Você está na página 1de 6

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA – de cada uma dessas peças são devidamente consolidadas e

EXERCÍCIOS compatibilizadas em diversos quadros demonstrativos.

TÓPICOS DO EDITAL MPU/2010:


E) O princípio da especificação determina que, como qualquer ato
1 Orçamento público. 2 Orçamento público no Brasil. 3 O legal ou regulamentar, as decisões sobre orçamento só têm validade
ciclo orçamentário. 4 Orçamento-programa. 5 Planejamento após a publicação em órgão da imprensa oficial. Além disso, exige
no orçamento-programa. 6. Orçamento na Constituição da que as informações acerca da discussão, elaboração e execução dos
República. orçamentos tenham a mais ampla publicidade, de forma a garantir a
transparência na preparação e execução do orçamento, em nome da
racionalidade e da eficiência.
Em relação aos conceitos básicos de orçamento e processo
orçamentário, julgue os itens a seguir. Acerca dos princípios orçamentários, julgue os itens a seguir.

1. (AGU ADMINISTRADOR 2010) A fixação dos limites 6. (MS ADINISTRADOR 2009) Ao se analisar os três
aplicáveis às propostas orçamentárias elaboradas pelas unidades orçamentos que compõem a lei orçamentária anual — o fiscal, o de
orçamentárias deve obedecer ao decreto de programação investimentos e o de seguridade social —, torna-se evidente a
orçamentária e financeira. contradição com o princípio da unidade.

7. (MS ADINISTRADOR 2009) A Constituição Federal de 1988


2. (AGU ADMINISTRADOR 2010) O processo racional de (CF) prevê a autorização para a abertura de créditos especiais e
planejamento deve pressupor a avaliação dos resultados obtidos extraordinários.
com a execução orçamentária.
8. (MS ADINISTRADOR 2009) O administrador público que
3. (AGU ADMINISTRADOR 2010) No âmbito das normas respeita o princípio do orçamento bruto, ao planejar o orçamento
aplicáveis ao processo orçamentário, se lei federal dispuser do ano seguinte, deve fazer as devidas compensações nas contas
diferentemente do que já disponha lei estadual, o estado-membro com a intenção de incluir em sua planilha os saldos resultantes
onde esta tiver sido aprovada deverá observar as regras da lei dessas operações.
federal.
9. (MS ADINISTRADOR 2009) O Poder Executivo de cada ente
4. (AGU ADMINISTRADOR 2010) Se o governo federal da Federação terá de publicar, até trinta dias após o encerramento
instituir uma dedução do imposto de renda de pessoa física para os do trimestre, o relatório resumido da execução orçamentária.
contribuintes que realizarem despesas com programas de
recuperação de regiões afetadas por calamidades públicas, então o
efeito regionalizado dessa medida deverá ser demonstrado no 10. (MTE ADMINISTRADOR 2008) O incrementalismo
projeto de lei orçamentária. orçamentário desvirtua ou compromete a desejável integração entre
o planejamento e o orçamento.
De acordo com essa sistemática, a “base” formada pelos programas
5. (DPU ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO 2010) já introduzidos no orçamento tende a perpetuar-se, com pequenos
Acerca dos princípios orçamentários, assinale a opção correta. incrementos, compreendendo a maior parte dos recursos. Alguns
autores denominam essa tendência de resistência à mudança, à
A) O princípio do orçamento bruto determina que o orçamento revisão dos objetivos, diretrizes e metas, como inércia ou
deva abranger todo o universo das receitas a serem arrecadadas e inercialidade.
das despesas a serem executadas pelo Estado.

B) O princípio da legalidade, um dos primeiros a serem 11. (MTE ADMINISTRADOR 2008) A Constituição Federal de
incorporados e aceitos nas finanças públicas, dispõe que o 1988, ao tratar das emendas de despesa aos projetos do orçamento
orçamento será, necessariamente, objeto de uma lei, resultante de anual ou suas modificações, condicionou a sua aprovação à
um processo legislativo completo, isto é, um projeto preparado e indicação dos recursos que as viabilizem e que dependerão da
submetido, pelo Poder Executivo, ao Poder Legislativo, para anulação de algumas outras dotações.
apreciação e posterior devolução ao Poder Executivo, para sanção e
publicação.
12. (ACE/TCU 2004) Como regra geral, é vedada a vinculação d e
C) O princípio da anualidade ou da periodicidade estabelece que o receita de impostos a qualquer tipo de despesa, ressalvada, entre
orçamento obedeça a determinada periodicidade, geralmente um outras hipóteses previstas na Constituição Federal de 1988, a
ano, já que esta é a medida normal das previsões humanas, para que vinculação à despesa destinada à realização de atividades da
a interferência e o controle do Poder Legislativo possam ser administração tributária.
efetivados em prazos razoáveis, que permitam a correção de
eventuais desvios ou irregularidades verificados na sua execução. Acerca das disposições da Constituição Federal sobre a lei
No Brasil, a periodicidade varia de um ano a dois anos, orçamentária anual, julgue os itens a seguir.
dependendo do ente federativo.
13. (ACE/TCU 2004) A lei orçamentária anual compreende três
orçamentos: o fiscal, o da seguridade social e o de investimento das
D) O princípio da totalidade, explícito de forma literal na empresas. Os orçamentos fiscal e da seguridade social englobam os
legislação brasileira, determina que todas as receitas e despesas poderes, órgãos e entidades da administração direta, autarquias,
devem integrar um único documento legal. Mesmo sendo os fundações e empresas em que o ente da Federação, direta ou
orçamentos executados em peças separadas, as informações acerca
1
indiretamente, detenha a maioria do capital social com direito a
voto. A LDO foi introduzida no direito financeiro brasileiro pela
Constituição Federal de 1988, tornando-se, a partir de então, o elo
entre o PPA e a Lei Orçamentária Anual. Acerca da LDO, julgue o
Considere a seguinte situação hipotética. item seguinte.

14. (ACE/TCU 2004) Encerrou-se o exercício financeiro sem que o 20. (ACE/TCU 2007) A LDO é o instrumento que expressa o
projeto de lei orçamentária tenha sido votado pelo Poder planejamento dos governos federal, estadual, distrital e municipal
Legislativo. Nessa situação, até o momento em que entre em vigor para um período de quatro anos, objetivando garantir a
a lei orçamentária do novo exercício, deverá ser tomada como base continuidade dos planos e programas instituídos pelo governo
para a realização das despesas a lei orçamentária do exercício anterior.
recém-encerrado.

15. (ACE/TCU 2004) Os órgãos do Poder Judiciário, as casas do Os princípios orçamentários formam os pilares de uma gestão de
Congresso Nacional e o Ministério Público, amparados na recursos públicos. O art. 2 o da Lei n. o 4.320/1964 dispõe que a
autonomia administrativa e financeira que lhes garante a Lei de Orçamento conterá a discriminação da receita e da despesa
Constituição Federal, devem elaborar as respectivas propostas de forma a evidenciar a política econômico-financeira e o programa
orçamentárias dentro dos limites estipulados na lei de diretrizes de trabalho de governo, obedecidos os princípios da unidade,
orçamentárias e encaminhá-las ao Congresso Nacional no mesmo universalidade e anualidade. Com relação à observância ao
prazo previsto para o envio do projeto de lei orçamentária do Poder princípio da anualidade, julgue o item a seguir.
Executivo, ou seja, até quatro meses antes do encerramento do
exercício. 21. (ACE/TCU 2007) São vedados programas e projetos que não
sejam incluídos na lei orçamentária anual, excetuando-se os
16. (ACE/TCU 2004) O prazo de vigência do plano plurianual e o créditos especiais e extraordinários, que serão incorporados, em
de apresentação e aprovação dos projetos do plano plurianual, da razão da sua natureza, ao orçamento do exercício financeiro
lei de diretrizes orçamentárias e da lei orçamentária anual da União subseqüente.
estão definidos no Ato das Disposições Constitucionais
Transitórias e deverão ser definitivamente disciplinados em lei Segundo o art. 165 da Constituição Federal de 1988, leis de
complementar. iniciativa do Poder Executivo estabelecerão o plano plurianual, as
diretrizes orçamentárias e os orçamentos anuais. Com base nesses
A administração financeira e orçamentária estadual está dispositivos legais, julgue o item abaixo.
circunscrita a normas, princípios e instituições do âmbito federal e
do próprio estado. Acerca desse assunto, julgue os itens seguintes. 22. (ACE/TCU 2007) Recursos que, em decorrência de veto,
emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual, ficarem
17. (ACE TCE/AC 2006) A lei orçamentária anual não conterá sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o
dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da despesa, caso, mediante créditos especiais ou suplementares, com prévia e
não se incluindo nessa proibição as autorizações para abertura de específica autorização legislativa.
créditos adicionais suplementares. Também estão excluídas dessa
proibição as operações de crédito por antecipação da receita, que Com relação à competência para legislar sobre orçamento, julgue o
não devem exceder à quarta parte da estimativa orçamentária para o item que se segue.
exercício financeiro e, até trinta dias após o encerramento deste,
devem ser obrigatoriamente liquidadas. 23. (ACE/TCU 2007) Atualmente, compete à União, aos estados e
ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre o orçamento,
limitando-se a União a estabelecer normas gerais e cabendo aos
Os princípios orçamentários formam os pilares de uma gestão de estados exercer competência suplementar.
recursos públicos. O art. 2.o da Lei n. o 4.320/1964 dispõe que a
Lei de Orçamento conterá a discriminação da receita e da despesa, Acerca do orçamento público, julgue os itens subsequentes.
de forma a evidenciar a política econômico-financeira e o programa
de trabalho de governo, obedecidos os princípios da unidade, 24. (IBRAM/DF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2009) No
universalidade e anualidade. Com relação à observância ao orçamento anual, as receitas e despesas devem se apresentar
princípio da universalidade, julgue o item a seguir. classificadas de modo a identificar o programa de trabalho do
governo e a política econômico-financeira.
18. (ACE TCU 2007) O projeto da lei orçamentária deve ser
acompanhado do demonstrativo regionalizado dos efeitos sobre as 25. (IBRAM/DF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2009) A Lei
receitas e despesas, decorrentes de isenções, anistias, remissões, Orçamentária Anual (LOA) deverá estabelecer a forma de
subsídios e benefícios de natureza financeira, tributária e creditícia. utilização e o montante da reserva de contingência, definida com
base na receita corrente líquida.
O ciclo orçamentário, também denominado processo orçamentário,
corresponde ao período de tempo em que se processam as 26. (IBRAM/DF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2009) A
atividades típicas do orçamento público, desde sua concepção até incompatibilidade com o Plano Plurianual (PPA) e com a Lei de
sua apreciação final. Com relação ao período de discussão, votação Diretrizes Orçamentárias (LDO) impede a aprovação de emendas
e aprovação do orçamento público, julgue o item que se segue. ao projeto de LOA ou aos projetos que o modifiquem.

19. (ACE TCU 2007) As emendas ao projeto de lei do orçamento 27. (IBRAM/DF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2009)
anual ou aos projetos que o modifiquem somente podem ser Segundo o critério populacional, os orçamentos fiscal e de
aprovadas caso sejam compatíveis com o plano plurianual (PPA) e seguridade social, compatibilizados com o PPA, terão a função de
com a lei das diretrizes orçamentárias (LDO). reduzir desigualdades inter-regionais, entre outras.

2
programas de financiamento ao setor produtivo das regiões Norte,
28. (TCE/AC ACE 2008) Os princípios orçamentários são Nordeste e Centro-Oeste.
premissas e linhas norteadoras de ação a serem observadas na
elaboração do orçamento público. A Lei n.º 4.320/1964, que estatui Com base na doutrina e nas legislações orçamentária e financeira
normas gerais de direito financeiro para elaboração e controle dos públicas, julgue os itens de 32 a 41.
orçamentos e balanços da União, dos estados, dos municípios e do
Distrito Federal (DF), determina a obediência aos princípios de 32. (STF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) A adoção do
unidade, universalidade e anualidade. orçamento moderno está associada à concepção do modelo de
Estado que, desde antes do final do século XIX, deixa de
Tendo o texto acima como referência inicial, assinale a opção caracterizar-se por mera postura de neutralidade, própria do laissez-
correta acerca dos princípios orçamentários. faire, e passa a ser mais intervencionista, no sentido de corrigir as
imperfeições do mercado e promover o desenvolvimento
A) O princípio da unidade permite que o Poder Legislativo econômico.
conheça, a priori, todas as receitas e despesas do governo e, assim,
possa dar prévia autorização para a respectiva arrecadação e 33. (STF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) Tem-se
realização. observado, no Brasil, que o calendário das matérias orçamentárias e
a falta de rigor no cumprimento dos prazos comprometem a
B) Em consonância com os princípios da unidade e da integração entre planos plurianuais e leis orçamentárias anuais.
universalidade, a Constituição Federal determina a inclusão, na Lei
Orçamentária Anual (LOA), de três orçamentos: orçamento fiscal;
orçamento de investimentos das empresas em que a União, direta 34. (STF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) O orçamento-
ou indiretamente, detenha a maioria do capital com direito a voto; e programa constitui modalidade de orçamento em que a previsão
orçamento da seguridade social. dos recursos financeiros e sua destinação decorrem da elaboração
de um plano completo. Para autores como João Angélico, o
C) O princípio da anualidade foi reforçado pela Constituição orçamento-programa distingue-se do orçamento comum,
Federal, que proíbe a incorporação dos créditos especiais e tradicional, porque este inicia-se com a previsão de recursos para a
extraordinários ao orçamento do exercício financeiro subseqüente. execução de atividades instituídas, enquanto, no orçamento-
programa, a previsão da receita é a etapa final do planejamento.
D) Pelo princípio da anualidade, a LOA deve dispor das alterações
na legislação tributária, que influenciarão as estimativas de 35. (STF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) O orçamento-
arrecadação. programa, como atualmente concebido, é instrumento do
planejamento e, desse modo, tem de integrar-se aos planos e
E) De acordo com o princípio do equilíbrio, o orçamento deve programas governamentais. A esse propósito, uma das condições
conter todas as receitas e despesas referentes aos poderes da União, para a aprovação de emendas aos projetos de lei do orçamento
seus fundos, órgãos e entidades da administração direta e indireta, anual e de suas alterações é a de que sejam compatíveis com o
sendo que esse princípio está consagrado na legislação brasileira Plano Plurianual e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.
por meio da Constituição Federal e da Lei n.º 4.320/1964.

29. (TCE/AC ACE 2008) De acordo com a Constituição Federal, é 36. (STF ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) Quando o
vedada a apresentação de emendas parlamentares ao projeto de lei presidente da República veta dispositivo da lei orçamentária
do orçamento que tratem de despesas sobre aprovada pelo Congresso Nacional, os recursos remanescentes
podem, por meio de projeto de lei de iniciativa de deputado federal
A) transferências voluntárias para estados e municípios. ou senador, ser utilizados para abertura de créditos suplementares
B) previdência social. ou especiais.
C) Poder Legislativo.
D) serviço da dívida. Com base nos conceitos e na legislação acerca de orçamentos
E) tribunal de contas. públicos, julgue os itens a seguir.

O orçamento é um instrumento que expressa a alocação de recursos 37. (TST ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) O orçamento
públicos, sendo operacionalizado por meio de diversos programas, público passa a ser utilizado sistematicamente como instrumento da
que constituem a integração do plano plurianual com o orçamento. política fiscal do governo a partir da década de 30 do século XX,
Julgue os itens a seguir, a respeito do orçamento público no Brasil. por influência da doutrina keynesiana, tendo função relevante nas
políticas de estabilização da economia, na redução ou expansão do
30. (TCU ACE 2008) A lei que institui o plano plurianual (PPA) nível de atividade.
deve estabelecer, de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos
e as metas da administração pública federal para as despesas de 38. (TST ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) A utilização da
capital e para outras delas decorrentes. Contudo, não existe um política orçamentária para os propósitos de estabilização
modelo legalmente instituído para organização, metodologia e econômica implica promover ajustes no nível da demanda
conteúdo dos PPAs. agregada, expandindo-a ou restringindo-a, e provocando a
ocorrência de deficits ou superavits.
31. (TCU ACE 2008) A Lei Orçamentária Anual (LOA)
compreenderá o orçamento fiscal, o de investimento e o da 39. (TST ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) De acordo com
seguridade social, devendo propiciar uma visão de conjunto e a atual legislação brasileira, a Lei de Diretrizes Orçamentárias
integrada das ações empreendidas pela administração pública. (LDO) disporá sobre as alterações na legislação tributária, que,
Devem integrar os orçamentos fiscal e da seguridade social os para todos os fins, não estarão sujeitas aos princípios da
fundos de incentivos fiscais e as transferências para aplicação em anterioridade e da anualidade.

3
40. (TST ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) O orçamento- então a União deve prever no orçamento, como receita, apenas o
programa se diferencia do orçamento incremental pelo fato de que valor líquido.
este último pressupõe uma revisão contínua da estrutura básica dos
programas, com aumento ou diminuição dos respectivos valores.
Relativamente ao ciclo orçamentário e acerca da gestão
41. (TST ANALISTA ADMINISTRATIVO 2008) A principal organizacional das finanças públicas, julgue os itens a seguir.
característica do orçamento-programa, em contraposição com os
orçamentos tradicionais, é a ênfase no objetivo — e não no objeto 50. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) O Poder
— do gasto. Em organizações mais simples, que desempenham Executivo Federal tem o dever de, até 31 de agosto do primeiro ano
uma única função, a indicação do objeto do gasto ou a natureza da do mandato presidencial, enviar ao Congresso Nacional a proposta
despesa é suficiente para se identificar, ainda que indiretamente, o de LDO.
objetivo dos dispêndios realizados pela unidade responsável.
51. (INPI ANALISTA C&T 2006) A Lei de Diretrizes
Orçamentárias (LDO) é criação da Carta Magna de 1988, que lhe
42. (SAD/PE APO 2010) Acerca dos métodos, técnicas e atribuiu uma série de competências. Outras tantas lhe foram
instrumentos do orçamento público, assinale a opção correta. atribuídas posteriormente, por normas infraconstitucionais.
Assinale a opção que contém dispositivo da LDO definido
A) O orçamento por desempenho caracteriza-se pela forte constitucionalmente.
vinculação ao sistema de planejamento.
B) O orçamento clássico ou tradicional tem ênfase naquilo que a A) Dispor sobre normas relativas ao controle de custos e à
instituição realiza, não no que ela gasta. avaliação dos resultados dos programas financiados com recursos
C) O orçamento participativo é, atualmente, a técnica orçamentária dos orçamentos.
adotada pela União.
D) O orçamento-programa tem como principais critérios B) Dispor sobre condições e exigências para transferências de
classificatórios o funcional e o programático. recursos a entidades públicas e privadas.
E) O processo orçamentário deve ser dissociado dos processos de
planejamento e programação. C) Conter anexo de metas fiscais, em que serão estabelecidas metas
anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas,
No que se refere aos princípios orçamentários brasileiros e ao poder despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida
de legislar sobre orçamento, julgue os itens seguintes. pública, para o exercício a que se referirem e para os dois
exercícios seguintes.
43. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) É vedado ao
administrador público exceder os créditos orçamentários ou D) Conter anexo de riscos fiscais, no qual serão avaliados os
adicionais, e tal vedação envolve não apenas a realização de passivos contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas
despesas, mas, também, a assunção de obrigações diretas. públicas, informando as providências a serem tomadas, caso se
concretizem.
44. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) Se um
administrador público municipal contrai, em nome do município, E) Detalhar metas e prioridades da administração para o ano
uma operação de crédito por antecipação da receita, poderá subseqüente e orientar a elaboração da lei orçamentária anual.
vincular a receita de IPTU à operação, dando-a como garantia da
dívida. 52. (INPI ANALISTA C&T 2006) O sistema orçamentário
brasileiro é composto por três instrumentos principais: a Lei
45. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) Se o Poder Orçamentária Anual (LOA), a LDO e o PPA. A LOA estima as
Executivo Federal promover a transposição de recursos de uma receitas e fixa as despesas de toda a administração pública federal
categoria de programação orçamentária para outra, ainda que com para o ano subseqüente. O sistema orçamentário brasileiro está
autorização legislativa, incorrerá em violação de norma definido nos artigos de 165 a 169 da Constituição Federal. De
constitucional. acordo com esses artigos, assinale a opção incorreta acerca da
LOA.
Consoante a CF, julgue os itens seguintes relativas à Lei de
Diretrizes Orçamentárias (LDO) e ao Plano Plurianual (PPA). A) O projeto de LOA será acompanhado de demonstrativo
regionalizado dos efeitos, sobre as receitas e despesas, decorrentes
46. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) A CF determina de isenções, anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza
literalmente que o conteúdo do projeto de lei orçamentária e das financeira, tributária e creditícia.
emendas a ela propostas pelo Congresso Nacional sejam
compatíveis com a LDO. B) A LOA não conterá dispositivo estranho à previsão da receita e
à fixação da despesa, não se incluindo na proibição a autorização
47. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) Determina a CF para abertura de créditos suplementares e contratação de operações
que os PPAs sejam elaborados em consonância com os planos e de crédito, ainda que por antecipação de receita, nos termos da lei.
programas nacionais, regionais e setoriais.
C) Os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do
48. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) Se o Banco do projeto de LOA, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser
Brasil S.A. pretende conceder, em 2009, aumento salarial para seus utilizados, conforme o caso, mediante créditos extraordinários.
empregados, então tal elevação somente poderá ser efetivada se
prevista na LDO que tramitou no Congresso Nacional em 2008. D) É vedada a transposição, o remanejamento ou a transferência de
recursos de uma categoria de programação para outra ou de um
49. (IPEA ORÇAMENTO E FINANÇAS 2008) Se uma receita é órgão para outro, sem prévia autorização legislativa.
arrecadada pela União e parte dela é distribuída para os estados,
4
E) Os recursos correspondentes às dotações orçamentárias, 63. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
compreendidos os créditos suplementares e especiais, destinados Embora a não afetação da receita constitua um dos princípios
aos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério orçamentários, há várias exceções a essa regra previstas na
Público e da Defensoria Pública, ser-lhes-ão entregues até o dia 20 legislação em vigor.
de cada mês, em duodécimos, na forma da lei complementar.

53. (TER/MT ANALISTA ADMINISTRATIVO 2009) No âmbito 64. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
do processo orçamentário público, a autorização para a concessão Uma das exceções ao princípio da exclusividade é a autorização
de vantagens ou aumentos de remuneração de servidores públicos para contratação de operações de crédito, desde que se trate de
deve constar antecipação da receita orçamentária.

A) No plano plurianual. Acerca da elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) no


B) Na Lei de diretrizes orçamentárias. âmbito da União, julgue os itens a seguir.
C) Na Lei orçamentária anual.
D) Na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 65. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
E) Na lei de normas gerais para elaboração dos orçamentos. Os valores correspondentes ao pagamento de precatórios judiciais
não devem ser incluídos no anexo de riscos fiscais, mesmo que se
Julgue os próximos itens, referentes a orçamento público. refiram ao exercício de que trata a LDO.

54. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) Apesar de 66. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
possuir três peças — fiscal, da seguridade social e de investimento Entre outras determinações, a LDO estabelece limites e condições
—, o orçamento geral da União é único e válido para os três para a expansão das despesas obrigatórias de caráter continuado.
poderes.
67. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
55. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) As garantias às A LDO deve conter as metas fiscais para o exercício a que se
operações de crédito são exceções ao princípio orçamentário da não referir e para os dois seguintes, mas deve também incluir,
afetação. obrigatoriamente, avaliação do cumprimento das metas relativas ao
ano anterior.
56. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) Para que se
atinja o equilíbrio distributivo e se reduzam as possíveis 68. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010)
desigualdades inter-regionais, o orçamento fiscal deve ser A LDO é responsável pelo estabelecimento de normas, critérios e
compatível com o plano plurianual. limitações de empenho para os entes da Federação.

57. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) Os recursos Acerca dos conceitos e princípios orçamentários, julgue os itens
que ficarem sem despesas correspondentes poderão ser realocados, que se seguem.
conforme o caso, mediante créditos especiais ou suplementares,
com prévia e específica autorização legislativa. 69. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Por
força do princípio da exclusividade, a LOA não deverá conter
58. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) O projeto de dispositivo estranho à previsão da receita e à fixação da despesa.
lei orçamentária deve ser encaminhado, pelo Congresso Nacional, Por isso, a lei orçamentária não pode ser aprovada se nela constar
para sanção presidencial, até o dia 31 de agosto do ano anterior à autorização para a realização de operações de crédito.
sua aplicação.
70. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O
59. (MPU ANALISTA ADMINISTRATIVO 2010) De acordo orçamento público, que mantém interação com a LDO e o PPA,
com a Constituição Federal de 1988, o Congresso Nacional pode pode ser considerado instrumento de planejamento das ações de
entrar em recesso sem que tenha sido aprovado o projeto de lei de governo.
diretrizes orçamentárias.
71. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Dada
60. (MPU TÉCNICO ADMINISTRATIVO 2010) O relatório a autonomia financeira e orçamentária garantida pela CF,
resumido da execução orçamentária é necessário para todos os os entes da Federação têm ampla liberdade para elaborar seus
órgãos da administração direta e indireta dos poderes da República. orçamentos, pelo menos no que diz respeito a suas próprias
receitas.

Considerando que o processo orçamentário deve obedecer a um 72. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O
conjunto de princípios consagrados na doutrina especializada, princípio da exclusividade tem por objetivo principal evitar a
julgue os itens seguintes. ocorrência das chamadas caudas orçamentárias.

61. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010) 73. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) A
O excesso de arrecadação, quando ocorrer, deve ser incorporado ao existência do PPA, da LDO e da LOA, aprovados em momentos
orçamento por meio de créditos adicionais, em respeito ao princípio distintos, constitui uma exceção ao princípio orçamentário da
orçamentário do equilíbrio. unidade.

62. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Controle Interno 2010) 74. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O
O princípio orçamentário da especificação ou especialização não ciclo orçamentário compreende um período de tempo que se inicia
está explicitado no texto da CF. antes do exercício correspondente àquele em que o orçamento deve
entrar em vigor, sendo necessariamente superior a um ano.

5
75. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O
controle da execução orçamentária, como item do ciclo 88. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) A
orçamentário, é executado apenas pelo controle interno, consoante LDO deve conter anexo no qual sejam avaliados os passivos
previsão constitucional. contingentes e outros riscos capazes de afetar as contas públicas.

76. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Na 89. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) De
administração pública federal, o exercício financeiro corresponde acordo com o princípio orçamentário da exclusividade, deve-se
ao período compreendido entre 1.º de janeiro e 31 de dezembro de evitar que dotações globais sejam inseridas na LOA.
cada ano civil.
90. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O
77. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) orçamento tradicional tinha como função principal a de possibilitar
Conforme o princípio orçamentário da unidade, todas as receitas e ao parlamento discutir com o órgão de execução as formas de
despesas devem integrar o orçamento público. planejamento relacionadas aos programas de governo, visando ao
melhor aproveitamento dos recursos, com base nos aspectos
relativos a custo/benefício.
Julgue os itens seguintes acerca do PPA, da LDO e da LOA,
conforme a CF. 91. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Um
importante princípio orçamentário estabelece que todos são iguais
78. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Os perante a lei, sem distinção de qualquer natureza.
projetos de lei relativos ao PPA serão apreciados pela Câmara dos
Deputados e pelo Senado Federal. 92. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) De
acordo com o conceito de orçamento-programa, devem-se valorizar
79. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O o gasto público e o que o governo adquire, em detrimento do que se
orçamento fiscal e o da seguridade social, integrantes da LOA, pretende realizar.
incluem, entre suas funções, a de reduzir desigualdades inter-
regionais. GABARITO

80. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) As 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10


leis orçamentárias podem ser de iniciativa do Poder Legislativo. E C C C b E E E E C
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
81. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Os E C E E E C C C C E
planos e programas nacionais, regionais e setoriais, previstos na 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
CF, devem ser elaborados em consonância com a LDO e E C C E E C E b d C
apreciados pelo MPU. 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
E C C C C E C C E E
82. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) As 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
emendas ao projeto de lei do orçamento anual somente serão C d C C E E E E E E
aprovadas se forem compatíveis com o PPA e com a LDO.
51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
e c b C C C C E E C
83. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) A
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70
LOA federal compreenderá o orçamento fiscal das empresas
estatais nas quais a União detenha a maioria do capital social com C C C E C E C E E C
direito a voto. 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80
E C E C E C E C E E
Em relação às previsões constitucionais relativas ao orçamento 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90
público, julgue os itens de 84 a 86. E C E C E C C C E E
91 92
84. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) O E E
PPA da União será elaborado em um mandato presidencial e terá
sua vigência estendida até o primeiro ano do mandato subsequente.

85. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Em


respeito ao princípio orçamentário da não vinculação da receita,
nenhum imposto será vinculado a órgão, fundo ou despesa, nem
mesmo no caso de destinação de recursos para serviços públicos de
saúde e educação.

86. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010) Na


lei que instituir o PPA constarão despesas de capital e outras delas
decorrentes.

Ainda com relação aos orçamentos públicos, julgue os itens a


seguir.

87. (MPU Técnico de Apoio Especializado/Orçamento 2010)


Créditos suplementares poderão estar autorizados na LOA
aprovada.
6

Você também pode gostar