Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE DE UBERABA

CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS


Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa
Vetores
• Grandezas Escalares: são aquelas que ficam bem definidas por apenas um número real
acompanhado de uma unidade de medida.
Exemplo: comprimento, área, volume, massa, temperatura, densidade, entre outros.

• Grandezas Vetoriais: são aquelas que ficam bem


definidas quando se sabe o módulo (medida), direção e
sentido.
Exemplo: força, velocidade, aceleração, etc.

• Direção: a direção de um segmento é a reta suporte ou qualquer reta que seja paralela a
reta suporte (a reta que contem o segmento).
Exemplo: vertical, horizontal

• Sentido: É a indicação de quem é a origem e quem é a extremidade do segmento,


fornecendo informações do tipo:
• da esquerda para a direita;
• de baixo para cima, etc.

Sentido

Direção da 1/7
Módulo
Reta Suporte
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa

Exemplo 1
uuur A B
a) AB
5
 Direção: horizontal
 Sentido:da esquerda para a direita
 Módulo: 5

uuur
b) CD D
 Direção: vertical
 Sentido: de baixo para cima 8

 Módulo:8
C

• Segmentos equipolentes:
São equipolentes os segmentos que possuem o mesmo módulo, mesma direção e o mesmo
sentido.

oB oD oF

Ao Co Eo
Segmentos orientados equipolentes.

• Casos particulares de vetores

r
 Vetor nulo: é o representante de qualquer segmento nulo. E representamos por 0 .

 Vetores opostos: são vetores que


possuem o mesmo módulo, a mesma
direção, mas os seus sentidos são
uuur
contrários. O vetor oposto do vetor AB é o

2/7
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa
uuur uuur uuur uuur uuur
vetor BA , portanto, se AB = v , então BA = −v ou AB = − AB .

 Vetores unitários: são vetores que possuem módulo igual a um. Por exemplo, se o
r r r
vetor u é unitário, podemos afirmar que o módulo de u é igual a um, u = 1 .
r
 Versor: O versor de um vetor u , não nulo, é o vetor
r
unitário v de mesma direção e mesmo sentido que
r
o vetor u . O versor de um vetor é a razão entre
r
r u
esse vetor e o seu módulo, logo: v = r .
u
r r r r r
 Vetores paralelos: se o vetor u é paralelo ao vetor v , u / / v , então, u tem a mesma
r r r
direção de v , independente de quais sejam os sentidos de u e v . Veja:

r r
u u
Ou
r r
v v

r r r r
 Vetores ortogonais: Se o vetor u é ortogonal ao vetor v , u ⊥ v , então, o ângulo
r r
entre u e v , mede 90º, ou seja, é reto. Veja:
r
u
r
v
r
r v
u

 Vetores coplanares: Três ou mais vetores só são coplanares se eles estiverem


contidos no mesmo plano.

, e são coplanares

3/7
, e não são coplanares
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa

r r r r r
 Igualdade de vetores: Se u é igual a v , u = v , então, u tem o mesmo módulo, a
r
mesma direção e o mesmo sentido de v .

a r

b s

Mesmo Módulo
Mesma Direção r r
a=b
Mesmo Sentido

Exemplo 2

A figura abaixo representa um paralelepípedo retângulo. Decidir se é verdadeira ou falsa cada


uma das afirmações:

uuuur uuur uuur uuur


a ) DH = BF e) AC = HF
uuur uuur uuur uuur
b) AB = − HG f ) AG = DF
uuur uuur
c) AB ⊥ CG uuur uuur
uuur uuur g ) BG / / ED
d ) AE ⊥ BC

a - V, b - F, c - V, d – V, e – V, f – V , g - F

4/7
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa

Operações com vetores

 Adição: a adição de dos vetores pode ser obtida colocando a origem de um deles na
extremidade do outro.
r
u

r
v

r r
u+v

E o vetor soma, ou também chamado vetor resultante, será o vetor que une a origem do
primeiro com a extremidade do último, formando assim um polígono.

b
a
c

Determinarmos a soma (a + b + c):

S
a
b c

 Vetores de mesma direção e sentindo:


r
u

r 5/7
v
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa

 Vetores de mesma direção e sentidos opostos:


ur
w
r
v

r
v ur
w
r ur
v+w

Casos especiais de ângulos entre vetores:

θ = 0º , se o ângulo entre dois vetores mede 0º, podemos concluir que os vetores têm a
mesma direção e o mesmo sentido.

θ = 90º , se o ângulo entre dois vetores mede 90º, os vetores são ortogonais entre si.

r
v

r
u
 Vetores ortogonais:
r
v
r r2 r2 r2
u+v = u + v
r
u r r
u+v r r r2 r2
u+v = u +v

θ = 180º , se o ângulo entre dois vetores mede 180º, concluímos que os vetores possuem
mesma direção e sentidos opostos.

6/7
UNIVERSIDADE DE UBERABA
CURSOS DE ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS
Estudos Lógicos Matemáticos II - Profª.: Meireane Alves da Costa

 Ângulo formado entre dois vetores: é o ângulo formado ao unirmos as origens de


dois vetores.

a
α
b
Regra do paralelogramo

Quando dois vetores não são paralelos entre si, podemos somá-los utilizando a regra do
paralelogramo. Representamos os vetores com suas origens em um mesmo ponto e
traçamos um paralelogramo. A diagonal que contém as origens dos vetores é o vetor soma.

r r r
u u+v

r
v
r r 2 2
No caso anterior u + v pode ser determinado pela fórmula: u + v = u + v − 2 ⋅ u ⋅ v ⋅ cos α ,
r r
onde α é o ângulo entre u e v .

r r
Exemplo 3: Dados dois vetores u e v não-paralelos, construir no mesmo gráfico os vetores
r r r r r r r r
u + v , u − v , v − u e −u − v , todos com origem em um mesmo plano.

r r
Exemplo 4: Sabendo que os vetores u = 5 e v = 3 e que o ângulo entre eles mede 120º,
r r r r
represente geometricamente os vetores soma u + v e a diferença u − v e determine seus
módulos.
7/7