Você está na página 1de 22

- DPQ -

Diagnóstico de Prevenção de
Quedas
Assuntos a serem tratados:
• O que é o DPQ ?
Objetivo Principal
Objetivos Específicos
Metodologia do DPQ
Monitorando os objetivos do DPQ
• Implantando o DPQ
Transferência de Tecnologia
 O Profissional Habilitado
Adesão de Empresas ao DPQ
Operacionalização do DPQ
• Exercitando o DPQ
O que é o DPQ?

É um banco de conhecimento sobre os


fatores de riscos de maior relevância
para a ocorrência de acidentes
relacionados à queda no meio
ambiente de trabalho dos canteiros de
obras.
Objetivos
Principal
• Conhecer as condições de Segurança do Trabalho (ST)
nos canteiros de obras de edificações no Brasil.
Específicos
• Gerar e disseminar informações de ST para os atores
envolvidos (empresários, trabalhadores, sindicatos e
governo) na Indústria da Construção;
• Fornecer informações técnicas que permitam a
empresa em adotar providências na redução de
fatores de riscos de acidentes;
Objetivos
Específicos
• Melhorar as condições de ST nos canteiros de
obra que aderirem ao programa;
• Subsidiar o processo de desenvolvimento de
novas tecnologias em ST para a Indústria da
Construção.
Metodologia do DPQ

O DPQ está estruturado da seguinte forma:


• Aplicação de questionário em canteiros de obra;
• Operação de equipamento portátil;
• Utilização de sistema informatizado;
• Elaboração de relatório de visita.
Metodologia do DPQ
Questionário
• Dividido em grupos, sub-grupos e perguntas;
• Deverá abranger todo o canteiro de obras e deverá
ser realizada por um profissional habilitado;
• A aplicação do questionário será acompanhado por
registro fotográfico;
• Será aplicado utilizando o equipamento móvel
portátil;
• Cada pergunta possui ponderação (peso).
Metodologia do DPQ
Ponderações das perguntas
As formas de julgamento das ponderações (pesos) das
perguntas e dos grupos seguem os critérios
estabelecidos pela publicação “Inspecting
Occupational Safety and Health in the Construction
Industry”, 2009, de autoria do consultor da OIT, Luiz
Alves Dias.
Metodologia do DPQ
Critério de ponderação
SUB-GRUPO: Aberturas de Piso
P = 1 + 4 x (V – Vmin) / (Vmax - Vmin)
Onde,
• P = peso da pergunta
• V = somatório dos valores da
pergunta ou do grupo
• Vmin = menor valor encontrado de
V entre as perguntas
• Vmax = maior valor encontrado de
V entre as perguntas
Metodologia do DPQ
AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE JULGAMENTO
Indica que, numa situação aplicável, são observadas evidências ou ações do que se está
5 perguntando, sendo demonstradas por uma total conformidade através da aplicação de boas
práticas no canteiro de obras.
Indica que, numa situação aplicável, são observadas evidências ou ações do que se está
perguntando, sendo contemplados todos os itens de conformidade, ou seja, a situação analisada
4 mostra-se conforme com a pergunta e inexistem observações a respeito do que foi implantado
pela empresa.
Indica que, numa situação aplicável, são observadas evidências ou ações do que se está
perguntando, sendo contemplados os itens mínimos de conformidade, ou seja, a situação
3 analisada mostra-se conforme com a pergunta, porém verifica-se que é possível haver melhoria
diante do que se é analisado, uma vez que, mesmo situação sendo conforme, num futuro
próximo, poderia ocorrer uma não conformidade.

Indica que, numa situação aplicável, são observadas evidências ou ações do que se está
2 perguntando, porém demonstrando alguma desconformidade da pergunta, sendo melhor
classificada do que a nota “1”.

Indica que, numa situação aplicável, são observadas evidências ou ações do que se está
1 perguntando, porém demonstrando desconformidade da pergunta ao ponto de poder causar
algum acidente do trabalho, o que requer alguma ação imediata da empresa.

Indica a ausência de alguma ação para atender ao que está sendo perguntado, quando for uma
0 situação aplicável. Essa nota representa uma total desconformidade do item analisado.
Monitorando os objetivos do DPQ
FORMA DE COLETA DE
OBJETIVO META INDICADOR
DADOS

Conhecer as
condições de Nº de DR’s que aderiram ao
Segurança do programa Propostas de adesão e
Trabalho (ST) nos Sistema informatizado
canteiros de obras de Estabelecida Periodicidade: Mensal
edificações no Brasil pelo SESI DN
Gerar e disseminar
Número de boletins informativos
informações de ST
desenvolvidos Boletins
para os atores
Periodicidade: Anual
envolvidos
FORMA DE COLETA DE
OBJETIVO META INDICADOR
DADOS
Fornecer informações
técnicas que permitam {(Nº de canteiros que concluíram a 2ª
a empresa em adotar visita/ Nº de canteiros que aderiram ao Sistema
providências na DPQ) * 100} > 80% informatizado
Estabelecida
redução de fatores de Periodicidade: Mensal
pelo SESI DN
riscos de acidentes
Melhorar as condições
{(Nota da 2ª visita/ nota da 1ª visita)
de ST nos canteiros de Sistema
*100} > 100%
obra que aderirem ao informatizado
Periodicidade: Mensal
programa
Implantando o DPQ
Início

Lançamento do DPQ

Adesão dos DR’s no


DPQ

Transferência de
A1
Tecnológia

Adesão de empresas B2
no DPQ

Operacionalização do
C3
DPQ

1.1 Relatório de
Análise Crítica análise crítica

Fim
Transferência de Tecnologia
• Cada DR deve definir um coordenador para
o DPQ na unidade;
• Cada DR indicará profissionais para
capacitação e habilitação no DPQ;
• O número de profissionais deverá ser
definido a partir da demanda.
Quem pode realizar
os treinamentos do
DPQ ???
O Profissional Habilitado
Profissional do SESI treinado e aprovado na metodologia do DPQ
• Formação obrigatória - Seja legalmente habilitado em
Segurança do Trabalho (nível técnico ou superior).
• Perfil desejado
Ter conhecimento da norma regulamentadora nº 18 (NR 18)
e das Recomendações Técnicas de Procedimentos da
Fundacentro (RTPs);
Ter habilidade na utilização de ferramentas computacionais;
Ter habilidade em registrar fotografias;
Saber usar perguntas como estratégia fundamental do
diálogo durante as visitas.
O Profissional Habilitado
• Comportamento
Ser cordial e demonstrar relação de parceria;
Realizar perguntas de forma clara e objetiva, não deixando
dúvidas para não gerar incerteza no momento da avaliação e
nem interpretações particulares para as perguntas que
necessitarem de uma confirmação da empresa;
Ser imparcial e dá sugestões de melhoria no momento da visita;
Garantir que não haja qualquer tipo de constrangimento
quanto às possíveis dúvidas manifestadas pelo entrevistado
durante a visita.
Adesão de Empresas ao DPQ

A adesão ao DPQ deve ser realizada através da identificação de


potenciais clientes.
As estratégias de identificação dos potenciais clientes -
Procedimento de Abordagens às Empresas (PSST 01) do Manual
do PSST do SESI.
Termo de adesão
Emissão do TAP.
Operacionalização do DPQ
C Início C1

“Feedback” ao
Receber “Ordem 1.5C
cliente
de Serviço”
SGRSI
Retornar ao SESI
Agendar 1ª visita 1.1C
Agendamento Descarregar dados
ao canteiro
da avaliação
N
D
Descarregar fotos
Confirmar visita 1.2C
Check-list
S Elaborar relatório 1.6C
no sistema SGRSI
1.3C Planejamento do informatizado Relatório
Planejar visita
DPQ

Verificação e
Deslocar-se para o análise do relatório
canteiro
Imprimir relatório
Apresentar-se ao
responsável da
Enviar relatório da
empresa 1ª visita ao cliente
1.7C

Solicitar n° de Agendamento da
trabalhadores Perguntas
2ª visita
Estratégia Dicas

Agendamento da 1.1C
Realizar a visita 1.4C Avaliar Fotografar
2ª visita
Agendamento

D
C1
ATENÇÃO
Realizar o julgamento das
avaliações de campo levando-se em
conta os vários fatores que
norteiam a pergunta, não se
limitando na análise de apenas uma
amostra levantada.
Exercitando o DPQ
PNSST IC

suporte.pnsstic@fieb.org.br
Programa Nacional de Segurança
e Saúde no Trabalho para a
Indústria da Construção
(71) 3343 1474

Você também pode gostar