Você está na página 1de 13

Instituto Paraibano de Ensino Renovado - INPER

Disciplina : Fundamentos da Administração

Criando Organogramas de Empresas

Oswaldo Evaristo da Costa Neto


O que é um organograma?
O organograma é uma representação gráfica da
estrutura formal e hierárquica de uma empresa.

Em 1856, o superintendente York and Erie


Railroad Company (EUA), Daniel C. McCallum, decidiu
elaborar um gráfico estruturado que pudesse representar
a aplicação da Administração Sistemática em ferrovias. As
ferrovias como empreendimentos complexos e de custos
elevados, exigem estruturas hierárquicas com vários
níveis profissionais. Portanto, o Daniel C. McCallum é
considerado o primeiro criador de organogramas.
Para se elaborar um organograma se faz
necessário a definição dos ÓRGÃOS que constituem a
empresa.

ÓRGÃOS
são unidades administrativas com funções bem
definidas. Ex.: Tesouraria, Departamento de Compras, Portaria,
Biblioteca, Setor de Produção, Gerência Administrativa,
Diretoria Técnica, Secretaria, etc.
Os órgãos possuem um responsável, cujo cargo pode
ser chefe, supervisor, gerente, coordenador, diretor, secretário,
governador, presidente, dentre outros, e normalmente possui
colaboradores (funcionários) e espaço físico definido.
Em um organograma, os órgãos são dispostos em
níveis que representam a hierarquia existente entre eles. Em
um organograma vertical, quanto mais alto estiver o órgão,
maior a autoridade e a abrangência da atividade.

Presidente

Diretor
Diretor Financeiro
Administrativo

Gerencias

Colaboradores
Objetivos dos Organogramas
• Demonstrar a divisão do trabalho.
• Destacar a relação superior-subordinado e a delegação de
autoridade e responsabilidade.
• Evidenciar o trabalho desenvolvido em cada unidade,
detalhando:
 O tipo de trabalho desenvolvido
 Os cargos existentes
 Os nomes dos titulares
 Quantidade de pessoas por unidade
 A relação funcional além da relação hierárquica
• Facilitar a análise organizacional.
Tipos de Organogramas

 Organograma Clássico (Vertical)

 Organograma Radial (Circular, Solar)

 Organograma Informativo
 Organograma Clássico (Vertical)

É o mais comum tipo de organograma,


elaborado com retângulos que representam os órgãos
e linhas que fazem a ligação hierárquica e de
comunicação entre eles.
 Organograma Radial (Circular, Solar)
É usado quando se quer ressaltar o trabalho em
grupo, não há a preocupação em representar a
hierarquia. É o mais usado em instituições modernas
ou do terceiro setor onde o se quer ressaltar a
importância do trabalho em grupo.
 Organograma Informativo

É elaborado para apresentar um máximo de


informações de diversas naturezas relacionadas com
cada unidade organizacional da empresa.
Ao montar um Organograma: o Presidente (1) ocupa o
primeiro nível. No segundo nível serão colocados os Diretores (2).
Partindo do retângulo do Presidente, sairá uma linha que será
dividida para se ligar a todos os Diretores. E de cada Diretor, sairá
uma linha que se ligará aos Gerentes (3) que respondam
hierarquicamente a ele.

As funções de Staff, que respondem a um superior, mas não


têm autoridade total sobre os níveis abaixo, são colocadas em níveis
intermediários e ligadas à linha principal do superior correspondente.

Por exemplo, o RD responde à Direção, mas sua autoridade


limita-se aos assuntos da Qualidade, ou seja, quem administra o
pessoal é cada gestor dentro de sua área de atuação.
Veja como fica:
Exercício em Grupo

1 – Elaborar um organograma de uma empresa que


atua no mercado através da venda de calçados finos
e esportivos.

Regras do exercício

 Grupos de até 6 pessoas;


 O trabalho deverá ter memorial descritivo;