Você está na página 1de 5

Bônus:

Passo a passo de registro de diversas Obras Intelectuais

I - Passo a passo para registro de obras registro de obras literárias, desenhos e músicas

As obras literárias, desenhos e músicas são registráveis na Biblioteca Nacional.


O criador deverá apresentar seu pedido, pessoalmente ou por meio de procurador, ao Escritório
de Direitos Autorais (EDA) da Fundação Biblioteca Nacional (FBN).
Há a possibilidade, também, de apresentação do pedido pelo Correio, em Sedex a ser enviado para
a sede do EDA (Rua da Imprensa, n. º 16 - 12.º andar - S.l. 1.205 - Castelo - Rio de Janeiro - RJ - CEP.
20030-120).
Segundo a Biblioteca Nacional, são necessários os seguintes documentos para o registro ou
averbação:
• Requerimento de Registro e/ou Averbação preenchido e assinado nos campos que referem
ao(s) requerente(s) do Registro e à Obra Intelectual (formulário disponível no link: https://
www.bn.gov.br/sites/default/files/documentos/diversos/2015/1208-registroouaverbacao/
registro-ou-averbacao-579_0_0_0_0_0_0.pdf.
• Cópia do comprovante de residência do requerente principal, de acordo com os dados
informados no Requerimento.
• Comprovante original de pagamento (GRU paga ou comprovante de depósito).
• Uma (1) via da obra intelectual. Ela deve ter todas as páginas numeradas e rubricadas, estar
sem encadernação e preferencialmente impressa em papel A4.
• Se a solicitação de Registro for feita via procurador, ela deve estar acompanhada da
Procuração original (com firma reconhecida ou cópia autenticada) devendo, na mesma,
constar os dados: endereço completo (com CEP), CPF e/ou CNPJ do procurador, mais os
dados do autor representado.
Além disso, dependendo se o requerente for pessoa física ou jurídica, serão necessários, ainda, os
seguintes documentos:

Pessoa Física:

• Cópia do RG e CPF/CIC.
• Cópia do CPF e RG do Representante Legal do Autor (mãe ou pai), caso o autor seja menor de
idade.

Pessoa Jurídica:

• Cópia do Contrato/Estatuto Social, do CNPJ e da Ata de Constituição e/ou Assembleia.


• Cópia do RG e CPF/CIC do autor.
• Cópia de contrato de Cessão de Direitos Patrimoniais.

Caso o requerimento de registro ou averbação seja entregue por meio de procurador, a Biblioteca
Nacional adverte que o instrumento de procuração deverá informar o CPF e o endereço completo
do procurador (com o CEP).

Professor Ricardo Marques 1


www.obrasintelectuais.com.br
Os valores cobrados pela Biblioteca Nacional podem ser encontrados em: https://
www.bn.gov.br/sites/default/files/documentos/diversos/2015/1208-registroouaverbacao/
eda_documentos_tabela-de-valores_0_0_0_0.pdf

Caso o criador queria proceder ao registro ou averbação de letra de música ou partitura, deverá
adotar mais algumas providências específicas, descritas pela Biblioteca Nacional no seguinte link:
https://www.bn.gov.br/sites/default/files/documentos/miscelanea/2015/registro-ou-
averbacao-581.pdf)

II - Passo a passo para o registro de projetos, esboços ou obras plásticas de engenharia,


agronomia, geografia, topografia ou cenografia

Para o registro de projetos, esboços ou obras plásticas de engenharia, agronomia, geografia,


topografia ou cenografia, o criador deverá procurar o Conselho Federal de Engenharia e
Agronomia (CONFEA).
Segundo o próprio CONFEA, o passo a passo para o registro (atualmente determinado pela
Resolução nº 1.029 de 2010 ) consiste nas seguintes etapas:
1 – Preencher o formulário “requerimento de registro de obra intelectual” (disponível no link
http://www.confea.org.br/media/FORMULARIO_DIREITOAUTORAL.docx)
2 - Recolher em nome do CONFEA o valor da taxa de registro (que atualmente é de R$ 278,26,
mas que é atualizada anulamente) mediante depósito identificado em nome do Conselho no
Banco do Brasil S/A, Agência: 0452-9, conta corrente: 193.227-6, CNPJ 33.665.647/0001-91.
3 - Apresentar o requerente do registro a seguinte documentação no CREA (Conselho Regional de
Engenharia e Agronomia) do Estado respectivo em que resida:
• 4 vias do formulário “requerimento de registro de obra intelectual”;
• Comprovante de pagamento da taxa de registro;
• Original mais 2 cópias da obra intelectual ou das respectivas fotografias perfeitamente nítidas,
com dimensões mínimas de 0,18 m X 0,24 m.
Observação importante: Segundo adverte o CONFEA “quando o registro for requerido em nome
de pessoa jurídica ou pessoa física diferente do autor, o formulário deve vir acompanhado de uma
declaração de cessão de direitos patrimoniais, subscrita pelo autor ou pelos coautores da obra,
com firma reconhecida.”

III - Passo a passo para o registro de projetos de arquitetura e urbanismo

O criador de projetos de arquitetura e urbanismo que desejar registrar suas criações deve
procurar a unidade do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU) do Estado onde
resida.
O procedimento para registro está disciplinado pela Resolução n° 67, de 5 de dezembro de 2013
do CAU, que prescreve o seguinte procedimento:

Professor Ricardo Marques 2


www.obrasintelectuais.com.br
1 - O registro deverá ser solicitado pelo arquiteto e urbanista por meio de requerimento
específico disponível no Sistema de Informação e Comunicação do Conselho de Arquitetura e
Urbanismo (SICCAU).
2 - Esse requerimento deverá ser instruído com cópia, certificada digitalmente, do
correspondente projeto ou trabalho técnico de criação em Arquitetura e Urbanismo, com
descrição de suas características essenciais.
3 - O requerimento constituirá processo administrativo a ser submetido à apreciação da
Comissão de Exercício Profissional do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado onde
resida o requerente. Após o exame dos autos, essa Comissão (que poderá solicitar outros
documentos para subsidiar sua análise) deliberará acerca do registro requerido.
Pela análise do processo administrativo será cobrada a quantia equivalente a 2 vezes o valor
da taxa de Registro de Responsabilidade Técnica (que atualmente é de R$ 75,32). Esse
pagamento deverá ser efetuado no ato do requerimento e independe de deferimento do
pleito.

IV - Passo a passo para o registro de obras de artes visuais

O criador de obras de artes visuais (fotografias e quadros, por exemplo) deverá providenciar o
registro de sua criação junto à Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
A Escola de Belas Artes informa a necessidade de se seguir o seguinte procedimento:
1. O pedido de registro deverá ser feito em formulário próprio (disponível em http://
www.eba.ufrj.br/images/formulariofrente.pdf - frente - e http://www.eba.ufrj.br/images/
formularioverso.pdf - verso).
2. Esse pedido deverá ser acompanhado de duas produções legíveis e idênticas da obra,
assinadas pelo autor, no tamanho máximo até A4, e enviado por correio para a Caixa Postal
68546 - Cidade Universitária -CEP 21941-900 - Ilha do Fundão ou entregue pessoalmente à sala
737 do Prédio da Reitoria Cidade Universitária - Rio de Janeiro, RJ.
3. Cada pedido de registro deverá ser acompanhado do comprovante original de depósito
bancário (atualmente no valor de R$ 120,00) ou cópia autenticada do comprovante, a favor da
Fundação Universitária José Bonifácio, através da conta-corrente: 957.333-X, agência: 2234-9,
do Banco do Brasil (001); código da apostila: 15.835-6.
4. Caso haja cessão de direitos patrimoniais deverá haver um contrato de cessão com
assinatura do cedente (com firma reconhecida), assinatura do cessionário mesmo sendo o
autor e assinatura e dados de duas testemunhas (nome completo e CPF).
5. O pedido de registro feito por procuração original ou cópia autenticada em cartório, deverá
vir com firma reconhecida e caso o procurador assine o formulário, deverá colocar o seu
carimbo no formulário.

V - Passo a passo para o registro de obras musicais

O criador de obras musicais poderá também procurar a Escola de Música da Universidade


Federal do Rio de Janeiro para providenciar o registro de sua criação.

Professor Ricardo Marques 3


www.obrasintelectuais.com.br
E o procedimento para tanto é o seguinte:

1 - Imprimir em duas vias o formulário de requerimento oferecido no site da Escola de


Música (http://www.musica.ufrj.br/index.php?
option=com_content&view=article&id=291:formulario-de-registro-autoral-
&catid=49&Itemid=108).
2 – A tal formulário deve ser anexada cópia da letra ou da partitura com todas as páginas
numeradas e assinadas pelos autores.
3 - Juntar o comprovante de pagamento da taxa de registro (atualmente no valor de R$
15,00 para cada música) mediante boleto (para requerentes residentes no Rio de Janeiro)
ou por depósito na conta corrente 28826-8 do Banco do Brasil, agência 2234-9 (para
requerentes que residam fora do Rio de Janeiro).
4 – Toda a documentação deve ser entregue pelo correio ou diretamente no Serviço de
Registro Autoral da Escola de Música da UFRJ.

VI - Passo a passo para o registro de softwares

Segundo a Lei 9.609/98, os softwares (programas de computador) devem ser registrados


no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).
E o criador deve apresentar a seguinte documentação:
1 - Formulário “Pedido de Registro de Programa de Computador” (disponível em http://
www.inpi.gov.br/menu-servicos/downloads-de-formularios-para-pedidos-protocolados-
em-papel-no-inpi)
2 - Comprovante de pagamento da retribuição (mediante Guia de Recolhimento da União
– GRU, que pode ser emitida em http://formulario.inpi.gov.br/e-inpi/internetCliente/
Principal.jsp) respectiva.
3 - Autorização para cópia da documentação técnica, devidamente preenchida e assinada
pelo titular, no caso de a documentação técnica apresentada em CD/DVD (modelo de
apresentação disponível em http://formulario.inpi.gov.br/e-inpi/internetCliente/
Principal.jsp).
4 – Procuração (se o pedido estiver sendo apresentado por procurador em nome do
criador).
Se o requerente do registro, titular dos direitos autorais, não for o autor do programa, a
documentação deverá ser complementada com:

a) documento de cessão de direitos patrimoniais, ou


b) contrato de trabalho, de prestação de serviços, vínculo estatutário, bolsista
ou estagiário, nos termos do caput e §1º. do art. 4º. da Lei nº. 9.609/98.
c) se o titular for pessoa jurídica, deverá ser apresentado, ainda, contrato
social.
d) caso se trate de “programa de computador derivado”, deverá ser
providenciado documento de autorização do titular do programa originário,
também disponível no link http://www.inpi.gov.br/menu-servicos/downloads-
de-formularios-para-pedidos-protocolados-em-papel-no-inpi.

Professor Ricardo Marques 4


www.obrasintelectuais.com.br
Os valores das taxas cobradas pelo INPI podem ser encontrados em http://
www.inpi.gov.br/menu-servicos/programa-de-computador/arquivos/programa-de-
computador-taxas.pdf
Toda a documentação deverá ser levada a uma das unidades do INPI ou remetida pelos
Correios, em envelope A4, com aviso de recebimento, para o seguinte endereço: Rua São
Bento, 1 - 3º andar - Centro - RJ - CEP: 20090-010.

Professor Ricardo Marques 5


www.obrasintelectuais.com.br