Você está na página 1de 23

Ativação de linfócitos B -

Imunidade humoral

Profa. Elaine Lucetti


Fases da Resposta Imune Humoral
5 mil células
Secretoras de
anticorpos
em 1 semana
Ativação do linfócito B (LB)
• Independente de linfócito T
▫ Antígeno (Ag) microbiano não-proteico +
Receptor de LB (anticorpo ou receptor de
reconhecimento de padrões).

• Antígenos
▫ Ex: polissacarídeos, lipídios
▫ Multivalentes (vários epítopos idênticos)
▫ Antígeno + Imunoglobulina = Resposta eficaz
Tipos de antígenos
• Dependentes de LT
▫ LB como apresentador de Ag proteico  LT
auxiliar  ativa LB

• Antígenos
▫ Ex: proteicos
▫ Um epítopo por molécula
▫ Anticorpos mais eficientes e com funções
diversificadas
Anticorpos
• Funções: Neutralizar, opsonizar e facilitar a
fagocitose

• Células produtoras: linfócitos B ativados 


plasmócitos

• O anticorpo da membrana tem a mesma


especificidade do que é liberado.
Início da resposta imune humoral
• Baço
▫ Antígenos transportados pelo sangue

• Gânglios linfáticos
▫ Antígenos que penetram a pele

• Tecidos linfoides de mucosa


▫ Antígenos inalados ou ingeridos

▫ Obs: Anticorpos produzidos entram na circulação


ou são transportados às mucosas onde exercem
seus efeitos.
Subgrupos distintos de linfócitos B respondem
preferencialmente a diferentes tipos de
antígenos

In

In
Reconhecimento de antígenos
• LB migram entre os órgãos linfoides periféricos

• Atração pelo folículo

• Centro germinativo

• Atração por LT ativados


▫ Quimiocinas

• LB reconhece antígenos intactos


Sistema complemento
• Proteínas solúveis

• Imunidade inata e adquirida

• Função: facilitar a fagocitose


▫ Opsonização, quimiotaxia

• Diferentes vias de ativação


▫ Clássica: dependente de anticorpo
▫ Alternativa
Anticorpos dependentes de LT – Ag proteico

1
2
3
Ligação
CD40L+ CD40

4
Interação LTCD4 e
LB – MHC II
• LB + proteína

• Apresenta peptídeos
aos LT

- É produzido Ac
específico para a
proteína inicial.
Mudança de isótipo de Igs
• LT auxiliares ativados expressam o ligante CD40
e liberam citocinas que contribuem para a
mudança de isótipo.

• Plasticidade da resposta imune humoral com


funções efetoras diferentes
Mudança
de isótipo
Maturação da afinidade
Maturação
da afinidade

Deaminase
induzida pela
ativação (AID)
por sinais via
CD40
Anticorpos independentes de LT

• Defesa contra polissacarídeos da parede


bacteriana (pneumococos, meningococos)

• Antígenos LT-independentes levam a formação


de anticorpos naturais de baixa afinidade (sem
exposição à patógenos)
▫ Ex: bactérias que colonizam o TGI, antígenos dos
grupos sanguíneos.
Funções efetoras
dos anticorpos