Você está na página 1de 17

05/04/2016

Universidade Federal de Sergipe SUMARIO


Núcleo de Engenharia de Produção
1. Arranjo físico de instalações

Curso: Gestão de Operações


Arranjo físico de instalações

PR OF. R ICHA R D A NDR ES ESTOM B ELO


M ONTESCO

Ano 2015 - II

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

A importância estratégica das decisões de layout


A importância estratégica das decisões de layout

 Layout = Arranjo físico


 Layout eficaz pode conseguir uma vantagem estratégica,
 Eficiência das operações a longo prazo
que proporcione diferenciação, baixo custo ou resposta
 Estabelece prioridades competitivas da organização em
 O Objetivo: da estratégia de Layout é desenvolver um
relação a capacidade aos processos, à flexibilidade e ao Layout econômico que atenda os requisitos competitivos da
custo assim como qualidade do local contato com o cliente e empresa
imagem de apresentação

1
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

6) Layout (uso dinâmico) equipamentos pequenos, móveis e


O projeto de Layout deve procurar conseguir o seguinte:
flexíveis
7) Para executar mudanças rápidas e fácies nos modelos de
1) Maior utilização do espaço, equipamentos e pessoas produtos e nas taxas de produção, os gerentes de operações
2) Melhor fluxo de informações, materiais ou pessoas devem projetar flexibilidade nos Layouts
3) Melhor moral dos empregados e condições de trabalho mais 8) Flexibilidade nos layouts gerentes treinam seus funcionários de
seguras forma multifuncional. Fazem a manutenção de
equipamentos, mantém os investimentos baixos, agrupam as
4) Melhor interação com os consumidores e clientes
estações de trabalho e utilizam equipamentos pequenos móveis
5) Flexibilidade e flexíveis.

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


TIPOS DE LAYOUT: Estratégias de Layout
1. Layout posicional
2. Layout orientado para processo
3. Layout Celular
4. Layout repetitivo e Layout orientado para produto

Layout para escritórios


Layout de lojas varejistas
Layout de depósitos ou armazenes

2
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

Um bom Layout exige a determinação: LAYOUT POSICIONAL


Em um layout posicional, o projeto permanece em um lugar e
1. Do equipamento de manuseio de material os trabalhadores e equipamentos vão para essa área de
2. Dos requisitos de capacidade e espaço trabalho.
3. Do ambiente e da estética Fatores que complicam:
4. Dos fluxos de informação - Espaço limitado

5. Do custo da movimentação entre as diversas áreas de - Diferentes materiais


trabalho - Volumem de materiais é dinâmico

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

LAYOUT POSICIONAL LAYOUT POSICIONAL

3
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Pode simultaneamente lidar com uma ampla variedade de
produtos ou serviços
Um Layout orientado para o processo normalmente é a
estratégia de baixo volumem e de alta variedade
JOBSHOP
Um produto ou um pequeno grupo de produtos executando-se
sua movimentação de um departamento para outro na
sequencia exigida para esse produto

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Exemplo: Hospital, clinica, manufatura, carpintaria, etc.
Uma grande vantagem do layout orientado para o processo é a
sua flexibilidade quanto aos equipamentos e à distribuição da
mão de obra.
A avaria de um equipamento, não para obrigatoriamente todo
um processo; o trabalho pode ser transferido a outra
maquina do departamento

4
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Exemplo: Serviço LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Fabricação de peças de pequenos lotes
Produção de uma grande variedade de peças de diferentes
tamanhos ou formas
DESVANTAGENS:
- Propósito de uso geral de equipamentos, isto é,
programação difíceis, setups e manuseio de materiais
exclusivos.
- Equipamentos de uso geral exigem mão de obra
altamente qualificada

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO Exemplo: Processos
Estoques de produtos em processo são maiores por causa do
P3 P5 P6
desbalanceamento do processo de produção? F ee d B ZW P r oB

Maior investimento de capital


P4 P ro C
P7
Na otimização do Layout por processo exige minimizar os ZW
custos de manipulação de materiais F ee dC P1

Grande fluxo de peças ou pessoas entre sim devem ser P2


F e ed A
colocados próximos uns dos outros. P ro A

5
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

LAYOUT ORIENTADO POR PRODUTO LAYOUT ORIENTADO POR PRODUTO


 Também é denominado de arranjo físico linear

 quando o volume de produção se torna muito grande

 especialmente na linha de montagem, este arranjo físico é


chamado de produção em massa.
 obedece a sequência de processamento do produto buscando
otimizar a movimentação de material

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações

LAYOUT ORIENTADO POR PRODUTO LAYOUT ORIENTADO POR PRODUTO

 Flow shop

 volume de produção justifica o investimento, que é


extremamente alto

6
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT CELULAR
LAYOUT ORIENTADO POR PRODUTO  group technology layout, cellular layout e group layout.
Em resumo este arranjo físico tem as seguintes características:  as peças com similaridades são identificadas e agrupadas
 Manuseio reduzido de material;
com o objetivo de buscar vantagens no projeto e na
 Simples controle de produção;
manufatura, denominados de famílias
 Pequena quantidade de material em processo;
 Uso de equipamentos especiais;  necessidades de processamento similares
 Investimento total inicial elevado;  grupo de máquinas é denominado de célula de fabricação
 Baixa flexibilidade (mudanças no produto podem levar a obsolescência da linha);
 a disposição das máquinas de uma célula se parece com o
 Grande produtividade;
arranjo físico em linha, mas é projetada para ter flexibilidade
 Se uma máquina para a linha toda interrompe suas atividades;
 Requer menor habilidade do pessoal (as atividades são específicas e repetitivas).

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT CELULAR LAYOUT CELULAR
Pontos chaves: Exemplo:
 As máquinas são dispostas na sequência do processo;
 Normalmente a célula é projetada em forma de U;
 Um tipo de peça é feito de cada vez dentro da célula;
 Os trabalhadores são treinados para lidar com mais de um tipo de
processo;
 O tempo de ciclo para o sistema dita a taxa de produção para a
célula;
 Os operadores trabalham em pé e caminhando;
 São usadas máquinas mais lentas e específicas, que são menores e
mais baratas.

7
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT CELULAR Selecionando um tipo de arranjo físico
Características:
 Alta utilização de máquinas;
 Atmosfera de equipe;
 Boa flexibilidade e produtividade;
 Equipamentos de uso geral com eventuais máquinas específicas;
 Operadores executam mais de uma atividade ao mesmo tempo;
 Redução do material em processo;
 Redução do manuseio de material;
 Redução dos tempos de preparação.

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


Selecionando um tipo de arranjo físico Selecionando um tipo de arranjo físico

8
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


Selecionando um tipo de arranjo físico Selecionando um tipo de arranjo físico

Arranjo físico de instalações Calculo Matemático de layout

Presume-se que o custo seja função da distancia


MINIMIZANDO AS DISTANCIAS PERCORRIDAS
Os custos de manuseio dependem: Equacionando de forma matemática, temos:

(1) Numero de cargas ou pessoas a serem movimentadas entre


os departamentos i e j durante um período de tempo
(2) Custos relacionados a distancia da movimentação de cargas
ou pessoas entre departamentos
(3) Distancias Dij, quando as distancias são iguais pode-se
definir como 1

9
05/04/2016

Arranjo físico de instalações


Arranjo físico de instalações LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Exemplo:É para organizar 6 departamentos de uma fabrica
Exemplo:É para organizar 6 departamentos de uma fabrica para minimizar os custos de movimentação de material entre
para minimizar os custos de movimentação de material entre os departamentos:
os departamentos:
Etapa 2. Determinar os requisitos de espaço de cada
Etapa 1. construir uma “matriz de para” departamento

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Exemplo:É para organizar 6 departamentos de uma fabrica Exemplo:É para organizar 6 departamentos de uma fabrica
para minimizar os custos de movimentação de material entre para minimizar os custos de movimentação de material entre
os departamentos: os departamentos:
Etapa 4. Determinar o custo desse Layout
Etapa 3. Desenvolver um diagrama esquemático inicial
mostrando a sequencia dos departamentos

Restrições:Uma empilhadeira transporta as cargas entre


departamentos
- O costo de mov. Entre departamentos adjacentes é de $R
1,00
- A mov. Entre departamentos não adjacentes custa $R 2,00

10
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Solução: Solução: Etapa 5

Arranjo físico de instalações Arranjo físico de instalações


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO
Exemplo:É para organizar 6 departamentos de uma fabrica para
Solução: Etapa 5 minimizar os custos de movimentação de material entre os
departamentos:
6! = 6 x 5 x 4 x 3 x 2 x 1 = ? 720
Etapa 6. Determinar o plano detalhado

SISTEMAS ESPECIALISTAS EM LAYOUTS


CRAFT, SPACECRAFT, GRAFT3-D, MULTIPLE
(CONHECIMENTO)
CORELAP, ALDEP, COFAD (SEM REGRAS)
FADES (SISTEMA ESPECIALISTA)
PROMODEL**

11
05/04/2016

Arranjo físico de instalações Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo


LAYOUT ORIENTADO PARA O PROCESSO físico
EXERCICIO: Carga
 SLP (Systematic Layout Planning) Planejamento
sistemático de layout (Muther, 1973)
 Utiliza vários critérios
 Permite o uso de Julgamentos subjetivos que formam a
base para o arranjo fisico
Distancia em metros

Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo
físico físico

Exemplo: Cinco departamentos, com necessidades de espaço


Passos: supostamente iguais, devem ser arranjados nos blocos
 Estabelecer os graus de proximidade
vistos na área a seguir
 Adaptar os departamentos à área existente para o arranjo
físico
 Arranjo físico com poucos departamentos pode ser feita por
tentativa, já com numero de departamentos grandes torna
se necessário o uso de computador
 Os graus de proximidade devem ser quantificados

12
05/04/2016

Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo
físico físico
Solução: Para cada par de departamentos, foi levado o grau Solução:
desejável de proximidade, como mostrado na matriz

As relações do tipo A ficam satisfeitas com a seguinte


 Retirar da matriz os relacionamentos mais importantes
disposição

Uma abordagem Qualitativa ao problema de Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo


arranjo físico físico
Solução: Solução: Acoplando as duas configurações, a disposição que
satisfaz aproximadamente as relações de proximidade é a
seguinte:

As relações do tipo E e X, por outro lado, ficam razoavelmente


satisfeitas com

13
05/04/2016

Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo Uma abordagem Qualitativa ao problema de


físico arranjo físico
Layout de Escritórios: Layout de lojas e varejistas:
É a importância dada a informação Exposição dos produtos, algumas idéias:

 Distribua os item de grande consumo pela periferia da loja


 Utilize locais de destaque para items de alto impulso
 Distribua”itens de poder” em ambos lados de um corredor
 Use locais no final de corredor, taxa alta de exposição
 Posicionamento

Uma abordagem Qualitativa ao problema de arranjo


físico Balanceamento de linha
Exemplo:
 Minimizar o desbalanceamento das maquinas ou do pessoal
e para se alcançar a necessária produção em linha
 Determinar a taxa de produção
 Devem ser conhecidos os tempos de processamento ou de
execução
 Relacionamento de precedência entre as atividades

14
05/04/2016

Balanceamento de linha Balanceamento de linha


 Exemplo: Queremos preparar um diagrama de precedência
 Exemplo: Queremos preparar um diagrama de precedência
para uma copiadora eletrostática que exige um tempo total de para uma copiadora eletrostática que exige um tempo total de
66 minutos (tarefa precedente) 66 minutos

Balanceamento de linha Balanceamento de linha


 2. Calculo do numero mínimo teórico de estações de trabalho.
Agrupamento de tarefas em estações de serviço para poder
Em que n é o numero de tarefas de montagem
atender a taxa de produção especificada (envolve 3 etapas)

 1. Determinação do tempo de ciclo, é o tempo Maximo em que


o produto esta disponível em cada estação de trabalho
 3. Balancear a linha designando tarefas de montagem
específicas para cada estação de trabalho, procedimento:
a. Identificar uma lista-mestra de tarefas
b. Eliminar as tarefas atribuídas

15
05/04/2016

Balanceamento de linha
c. Eliminar as tarefas cujo relacionamento de precedência não
Balanceamento de linha
seja satisfatório Com base no exemplo a empresa determino que existem 480
d. Eliminar a tarefas para as quais esta previsto um tempo minutos produtivos de trabalho disponíveis por dia, a
inadequado para estação de trabalho programação da produção exige que 40 unidades sejam
e. Utilizar uma “heurística de balanceamento” completadas como output da linha de montagem por dia.
1 Tempo (operação) de tarefa mais longo
2 Maior numero de tarefas subsequentes
3 Classificação posicional ponderada
4 Tempo (operação) de tarefa mais curto
5 menor tarefa subsequentes

Eficiência do Balanceamento de linha


Balanceamento de linha
Eficiência do balanceamento de uma linha
Uma solução de seis estações para o problema de balanceamento
de linha (Maior numero de tarefas subsequentes)
Calculamos a eficiência do balanceamento:

Observe que abertura de uma sétima estação de trabalho, por


qualquer que seja o motivo reduzira a eficiência do
balanceamento:

16
05/04/2016

Eficiência do Balanceamento de linha Universidade Federal de Sergipe


Núcleo de Engenharia de Produção
Software de balanceamento de linha:

 COMSAL (Computer Method for Sequencing Operations for


Curso: Gestão de Operações
Assembly Lines) Arranjo físico de instalações
 ASYBL General Electric’s Assembly Line Configuration
Program; Programa de configuração da linha de FIM
montagem da General Electric
 POM for Windows
Ano 2015 - II

17