Você está na página 1de 2

Nome:

1. Calcule os índices hematimétricos, equacionando as fórmulas e referindo as


unidades e os respectivos valores de referência para cada um.

HB = 9,4 g/dL
GV = 4.130.000 /mm3
Ht = 30.6 %

2. Como classifica esta anemia?

3. Coloque uma hipótese diagnóstica.

4. Que outras análises requisitaria para a validar?

5. Um jovem GV que acabou de expulsar o núcleo, constitui-se numa coloração de


MGG como:
A- Pronormoblasto
B- Eritroblasto ortocromático
C- GV policromatófilo
D- Reticulócito

6. Os acantócitos podem resultar de:

A- Conservação prolongada em EDTA K3


B- A-betalipoproteinémia
C- Hemoglobinopatia
D- Falência hepática

7. Os achados de pós esplenectomia incluem:

A- Trombocitopénia
B- Acantócitos
C- Corpos de Howell-Jolly
D- Dacriócitos
8. Associe:

A- Grânulo de ferro em reacção de Perls 1. Corpos de Heinz


B – Hb desnaturada 2. C. de Pappenheimer
C – Fragmento nuclear no citoplasma 3. Grânulos sideróticos
D – Grânulos de ferro em coloração de MGG 4. C. de Howell-Jolly
E – Retículo de ribossoma precipitado 5. Ponteado basófilo
F – Pequenos grânulos provenientes dos ribossomas

9. Como espera que seja uma contagem de reticulócitos numa anemia aplástica?

10. A picada acidental com agulha de venopunção pode transmitir:

A- HVB
B- HVC
C- VIH
D- Malária

11. Correlacione:

A- Doença hepática alcoólica


B- Anemia hemolítica auto-imune
C- Anemia hemolítica micro-angiopática
D- Queimadura extensa
E- Hemoglobinopatia C homozigótica
F- Icterícia obstrutiva

1. Esferocitos
2. Estomatocitos
3. Células em alvo
4. Fragmentação eritrocitária
5. Equinocitos

12. O que quer dizer a abreviatura LCAT?

13. Onde reside a principal mutação eliptocitogénica da membrana do GV?

14. que tipo de anemia resulta desta alteração morfológica do GV?