Você está na página 1de 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

CENTRO TECNOLÓGICO
MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL

RELATÓRIO DE PERMEABILIDADE

CARGA CONSTANTE

RAPHAEL DE MARTIN GONÇALVES


GUILHERME VENTORIM FERRÃO

VITÓRIA
DEZEMBRO DE 2014
Sumário

1. OBJETIVO ................................................................................................... 3

2. DADOS DO PERMEÂMETRO..................................................................... 3

3. DADOS COLETADOS DURANTE O ENSAIO ............................................ 3

4. CÁLCULOS E GRÁFICO ............................................................................. 4

a) Gradiente hidráulico e da velocidade de percolação ............................. 4

b) Gráfico velocidade corrigida (v) x gradiente hidráulico (i)...................... 5

c) Coeficiente de permeabilidade .............................................................. 5

d) Cálculo da massa específica e do índice de vazios da amostra ........... 5

5. RESULTADOS ............................................................................................ 6

a. Coeficiente de permeabilidade .................................................................... 6

b. Curva granulométrica................................................................................... 6
1. OBJETIVO

Determinar o coeficiente de permeabilidade do solo através do método de


ensaio de carga constante.
Neste relatório serão apresentados os seguintes resultados:

1. Dados do permeâmetro.
2. Dados coletados durante o ensaio.
3. Cálculos da velocidade e do gradiente hidráulico para as quatro
determinações.
4. Gráfico velocidade corrigida versus gradiente hidráulico e coeficiente de
permeabilidade.
5. Cálculo da massa específica e do índice de vazios da amostra.

2. DADOS DO PERMEÂMETRO
DADOS DO PERMEÂMETRO
COMPRIMENTO ENTRE PIEZÔMETROS (L) [cm] 11,34
ALTURA DA AMOSTRA (A) [cm] 16,91
ÁREA DA AMOSTRA (S) [cm²] 87,4
MASSA DA AMOSTRA (M) [g] 2200,2
UMIDADE DA AMOSTRA (w) [%] 6%
PESO ESPECÍFICO DOS GRÃOS DA AMOSTRA (s) [g/cm³] 2,65

3. DADOS COLETADOS DURANTE O ENSAIO


DADOS COLETADOS DURANTE O ENSAIO
DETERMINAÇÃO 01 02 03 04
TEMPO (s) 60 60 60 60
TEMPERATURA (ºC) 23,9 23,9 23,9 23,9
H1 (cm) 67,6 75,9 83,6 89,6
H2 (cm) 41,5 56,2 68,9 78,9
TARA DO RECIPIENTE (g) 449,94 448,6 449,43 449,99
ÁGUA + RECIPIENTE (g) 1314,2 1172,2 968,10 828,7
MASSA DE ÁGUA (g) 864,26 668,6 518,67 378,71
4. CÁLCULOS E GRÁFICO

a) Gradiente hidráulico e da velocidade de percolação

Para cálculo do gradiente hidráulico será utilizada a fórmula apresentada


abaixo:
∆𝐻
𝑖=
𝐿
onde:
H – carga hidráulica na amostra
L – Comprimento entre piezômetros

DETERMINAÇÃO DO GRADIENTE HIDRÁULICO


DETERMINAÇÃO 01 02 03 04
H 26,1 19,7 14,46 10,7
L 11,34 11,34 11,34 11,34
i 2,302 1,737 1,275 0,944

A velocidade de percolação da água no solo será dada pela fórmula abaixo:


𝑉
𝑣=
𝑆𝑥𝑡
onde:
v – velocidade de percolação
V – volume de água percolado
S – área da amostra
t – tempo

DETERMINAÇÃO DA VELOCIDADE DE PERCOLAÇÃO


DETERMINAÇÃO 01 02 03 04
DENSIDADE DA ÁGUA (g/cm³) 0,99732 0,99732 0,99732 0,99732
MASSA DE ÁGUA (g) 864,26 668,6 518,67 378,71
VOLUME DE ÁGUA COLETADO (cm³) 866,58 670,40 520,06 379,73
VELOCIDADE (cm/s) 0,1659 0,1284 0,0996 0,0727
FATOR DE CORREÇÃO PARA
0,91 0,91 0,91 0,91
TEMPERATURA
VELOCIDADE CORRIGIDA (cm/s) 0,1510 0,1168 0,0906 0,0662
b) Gráfico velocidade corrigida (v) x gradiente hidráulico (i)

Gráfico v x i
0.16

0.14
Velocidade corrigida [cm/s]

0.12

0.10 vxi
0.08
Linear
0.06 (v x i)

0.04 y = 0.0672x

0.02

0.00
0.000 0.500 1.000 1.500 2.000 2.500
Gradiente hidráulico

c) Coeficiente de permeabilidade

Segundo a NBR 13292/1995, o coeficiente de permeabilidade é obtido da reta


que ajusta melhor os pontos do gráfico.
Da linha de tendência temos:
𝑘 = 6,72𝑥10−2 cm/s

d) Cálculo da massa específica e do índice de vazios da amostra

O cálculo da massa específico da amostra será dado pela fórmula presente na


NBR 13292/1995, que segue abaixo:

𝑀𝑥100
𝛾𝑑 =
𝑆𝑥𝐴𝑥(100 + 𝑤)
2200,2𝑥100
𝛾𝑑 = = 1,494 𝑔/𝑐𝑚³
87,04𝑥16,91𝑥(100 + 0,06)

O índice de vazios da amostra será calculado pela fórmula abaixo:


𝛾𝑑
𝑒= − 1 = 0,774
𝛾𝑠
5. RESULTADOS

a. Coeficiente de permeabilidade

O coeficiente de permeabilidade como foi calculado no item anterior.


𝑘 = 6,72 𝑥 10−2 𝑐𝑚/𝑠

b. Curva granulométrica

CURVA GRANULOMÉTRICA
100.00

90.00

80.00

70.00

60.00

50.00

40.00

30.00

20.00

10.00

0.00
0.010 0.100 1.000