Você está na página 1de 10

MANUAL DE TREINAMENTO

PARA OPERADORES
BALANCIN ELÉTRICO
ANDAIME SUSPENSO MOTORIZADOS
BARAM EQUIPAMENTO
FORTALEZA INDÚSTRIA E COM. DE EQUIPAMENTOS LTDA.
CNPJ 05.753.339/0001-82

Nossa intenção ao desenvolver este manual é para que nossos clientes e parceiros tenham
mais condições de orientar fiscalizar conforme normas vigentes as pessoas que utilizarão
os equipamentos BARAM.
Colocamo-nos a disposição para ministrar treinamentos para os funcionários que venham
a trabalhar em equipamentos fabricados por nossa empresa.
Sendo sem custo para o cliente em nossas instalações e cidades próximas a nossa sede.
Se preferir que seja em suas instalações e ou obras, sua empresa suportara somente os custos
de viajem e hospedagem de um técnico da BARAM.

Rua Pe. Anchieta, 955 –


93.270-020 ESTEIOS /RS

EDIÇÃO Setembro/2006
MANUAL DE TREINAMENTO
O treinamento para trabalho neste sistema, andaime suspenso motorizado deve obedecer aos
requisitos citados abaixo, de forma a capacitar o profissional que for operar o equipamento.

Este treinamento será ministrado por profissional legalmente habilitado, obedecendo a uma
carga horária mínima de 4 horas, com validade de 90 dias.

Os trabalhadores participantes do treinamento, que apresentarem rendimento satisfatório,


receberão certificado de participação.

Os Itens a serem abordados neste treinamento serão:

a) Objetivos

b) Ambiente de Trabalho

c) Andaimes suspensos Elétricos / NR-18

d) Proteção contra choque elétrico

e) EPI e EPC

f) Montagem, operação do equipamento.

g) Medidas de segurança

h) Rotina de Verificação Diária

a) OBJETIVO
O objetivo deste manual é orientar a correta utilização do equipamento, bem como o
cumprimento das normas de segurança que visam a proteção dos trabalhadores no andaime suspenso,
como também de todos os operários envolvidos no canteiro de obras.

b) AMBIENTE DE TRABALHO
A construção civil apresenta, pelas características intrínsecas do setor, um grau de risco
elevado aos trabalhadores. Para neutralizar estes riscos, uma série de medidas deve ser tomada de
forma que os operários trabalhem de forma segura na sua atividade.
A Norma Regulamentadora N° 18(NR-18) do Ministério do Trabalho e emprego, é a norma
que estabelece os critérios de segurança no ambiente de trabalho.
Diariamente, no início da atividade laboral, uma série de itens deve ser verificada visualmente
de forma que seja detectado com antecipação qualquer problema com o equipamento, bem como
com as condições do local de trabalho. Para esta verificação existe uma planilha específica com os
itens a serem fiscalizados.

01
c) ANDAIME SUSPENSO ELÉTRICO / NR-18
Na utilização de andaimes suspensos motorizados deverá ser observada a instalação dos
seguintes dispositivos:
Conforme a Norma Regulamentadora nº. 18

a) Cabos de alimentação com dupla isolação;


b) Plugs/tomadas blindadas;
c) Aterramento elétrico;
d) Dispositivo Diferencial Residual (DR);
e) Fim de curso superior e batente.

- O conjunto motor deve ser equipado com dispositivo mecânico de emergência, que acionará
automaticamente em caso de pane elétrica de forma a manter a plataforma de trabalho parada em
altura e, quando acionado, permitir a descida segura até o ponto de apoio inferior.
- Os andaimes motorizados devem ser dotados de dispositivos que impeçam sua movimentação,
quando sua inclinação for superior a 15º (quinze graus), devendo permanecer nivelados no ponto
de trabalho
- O equipamento deve ser desligado e protegido quando fora de serviço.

d) PROTEÇÃO CONTRA CHOQUE ELÉTRICO


Os trabalhos que envolvem eletricidade, devem obedecer a NR-10 .
As tomadas e os plugs utilizados no sistema elétrico devem ser blindados. A rede elétrica deve
ser dotada de aterramento.
O sistema elétrico dos andaimes motorizados, devem ser manuseados por profissionais
habilitados para trabalhos em eletricidade. O sistema elétrico do andaime deve ser dotado de
Dispositivo Diferencial Residual (DR).

e) EPI e EPC
Os equipamentos de proteção individual (NR-6) devem ser de uso obrigatório, como também
os equipamentos de proteção coletiva (NR-18), devem ser previstos conforme a condição local.

Abaixo relacionamos os itens a serem obedecidos para execução das atividades.

EPI’s: Capacetes, botinas, cinturão de segurança (tipo pára-quedista), corda de segurança com
trava quedas e uniformes.

EPC’s: Para evitar sobreposição de atividades, é obrigatório o isolamento de áreas no térreo, em


locais em que estão sendo executados os serviços nos andaimes suspensos.

f) MONTAGEM / OPERAÇÃO DO EQUIPAMENTO


Montagem
Afastadores
Plataforma
Piso da plataforma
Guinchos elétricos
Quadro de comando
Rede elétrica
Dispositivos de bloqueio mecânico automático
Cabos de aço

02
Operação

O operador deve proceder criteriosamente a verificação de todos os itens da PLANILHA DE


VERIFICAÇÕES DIÁRIAS, antes do início de cada jornada de trabalho, de forma que trabalhe
em uma condição segura neutralizando os riscos.

Encontrando qualquer anomalia, deve comunicar ao responsável da obra e somente


operar o equipamento após a correção destes problemas.

Somente é permitido ao funcionário subir no andaime suspenso, se o mesmo estiver com cinto
de segurança preso à trava quedas, e o cabo se segurança do trava quedas bem fixada em nível
superior ao andaime. O acesso à plataforma deve ser realizado de maneira segura.

Independente das áreas delimitadas abaixo do andaime, o trabalho deve ser realizado com
segurança e atenção, para que objetos não caiam para fora do andaime.

Os operadores devem:
- Saber ler e interpretar placas de sinalização;
- Conhecer as regras de operação através de treinamento prévio;
- Receber orientação e utilizar corretamente os EPI’s.
É Expressamente Proibido:
- Permanecer no andaime com ventos fortes;
- Mais de dois operários na plataforma;
- Trabalho com tempo chuvoso;
- Transportar materiais não pertinentes à atividade;
- Jogar materiais sobre a plataforma;
- Trabalhar com a plataforma com inclinação superior a 15°com relação à linha horizontal.

Manutenção
O programa de manutenção contém as diretrizes que devem ser obedecidas para a manutenção
preventiva e corretiva do andaime conforme orientação do profissional responsável pelo
programa.

g) Medidas de Segurança.
1) As condições de trabalho, fixação e operação de seu equipamento devem ser verificadas
obrigatoriamente antes do inicio da utilização.

2) Certifique-se que o andaime não esteja montado próximo demais da rede elétrica.

3) Não inicie a operação do andaime sem a sua liberação pelo engenheiro responsável da
obra ou responsável pelo deptº segurança no trabalho.

4) Nunca se apóie no guarda corpo

5) Quando estiver subindo ou descendo o andaime, faça-o com total atenção.

6) Não acione exageradamente um só guincho, evitando a inclinação demasiada da plataforma.

7) Não é permitido mais que duas pessoas sobre a plataforma,(Balancim elétrico), além de
material necessário ao serviço.

8) Não trabalhe sobre andaimes em situações de forte vento e ou chuva.

03
9) Não deixe materiais, ferramentas e utensílios de trabalho sobre o andaime após o serviço.
Fixe o mesmo á fachada com cordas ou arames, evitando os movimentos oscilatórios.

10) Mantenha a roldana do trava-quedas (sistema anti quedas do equipamento) isenta de detritos
para que se mova livremente.

11) É expressamente proibida a violação dos comprovantes mecânicos do andaime. Caso observe
qualquer irregularidade, chame imediatamente a Assistência Técnica BARAM.

12) Não é permitida a interligação de plataformas.

13) Verifique diariamente o estado dos cabos de aço. Eles devem estar sempre afastados de
quinas vivas e livres de nós, torção, danificação e emendas.

14) Verifique e teste regularmente as condições e funcionamento do fim de curso.

15) Verifique antes da operação se tanto o cabo de alimentação elétrica quanto os cabos de aço
possuem comprimento suficiente para atender a altura do prédio.

16) Certifique-se que o diâmetro do cabo de aço disponível esta correto para atender tanto o trava
quedas quanto o guincho elétrico.

17) Ao final da jornada de trabalho, desligue e cubra os guinchos elétricos com uma capa
protetora.

18) Todo o pavimento sob área de trabalho da plataforma deverá ser isolado para prevenir o
acesso de pessoas não autorizadas.

19) O ponto de fixação do andaime deverá suportar três vezes a capacidade do guincho.

20) Nunca apóie o guincho sobre os cabos de aço.

21) Utilize um estrado firme para apoiar o andaime quando estiver sobre piso.
h) Rotina de Verificação Diária.
1) Condições de ancoragem
- Revise diariamente antes de começar a trabalhar a ancoragem dos cabos de aço de tração e
segurança. Conforme destaque da Letra ¨M¨.
- Revise todos os clipes diariamente.
- É proibido a fixação de vigas de sustentação por meio de sacos de areia, latas com água ou
dispositivos similares.
- Nunca ancore no parapeito da obra sem o cálculo de um Engenheiro responsável.

04
2) Amarração afastadores
- Revise o encaixe do afastador regulável na platibanda. Observe conforme as Letras “A” e “S”.

3) Encaixe das plataformas


- Inspecione todas as conexões parafusadas da plataforma quando do fim da montagem e revise-as
diariamente.

4) Aperto Parafusos plataformas


- O aperto dos parafusos deverão sempre ser feitos com ferramentas.
5) Conexões e Plugs
- Os plugs deverão ser sempre bem encaixados, para que o equipamento funcione em perfeitas
condições.

05
6) Limpeza piso Plataforma
- Manter o piso da plataforma sempre limpo, evitando acumulo excessivo de resíduos.

7) Fixação Máquina
- A fixação da máquina de tração do equipamento e apoiada sobre um suporte na cabeceira, onde é
presa com dois (2) parafusos.

06
8) Fixação Bloq-Fort
- O Bloq-fort fica posicionado na parte superior da cabeceira em suporte onde é fixado
com dois (2) parafusos.

9) Funcionamento Bloq-fort
- O Bloq-fort possui duas posições: Repouso, acionado. Esta verificação do funcionamento do
dispositivo pode ser feita de duas maneiras:
Opção1: Posicione o equipamento na chão aliviando a tração do cabo da maquina, sendo assim com a
sua mão levante-o em sentido vertical.
Opção 2: Faça o teste de desnivelamento do equipamento fazendo com que o Bloq-fort entre em ação.

07
10) Entrada dos cabos de aço sem obstrução
- Os cabos de aço deverão sempre estar com as pontas soldadas e em forma de bala
(ponta de bala), para que o mesmo não tranque na máquina.

OBS: A seguir nossa planilha do Programa de Verificação e Manutenção do Equipamento


(PVME) efetue as verificações diárias, tire cópias para a seqüência das verificações.

________________________ _____________________
Responsável Técnico Responsável Obra
RG Cargo
Depto. Técnico Empresa

* JUNTO Á ESTE MANUAL NOSSA EMPRESA ENTREGA:


- MANUAL DE MANUTENÇÃO BARAM 700.
- MANUAL DE PROCEDIMENTOS BARAM 700.
- PLANILHA DE VERIFICAÇÕES DIARIAS BARAM 700.
- CHECK LIST DE INSPEÇÃO.

Caso queira utilizar informações colocadas neste ou tirar cópias,


Autorizamos desde que cite a fonte

10