Você está na página 1de 28

EAOF RCONT Cap Dourado

CONCURSO PARA O ESTÁGIO DE ADAPTAÇÃO AO OFICIALATO DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA

EXERCÍCIOS DE RCONT
Regulamento de Continências, Honras e Sinais de
Respeito – Portaria Normativa nº 660, do
Ministério da Defesa, de 19 de maio de 2009
Cap Esp Aer Edinaldo Dourado Monteiro
2º semestre de 2012

Cap Dourado é Bacharel em Direito pela Universidade Estácio de Sá, Campus Menezes Côrtes, e pós
graduando em Direito Militar pela mesma instituição. É oficial da Turma Gládio – dezembro de 2005
1
EAOF RCONT Cap Dourado

APOSTILA DE EXERCÍCIOS

REGULAMENTO DE CONTINÊNCIAS, HONRAS E SINAIS DE RESPEITO

1- Têm direito a honras militares, exceto:


a) O Vice-presidente da República.
b) O Presidente do Senado Federal.
c) Os Chefes de Missão Diplomática.
d) O Superior Tribunal Militar, quanto incorporado.

2- Nas visitas ou inspeções programadas:


a) Haverá Guarda de Honra sempre que for determinado por autoridade superior na cadeia de comando.
b) Não haverá Guarda de Honra visto tratar-se de Preito da Tropa, cabendo somente Honras de
Recepção e Despedida.
c) O Comandante, Diretor ou Chefe fará apresentação de seus oficiais à autoridade visitante.
d) Só haverá Guarda de Honra por ocasião da primeira visita ou inspeção, e caso assim seja
determinado por autoridade superior dentro da cadeia de comando.

3- Marque V para verdadeiro e F para falso:


( F ) Comissão de Cumprimentos é constituída de oficiais e praças.
( F ) Só haverá Cumprimentos nos dias da Pátria, do soldado, do marinheiro, do aviador e posse de
autoridades civis e militares.
( F ) O Chefe do Estado Maior da Aeronáutica poderá determinar Cumprimentos em outras datas.
( F ) O Comandante da Aeronáutica pode determinar que haja Comissão de Cumprimentos para outras
autoridades que não as do Art. 100.
( ) Haverá Comissão de Pêsames para Chefes de Missão Diplomática.

a) F-F-F-F-F
b) F-F-F-V-V
c) V-V-V-F-V
d) V-V-V-V-V

4- Sobre Comissões de Cumprimentos é correto afirmar:


a) Na posse do Presidente da República, a direção das comissões fica a cargo dos respectivos
Comandantes de Força Armada.
b) Na posse do Presidente da República, a direção das comissões fica a cargo dos Chefes de Estado
Maior de cada Força.
c) Na posse dos Comandantes de Força Armada, as comissões são compostas pelos oficiais generais
mais antigos de cada Força.
d) Na posse do Comandante da Aeronáutica, as comissões do Exército e da Marinha são dirigidas pelos
respectivos Chefes de Estado Maior.

5- O efetivo previsto para compor Guarda de Honra para Chefe de Estado Estrangeiro ao chegar à Capital
Federal é de:
a) Dois batalhões.
b) Um batalhão.
c) Duas companhias.
d) Uma companhia.

6- Quanto a Guarda de Honra é correto afirmar:

a) Sua formatura é ordenada pela mais alta autoridade do COMAR, exceto para visitas e inspeções
programadas.
b) Para Presidente da República em aeródromo militar, por ocasião de embarque ou desembarque, é
constituída de um pelotão e corneteiro.
2
EAOF RCONT Cap Dourado

c) Para oficiais generais em aeródromo militar, por ocasião de embarque ou desembarque, não haverá
Guarda de Honra, apenas o respectivo toque de continência.
d) Para o Vice-Presidente da República, em aeródromo militar, por ocasião de embarque ou
desembarque, a Guarda de Honra é constituída de um pelotão.

7- O número de tiros das salvas devidas a Chefe de Estado Estrangeiro, Tentente-Brigadeiro, e Chefes de
Estado Maior é, respectivamente, de:
a) 21, 19, 17.
b) 19, 17, 15.
c) 19, 15, 15.
d) 21, 17, 17.

8- Assinale V para verdadeiro ou F para falso e marque a alternativa correta.


( ) A Guarda de Honra pode formar a qualquer hora do dia ou da noite.
( ) A Bandeira Nacional pode ser hasteada ou arriada a qualquer hora do dia ou da noite.
( ) As Salvas de Gala são executadas exclusivamente quando formar Guarda de Honra.
( ) As Salvas de Gala podem ser executadas a qualquer hora do dia ou da noite.
( ) Salvas Fúnebres são executadas a intervalos de trinta segundos,e as salvas de Gala a intervalos de cinco
segundos.

a) F-F-V-V-F.
b) F-V-V-V-F.
c) V-F-V-F-F.
d) V-V-F-F-V.

9- A Escolta Fúnebre de oficial do posto de Capitão é composta de:


a) Um pelotão a cavalo ou motorizado.
b) Um pelotão a pé.
c) Dois grupos de combate a pé.
d) Um grupo de combate a pé.

10- Guarda Fúnebre para oficial superior é composta de:


a) Uma companhia.
b) Duas companhias.
c) Um pelotão.
d) Dois pelotões.

11- Sobre Honras Fúnebres, assinale a alternativa incorreta:


a) Praças não têm direito a Escolta Fúnebre.
b) Praças Especiais têm direito a Escolta Fúnebre.
c) Guarda Fúnebre de Oficial General é composta de um batalhão.
d) Escolta Fúnebre de Oficial General é composta por um pelotão motorizado ou a cavalo.

12- A sentinela de posto fixo presta continência tomando a posição de ombro arma:
a) À tropa não comandada por oficial.
b) À tropa comandada por oficial.
c) Às praças especiais.
d) A oficiais.

13- A sentinela móvel presta continência tomando a posição de apresentar arma:


a) Ao Presidente da República.
b) À Bandeira Nacional.
c) A oficiais generais entre o hasteamento e a arriação da Bandeira Nacional.
d) Em nenhum caso.

14- Assinale a alternativa incorreta.


“No período compreendido entre a arriação da Bandeira Nacional e a alvorada do dia seguinte...”
3
EAOF RCONT Cap Dourado

a) A tropa presta continência a outra tropa.


b) A sentinela móvel presta continência ao Presidente da República, apresentando arma.
c) A tropa presta continência à Bandeira Nacional.
d) A sentinela de posto fixo apresenta armas a tropa comandada por oficial.

15- Oficial com espada desembainhada abate espada nas seguintes situações, exceto:
a) Quando o Hino Nacional for tocado em cerimônia militar ou cívica em ambiente fechado.
b) A oficial general da reserva.
c) Na apresentação a oficial general em locais cobertos.
d) Às Bandeiras de Hinos da nações estrangeiras.

16- A data festiva da comemoração da Batalha Naval do Riachuelo e celebrada no dia:


a) 19 de abril.
b) 8 de maio.
c) 11 de junho.
d) 12 de outubro.

17- Analise o texto abaixo:


Enterro
“O corpo do general Bacellar desembarcou na manhã desta quarta-feira na Base Aérea do Galeão, vindo
de Brasília, e foi recepcionado pela Brigada Pára-Quedista do Exército. Depois seguiu escoltado por
batedores até o Cemitério Memorial do Carmo, no bairro do Caju, região portuária do Rio.
“Houve salva de tiros de fuzil e de canhão, e o caixão foi carregado coberto pela bandeira brasileira. A
mulher e o casal de filhos de Bacellar acompanharam o cortejo, e pediram que a marcha fúnebre fosse
trocada pela canção "Eterno Herói".” (AOL Notícias – Reuters – 16h 30 min – 11/01/2006).

Assinale a alternativa INCORRETA, considerando que o texto trata de um General de Divisão.


a) As salvas fúnebres, mencionadas no segundo parágrafo, são de 15 tiros.
b) A escolta mencionada no primeiro parágrafo é Fúnebre e tem efetivo equivalente a um pelotão.
c) As Honras Fúnebres são equivalentes às de Brigadeiro do Ar.
d) A salva de tiros de fuzil, mencionada no segundo parágrafo, é de responsabilidade da Guarda
Fúnebre.

18- Assinale dentre as alternativas abaixo a que não tem direito a continência.
a) Hino Nacional tocado em treinamento de formatura militar.
b) Bandeira Nacional, em desfile de 7 de setembro, conduzida pelo Jardim de Infância Anjinho Feliz.
c) A Bandeira dos Estados Unidos da América, em solenidade militar ou cívica.
d) Os integrantes das Forças Auxiliares.
19- Quando um militar estiver com as duas mãos ocupadas, faz a continência individual da seguinte forma:
a) Faz vivo movimento de cabeça, se estiver em movimento e for mais moderno.
b) Toma a posição de sentido e volta-se perpendicularmente para a direção do movimento do mais
antigo.
c) Somente responde com um cumprimento verbal, se for mais antigo.
d) Faz um aceno de cabeça, se estiver parado e for mais antigo.

20- (EAOF 2005) Em embarcação, viatura ou aeronave militar, o mais antigo é:


a) O primeiro a embarcar e o primeiro a desembarcar.
b) O primeiro a embarcar e o último a desembarcar.
c) O último a embarcar e o primeiro a desembarcar.
d) O último a embarcar e o último a desembarcar.

21- Sobre apresentação do Estandarte Histórico aos recrutas, assinale a alternativa incorreta:
a) A tropa forma desarmada.
b) O Estandarte Histórico com sua guarda aproxima-se e ocupa um lugar de destaque defronte à tropa.
c) O Comandante da OM fará uma alocução sobre o Estandarte.
d) Neste dia, o Estandarte ficará em local apropriado para ser visto por toda a tropa.
4
EAOF RCONT Cap Dourado

22- Sobre apresentação da Bandeira Nacional aos recrutas, assinale a alternativa incorreta.
a) A tropa forma armada, sem Bandeira, sob o comando do Comandante da OM.
b) A Bandeira, conduzida desfraldada, sem sua Guarda, aproxima-se e ocupa lugar de destaque em
frente à tropa.
c) O Comandante da OM, ou quem for por ele designado, fará uma alocução apresentando a Bandeira
Nacional.
d) Após a alocução a tropa presta continência à Bandeira Nacional.

23- Quanto à continência da tropa em desfile, assinale a alternativa correta.


a) Na Banda de Música, somente a testa e a coluna da direita (esquerda) não olham à direita (esquerda).
b) Nas formações não emassadas o comando de olhar à direita (esquerda) é dado pelo comandante da
subunidade.
c) Os comandantes de unidade ou subunidade, em viatura, fazem a continência individual e não olham
para a direita (esquerda).
d) Os oficiais que não estão em comando de fração de tropa, fazem a continência individual e não olham
para a direita (esquerda).

24- Sobre continência da tropa a pé firme, assinale a alternativa INCORRETA.


a) Para continência a oficial superior, a tropa executa o comando de Ombro Arma.
b) Para continência a oficial subalterno ou a intermediário, a tropa executa o comando de Sentido.
c) Para oficial general estrangeiro, só é prestada a continência em caso de visita oficial.
d) No caso de tropa desarmada, ao comando de Apresentar Arma todos fazem a continência individual,
e a desfazem ao comando de Descansar Arma.

25- Sobre procedimento do militar em situações diversas, assinale a alternativa incorreta:


a) O militar conduzindo motocicleta ou bicicleta não faz continência.
b) O portador de uma mensagem, ao cruzar ou passar por um superior, informa em voz alta “serviço
urgente”.
c) Em embarcação, viatura ou aeronave militar, o mais antigo é o primeiro a embarcar e o último a
desembarcar.
d) Militar a pé, conduzindo cavalo, segura a rédea com a mão esquerda, para prestar continência com a
mão direita.

26- Sobre continência da tropa é correto afirmar:


a) Quando a tropa estiver em deslocamento, na execução de sua continência, os oficiais sem espada ou
com ela embainhada, fazem a continência individual e olham à direita (esquerda), exceto o
comandante de fração.
b) Quando a tropa estiver em desfile, na execução de sua continência, os oficiais com espada
desembainhada, perfilam espada e não olham para a direita, exceto o comandante de unidade ou
subunidade.
c) Quando duas tropas estiverem se deslocando, a continência deve sempre ser iniciada por aquela que
tenha o comandante de menor hierarquia.
d) A tropa em deslocamento sem cadência ou no passo acelerado presta continência a Hino ou Bandeira
de outras nações com o comando de “atenção”.

27- Observe as alternativas abaixo e assinale a alternativa correta:


I- Todo militar faz alto para continência à Bandeira Nacional, ao Hino Nacional e ao
Presidente da República.
II- Quando o Hino Nacional for tocado em cerimônia religiosa, o militar participante da
cerimônia faz a continência individual voltado para onde vem a música.
III- Quando o Hino Nacional for cantado, a tropa militar presente não faz a continência,
permanecendo na posição de sentido até o final de sua execução.

a) Todas as alternativas estão corretas.


b) Somente a II e a III estão corretas.
5
EAOF RCONT Cap Dourado

c) Somente I está correta.


d) Somente I e III estão corretas.

28- Numa Organização militar, comandada por Coronel, um Tenente-Brigadeiro faz uma visita. Com base
nessa informação, assinale a alternativa correta.
a) Será hasteada a insígnia do visitante do lado esquerdo da verga do mastro da Bandeira.
b) A Guarda só prestará continência a Tenentes-Brigadeiros mais antigos que o visitante e ao
Comandante.
c) A Guarda prestará continência ao visitante postando-se do lado externo do prédio à esquerda do
Sentinela das Armas.
d) O efetivo previsto para a Guarda é de uma companhia.

29- Analise as proposições abaixo e assinale a alternativa correta:


I- Aos Ministros de Estado, Governadores e Ministros do STM são prestadas continências
previstas para Tenente-Brigadeiro.
II- Aos Governadores de Território Federal são prestadas continências previstas para
Major-Brigadeiro.
III- Coronel que exerce função de Brigadeiro tem direito às continências previstas para
Brigadeiro somente na OM onde serve e nas que lhes são subordinadas.

a) Apenas a II está incorreta.


b) I e II estão incorretas.
c) Apenas II e III estão corretas.
d) Todas estão corretas.

30- Em relação a continência da tropa, assinale a alternativa incorreta:


a) A continência de uma tropa para outra está relacionada à situação de conduzirem ou não a Bandeira
Nacional ou ao grau hierárquico de seus comandantes.
b) Na continência toma-se como referência, para início da saudação, a Bandeira Nacional ou a testa da
formatura, caso a tropa não conduza Bandeira.
c) No período compreendido entre o arriar da Bandeira Nacional e o toque que alvorada do dia
seguinte, a tropa presta continência somente à Bandeira Nacional, ao Hino Nacional, ao Presidente
da República e às Bandeiras e Hinos de outras nações.
d) Para Oficial General estrangeiro só é prestada continência em caso de visita oficial.

31- Assinale a alternativa incorreta:


a) Nenhuma tropa poderá iniciar marcha, embarcar, desembarcar, tomar posição de à vontade ou sair de
forma sem a permissão do mais antigo presente.
b) Se uma tropa cruzar com outra, a que for comandada pelo mais antigo passa em primeiro lugar.
c) Se uma tropa alcançar outra, deslocando-se no mesmo sentido, pode passar-lhe a frente, em princípio
pela direita, mediante licença ou aviso do mais antigo que a comanda.
d) A Guarda forma para prestar continência à tropa de efetivo igual ou superior a subunidade, sem
Bandeira, que saia ou regresse ao quartel.

32- Assinale dentre as alternativas abaixo a que não integra o cerimonial de “Culto à Bandeira” no dia 19 de
Novembro.
a) Canto do Hino Nacional.
b) Hasteamento da Bandeira Nacional.
c) Incineração de Bandeiras inservíveis, se for o caso.
d) Desfile em continência à Bandeira Nacional.

33- Sobre precedência nas Cerimônias Militares é correto afirmar:


a) As cerimônias realizadas e Organizações Militares são presididas pela autoridade de maior grau
hierárquico presente.
b) Quando o Presidente da República comparecer a qualquer solenidade militar, compete-lhe sempre
dirigi-la.

6
EAOF RCONT Cap Dourado

c) Quando uma autoridade se faz representar em solenidade ou cerimônia, seu representante tem lugar
de destaque e a precedência correspondente à autoridade que está representando.
d) A cerimônia será dirigida pelo Comandante, Diretor ou Chefe da OM.

34- O efetivo da tropa a formar na solenidade de entrega de condecorações deve corresponder ao escalão de
comando do militar de maior hierarquia, não sendo nunca inferior a _______________
a) Um pelotão de fuzileiros ou equivalente.
b) Uma companhia ou equivalente.
c) Um batalhão ou equivalente.
d) Um pelotão e corneteiro.

35- Nos aeroportos civis, as honras militares são prestadas por tropa da Aeronáutica, caso existente na
localidade.
a) Somente ao Presidente da República.
b) Somente ao Presidente e ao Vice-Presidente da República.
c) Ao Presidente, ao Vice-Presidente da República e aos Ministros de Estado.
d) Ao Presidente, ao Vice-Presidente da República, aos Ministros de Estado e aos Chefes de Estado
Estrangeiro quando da chegada à Capital Federal.

36- Assinale a alternativa correta:


a) Quando dois militares se deslocam juntos o de menor antiguidade fica à esquerda do superior.
b) Para falar com oficial general nas relações correntes de serviço, pode ser utilizado o tratamento de
“Senhor Brigadeiro”.
c) Para falar formalmente com o Comandante, Diretor ou Chefe de Organização Militar, é admitido o
tratamento de “Comandante”, “Diretor” ou “Chefe”.
d) Os sinais de respeito e apreço são obrigatórios em todas as situações, exceto nos exercícios no
terreno e em campanha.

37- Dentre as autoridades abaixo, assinale a que não tem direito a continência.
a) Ministros.
b) Senadores.
c) Autoridades civis estrangeiras.
d) Governadores de Estado.

38- O militar armado de espada desembainhada faz a continência individual da seguinte forma:
a) Perfila a espada.
b) Abate a espada.
c) Toma a posição de sentido e perfila a espada.
d) Abate espada em locais cobertos, quanto tiver que se apresentar.

39- Assinale a alternativa incorreta:


a) Quando o Hino Nacional estiver sendo executado em cerimônia religiosa, o militar participante da
cerimônia não faz a continência individual.
b) Quando o Hino Nacional for tocado em cerimônia à Bandeira ou ao Presidente da República, o
militar volta-se para a Bandeira ou para o Presidente da República.
c) Quando o Hino Nacional for cantado a tropa não faz a continência, apenas aqueles que não estejam
incorporados a ela.
d) Os militares em serviço policial ou de segurança poderão ser dispensados dos procedimentos sobre
continência individual.

40- Assinale V para verdadeiro ou F para falso e, a seguir, assinale a resposta correta:
( ) Militares em veículo parado fazem a continência individual, tanto o condutor quanto o passageiro.
( ) Militares com o veículo em movimento: somente o condutor não faz a continência individual.
( )No deslocamento de elementos transportados por viaturas, somente o Comandante e o Chefe de cada
viatura fazem a continência individual.
( ) Se o militar estiver conduzindo bicicleta ou motocicleta, deverá passar por superior hierárquico em
marcha moderada para prestar-lhe a continência individual.
7
EAOF RCONT Cap Dourado

( ) O portador de uma mensagem, qualquer que seja o meio de transporte empregado, não modifica sua
velocidade em marcha ao cruzar ou passar por um superior; informa ao superior “Mensagem Urgente”.
a) V-V-F-F-V
b) V-F-V-V-F
c) F-F-F-V-V
d) V-V-V-F-F

41- O Sgt Melquíades do efetivo da Base Aérea de Itaquaquecetuba, viajou para o Rio de Janeiro para
adquirir, no CENDOC, as apostilas e regulamentos do concurso para o Estágio de Adaptação ao Oficialato.
Supondo que o Sgt. Melquíades tenha chegado no CENDOC numa quarta-feira, dia útil, assinale dentre as
alternativas abaixo aquela que contém o procedimento correto do militar, à luz do RCONT.
a) O Sgt Melquíades deverá se apresentar ao Órgão de Pessoal do CENDOC.
b) O Sgt Melquíades deverá se apresentar ao Oficial de Dia.
c) O Sgt Melquíades deverá se apresentar ao Chefe do CENDOC.
d) O Sgt Melquíades deverá se apresentar ao Comandante da UNIFA, visto o CENDOC ser apenas uma
subunidade daquela Universidade.

42- Analise as proposições abaixo, e a seguir assinale a alternativa correta.


I- O Ten. Casanova, ao encontrar sua namorada, estando de quepe, cumprimenta-a da
seguinte forma: descobre-se e aguarda que a moça lhe estenda a mão, para que possa
beijá-la.
II- O Ten. Napoleão, na cerimônia de sua formatura como oficial, estando de luvas, recebe
sua espada das mãos de sua mulher, Maria Antonieta. Para agradecê-la, descobre-se,
retira a luva da mão direita, aguarda que ela lhe estenda a mão e a beija ternamente.
III- O Ten. Rústico, na mesma situação do Ten. Napoleão, cumprimenta a todos sem
descalçar as luvas.
IV- A Ten. Beth, na mesma situação, ao receber a espada das mãos da Sr.ª sua mãe, não se
descobriu nem descalçou as luvas. Abraçaram-se, beijaram-se e choraram mansamente.
a) O Ten. Casanova não deveria ter retirado o quepe.
b) O Ten. Napoleão agiu com correção ao retirar a luva.
c) Somente o Ten. Rústico agiu corretamente.
d) A Ten. Beth e o Ten. Rústico agiram corretamente.

43- O militar fardado descobre-se ao entrar num recinto coberto. Em ambientes descobertos, porém, há casos
em que o militar além de retirar a cobertura, fica desobrigado de prestar continência individual. Assinale
dentre as alternativas abaixo a que contém uma exceção a essa regra.
a) Funerais.
b) Reuniões Sociais.
c) À saída de templos.
d) Cultos Religiosos.

44- (EAOF 2005) A Escolta Fúnebre é constituída:


a) Para Oficiais Superiores – por tropa formada a pé, de efetivo equivalente a um pelotão.
b) Para oficiais Generais – por tropa a cavalo ou motorizada, de efetivo equivalente a um batalhão.
c) Para Oficiais Intermediários – por tropa formada a pé, de efetivo equivalente a um Grupo de
Combate.
d) Para Oficiais Subalternos, Guardas-Marinhas e Aspirantes a Oficial – por tropa formada a pé de
efetivo equivalente a uma companhia.

45- (EAOF 2005) Das alternativas abaixo, para quem a Guarda de Honra deve tomar a posição de sentido?
a) Hino Nacional.
b) Bandeira Nacional.
c) Autoridades de posto superior ao do seu Comandante.
d) Autoridades hierarquicamente superiores ao homenageado.

8
EAOF RCONT Cap Dourado

46- (EAOF 2003) O Ten. José, armado de espada desembainhada, apresentou-se ao Coronel Zacarias, no
gabinete de trabalho deste. Cumprindo corretamente o previsto no RCONT, durante a apresentação, o Ten.
fez.
a) Apenas a posição de sentido.
b) “Perfilar” e, a seguir, ‘abater espadas”.
c) A posição de “sentido” e “perfilar espadas”.
d) A posição de “sentido”, “perfilar” e, a seguir, “abater espadas”.

47- Sobre Honras Militares, assinale a alternativa correta.


a) Escoltas Fúnebres são constituídas para acompanhar os restos mortais de militares da ativa, da
reserva e reformados e demonstrar publicamente o sentimento de pesar que a todos envolve.
b) Comissões de Pêsames são destinadas a acompanhar os despojos mortais de oficiais da ativa,
falecidos no serviço ativo.
c) Honras Fúnebres são Preito da Tropa.
d) As Salvas de Gala são dadas entre as oito e as dezoito horas.

48- A Bandeira Nacional é hasteada com maior gala nas seguintes datas, exceto:
a) 21 de fevereiro – Comemoração Tomada de Monte Castelo.
b) 8 de maio – Dia da vitória na 2ª Guerra Mundial.
c) 1º de janeiro – Dia da Fraternidade Universal.
d) 13 de junho – Corpus Christi.

49- Sobre incorporação e desincorporação da Bandeira Nacional, assinale a alternativa incorreta:


a) A tropa recebe a Bandeira em qualquer formação.
b) O Comandante da tropa, verificando que a Guarda Bandeira está pronta, comanda “apresentar arma” e
Bandeira avançar”.
c) Para incorporação, a tropa fica em apresentar arma.
d) Para desincorporação, a tropa fica em ombro arma.

50- Assinale a alternativa correta:


a) Nas apresentações, caso esteja armado de espada desembainhada, fuzil ou metralhadora de mão, o militar
faz alto à distância de dois passos do superior e executa o "Perfilar Espada" ou "Ombro Arma". Em locais
cobertos, apenas toma a posição de "Sentido".
b) Em embarcação, viatura ou aeronave militar, o mais antigo é o primeiro a embarcar e o último a
desembarcar.
c) Todo militar é obrigado a reconhecer o Presidente e o Vice-Presidente da República, os Comandantes das
Forças Armadas, os Comandantes, Chefes ou Diretores da cadeia de comando a que pertencer a sua
organização e os oficiais de sua Organização Militar.
d) o portador de uma mensagem, qualquer que seja o meio de transporte empregado, não modifica a sua
velocidade de marcha ao cruzar ou passar por um superior e informa em voz alta "mensagem urgente".

51- A guarda formada presta continência, exceto:


a) aos Oficiais Superiores nas Organizações Militares.
b) à guarda que venha rendê-la.
c) aos Ministros de Estado.
d) aos Chefes de Estado estrangeiros.

52- A Escolta Fúnebre para Capitão é constituída:


a) por tropa a cavalo ou motorizada de efetivo equivalente a um Pelotão.
b) por tropa, formada a pé, de efetivo equivalente a um Pelotão.
c) por tropa, formada a pé, de efetivo equivalente a dois Grupos de Combate.
d) por tropa, formada a pé, de efetivo equivalente a um Grupo de Combate.

53 - Sobre bandeiras-insígnias, distintivos e estandartes, assinale alternativa à luz do RCONT.

9
EAOF RCONT Cap Dourado

a) Todas as Organizações Militares devem ter, disponíveis para uso, as bandeiras-insígnias do Presidente da
República, do Vice-Presidente da República, do Ministro de Estado da Defesa, do Comandante da respectiva
Força e das autoridades da cadeia de comando a que estiverem subordinadas.
b) Se várias Organizações Militares tiverem sede em um mesmo edifício, no mastro desse edifício serão
hasteadas as bandeiras-insígnia ou distintivos dos Comandantes, Diretores ou Chefes das OM.
c) Por ocasião da solenidade de hasteamento ou de arriação da Bandeira Nacional, a bandeira-insígnia ou
distintivo deve ser arriado, devendo ser hasteado novamente após o término daquelas solenidades, exceto
após as 18h. .
d) O ato de hastear ou arriar a bandeira-insígnia ou o distintivo é executado com o toque respectivo previsto
no "Manual de Toques, Marchas e Hinos das Forças Armadas" - FA-M-13.
54 - Sobre continência da tropa, assinale dentre as alternativas abaixo a que contém formação que permite ao
comandante da fração dar voz de comando.
a) Emassada.
b) Não emassada.
c) Em linha de pelotões.
d) Em linha de companhia.
55 - Um grupo de militares foi escalado para comparecer ao funeral de um soldado que faleceu vítima do
terremoto do dia 12 de janeiro de 2010 no Haiti. O fato é exemplo de:
a) Honras de despedida.
b) Comissão de pêsames.
c) Escolta fúnebre.
d) Guarda fúnebre.
56 - Assinale a autoridade que não tem direito à continência individual.
a) Os ministros civis do Superior Tribunal Militar.
b) O Presidente da Câmara dos Deputados.
c) O Presidente do Senado Federal.
d) O Governador do Estado da Califórnia.
57 - Sobre formações de tropa assinale a alternativa correta:
a) Nos desfiles em linha de pelotões, os respectivos comandantes comandam olhar à direita a dez passos da
autoridade homenageada.
b) Nas tropas em deslocamento, na formação emassada de companhia, os comandantes de pelotão, durante a
continência, fazem continência e olham à direita.
c) Nos desfiles em formação emassada de batalhão, os comandantes de companhia não comandam a
execução da continência.
d) Em formação não emassada de companhia, cada comandante de pelotão comanda olhar à direita para
continência ao Hino Nacional.
58 - A Bandeira Nacional é hasteada nas Organizações Militares, com maior gala, de acordo com o
cerimonial específico de cada Força Armada, nas grandes datas, nas datas festivas e nos feriados nacionais.
De acordo com tais dados, assinale a alternativa cuja data apresenta incorreção:
a) Dia da vitória na Segunda Guerra Mundial – 8 de maio.
b) Batalha Naval do Riachuelo – 11 de junho.
c) Descobrimento do Brasil – 22 de abril.
d) Dia do Exército Brasileiro – 19 de abril.
59) No período compreendido entre o arriar da Bandeira Nacional e o toque de alvorada do dia seguinte, a
sentinela móvel:
a) Apresentará armas a tropa comandada por oficial.
b) Tomará a posição de “sentido” e a seguir fará “ombro armas” à tropa não comandada por oficial.
c) Tomará apenas a posição de “sentido” para prestar continência.
d). Prestará continência apenas para a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, o Presidente da República e
Bandeiras e Hinos de Nações Estrangeiras

60) Tem direito à continência da guarda:


a) Senadores da República.
b) Deputados Federais.
10
EAOF RCONT Cap Dourado

c) O presidente da França.
d) O Vice-Presidente da República.

61) Sobre Comissões de Cumprimentos e de Pêsames é correto afirmar:


a) A Comissão de Cumprimentos é formada somente por oficiais.
b) A Comissão de Pêsames é formada somente por praças.
c) A Comissão de Pêsames é constituída para acompanhar os restos mortais de qualquer militar falecidos em
serviço ativo.
d) A Comissão de Cumprimentos é determinada pela autoridade visitante, somente quando se tratar da
primeira visita ou inspeção.

62) A composição da Guarda de Honra para o Vice-Presidente da República é composta por:


a) Um batalhão.
b) Dois batalhões.
c) Uma companhia.
d) Duas companhias.

63) Sobre Honras Fúnebres, é correto afirmar:


a) A escolta fúnebre para o Ministro da Defesa é composta por duas companhias a pé.
b) A guarda fúnebre para o Ministro da Defesa é composta por um batalhão de infantaria ou equivalente.
c) Não há guarda fúnebre nem escolta fúnebre para o Vice-Presidente da República.
d) As escoltas fúnebres para oficiais generais ladeiam o féretro desde o portão do cemitério até o túmulo.

64) Sobre Honras de Recepção e Despedida é correto afirmar:


a) É uma modalidade de preito da tropa.
b) Há Guarda de Honra para a autoridade visitante, quando esta a requerer, mas somente em sua primeira
visita.
c) Sempre haverá Guarda de Honra para a autoridade visitante, determinada por autoridade superior na
cadeia de comando.
d) Não se aplica ao Presidente da República, o qual será sempre recebido com Honras de Gala.

65) Sobre continência, pode-se afirmar que:


a) É possível abater espada em local fechado.
b) A tropa faz continência para Oficial General com o comando de “apresentar arma”.
c) Quando as duas mãos estiverem ocupadas, faz-se a continência com um aceno de cabeça.
d) Não há continência da tropa para Chefe de Estado Estrangeiro.

66) Numa sexta-feira à noite, a 3S Chapeuzinho Vermelho encontrou, causalmente, com seu chefe, o Cap
Lobomau, na Feira de Tradições Nordestina, na pista de forró. De acordo com o que preceitua o RCONT, o
procedimento correto da 3S será:
a) Cumprimentá-lo dizendo “oi, capitão”.
b) Fazer continência individual.
c) Ambos os militares deverão apresentar-se mutuamente.
d) Acenar para o capitão.

67) Sobre o procedimento do militar isolado ao prestar continência para uma tropa em movimento, assinale a
alternativa INCORRETA.
a) Para o cumprimento à Bandeira Nacional, o militar a pé para e faz a continência individual.
b) Qualquer que seja seu posto ou graduação, para, volta-se para a tropa e toma a posição de “sentido”.
c) Se estiver em movimento e for mais antigo que o comandante da tropa, apenas corresponde à continência
que lhe for prestada.
d) Para o cumprimento à Bandeira Nacional, se no interior de veículo, faz a continência individual sem
desembarcar.

11
EAOF RCONT Cap Dourado

68) A Bandeira Nacional é hasteada nas Organizações Militares, com maior gala, de acordo com o
cerimonial específico de cada Força Armada, nas grandes datas, nos feriados e nas datas festivas. Assinale a
opção que contém data festiva.
a) 7 de setembro – dia da independência do Brasil.
b) 15 de novembro – dia da proclamação da República.
c) 25 de dezembro – dia de Natal.
d) 22 de abril – dia da aviação de caça.

69) A guarda fúnebre para Major é composta por:


a) Um batalhão.
b) Duas companhias.
c) Uma companhia.
d) Um pelotão.

70) O número de tiros das salvas fúnebres para o Ministro da Defesa é:


a) 21.
b) 19.
c) 17.
d) 15.

71) O oficial com espada desembainhada apresenta armas, fazendo o movimento de abater espada, nas
seguintes situações, EXCETO:
a) Quando a Bandeira Nacional for conduzida por escola civil, no desfile de 7 de setembro.
b) Quando o Hino Nacional for tocado em local fechado.
c) Em continência a oficial general em local coberto.
d) Quando Hino de Nação Estrangeira for tocado em cerimônia militar ou cívica.

72) Sobre o procedimento do militar para saudação a civis de suas relações, é correto afirmar.
a) Não se cumprimenta civis com a continência individual.
b) Um tenente, na sua formatura no CIAAR, após receber a espada, para cumprimentar sua pretendida, retira
o quepe, descalça as luvas e aguarda que ela lhe estenda a mão.
c) Uma tenente não se descobre para cumprimentar sua mãe.
d) Somente é possível o cumprimento pelo aperto de mão ou com aceno de cabeça.

73) Assinale a alternativa que contém o procedimento correto quanto à tropa em desfile.
a) Os oficiais que não estiverem em comando, fazem a continência e não olham para a autoridade.
b) Os oficiais em comando, com espada desembainhada, fazem perfilar espada e olham para a autoridade.
c) A Bandeira não é desfraldada e o Estandarte não é abatido, exceto para outra Bandeira.
d) Na Banda de Música, somente a testa e a coluna da direita (ou esquerda) da não olham à direita (ou
esquerda).
74) Assinale a alternativa INCORRETA quanto à continência individual.
a) Se a tropa estiver parada e o militar estiver a pé, este presta continência sem parar.
b) Para continência à Bandeira Nacional conduzida por tropa, o militar fardado, na condução de viatura,
desembarca e faz a continência.
c) Para continência à Bandeira Nacional, no hasteamento ou na arriação, o militar à paisana, desembarca do
veículo e assume posição de respeito.
d) Com o veículo parado, tanto o condutor como o passageiro fazem a continência individual sem se
levantarem.

75) Todo militar é obrigado a reconhecer determinadas autoridades. Assinale a alternativa que apresenta
autoridade que se constitui EXCEÇÃO a essa regra.
a) O Comandante da Força Armada a que pertença o militar.
b) O Chefe do Estado Maior da Força Armada a que pertença o militar.
c) Os comandantes da cadeia de comando.
d) Os oficias de sua OM.
12
EAOF RCONT Cap Dourado

76) Sobre a tropa emassada é correto afirmar:


a) O comandante da unidade dá o comando da continência da tropa, sem o toque de execução.
b) Os comandantes das subunidades dão a execução da continência da tropa.
c) Os comandantes das subunidades não estão no comando de suas frações.
d) Em desfile, os comandantes das subunidades fazem a continência e encaram a autoridade.

77) Sobre precedência nas cerimônias, assinale a alternativa correta.


a) Comparecendo o Presidente da República a qualquer cerimônia militar, cumpre-lhe sempre dirigi-la.
b) Presidirá a solenidade, em qualquer caso, a mais alta autoridade presente.
c) O representante de uma autoridade posiciona-se em lugar compatível com sua própria precedência.
d) A precedência entre os Adidos Militares estrangeiros do mesmo posto é estabelecida pelo tempo de
serviço que cada um tiver naquele posto.

78) Têm direito à continência individual:


a) Os Ministros civis do Superior Tribunal Militar.
b) Um oficial da Royal Air Force, reconhecido ou identificado, em férias no Rio de Janeiro.
c) Os senadores da República Federativa do Brasil.
d) O presidente da França em visita de caráter não oficial.

79) Têm direito à continência da tropa em deslocamento no passo acelerado ou sem cadência:
a) Os militares da ativa das Forças Armadas, mesmo em trajes civis, quando reconhecidos ou identificados.
b) A tropa quando formada.
c) Os militares das Forças Armadas estrangeiras, quando uniformizados e, se em trajes civis, quando
reconhecidos ou identificados.
d) Os integrantes das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares.

80) A guarda formada presta continência para os seguintes símbolos e militares, EXCETO:
a) Os militares da ativa das Forças Armadas, mesmo em trajes civis, quando reconhecidos ou identificados.
b) A tropa quando formada.
c) Os militares das Forças Armadas estrangeiras, quando uniformizados e, se em trajes civis, quando
reconhecidos ou identificados.
d) A bandeira dos Estados Unidos, nas mesmas condições da Bandeira Nacional.

81) Sobre continência da sentinela, assinale a alternativa correta.


a) No período compreendido entre o arriar da Bandeira Nacional e o toque de alvorada do dia seguinte,
presta continência a um oficial general tomando a posição de sentido.
b) À passagem de marinheiros e soldados, a sentinela toma a posição de sentido, e aqueles militares
respondem com a continência individual.
c) A sentinela móvel presta continência ao Presidente da República fazendo a continência individual.
d) Para prestar continência a uma tropa comandada por oficial, a sentinela toma a posição de "Sentido",
executando o "Apresentar Arma" quando a testa da tropa estiver a dez passos, assim permanecendo até o
completo escoamento da tropa.

82) Sobre salvas fúnebres é correto afirmar:


a) Por ocasião do falecimento do Vice-Presidente da República, logo que recebida a comunicação oficial, a
OM designada executa uma salva com o número de tiros previstos.
b) A salva para o Ministro da Defesa têm mais tiros do que para os Comandantes das Forças Armadas.
c) O intervalo entre os tiros da salva fúnebre para o Presidente da República é de dez minutos.
d) Para o Vice-Presidente da República a salva é composta por 19 tiros.

83) Sobre bandeiras-insígnias, distintivos e estandartes, assinale alternativa à luz do RCONT.

13
EAOF RCONT Cap Dourado

a) Todas as Organizações Militares devem ter, disponíveis para uso, as bandeiras-insígnias do Presidente da
República, do Vice-Presidente da República, do Ministro de Estado da Defesa, do Comandante da respectiva
Força e das autoridades da cadeia de comando a que estiverem subordinadas.
b) Se várias Organizações Militares tiverem sede em um mesmo edifício, no mastro desse edifício serão
hasteadas as bandeiras-insígnia ou distintivos dos Comandantes, Diretores ou Chefes das OM
c) Por ocasião da solenidade de hasteamento ou de arriação da Bandeira Nacional, a bandeira-insígnia ou
distintivo deve ser arriado, devendo ser hasteado novamente após o término daquelas solenidades, exceto
após as 18h.
d) O ato de hastear ou arriar a bandeira-insígnia ou o distintivo é executado com o toque respectivo previsto
no "Manual de Toques, Marchas e Hinos das Forças Armadas" - FA-M-13.
84) Assinale a alternativa correta.
a) Todo militar, ao dirigir-se a uma senhora para cumprimentá-la, descobre-se.
b) Todo militar deve reconhecer o Chefe do Estado Maior de sua Força.
c) Com o veículo parado, em regra, tanto o condutor quanto o passageiro fazem a continência individual sem
se levantarem.
d) Ao entrar em uma OM que não a sua, a praça deve apresentar-se ao Órgão de Pessoal.

85) No período compreendido entre o arriar da Bandeira e o toque de alvorada no dia seguinte, a tropa
apenas presta continência à Bandeira Nacional, ao Hino Nacional, ao Presidente da República, às bandeiras e
hinos de outras nações e a outra tropa.
Nas mesmas circunstâncias, a sentinela:
a) Faz ombro arma para tropa comandada por oficial.
b) Toma apenas a posição de sentido.
c) Apresenta arma para tropa comandada por oficial.
d) Toma posição de sentido apenas para responder à continência que lhe é dirigida.

86) Sobre continência da tropa, assinale a alternativa incorreta.


a) Em deslocamento, em regra, a Bandeira não é desfraldada e o estandarte não é abatido.
b) Em desfile, a Bandeira é desfraldada e o estandarte abatido.
c) Em deslocamento, oficial com espada desembainhada e em comando de fração, perfila a espada e não olha
para a direita.
d) Em desfile, os oficiais que não estão em comando de fração, fazem a continência individual e olham à
direita.

87) Sobre condecorações, é correto afirmar:


a) Quando o agraciado for o Ministro de Estado da Defesa ou o Comandante de uma das Forças Armadas, o
cerimonial da entrega deverá ser realizado em Palácio da Presidência da República.
b) A solenidade para entrega de condecorações, quando realizada em cerimônia interna, é sempre presidida
pelo comandante, chefe ou diretor da Organização Militar onde serve o militar agraciado.
c) No caso de ser agraciado o próprio comandante, chefe ou diretor da Organização Militar considerada, a
direção da solenidade cabe à autoridade superior a quem está imediatamente subordinado, ou a oficial da
reserva, de patente superior à do agraciado, por este escolhido.
d) A Bandeira Nacional, ao ser agraciada com a Ordem do Mérito, o será pelo Grão-Mestre da Ordem, que
colocará a insígnia quando o Porta-Bandeira abatê-la.

88) Um grupo de militares foi escalado para comparecer ao funeral de um soldado que faleceu vítima do
terremoto do dia 12 de janeiro de 2010 no Haiti. O fato é exemplo de:
a) Honras de despedida.
b) Comissão de pêsames.
c) Escolta fúnebre.
d) Guarda fúnebre.
89) Sobre continência da tropa, assinale dentre as alternativas abaixo a que contém formação que permite ao
comandante da fração dar voz de comando.
a) Emassada.
b) Não emassada.
14
EAOF RCONT Cap Dourado

c) Em linha de pelotões.
d) Em linha de companhia.
90) Escolta fúnebre para os Comandantes da Forças Armadas tem o efetivo de:
a) Um pelotão a pé.
b) Uma companhia a pé.
c) Um pelotão motorizado.
d) Uma companhia motorizada.
91) Sobre salvas, assinale a resposta incorreta.
a) As salvas de gala são executadas no período compreendido entre as oito horas e a hora da arriação da
Bandeira Nacional.
b) Podem ser dadas salvas de gala na chegada e saída de autoridade que tenha direito às salvas, quando em
visita oficial anunciada a uma Organização Militar.
c) As salvas para Major Brigadeiro são de 15 tiros.
d) As salvas de gala por ocasião do falecimento do Presidente da República, terão intervalo de trinta
segundos.
92- O efetivo previsto para compor Guarda de Honra para Chefe de Estado Estrangeiro ao chegar à Capital
Federal é de:
a) Dois batalhões.
b) Um batalhão.
c) Duas companhias.
d) Uma companhia.

93) (EAOF 2008, adaptada) De acordo com o RCONT, leia as assertivas abaixo e marque (F) para falso ou
(V) para verdadeiro. A seguir, indique a opção com a sequência correta.
( ) Nos deslocamentos de elementos transportados por viaturas, só o comandante e o chefe de cada viatura
fazem a continência individual.
( ) O militar, desarmado, para se apresentar a um superior se aproxima até a distância de um aperto de mão.
( ) Um major da Polícia Militar não tem direito à continência de uma tropa da FAB comandada por um
tenente, quando a mesma se encontra a pé firme.
( ) A tropa a pé desfila em ombro-arma, com arma cruzada ou em bandoleira; nos dois primeiros casos, de
baioneta armada.
a) F – F – F – F
b) V – V – F – V
c) V – F – F – V
d) F – V – F – V

94) (EAOF 2009) O portador de uma mensagem, deslocando-se de bicicleta em velocidade rápida, ao passar
por um superior hierárquico deverá:
a) passar pelo superior em marcha moderada, concentrando a atenção na condução do veículo.
b) passar pelo superior em marcha moderada e cumprimentá-lo com um movimento de cabeça.
c) passar pelo superior sem modificar a velocidade de marcha e informá-lo em voz alta: “serviço urgente”.
d) diminuir a velocidade de marcha ao passar pelo superior, para informá-lo em voz alta: “serviço urgente”,
retornando à sua velocidade de marcha anterior.

95) Assinale a autoridade que não tem direito à continência individual.


a) Os ministros civis do Superior Tribunal Militar.
b) O Presidente da Câmara dos Deputados.
c) O Presidente do Senado Federal.
d) O Governador do Estado da Califórnia.

96) Têm direito a honras militares, exceto:


a) O Vice-presidente da República.
b) O Presidente do Senado Federal.
c) Os Chefes de Missão Diplomática.

15
EAOF RCONT Cap Dourado

d) O Superior Tribunal Militar, quanto incorporado.

97) Sobre Comissões de Cumprimentos assinale a alternativa correta.


a) Excepcionalmente, o Comandante da Aeronáutica pode determinar que haja Comissão de Cumprimentos a
autoridades não especificadas no RCONT.
b) As Comissões são compostas exclusivamente para a posse de autoridades civis e militares.
c) Na posse do Ministro da Defesa, a apresentação dos oficiais generais que compõem as Comissões fica a
cargo do Chefe do Estado Maior de cada Força.
d) Na posse do Comandante da Aeronáutica a Comissão é composta pelos oficiais generais da Aeronáutica,
que servem na capital federal, ficando a apresentação a cargo do Chefe do Estado Maior da Aeronáutica.

98) Sobre Guarda de Honra, assinale a alternativa correta.


a) Pode ser constituída de militares de mais de uma Força Armada ou Auxiliar.
b) Chefe de Estado Estrangeiro, na chegada à Capital Federal, tem direito a Guarda de Honra de efetivo de
uma companhia.
c) Para embarque ou desembarque, em aeródromo militar, quando de suas viagens oficiais e de serviço, o
Vice-Presidente tem direito a um pelotão e banda de música.
d) A Guarda de Honra de Ministros de Estado é composta por uma ala de Polícia da Aeronáutica, nos
aeroportos civis.

99) As salvas de gala devidas ao Ministro de Estado da Defesa, ao Comandante da Aeronáutica e ao Chefe
de Estado Maior da Aeronáutica são, respectivamente, de:
a) 21, 19 e 15 tiros.
b) 19, 17 e 17 tiros.
c) 19, 19 e 17 tiros.
d) 21, 17 e 15 tiros.

100) Sobre honras fúnebres devidas a Vice-Almirante, assinale a alternativa correta:


a) A Escolta Fúnebre acompanha o féretro desde o portão do cemitério ao túmulo.
b) As salvas fúnebres são de 15 tiros.
c) A guarda fúnebre é composta de uma companhia.
d) Não poderá haver simultaneamente Guarda Fúnebre e Comissão de Pêsames.

Marque V ou F.

1- ( ) A Escolta Fúnebre que acompanha o féretro do portão do cemitério ao túmulo somente se aplica a
Oficiais Superiores, Intermediários e Subalternos e a algumas praças especiais.
2- ( ) A Guarda de Honra faz continência tomando a posição de sentido, à passagem de tropa com efetivo
igual ou superior a um pelotão.
3- ( ) Quando o militar estiver com as duas mãos ocupadas, faz a continência com um aceno de cabeça.
4- ( ) Quando o Hino Nacional for tocado em cerimônia religiosa, o militar participante não faz a
continência individual.
5- ( ) Os oficiais são obrigados a reconhecer os Comandantes das três Forças Armadas..
6- ( ) Aos Ministros do Supremo Tribunal Federal são prestadas as continências previstas para Tenente-
Brigadeiro.
7- ( ) Nas formações emassadas de batalhão o comando de olhar à direita (esquerda) é dado pelos
comandantes de companhia.
8- ( ) No período compreendido entre o toque de silêncio e a alvorada do dia seguinte, a sentinela só
apresenta armas à Bandeira Nacional, ao Hino Nacional, ao Presidente da República, às bandeiras e hinos de
outras nações e à tropa formada, quando comandada por oficial.
9- ( ) Quando o Presidente da República ou o seu representante, comparecerem a qualquer solenidade
militar, competem-lhe sempre presidi-las.
16
EAOF RCONT Cap Dourado

10- ( ) A incorporação da Bandeira Nacional é sempre realizada com a tropa em Apresentar Arma; a
desincorporação o é com a tropa em Ombro Arma.
11- ( ) A cerimônia de entrega de condecorações é realizada numa data festiva, num feriado nacional ou em
dia previamente designado pelo Comandante e, em princípio, na presença de tropa armada.
12- ( ) A solenidade para entrega de condecorações, quando em cerimônia interna, é sempre presidida pelo
Comandante, Diretor ou Chefe da OM do militar agraciado.
13- ( ) Quando o agraciado for o Comandante, Diretor ou Chefe, a presidência da cerimônia caberá a Oficial
General da cadeia de comando.
14- ( ) Quando o agraciado for Oficial General e a cerimônia se der na capital federal, a entrega de
condecorações é presidida pelo Presidente da República.
15- ( ) Quando o agraciado for Comandante de Força Singular, a cerimônia terá lugar no Palácio da
Presidência da República.
16- ( ) Quando somente praças tiverem que receber medalhas ou condecorações, o paraninfo é sempre o
Comandante, Diretor ou Chefe da OM.
17- ( ) A Bandeira Nacional, ao ser agraciada com a Ordem do Mérito, o será pelo Grão-Mestre ou, no seu
impedimento, pelo Chanceler da Ordem.
18- ( ) Oficiais da reserva não têm direito a continência da tropa.
19- ( ) Aos Governadores de Estado são prestadas continências de tropa prevista para Tenentes-Brigadeiros.
20- ( ) Uma tropa a pé firme presta continência a um capitão executando o comando de “Sentido”.
21- ( ) A tropa em deslocamento faz continência ao Hino Nacional executando os comandos de “sentido” e
“olhar à direita” (ou esquerda).
22- ( ) A guarda formada presta continência a Oficiais Superiores nas Organizações Militares.
23- ( ) A guarda formada não presta continência a Hinos e Bandeiras de nações estrangeiras.
24- ( ) Na entrada ou saída do Comandante de uma OM, acompanhado de outros oficiais, a guarda sempre
presta continência ao mais antigo.
25- ( ) É vedado substituir a partitura para canto do Hino Nacional por qualquer outro arranjo vocal, exceto
o de Francisco Manoel da Silva.
26- ( ) Nas solenidades em que seja previsto o canto do Hino Nacional após o hasteamento da Bandeira
Nacional, esta poderá ser hasteada ao toque da Marcha Batida.
27- ( ) Comissões de Pêsames são constituídas para acompanhar os restos mortais de militares da ativa, da
reserva ou reformados.
28- ( ) Para oficiais falecidos quando no serviço ativo há escolta fúnebre.
29- ( ) Para oficiais falecidos quando no serviço ativo não poderá haver Comissões de Pêsames, uma vez
que já há previsão de Escolta Fúnebre.
30- ( ) A Guarda Fúnebre para oficial superior tem o efetivo de uma companhia.
31- ( ) Quando dois militares se deslocam juntos, o mais antigo vai sempre à direita do mais moderno.
32- ( ) Os militares da reserva ou reformados, mesmo quando reconhecidos ou identificados, não têm direito
à continência da tropa.
33- ( ) Chefe de Estado estrangeiro, quando em visita de caráter oficial, tem direito à continência da guarda.
34- ( ) A sentinela móvel presta continência à Bandeira Nacional, tomando apenas a posição de "Sentido".
35- ( ) Os ministros civis do STM não têm direito a continência individual.
36- ( ) O Ministro da Defesa só tem direito a continência, se estiver em visita de caráter oficial.
37- ( ) Todo militar faz alto para a continência à Bandeira Nacional, ao Hino Nacional e ao Presidente da
República.
38- ( ) Pode-se abater espada em ambiente fechado.
39- ( ) Quando o Hino Nacional for cantado, ou tocado em cerimônia religiosa, o militar não faz continência
individual.
40- ( ) Todo militar faz alto para continência a Oficial General ou ao seu comandante na primeira vez que o
encontrar no dia.
41- ( ) Na sede do Ministério da Defesa e nas Organizações Militares, a praça faz alto para continência a
Chefe de Estado Estrangeiro.
42- ( ) O militar na condução de qualquer veículo não presta continência. 43- ( ) Ao dirigir-se a uma OM
que não a sua, a praça deve apresentar-se ao Órgão de Pessoal, e o oficial ao Comandante.
44- ( ) O portador de uma mensagem, em alta velocidade numa bicicleta, não modifica a sua velocidade de
marcha ao cruzar ou passar por um superior e informa em voz alta: "serviço urgente".
45-( ) Todo militar, ao dirigir-se a uma senhora para cumprimentá-la, descobre-se.
46- ( ) Em embarcação, viatura ou aeronave militar, o mais antigo é o primeiro a embarcar e
17
EAOF RCONT Cap Dourado

o último a desembarcar.
47- ( ) Na Marinha, Vice-Almirante e Capitão de Fragata correspondem, na Aeronáutica, a Major-
Brigadeiro e Tenente-Coronel.
48- ( ) Uma tropa a pé firme presta continência para Oficial General executando o comando de “apresentar
arma”.
49- ( ) Tanto na tropa em deslocamento quando em desfile, os oficiais, com espada embainhada ou sem
espada, que não estiverem em comando de fração, fazem a continência individual e não olham à direita
(esquerda).
50- ( ) Na tropa em deslocamento a Bandeira Nacional não é desfraldada, exceto para outra Bandeira. Nos
desfiles, a Bandeira é abatida à passagem do homenageado. 56, § 2º, I; 61, III, b.
51- ( ) As cerimônias realizadas em Organizações Militares são presididas pela autoridade - da cadeia de
comando - de maior grau hierárquico presente, exceto quando estiverem presentes o Ministro da Defesa, o
Presidente da República ou o Vice-Presidente da República.
52- ( ) A Escolta Fúnebre para o Ministro da Defesa é constituída de duas companhias motorizadas ou a
cavalo, e ladeiam o féretro do portão do cemitério ao túmulo.
53- ( ) A Guarda de Honra para o Ministro da Defesa é composta de uma companhia.
54- ( ) As salvas de gala ou salvas fúnebres para General de Divisão são dadas com 15 tiros.
55- ( ) Na incorporação da Bandeira Nacional, a tropa permanece em “apresentar arma”. Na
desincorporação, permanece em “ombro arma”.
56- ( ) Um major da USAF tem direito à continência, se estiver em trajes civis e for identificado.
57- ( ) Na apresentação da Bandeira Nacional aos recrutas, a Bandeira forma sem sua guarda. Na
apresentação do Estandarte, este forma sem com guarda.
58- ( ) Para efeitos de hasteamento da Bandeira Nacional com maior gala, o dia 22 de abril é uma data
festiva, na qual se comemora o descobrimento do Brasil.
59- ( ) A solenidade para entrega de condecorações, quando realizada em cerimônia interna, é sempre
presidida pelo comandante, chefe ou diretor da Organização Militar onde serve o militar agraciado. .
60- ( ) Quando o agraciado for o Ministro de Estado da Defesa ou o Comandante de uma
das Forças Armadas, o cerimonial da entrega pode ser realizado em Palácio da Presidência da
República, servindo de paraninfo o Presidente da República.

18
EAOF RCONT Cap Dourado

GABARITO 55- B, art. 107.


56- A, art. 15, IX.
1- B, Art. 100 57- C, Doutrina. Art. 53, § 3º, in fine.
2- A, Art. 103 § 2º. 58- C, art. 166, III, c.
3- A, Art. 104 e §§; art. 107. 59- C, art. 78.
4- A, Art. 105. 60- D, art. 70.
5- B, Art. 110, IV e § 1º. 61- A, art. 104.
6- C, Art. 110 § 4º, c. 62- A, art. 109, § 1º.
7- D, Art. 111, I e III. 63- C, art. 133, 136.
8- D, 112 pu; 150; 112 §1º; 118; 118 pu e 137. 64- B, art. 103, § 2º.
9- C, Art. 136, V 65- A, art. 25, 2º.
10- C, Art. 136, IV. 66- A, art. 18, III.
11- B, 134 caput (v. 135 pu). 67- C, art. 33, II, a.
12- A, Art. 76, III. 68- D, art. 166, III, c.
13- D, Art. 76 §2º. 69- B, art. 133, V.
14- B, Art. 76 §2º. 70- B, art. 111. Gala e Fúnebres.
15- C, Art. 41 §3º. 71- D, art. 21, pu.
16- C, Art. 164, III. 72- C, art. 36.
17- C, equivalência. 73- A, art. 61, III, e.
18- A, Art. 15, II. 74- B, art. 31, II, a, parte final.
19- B, Art. 22, caput 75- B, art. 34.
20- C, Art. 40, caput. 76- C, doutrina. Ver art. 53 § 4º.
21- B, 171, II. 77- C, art. 151.
22- B, 169, II. 78- B, art. 15, XV.
23- D, 61, III, e. 79- C, art. 59.
24- A, 53, II. 80- C, art. 70.
25- C, 40. 81- A, art. 78.
26- B, Art. 61, II, c / III, d. 82- D, art. 111.
27- D, Art. 24. 83- A, art. 97.
28- B, Art. 75. 84- C, art. 30, I.
29- A, Art. 45 e 46 85- C, art. 51.
30- C, Art. 51 86- D, art. 61,III, e.
31- C, Art. 66. 87- B, art. 190.
32- A, Art. 156. 88- B, art. 107.
33- D, Art 143 § 1º. 89- B, doutrina. Ver art. 53 § 4º.
34- A, Art. 190. 90- D, art. 136, II.
35- B, Art. 110 § 5º. 91- D, gala no falecimento?!
36- A, Art. 4º. 92- B, art. 110, § 1º.
37- B, Art. 15, V. 93- B, art. 15.
38- C, Art. 21, caput. 94- C, art. 33, III e IV.
39- C, Art. 24 §2º. 95- A, art. 15, IX.
40- D, Art. 30 I, II e §2º; Art. 33,III e IV 96- B, art. 100.
41- B, Art. 32 §3º. 97- D, art. 105, § 2º.
42- D, Art. 36. 98- A, art. 113, pu.
43- C, Art. 35 §1º. 99- C, art. 111, II e III.
44- A, Art. 36, IV. 100- B, art. 111.
45- C, Art. 114.
46- A, Art. 41 §3º. V ou F
47- C, Art. 108, II. 1-V, 2-V, 3-F, 4-V, 5-V, 6-F, 7-F, 8-F, 9-F, 10-V,
48- D, Art. 164. 11-V, 12-V, 13-F, 14-F, 15-F, 16-F, 17-V, 18-F,
49- B, Art. 165, III. 19-, 20-V, 21-F, 22-V, 23-F, 24-V, 25-F, 27-V,
50- A, Art. 41 § 3º. 28-F, 29-F, 30-F, 31-F, 32-V, 33-F, 34-V, 35-V,
51- D, Art. 70, caput. 36-F, 37-V, 38-V, 39-V, 40-F, 41-F, 42-V, 43-F,
52- C, Art. 136, IV. 44-V, 45-F, 46-F, 47-V, 48-F, 49-V, 50-F, 51-V,
53- A, art. 97. 52-F, 53-V, 54-V, 55-V, 56-V, 57-F, 58-F, 59-V,
54- B, Doutrina. 60-V.

19
EAOF RCONT Cap Dourado

APÊNDICE A
PROVAS DOS CONCURSOS ANTERIORES PARA O ESTÁGIO DE ADAPTAÇÃO AO OFICIALATO.

EAOF 2004
38 - A tropa em desfile faz continência à Bandeira Nacional ou à maior autoridade presente à cerimônia,
obedecendo à seguinte prescrição: quando a tropa desfilar em linha de pelotões ou formação emassada de
companhia, o comando de “Olhar à Direita (Esquerda)!” é dado pelo:
a) Comandante Superior.
b) Comandante de Unidade.
c) Comandante de Batalhão.
d) Comandante de Subunidade.

39 - A solenidade para a entrega de condecorações, quando realizada em cerimônia interna, é sempre


presidida pelo Comandante, Chefe ou Diretor da Organização Militar onde serve o militar agraciado. No
caso de ser agraciado o próprio Comandante, Chefe ou Diretor da Organização Militar considerada, a
presidência da solenidade caberá ao:
a) Oficial da ativa, de patente superior à do agraciado, por este escolhido.
b) Oficial da reserva, de patente superior à do agraciado, por este escolhido.
c) Comandante do COMAR da área em que estiver situada a Organização Militar considerada.
d) Chefe do Estado-Maior do COMAR da área em que estiver situada a Organização Militar considerada.

40 - Nos aeroportos civis, as honras militares, na área do aeroporto, são prestadas por tropa da Aeronáutica,
caso existente na localidade,
a) somente ao Presidente da República.
b) somente ao Vice-Presidente da República.
c) somente ao Presidente e ao Vice-Presidente da República.
d) ao Presidente e ao Vice-Presidente da República, aos Ministros de Estado e, quando incorporado, ao
Superior Tribunal Militar.

41 - Para Oficiais Intermediários, a Guarda Fúnebre é constituída por tropa com o efetivo de:
a) um Pelotão de Fuzileiros, ou equivalente, de sua Força.
b) uma Companhia de Infantaria, ou equivalente, de sua Força.
c) duas Companhias de Infantaria, ou equivalente, de sua Força.
d) dois Grupos de Combate, ou equivalente, de sua Força.

EAOF 2005
36. Em embarcação, viatura ou aeronave militar, o mais antigo é:
a) O primeiro a embarcar e o primeiro a desembarcar.
b) O primeiro a embarcar e o último a desembarcar.
c) O último a embarcar e o primeiro a desembarcar.
d) O último a embarcar e o último a desembarcar.

37. A Bandeira Nacional é hasteada nas organizações militares, em certas ocasiões, com maior gala, de
acordo com o cerimonial específico de cada Força Armada. Uma das datas festivas em que isso acontece é o
dia:
a) 04 de novembro – Dia do Reservista.
b) 10 de abril – Dia da Vitória na Segunda Guerra Mundial.
c) 11 de junho – Comemoração da Batalha Naval do Riachuelo.
d) 25 de setembro – Comemoração da Tomada de Monte Castelo.

38. A Escolta Fúnebre é constituída:


20
EAOF RCONT Cap Dourado

a) Para Oficiais Superiores – por tropa, formada a pé, de efetivo equivalente a um Pelotão.
b) Para Oficiais-Generais – por tropa a cavalo ou motorizada de efetivo equivalente a um Batalhão.
c) Para Oficiais Intermediários – por tropa, formada a pé, de efetivo equivalente a um Grupo de Combate.
d) Para Oficiais Subalternos, Guardas-Marinhas e Aspirantes a Oficial – por tropa, formada a pé, de efetivo
equivalente a uma Companhia.

39. O portador de uma mensagem, qualquer que seja o meio de transporte empregado, não modifica a sua
velocidade de marcha ao cruzar ou passar por um superior; informando ao superior em voz alta:
a) “Serviço urgente”.
b) “Passagem urgente”.
c) “Mensagem urgente”.
d) “Mensagem de alta prioridade”.

EAOF 2006
27. Considerando as determinações do RCONT, analise as afirmativas a seguir e indique as Verdadeiras (V)
e as Falsas (F).
( ) Uma das suas finalidades é regular a forma de tratamento e precedência entre os militares.
( ) As prescrições desse Regulamento aplicam-se somente nas cerimônias de natureza militar.
( ) O Sargento que se atrasar para a refeição deve apresentar-se à maior autoridade presente e pedir
permissão para sentar-se.
( ) O militar, quando estiver com as duas mãos ocupadas, está dispensado de fazer a continência
individual.
( ) No interior de uma Organização Militar comandada por um Capitão, a praça faz alto para a continência
ao seu Comandante diariamente, na primeira vez que o encontrar.

Assinale a alternativa que contém a seqüência de letras


CORRETA.
a) ( F ) ( V ) ( F ) ( F ) ( V )
b) ( V ) ( F ) ( F ) ( V ) ( F )
c) ( F ) ( V ) ( V ) ( V ) ( F )
d) ( V ) ( F ) ( V ) ( F ) ( V )

28. Considerando o que determina o RCONT, quanto à continência da tropa, assinale a alternativa
CORRETA.
a) A tropa, nos exercícios de marcha, presta continência somente nos altos.
b) Os oficiais da reserva ou reformados só têm direito à continência quando uniformizados.
c) A tropa em forma e parada, à passagem de outra tropa, volta-se para esta e toma a posição de ombro arma.
d) A tropa em deslocamento faz alto para a continência ao Presidente da República.

29. Complete as lacunas na afirmativa a seguir, com base no que determina o RCONT.
“Na solenidade de Apresentação da Bandeira Nacional aos recrutas, a tropa forma ________ , _______
Bandeira e sob o comando do Comandante da Organização Militar.”
Assinale a alternativa que apresenta seqüência CORRETA.
a) armada / sem
b) armada / com
c) desarmada / sem
d) desarmada / com

30. É CORRETO afirmar que Preito da Tropa são Honras Militares, de grande realce, prestadas diretamente
pela tropa e exteriorizadas por meio de:
a) Honras de Recepção de Despedida.
b) Comissões de Cumprimentos e de Pêsames.
c) Honras de Gala e Honras Fúnebres.
d) Honras de Gala e Honras de Recepção.
21
EAOF RCONT Cap Dourado

EAOF 2007
31 - Marque a alternativa correta.
a) Escolta Fúnebre é a tropa destinada ao acompanhamento dos despojos mortais do Presidente da República,
de altas
autoridades militares e de oficiais e graduados das Forças Armadas falecidos quando no serviço ativo.
b) Guarda Fúnebre é a tropa armada especialmente postada para render honras aos despojos mortais de
militares da ativa e da reserva remunerada e de altas autoridades civis.
c) As Honras Fúnebres são homenagens póstumas prestadas diretamente pela tropa aos despojos mortais de
uma alta autoridade ou de um militar da ativa.
d) Comissões de Pêsames são constituídas para acompanhar somente os restos mortais de militares da ativa.

32 - Têm direito a honras militares, exceto os:


a) Chefes de Missão Diplomática.
b) Ministros de Estado.
c) Prefeitos Municipais.
d) Governadores de Estado.

33 - Preito da tropa são Honras Militares, de grande realce, prestadas diretamente pela tropa e exteriorizadas
por meio de:
a) Honras de Gala e Honras Fúnebres.
b) Guarda de Honra e Escolta de Honra.
c) Honras de Gala e Escolta de Honra.
d) Guarda de Honra e Honras Fúnebres.

34 - Marque “V” para afirmativa verdadeira, “F” para falsa e assinale a alternativa que apresenta a seqüência
correta:
( ) A cerimônia do compromisso dos recrutas não pode ser realizada em conjunto com outras OM das Forças
Armadas com
sede na mesma localidade.
( ) A data da transmissão do cargo do Comando, Chefia ou Direção é determinada pelo Comando
imediatamente superior.
( ) No “Culto à Bandeira” prestado no dia 19 de novembro, data consagrada à Bandeira Nacional, o
cerimonial consta de
desfile em continência ao Comandante, Chefe ou Diretor da OM.
( ) O militar em deslocamento, quando não puder corresponder à continência por estar com as mãos
ocupadas, faz vivo
movimento de cabeça.
( ) Os militares da reserva ou reformados não têm direito à continência, mesmo que identificados ou
reconhecidos.
( ) Quando o subordinado tiver em trajes civis e encontrar um superior fora da OM, o subordinado faz a
saudação com um
cumprimento verbal, de acordo com as convenções sociais.
a) F – F – V - V – F – F
b) F – V – F - V – F – V
c) V – V – F - F – V – F
d) V – F – V - F – V – V

EAOF 2008
32 – De acordo com o RCONT, assinale a alternativa incorreta.
a) Os militares de serviço policial ou de segurança devem, obrigatoriamente, ser dispensados dos
procedimentos relativos a continência individual.

22
EAOF RCONT Cap Dourado

b) O 1º Ten Enrolaudo estava armado de espada desembainhada. Para realizar a continência individual a um
capitão, ele deve tomar a posição de sentido e em seguida perfilar a espada (posição de ombro-arma).
c) No momento em que o S1 SGS Engrenildo, armado de fuzil, deslocava-se para entrar em forma no
grupamento armado, na solenidade de aniversário da Base Aérea, passou por ele o Cabo SAD Dureza; com
isso, para fazer a sua continência regulamentar, ele levou a arma à posição de “ombro-arma”, à passagem
deste superior hierárquico.
d) O militar, quando tiver as duas mãos ocupadas, faz a continência individual tomando a posição de sentido,
frente voltada para a direção perpendicular à do deslocamento do superior.

33 – De acordo com o RCONT, leia as assertivas abaixo e marque (F) para falso ou (V) para verdadeiro. A
seguir, indique a opção com a seqüência correta.
( ) Nos deslocamentos de elementos transportados por viaturas, só o comandante e o chefe de cada viatura
fazem a continência individual.
( ) O militar, desarmado, para se apresentar a um superior se aproxima até a distância de um aperto de mão.
( ) Um major da Polícia Militar não tem direito à continência de uma tropa da FAB comandada por um
tenente, quando a mesma se encontra a pé firme.
( ) A tropa a pé desfila em ombro-arma, com arma cruzada ou em bandoleira; nos dois primeiros casos, de
baioneta armada.
a) F – F – F – F
b) F – V – F – V
c) F – F – F – V
d) V – V – V – V

34 – De acordo com o RCONT, assinale a alternativa correta.


a) Se em uma Organização Militar prestarem compromisso cinco ou mais oficiais recém-promovidos ao
primeiro posto, o compromisso se realiza coletivamente.
b) Na solenidade de apresentação da Bandeira Nacional aos recrutas do CIAAR, o procedimento correto é a
tropa formar armada, sem Bandeira, e ser comandada pelo brigadeiro comandante desta Organização Militar,
terminando com o desfile em continência à Bandeira Nacional.
c) Quando um oficial entra em um alojamento ocupado por tropa, o militar de serviço, ou o que primeiro
avistar aquela autoridade, comanda: “Alojamento – Atenção! Comandante da Companhia (ou função de
quem chega!)”. As praças devem interromper suas atividades, permanecerem no mesmo local em que se
encontram, suspendem toda a conversação e assim se conservam até ser comandado o “À vontade!”
d) No dia 19 de novembro, data consagrada à Bandeira Nacional, após a leitura da Ordem do Dia, uma praça
, que, obrigatoriamente, deve ser a mais antiga e no bom comportamento, previamente escolhida na
Organização Militar, ateia fogo às Bandeiras já embebidas em álcool.

35 – O 2º Ten QOEA COM Safildo, ao terminar o Estágio de Adaptação ao Oficialato, foi classificado na
Base Aérea de Naguelê. Após as apresentações formais, o referido oficial foi designado para assumir a Seção
de Pessoal Militar e a Seção de Pessoal Civil. Logo no primeiro dia de serviço ele foi informado de que
deveria providenciar uma Comissão de Cumprimentos a um Chefe de Missão Diplomática e as Honras
Fúnebres para o 2º Sargento Moribundo. À luz do RCONT este oficial deverá adotar o seguinte
procedimento:
a) escalar apenas oficiais para a Comissão de Cumprimentos e escalar apenas uma Guarda Fúnebre para o
sargento, haja vista que graduados não têm direito à Escolta Fúnebre.
b) escalar um pequeno efetivo de graduados e oficiais para comporem a Comissão de Cumprimentos e
escalar apenas uma Comissão de Pêsames para o sargento, haja vista que graduados não têm direito à Guarda
Fúnebre e Escolta Fúnebre.
c) escalar apenas oficiais para a Comissão de Cumprimentos e escalar apenas uma Comissão de Pêsames
para o sargento, haja vista que graduados não têm direito à Guarda Fúnebre e Escolta Fúnebre.
d) escalar um pequeno efetivo de graduados e oficiais para comporem a Comissão de Cumprimentos e
escalar apenas uma Guarda Fúnebre para o sargento, haja vista que graduados não têm direito à Escolta
Fúnebre.

EAOF 2009
23
EAOF RCONT Cap Dourado

31) Com relação à continência da tropa, marque a alternativa correta.


a) Os oficiais da reserva só têm direito à continência da tropa quando uniformizados.
b) As autoridades estrangeiras não têm direito à continência da tropa.
c) O Oficial que exerce função do posto superior ao seu, tem direito à continência desse posto em
qualquer Organização Militar da Força Aérea Brasileira.
d) No período compreendido entre o arriar da bandeira e o toque de alvorada do dia seguinte, a
tropa somente presta continência à Bandeira Nacional e ao Hino Nacional.
32) A respeito da Bandeira Nacional , afirma-se que
I – a Bandeira Nacional não pode permanecer hasteada durante a noite;
II – no Dia de Finados a Bandeira Nacional é mantida a meio mastro;
III – o sinal de luto das Bandeiras Nacionais transportadas por tropa consiste em um laço de crepe
negro colocado na lança;
IV – nos dias de Luto Nacional, por ocasião do hasteamento, a Bandeira vai até o topo do mastro,
descendo em seguida até a posição a meio mastro; por ocasião da arriação, a Bandeira desce
diretamente, sem necessidade de subir ao topo do mastro para depois ser arriada.
Das afirmativas, são corretas apenas:
a) II e IV.
b) I, II e III.
c) I, III e IV.
d) II e III.
33) A Bandeira Nacional é hasteada nas Organizações Militares, com maior gala, de acordo com o
cerimonial específico de cada Força Armada, nas datas comemorativas.
Assinale, abaixo, a única alternativa que justifica tal hasteamento em virtude de ser uma data
festiva.
a) 7 de setembro – Dia da Independência do Brasil.
b) 23 de outubro – Dia do Aviador.
c) 21 de abril – Inconfidência Mineira.
d) 15 de novembro – Dia da Proclamação da República.
34) O portador de uma mensagem, deslocando-se de bicicleta em velocidade rápida, ao passar por
um superior hierárquico deverá:
a) passar pelo superior em marcha moderada, concentrando a atenção na condução do veículo.
b) passar pelo superior em marcha moderada e cumprimentá-lo com um movimento de cabeça.
c) passar pelo superior sem modificar a velocidade de marcha e informá-lo em voz alta: “serviço
urgente”.
d) diminuir a velocidade de marcha ao passar pelo superior, para informá-lo em voz alta: “serviço
urgente”, retornando à sua velocidade de marcha anterior.
35) Têm direito a Salvas de Gala de 21, 19, 17, 15 e 13 tiros, respectivamente:
a) Presidente da República; Governadores de Estado e do Distrito Federal; Tenente-Brigadeiro;
Ministros residentes de Nações Estrangeiras; General-de-Brigada.
b) Congresso Nacional, quando incorporado; General-de-Exército; Ministros de Estado; Major-
Brigadeiro; Encarregado de Negócios de Nações Estrangeiras.
c) Congresso Nacional, quando incorporado; Ministros de Estado; Ministros residentes de Nações
Estrangeiras; Almirante-de- Esquadra; General-de-Brigada.
d) Congresso Nacional, quando incorporado; Embaixadores de Nações Estrangeiras; Superior
Tribunal Militar, quando incorporado; General-de-Exército; Contra-Almirante.

24
EAOF RCONT Cap Dourado

GABARITO DAS PROVAS


EAOF 2004
38 – D. Art. 61, § 3º.
39 – B. Art. 190, parágrafo único.
40 – C. Art. 110 § 5º.
41 – B. Art. 133, VI.

EAOF 2005
36 – C. Art. 40 caput.
37 – C. Art. 164, III.
38 – A. Art. 136, IV.
39 – A. Art. 33, IV.

EAOF 2006
27 – D. Somente as falsas: Art. 1º parágrafo único – também se aplica a solenidades de natureza cívica;
militar com as mãos ocupadas faz a continência conforme o art. 22.
28 – D. As erradas: A- nos exercícios de marcha não se faz continência nem nos altos (art. 48); B- pessoal da
reserva tem direito à continência quando reconhecidos (ao militar da reserva é proibido o uso do uniforme),
art. 15, X; C- Tropa em forma e parada faz continência à outra tropa tomando a posição de sentido (art. 52).
29 – A. Art. 169, I.
30 – C. Art. 99, III e art. 108.

EAOF 2007
31 – C. A alternativa é correta por atender ao previsto no artigo 124 (RCONT).
32 – C. A alternativa é correta por atender ao previsto no artigo 100 (RCONT).
33 – A. A alternativa é correta por atender ao previsto no artigo 108 (RCONT).
34 – B. A alternativa é correta por contrariar o parágrafo único do artigo 173, item III do artigo 156 e item X do artigo
15 e satisfazer ao previsto no artigos 182, parágrafo 2º do art 22 e item III do parágrafo 3º do art 18 (RCONT).

EAOF 2008
32 – A. É falso afirmar que os militares de serviço policial ou de segurança devem ser dispensados dos
procedimentos sobre continência individual, porque na verdade isto não é uma determinação (devem) à luz
do regulamento e sim uma concessão (podem). (Título II, Capítulo III, Seção I, Art 29,tudo do RCONT)
33 – D. Todas as assertivas são verdadeiras. (Assertiva 1: Título II, Capítulo III, Seção II, Art 30, item II,
§2º; Assertiva 2: Título II, Capítulo IV, Art 41; Assertiva 3: Título II, Capítulo V, Seção I, Art 43; Assertiva
4: Título II, Capítulo V, Seção IV, Art 62, tudo do RCONT).
34 – B. Esta alternativa é verdadeira, pois na Solenidade de Apresentação da Bandeira aos Recrutas, a tropa
forma armada, sem Bandeira e é comandada pelo Comandante da Organização Militar. (Título IV, Capítulo
III, Seção V, Art 169, item I, tudo do RCONT).
35 – A. Esta alternativa é verdadeira, pois a Comissão de Cumprimentos é composta por Oficiais e com
relação as Honras Fúnebres, um sargento só tem direito à Guarda Fúnebre constituída por tropa com efetivo
de um Grupo de Combate não fazendo jus à Escolta Fúnebre. (Título III, Capítulo III, Seção I, Art 104;
Título III, Capítulo IV, Seção II, Subseção I, Art 133, item VIII e Título III, Capítulo IV, Seção II, Subseção
II, Art 136, item VII, Parágrafo único, tudo do RCONT).

EAOF 2009

25
EAOF RCONT Cap Dourado

31 – A. Os Oficiais da reserva ou reformados e os militares estrangeiros só têm direito à continência


da tropa quando uniformizados. ( RCONT, RMA 900-1, Art. 43 § 1°).
32 – D. É incorreto afirmar que a bandeira nacional não pode permanecer hasteada durante a noite,
pois ela pode permanecer hasteada durante a noite desde que esteja iluminada. (RCONT, RMA 900-
1, Art. 150 § 4º). É correto afirmar que no dia de Finados a Bandeira Nacional é mantida a meio
mastro. (RCONT, IMA 900-1, Art. 151). É correto afirmar que o sinal de luto das Bandeiras
Nacionais transportadas por tropa consiste em um laço de crepe negro colocado na lança. (RCONT,
IMA 900-1, Art.153). É incorreto afirmar que por ocasião da arriação, a Bandeira desce
diretamente, sem necessidade de subir ao topo do mastro para depois ser arriada, pois por ocasião
da arriação, a Bandeira sobe até o topo do mastro, sendo em seguida arriada. (RCONT, IMA
900-1, Art.151 § 1º).
33 – B. De acordo com a RMA 900-1 em seu Artigo 164, inciso III, o dia 23 de outubro – Dia do
Aviador – é caracterizado como uma data festiva, devendo a Bandeira Nacional ser hasteada com
maior gala; tornando, portanto, correta a alternativa “b”.
34 – C. O portador de uma mensagem qualquer que seja o meio de transporte empregado, não
modifica a sua velocidade de marcha ao cruzar ou passar por um por um superior; informa ao
superior e em voz alta: “serviço urgente”. (RCONT, IMA 900-1, Art. 33, IV).
35 – A. Conforme o Art. 111 do RCONT, Presidente da República tem direito a Salvas de Gala
constituída por 21 tiros, Governadores de Estado e do Distrito Federal têm direito a Salvas de Gala
constituída por 19 tiros, Tenente-Brigadeiro tem direito a Salvas de Gala constituída por 17 tiros,
Ministros residentes de Nações estrangeiras têm direito a Salvas de Gala constituída por 15 tiros,
General-de-Brigada tem direito a Salvas de Gala constituída por 13 tiros.

26
EAOF RCONT Cap Dourado

APÊNDICE B

FILÉ DO RCONT
1) Art. 4º, 5º – O mais antigo vai sempre à direita, acima e ao centro; ou do lado da parede.
2) Art. 8º e parágrafos – tratamentos informais: “Senhor” para Of. Gen, “Comandante” para o comandante,
“Diretor” para o diretor e “Chefe” para o chefe. Dê uma olhada nos formais também, apesar de serem
evidentes.
3) Art. 12 – É “Rancho Atenção” e só, o que passar disso vem do maligno.
4) Art. 15 – IMPORTANTÍSSIMO. Esse artigo deve ser todo sabido e até mesmo decorado. É a quem se
deve prestar continência.
5) Art. 18 § 3º - Atenção! Este é o procedimento quando o militar estiver em trajes civis.
6) Art. 19 – Continência: atitude, gesto e duração.
7) Art. 20 – Atenção para a sutil diferença: A) antigo andando e moderno parado – o moderno pode contar
os passos do antigo – três passos antes e um depois. B) antigo parado e moderno andando – só dá para o mais
moderno contar antes de passar pelo antigo – três passos antes.
8) Art. 21 – Continência padrão da espada desembainhada: perfilar espada. Casos mais nobres: abater
espada.
9) Art. 22 – Com as duas mãos ocupadas. Mais moderno: sentido na direção perpendicular do movimento
do mais antigo. Mais antigo: VIVO movimento de cabeça (MC Hammer U can’t touch this).
10) Art. 23 – Continência da arma longa: o padrão é “ombro arma”, em bandoleira é “sentido”. Para os casos
mais nobres: “apresentar arma”.
11) Art. 24 a 26 – Continência para Hino e Bandeira. Note que em CERIMÔNIA RELIGIOSA não se faz
continência; quando o Hino for CANTADO, não se faz continência durante o canto; Hino em AMBIENTE
FECHADO, o cara faz continência para o principal local da cerimônia, abate espada também.
12) Art. 27 a 29 – Praça faz alto para continência para oficial general, comandante (1ª vez no dia), P da R,
VP da R, P do Senado, P da Câmara, P do STF, Ministros, Governador NO Estado, Ministro militar ou
presidente do STM (ver art. 15). Na sede do MD, só para o pessoal do III ao IX do 15.
13) Art. 30 – Se dirigir, não beba e não preste continência (vide também Art. 33, III).
14) Art. 32 – APRESENTAÇÕES, esse é o artigo de dá problema com o RISAER. Praça se apresenta ao
OFICIAL DE DIA, no Risaer é no Órgão de Pessoal.
15) Art. 34 – Oficiais devem conhecer os três Comandantes de Força e seus respectivos Chefes de Estado
Maior. Todo mundo deve conhecer o P da R, o VP da R e o Comandante de sua Força.
16) Art. 35 – Descubra-se! E fique dispensado de prestar continência. Veja os locais e as situações.
17) Art. 36 a 39 – Etiqueta militar. Como cumprimentar civis. Homem se descobre, mulher não. Em
solenidade, não se tira luva.
18) Art. 40 – UEPS
19) Art. 41 – Como se apresentar. Mão vazia – distância do aperto de mão. Com espada – dois passos de
distância, para não espetar. No Gabinete, recinto coberto, COM ESPADA – sentido (isso se for se
apresentar; se for somente continência, abater espada).
20) Art. 43 – Continência da tropa. Ver quem tem e quem não tem direito (ver remissão ao art. 15).
21) Art. 45 – Ministros e Cia – de TB. Gov de Territórios – De Brig.
22) Art. 47 – Posto acima. Continência em sua OM e nas subordinadas.
23) Art. 49 – Subunidade pra cima – 8 horas fora – continência à Bandeira ou ao Terreno.
24) Art. 51 – Entre o ARRIAR DA BANDEIRA e o toque de alvorada (noite) a tropa presta continência
para.
25) Art. 52 – Continência da tropa a pé firme. A seqüência tem que ser completa desde o início para cada
um.
26) Art. 53 a 63. Continência da tropa EM DESLOCAMENTO é uma coisa, EM DESFILE é outra. A
principal diferença é que em deslocamento não se desfralda a Bandeira (exceto pra outra Bandeira). O
comandante da fração faz e olha, os outros oficiais fazem, mas não olham. Tropa emassada e não emassada:
conceito. Tropa mais antiga: é a que conduz Bandeira. Se for sem bandeira, depende da antiguidade de seus
comandantes.
27) Art. 67 – Faxina não presta continência, a não ser que a autoridade se dirija ao faxineiro.
28) Art. 70 a 75 – Continência da Guarda. Oficiais Superiores têm direito, dentre outros.
27
EAOF RCONT Cap Dourado

29) Art. 76 a 79 – Continência da Sentinela. Sentinela móvel só sentido. Entre o ARRIAR e a alvorada,
continência só para...
30) Art. 87 a 91 – Quando se deve tocar o Hino: para os tops de Poderes e outros. Preferencialmente a Banda
da Guarda (quando houver Guarda) ou a mais próxima. Canto: só Alberto Nepomuceno.
31) Art. 100 – IMPORTANTE. Quem tem direito a Honras Militares. O que não deve ser esquecido.
A) Sobre o que é fúnebre: Militares da Ativa têm direito a tudo, os da reserva só têm direito a
Comissões de Pêsames.
B) Praças têm direito a Guarda Fúnebre, mas a Escolta Fúnebre não.
C) Faça a tabela de lembrol da Guarda e da Escolta Fúnebre.
D) Guarda de Honra: mais antigo que o comandante – sentido.
E) 110 § 5º - Aeroportos Civis – GH SOMENTE para o P da R e para o VP da R. Ala para
ministro não é GH.
F) Não se presta Honra Fúnebre em certos dias (festa nacional, p.ex.), ver outros casos.
G) Escolta Fúnebre a pé, é dentro do cemitério.
32) Art. 143 – Precedência nas cerimônias – Presidir é uma coisa, comandar é outra. Preside a mais alta
autoridade DA CADEIA DE COMANDO. O P da R preside sempre.
33) Art. 156 – Culto à Bandeira em solenidade. Não se canta o Hino Nacional. A incineração vem depois do
hasteamento.
34) Art. 164 – Hasteamento em datas comemorativas. 21 de fevereiro – Monte Castelo; 11/06 – Riachuelo;
13 de dezembro – Marinheiro; veja todas e aposte em duas. Atenção: 21 de abril (Tiradentes) não está no rol;
22 de abril é o dia da Aviação de Caça (não o descobrimento do Brasil). 8 de maio é o VE-Day.
35) Art. 165 – Incorporação da Bandeira Nacional – tropa em Apresentar Arma. Desincorporação da BN –
tropa em ombro arma.
36) Art. 169 – Apresentação da BN aos recrutas – Bandeira com guarda.
37) Art. 171 – Apresentação do Estandarte Histórico aos recrutas – Estandarte sem guarda.
38) Art. 187 – Condecorações. Dê uma lida geral, mas atenção: quando o condecorado for o Comandante da
OM, a quem cabe a PRESIDÊNCIA DA SOLENIDADE?
39) Art. 194 – Somente praças a serem condecoradas, quem será o paraninfo. Cmt da OM – geral pra todo
mundo. Cmt da Subunidade – quando somente praças da subunidade dele foram agraciadas.
40) Art. 195 – Bandeira agraciada, quem é o paraninfo? O Grão Mestre da Ordem ou na falta deste o
Chanceler da Ordem (que Ordem? Veja o art. 195 caput).
41) Nunca vi cair nada sobre substituição de guardas ou de sentinelas, mas não custa nada dar uma olhada.
Eu apostaria no “cruzar arma” 197, V.

Boa prova!!!

28

Você também pode gostar