Você está na página 1de 28

As cidades, principais áreas

de fixação humana - I

4. As cidades, principais áreas
de fixação humana
Manual – pág. 68-89
Esta é a Cidade
Esta é a Cidade, e é bela.
Pela ocular da janela Aperfeiçoo a focagem.
foco o sémen da rua. Olho imagem por imagem
Um formigueiro se agita, numa comoção crescente.
se esgueira, freme, crepita, Enchem-se-me os olhos de água.
ziguezagueia e flutua. Tanto sonho! Tanta mágoa!
Tanta coisa! Tanta gente!
Freme como a sede bebe São automóveis, lambretas, motos,
numa avidez de garganta, vespas, bicicletas,
como um cavalo se espanta carros, carrinhos, carretas,
ou como um ventre concebe. e gente, sempre mais gente,
gente, gente, gente, gente,
Treme e freme, freme e treme, num tumulto permanente
friorento voo de libélula que não cansa nem descansa,
sobre o charco imundo e estreme. um rio que no mar se lança
Barco de incógnito leme em caudalosa corrente.
cada homem, cada célula.
Tanto sonho! Tanta esperança!
É como um tecido orgânico Tanta mágoa! Tanta gente!
que não seca nem coagula,
que a si mesmo se estimula António Gedeão
e vai, num medido pânico.
O conceito de cidade e
os seus critérios
(pág.68-69)

Cidade do México – Tóquio


A definição de «cidade»

«Uma cidade é sempre uma criação, um elemento fundamental


da organização do espaço, um nó na malha de relações
estabelecidas voluntariamente entre habitantes; uma área
humana inserida num pedaço de solo, um facto de superfície de
dimensões reduzidas mas de maior significado pelas conexões
que estabelece.»
Orlando Ribeiro

Cidade 
Área densamente construída e habitada, com:
• grande número de infraestruturas e equipamentos sociais e coletivos;
• oferta grande e diversificada de comércio e serviços;
• e presença de indústrias.
Critérios para definir cidade 
Critério de mínimo de habitantes
em alguns países
 Demográfico (quantitativo ou
estatístico) – define um limite
País Mínimo de
mínimo de habitantes (oscila entre 200
habitantes
e 30 000, conforme os países);
 Funcional/Socioeconómico/ – Japão 30 000
predomínio de atividades não agrícolas,
nomeadamente serviços e indústria; Turquia 10 000
 Administrativo/político (histórico) - Espanha 10 000
locais elevados a cidade, por terem
capacidade de decisão, por serem Portugal 8 000
capital regional ou distrital, ou por EUA 2500
terem beneficiado desse estatuto
através de forais ou concessões régias; Canadá 1000
Dinamarca 200
Suécia 200
Critérios para definir cidade em
Portugal 
Em Portugal, conjugam-se os diferentes critérios.
 8000 eleitores
 e pelo menos, metade de diversos equipamentos coletivos:

(Decreto-Lei n.º 11/82 de 2 de junho)


A cidade de Reguengos de Monsaraz

• “No dia 9 de Dezembro de 2004, a vila de Reguengos de Monsaraz é finalmente


elevada à categoria administrativa de Cidade (Lei n.º 5/2005 ) de 26 de Janeiro”.
A evolução das cidades
Fatores responsáveis pelo
surgimento das cidades
(pág. 70-74)
A evolução das cidades
As primeiras cidades

As primeiras cidades localizaram-se no Médio Oriente, junto aos principais rios


(Tigre, Eufrates e Nilo), na Índia (rio Ganges) e na China (rio Amarelo), e ainda
não contrastavam muito com o espaço rural envolvente..
A evolução das cidades

A civilização romana impulsionou o


crescimento das cidades com a construção de ruas
pavimentadas, aquedutos e termas, etc.

Na época medieval, a população concentrava-se em


fortalezas e castelos e as cidades ficavam dentro
das muralhas ou em locais altos para defesa dos
ataques inimigos.
Ruínas romanas

Com o Renascimento, as cidades foram valorizadas, através do comércio e


da construção de edifícios monumentais, com um aumento significativo
da população.
A evolução das cidades

Na Revolução Industrial,
deu-se um grande
crescimento urbano, ou
urbanização (revolução
urbana).
A cidade cresceu para a
periferia devido aos
transportes e ganhou
espaço às áreas rurais.
Foram-se esbatendo os
limites entre a cidade e o
espaço rural (áreas
suburbanas).
Fatores responsáveis pelo surgimento
das cidades
A decisão política para a A proximidade das
localização de uma cidade tem grandes cidades assumiu
em vista o desenvolvimento e a uma considerável
fixação de população em certas importância.
regiões menos povoadas.
A localização no litoral
permitia a defesa, trocas
O relevo assumia uma comerciais e as
especial importância na comunicações.
localização de muitas cidades
medievais que se instalavam
no cimo de colinas, para uma
defesa facilitada.

A proximidade das
minas de carvão e de
Nos vales dos rios onde
ferro foi importante para o
existem áreas aplanadas,
desenvolvimento
solos férteis e água,
das cidades que dependiam
fundamental para abastecer
da matéria.
a população.
Fatores responsáveis pelo surgimento
das cidades 
Relevo

Proximidade a
Naturais planícies e rios

Proximidade ao
litoral
Fatores Proximidade às minas
de carvão

Proximidade aos eixos


de comunicação
Humanos
Proximidade às
grandes cidades

Decisão política
As principais cidades no mundo e o seu processo
de crescimento

A urbanização e a taxa de urbanização
A urbanização consiste no processo de crescimento da população
residente nas cidades, que adota uma forma de vida distinta da do
meio rural.
População urbana – conjunto de habitantes das áreas urbanas.

Taxa de urbanização: percentagem da população a viver em


áreas urbanas em relação à população total.

Fórmula Tu (%) = População urbana


População urbana x 100
População total
População absoluta
Taxa de urbanização do Mundo (2011)
Evolução da população urbana nos PD e nos
PED 

A população que vive nas cidades dos países em desenvolvimento tem


crescido a um ritmo muito mais acelerado do que a dos países
desenvolvidos.
Porquê?
Países desenvolvidos 
 Urbanização iniciou-se com a
Revolução Industrial.
 Mais intensa até meados do século XX,
tornando-se áreas
metropolitanas/metrópoles*
(casos de Londres e Paris).

 Atualmente, as cidades crescem Londres,Inglaterra


Londres, Inglaterra
muito pouco ou até diminuem a sua
população, devido à:
• redução do êxodo rural(despovoamento
das áreas rurais);
• crescente fixação de residências nas
áreas suburbanas;
• descida da taxa de natalidade.
*metrópoles são grandes cidades que têm grande Canberra, Austrália
poder de influência económica sobre outras cidades
que se encontram relativamente próximas.
Países em desenvolvimento 

 A urbanização acentuou-se após


1950.

 Atualmente, as cidades crescem


muito, devido:
Lagos, Nigéria
• Intenso êxodo rural (motivado
pela pobreza , fome e guerra);
• Elevadas taxa de natalidade que
aceleram o ritmo de crescimento da
população urbana.

Maputo, Moçambique
Países desenvolvidos
O crescimento das áreas urbanas em algumas regiões dos países
desenvolvidos (Europa, Estados Unidos da América e Japão, por
exemplo) deu origem à formação de contínuas manchas urbanas
designadas por conurbações. Quando duas ou mais conurbações se
ligam, formam-se megalópolis.


Conurbação – Extensa área urbana formada pela ligação entre cidades
inicialmente separadas.

Megalópolis – Extensa área urbanizada constituída por várias


cidades independentes, mas aglutinadas pelos subúrbios.
Conurbação

Conurbação do Vale do Rurh na Alemanha.


As principais cidades conurbadas são, Dortmund, Bochum, Essen e Duisburg.
Megalópolis

Megalópolis Bowash – Costa este EUA.



Razões do crescimento das cidades Revolução Industrial

Desenvolvimento dos
Países desenvolvidos
transportes

Imigração

Elevado crescimento
natural
Países em
desenvolvimento
Êxodo rural
Localização das principais cidades
mundiais – pág. 74-75
A distribuição das cidades no Mundo acompanha
a distribuição irregular da população mundial.
Cidades como Tóquio, Paris, Londres, Nova
Iorque, São Paulo, Cidade do México, Xangai ou
Bombaim são consideradas as maiores cidades do
Mundo.

Principais cidades no Mundo.


Localização das principais cidades no Mundo

Principais cidades no Mundo.


As cidades em
Portugal
• Portugal continental:
concentração de população
na faixa litoral ocidental,
entre o Viana de Castelo e a
península de Setúbal, com
destaque para as áreas
metropolitanas de Lisboa e
do Porto. Despovoamento
do interior do país.
• Nos arquipélagos: a cidade do
Funchal, na ilha da Madeira, e
Ponta Delgada, na ilha de São
Miguel, nos Açores,
apresentam maior
concentração.