informal. De qualquer
forma é impossível eliminar a “zero” as conversas no café, no corredor,
banheiros e refeitórios da organização (momentos e locais onde a Rede
Informal acontece, entre outros ambientes e momentos).

Conclusões sobre o processo de Comunicações nas organizações:


Pode-se observar que o Processo de Comunicação nas organizações: existe
mesmo que não estruturado. A eficiência da empresa depende da eficácia da
comunicação; e o Processo de Comunicação é: Vivo, Renovável e Permanente.

Canal e Linguagem mais adequados para atingir aos públicos


● Internet​: ágil, porém “fria”;
● Veículos impressos:​ a mensagem pode ser relida e repassada integralmente;
● TV​: as imagens marcam muito;
● Rádio​: trabalha com o imaginário das pessoas.

Bibliografia

CAHEN, Roger.​Comunicação Empresarial​. São Paulo: Best Seller: 2007.

PIMENTA, Maria Alzira. ​Comunicação Empresarial​. 4ª Ed. São Paulo: Alínea, 2004.