Você está na página 1de 14

UNIVERSIDADE PAULISTA

TIAGO DANIEL SANCHES MIRANDA


RA 1650305

NOME DA EMPRESA ANALISADA:


PIM JADLOG

Ribeirão Preto
2017
1

UNIVERSIDADE PAULISTA
TIAGO DANIEL SANCHES MIRANDA
RA 1650305

NOME DA EMPRESA ANALISADA:


PIM JADLOG

Projeto Integrado Multidisciplinar VIII


para obtenção do título de Gestor de
Recursos Humanos apresentado à
Universidade Paulista

Ribeirão Preto
2017
2

RESUMO

Este estudo refere-se ao Projeto Integrado Multidisciplinar, realizado no Curso de


Graduação Tecnológica em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Paulista
através de uma pesquisa de campo e demonstra como são aplicados os
conhecimentos adquiridos das disciplinas de Técnicas de Negociação, Planejamento
Estratégico e Sistema para Operações de Recursos Humanos.

Palavras-chave: Técnicas de Negociação, Planejamento Estratégico e Sistema para


Operações de Recursos Humanos.
3

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 04
2. TECNICAS DE NEGOCIAÇÃO ............................................................................. 05
2.1. TIPOS DE NEGOCIADOR ................................................................................. 05
2.2. CONFLITO ......................................................................................................... 06
2.3. COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL ........................................................................ 06
3. PLANEJAMENTO ESTRATEGICO ...................................................................... 07
3.1. ESTRATEGIA ADOTADA PELA EMPRESA ...................................................... 08
4. SISTEMAS PARA OPERAÇÕES DE RECURSOS HUMANOS ........................... 09
4.1. ROTINAS DO DEPARTAMENTO PESSOAL ..................................................... 09
4.2. TIPOS DE CONTRATO DE TRABALHO ............................................................ 11
5. CONCLUSAO........................................................................................................ 12
6. REFERÊNCIAS .................................................................................................... 13
4

1. INTRODUÇÃO

O presente Projeto Integrado Multidisciplinar vem apresentar a empresa Jadlog


que atua no ramo da logística e está presente no pais todo através de seus
franqueados, aqui vamos estudas a unidade que está localizada da Cidade de
Ribeirão Preto no estado de São Paulo. A empresa conta com oito funcionários, sendo
dois no setor administrativo e seis motoristas que realizam entregas na cidade das
mercadorias que recebem da matriz que fica na capital do estado.
O objetivo deste projeto vem a ser a realização através da pesquisa em campo
com o intuito de aplicar os conhecimentos adquiridos nas matérias do Bimestre,
através da disciplina Técnicas de Negociação iremos verificar as estratégias de
negociação praticadas na empresa, o tipo de negociador e os conflitos. Com a
disciplina Planejamento Estratégico verificaremos a Estratégia adotada pela empresa
para o crescimento e na disciplina Sistema para Operações de Recursos Humanos
descreveremos a atuação do Departamento Pessoal e o tio de contrato de trabalho
adotado pela empresa.
5

2. TECNICAS DE NEGOCIAÇÃO

A negociação está presente em diversas áreas de nossas vidas sendo


importante pois o mundo ideal seria feito por pessoas que pudessem estar satisfeitas
em suas negociações. Seria como se as pessoas em cada lado da negociação
tivessem suas necessidades básicas atendidas. O matemático norte americano John
Forbes Nash, descrevia a teoria dos jogos explicando o estilo de interação e
cooperação do indivíduo que é motivada pela recompensa oferecida.
Segundo Cohen (1980, p.13), negociação é o uso da informação e do poder,
com o fim de influenciar o comportamento dentro de uma rede de tensão. Ou seja, a
informação passa a ter um papel importante na negociação. Outra característica
importante é o poder que é a capacidade de impor sua vontade ao outro.

2.1 TIPO DE NEGOCIADOR

Para um bom negociador existem diversas habilidades que são consideradas


importantes: preparação, planejamento, conhecimento do assunto, capacidade de
pensar com clareza, capacidade de pensar rápido, verbalização fácil, ouvido atento,
julgamento e compreensão geral, integridade, capacidade de persuasão e paciência.
Já Martinelli (2002), prefere atribuir aos negociadores uma classificação que
são tipos que se baseiam na desenvoltura e nos estímulos. Na empresa estudada
temos o Estilo Restritivo, que combina o controle com a desconsideração para supor
que o negociador só chegara a um resultado se o acordo for forçado. Neste estilo o
negociador age combinando seu poder com a desconsideração do outro, não há
cooperação e espera que os outros ajam de acordo com o seu próprio interesse.
Vemos tal conceito, pois a gerente e sócia proprietária da empresa age de
forma autoritária, nas reuniões realizadas na empresa, os funcionários não expressam
suas opiniões e a empresa atua de forma autocrática não dando atenção ás
necessidades dos colaboradores e impondo a forma com que as coisas devem
ocorrer. O negociador no caso acredita que deve impor o seu estilo visando apenas a
vantagem pessoal. Por ela já trabalhar na área a muito tempo, acredita que já viu de
tudo e sabe como as coisas funcionam, ela que decide o que é e o que não é, impondo
seu pondo de vista a todos.
6

2.2 CONFLITOS

O conflito na vida da pessoa pode atingir de forma positiva ou negativa e faz


parte da dinâmica dos seres humanos. Geralmente o conflito ocorre quando uma
pessoa tenta impedir outra de alcançar seus objetivos tentando esta impor uma
opinião. No trabalho os conflitos são constantes, porem isto pode significar uma
oportunidade de discutir algo e chegar a uma solução podendo ocorrer o
desenvolvimento da equipe. As divergências de opinião sugerem diferentes
interpretações de cada indivíduo sobre a mensagem transmitida pelo líder e cabe ao
líder gerenciar os conflitos. Antes de agir o líder precisa descobrir o que causa o
conflito e os envolvidos. Depois de descobrir o que está ocorrendo ele deve intervir
diretamente e não como parte envolvida.
Na empresa estudada, assim como nas outras organizações existem sim
conflitos que são administrados pela gestora. Como na organização a atividade
principal é a entrega de mercadorias, seus colaboradores são essencialmente
motoristas e os conflitos internos são relacionados a esta função. Grande parte destes
conflitos são na hora de organizar as entregas, por exemplo temos a rota que atende
o centro da cidade, esta é dividida entre um veículo de entrega e uma motocicleta. No
veículo de entrega vão as mercadorias maiores e na motocicleta as menores e
também as mercadorias onde o veículo de entrega tem dificuldade ou restrição de
estacionamento. Ai já temos o conflito entre os dois colaboradores que cada um com
sua opinião quer dar seu parecer de qual mercadoria cada uma vai levar, o motorista
do veículo expõe suas dificuldades em estacionar e o da motocicleta diz que tal lugar
não tem esta dificuldade. Cada um tem sua opinião formada através de suas
experiências e cabe ao líder mediar o conflito ou seja: encontrar justa medida entre
duas posições.
A função de líder como já informado, fica a cargo da gestora e proprietária da
franquia e a mesma faz de forma autoritária, sua opinião é passada aos funcionários
e os mesmos tem de cumprir as ordens sem questionamentos, dificilmente as ideias
de seus colaboradores são ouvidas dificultando e até inibindo as pessoas de se
expressar.

2.3 COMUNICAÇÃO NÃO VERBAL


7

Para Portella (2014) a comunicação não-verbal é de extrema relevância na


ação de se negociar, visto que nos comunicamos não exclusivamente com as
palavras, mas com todo o nosso corpo, com gestos, olhar, postura ou expressão facial,
o que torna a porcentagem de comunicação não-verbal na transmissão de qualquer
mensagem bastante elevada.

Percebe-se que segundo o autor, o negociador que não consegue decodificar


mensagens não verbais, perde 2/3 do que é comunicado, pois perde parte significativa
da comunicação e não aproveita oportunidades importantes de bons negócios. A
comunicação não verbal é feita de forma inconsciente, quando a pessoa se expressa
utilizando o corpo por meio da linguagem corporal.

Figura 1 - Comunicação-Não-Verbal

Fonte: http://www.sbie.com.br/wp-content/uploads/2016/03/1-Comunicação-
Não-Verbal.jpg

As empresas buscam pessoas que tenham uma boa comunicação interpessoal


e que sejam capazes de intender e repassar informações de forma clara, facilitando o
processo de entrega resultados. No ambiente de trabalho é possível notar através da
comunicação não verbal fatores que normalmente o colaborador não fala, como a
satisfação no trabalho ou normalmente a insatisfação que podem ser notadas através
das atitudes do funcionário, como a baixa produtividade, desanimo ou críticas
constantes sem a apresentação de soluções.

3. PLANEJAMENTO ESTRATEGICO
8

Desde o início da humanidade, o homem percebeu a organização das


atividades era de grande importância. Durante todo esse tempo a realização de
tarefas era feita pelo homem de forma artesanal e cada indivíduo tinha sua
capacidade, por exemplo o artesão que confeccionava uma ferramenta de trabalho
não necessariamente tinha a capacidade de utiliza-la, assim como quem produzia
uma arma de guerra não tinha o talento de atirar com ela, ou o ferreiro que fazia uma
espada não sabia lutar com ela.
Na antiguidade o home tinha o papel na sociedade como guerreiro e protetor e
nos tempos vagos se especializavam em outras atividades. Com o tempo os artesoes
perceberam que deveriam se organizar, pois tinham um conhecimento em comum,
assim surgiram as corporações de oficio. Depois ocorreram a substituição das
ferramentas artesanais pelas maquinas e antes se fabricava um parafuso por ver,
agora eram feitas centenas e assim os artesoes foram substituídos pelos operários e
a organização era em função do processo de fabricação.
O planejamento estratégico é uma metodologia gerencial que permite
estabelecer a direção a ser seguida pela organização, visando maior grau de interação
com o ambiente. A direção engloba os seguintes itens: âmbito de atuação, macro
políticas, políticas funcionais, filosofia de atuação, macro estratégia, estratégias
funcionais, macro objetivos, objetivos funcionais (KOTLER,1975, p. 65).
Com a velocidade que ocorrem as mudanças no ambiente, os gestores
compreenderam que o sucesso empresarial é a relevância no entendimento dos fatos
que o mercado demostra.

3.1 ESTRATEGIA ADOTADA PELA EMPRESA

As organizações devem adotar uma estratégia para ampliar sua carteira de


clientes, o objetivo é o crescimento constante sem deixar de lado a qualidade dos
serviços prestados. A gestão estratégica tem o objetivo de identificar e prevenir os
fatores externos que afetam o bom negócio. O mercado hoje em dia está cada vez
mais acirrado e não existe cliente fiel.
A estratégia da empresa estudada gira em torno da captação de clientes novos
e principalmente a manutenção dessa carteira de clientes. A Jadlog é uma rede de
franquias e a unidade estudada é uma destas franquias localizada na região de
Ribeirão Preto, SP. A empresa atua no ramo de transportadora de encomendas
9

expressas e tem como maior concorrente o Correios do Brasil, portanto a estratégia


adotada é a captação de clientes novos e além da oferta de preços melhores, a
empresa objeto deste estudo procura ofertar um serviço de qualidade.
Foi contratado pela empresa um funcionário administrativo, que responde
diretamente a gestora que é sócio proprietária da unidade e este realiza as atividades
de rastreamento das encomendas que são coletadas nos clientes e enviadas a todo
o Brasil. O foco deste rastreamento é acompanhar o percurso da remessa e
providenciar que a mesma chegue no destinatário final dentro do prazo. Para tanto o
colaborador acompanha o objeto enviado e em caso de ocorrências no caminho ou
no destino de entrega o mesmo aciona o cliente emissor e coleta as informações
necessárias para que a remessa possa ser entregue de forma rápida e eficaz.
Na área de atuação da empresa, que atende todo o tipo de empresas, desde o
pequeno fornecedor de peças, até uma empresa de medicamentos, as entregas
devem ser feitas de forma rápida e, portanto, não basta apenas bons preços, mas
também que o serviço seja feito de forma satisfatória, ou o cliente não ficara satisfeito
e irá buscar outras opções para envio de seus produtos.

4. SISTEMAS PARA OPERAÇÕES DE RECURSOS HUMANOS

A gestão de pessoas foi uma área que mais sofreu mudanças e transformações
nos últimos anos e a visão desta área é totalmente diferente da tradicional.

4.1 ROTINAS DO DEPARTAMENTO PESSOAL

Na Jadlog temos apenas o recrutamento externo, visto que são poucos


funcionários e geralmente quando surge alguma vaga, isto acontece devido a saída
de algum motorista. Surgindo esta vaga a administradora e proprietária que também
faz o papel de RH anuncia a vaga no jornal de circulação da cidade e conforme os
candidatos vão trazendo o currículo até a loja se faz uma seleção dos mesmos através
da análise dos currículos. Normalmente esse anuncio é feito no fim de semana e na
semana seguinte se faz a captação dos currículos. Segundo Pontes (2008),

[...] tradicionalmente, os usuários dos jornais elegeram um dia da semana


para publicar seus anúncios, e quem procura emprego também compra os
jornais naquele dia. Assim, do dia da semana escolhido advirão melhores ou
piores resultados. O anuncio deve ser publicado no dia da semana em que
10

saem mais classificados, já que, apesar de a concorrência ser maior, terá


maior índice de leitura. Por exemplo, em São Paulo, é melhor publicar um
anuncio nos jornais aos domingos (PONTES, 2008, p. 118).

Após a seleção dos currículos a administradora entra em contato com os


candidatos e agenda uma entrevista na empresa. Nesta entrevista além de conversar
com o candidato sobre os benefícios da empresa, funções do cargo ali já se verifica
se o mesmo tem o conhecimento necessário das ruas onde fara as entregas, visto
que isso pode ajudar ou vir a atrapalhar caso o profissional não conheça a região em
que irá trabalhar. Assim que temos um candidato escolhido agenda-se um dia para
que o mesmo vá até a empresa e com o acompanhamento de alguém saia com o
carro de entregas e faça um teste com a rota do dia para que seja analisado se o
mesmo conhece a região e como se sai nas entregas.

O processo de recrutamento externo tem suas vantagens, como trazer


profissionais com visões e experiências diferentes que podem renovar os
procedimentos internos da empresa. Pontes (2008), afirma que

[...] O recrutamento externo também tem vantagens, principalmente no


tocante à renovação de ideias. É positiva a entrada de novos profissionais
para trazer ideias renovadoras à organização. Outra vantagem reside no fato
de que muitas vezes os funcionários detêm potencial para ocupar o novo
cargo, mas não possuem a experiência requerida, o que pode ser conseguido
pelo recrutamento externo. É importante que cerca de 10 % a 20% das vagas
sejam preenchidas dessa forma (PONTES, 2008, p. 115).

Mas nem tudo é vantagem, este processo tem como uma das principais desvantagens
o processo lento e variáveis externas que não podemos controlar como os
profissionais que iram levar os currículos, mas que não tenham as experiências
necessárias ou o não comparecimento nas entrevistas marcadas.
Vimos acima e podemos notar que o papel do RH é executado pela
administradora que também é a proprietária da empresa. Como trata-se de uma
empresa que faz parte de uma rede de franquias, sua unidade não tem muitos
funcionários sendo então a parte de recursos humanos executada pelos proprietários.
Vemos aí que na empresa temos uma atuação de RH de forma operacional, ou seja,
da forma como o antigo Departamento Pessoal onde ele resolve todos os processos
11

burocráticos, desde a folha de pagamento até a entrega dos holerites aos funcionários
da empresa.

4.2 TIPOS DE CONTRATO DE TRABALHO

A empresa estudada adota o Contrato de Trabalho por Prazo Indeterminado,


conforme a CLT “ART 443 – O contrato individual de trabalho poderá ser acordado
tácita ou expressamente, verbalmente ou por escrito e por prazo indeterminado.
Não podemos notar se este tipo de contrato traz algum tipo de desvantagem
ao empregado ou o empregador, visto que apenas é verificado se está dentro do que
é permitido pela lei.
12

5. CONCLUSÃO

Ao final desde Projeto Integrado Multidisciplinar, vimos que a empresa


estudada tem o estilo restritivo como negociador e que na empresa assim como nas
outras existem os conflitos e que a função do líder que fica a cargo da gestora é feita
de forma autoritária, dificultando e até inibindo os colaboradores de se expressar.
Podemos notar que a empresa tem a estratégia adotada para ampliar a carteira de
clientes com objetivo constante de aumento desta carteira sem perder a qualidade
nos serviços executados. Foram demonstradas as rotinas do Departamento Pessoal
e o tipo de contrato de trabalho.
13

6. REFERÊNCIAS

MELO, Lerida Gherardini Malagueta Marcondes de. Técnicas de Negociação. São


Paulo: Editora Sol, 2014.

MORAES, Renato Bulcao de. Planejamento Estratégico. São Paulo: Editora Sol, 2012.

MARIANO, Kelly Oliveira. Sistemas para Operações de Recursos Humanos. São


Paulo: Editora Sol, 2015.

PONTES, Benedito Rodrigues, Avaliação de Desempenho. Nova Abordagem. 10 ed.


São Paulo, 2008.

COHEN, H. Você pode negociar qualquer coisa. 8ª edição. Record. Rio de Janeiro.
1980.

MARTINELLI, D. P. Negociação empresarial: enfoque sistêmico e visão estratégica.


São Paulo: Manole, 2002.

< http://www.sbie.com.br/quao-importante-e-comunicacao-nao-verbal-para-interacao-
humana-nas-organizacoes/ >. Acesso em 19 Nov. 2017.

<http://www.sbie.com.br/wp-content/uploads/2016/03/1-Comunicação-Não-
Verbal.jpg >. Acesso em 19 Nov. 2017.