Você está na página 1de 7

Alemão Iniciação – A1

30-5-2018

Declinações – Os vários casos na língua alemã


Segue-se uma explicação do que são os vários casos da língua alemã, como
funcionam e como são aplicadas as declinações.

O que são as declinações?


As declinações são flexões de palavras, que promovem a concordância com os
vários elementos que compõem uma frase.

Usando-se um exemplo da língua portuguesa: a conjugação verbal – que


significa: fazer a concordância entre verbo e sujeito – eu vou, tu vais – trata-se
de uma flexão verbal.

As declinações de casos são flexões do tipo nominal, ou seja, elas são marcas
que identificam a função sintática que determinada palavra exerce numa frase
em relação aos restantes elementos da frase.

Por exemplo, quando a palavra exerce a função de sujeito, ela está no caso
nominativo e, por consequência, usa a declinação “dele” para marcar que é
essa a sua função.

As declinações são importantes, principalmente, por causa da estrutura da frase.


Os verbos, são os únicos elementos de uma frase que têm posições fixas e os
restantes elementos podem deslocar-se pela frase.

Deste modo, pode encontrar-se o sujeito no início ou fim da frase e a melhor


forma de o reconhecer, será com a verificação da declinação.

Exemplo:

 Den Tisch kaufte mein Bruder. [Tradução à letra: A mesa comprou meu
irmão]

Significado: Foi o meu irmão que comprou a mesa.

Na frase supra, a estrutura pode causar bastante incerteza em relação a quem


comprou quem e o quê. Contudo, uma análise mais atenta mostra que tanto
Bruder (irmão) como Tisch (mesa) são do género masculino. O primeiro está no
caso nominativo (que indica função de sujeito, ou quem executou a ação) e o
segundo está no caso acusativo (que indica função de objeto, ou sobre quem foi
executada a ação).

Deste modo, conclui-se que é o caso que define o papel de cada elemento.

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

Qual a função de cada um dos casos?


Os casos são marcações sintáticas ligadas à função de cada elemento da frase.
Eles não se relacionam a palavras individuais, mas a conjuntos que formam
elementos sintáticos: sujeito, objetos, complementos.

O único caso que não está diretamente ligado a uma função sintática é o caso
genitivo.

Síntese dos vários casos


O caso nominativo

O caso nominativo está ligado ao sujeito e ao predicativo de sujeito.

Todas as frases, na língua alemã, têm um sujeito, o que significa que o caso
nominativo estará sempre presente – seja na forma de substantivos ou de
pronomes.

O predicativo de sujeito refere-se a uma descrição ou qualificação do sujeito, isto


é, quando se dá um predicativo a “ele”.

 Der Mann trägt eine schöne Jacke. [O homem está a usar um casaco
bonito.]
 Ich bin eine gute Lehrerin. [Eu sou uma boa professora.]

Na última frase, temos o sujeito (ich) e o predicativo do sujeito (eine Lehrerin),


no nominativo.

O caso acusativo

O caso acusativo marca o objeto direto, ou seja, quem está a receber


diretamente a ação. Importa referir que, na língua alemã, os objetos não
funcionam como na língua portuguesa, na qual o direto não tem preposição e o
indireto tem.

Na língua alemã, o acusativo pode vir acompanhado de preposições específicas.

 Ich habe einen großen Hund. [Eu tenho um cão grande.]


 Meine Schwester hat einen alten Freund getroffen. [A minha irmã
encontrou um velho amigo.]

O caso dativo

O caso dativo também tem função de objeto, mas neste caso o objeto recebe a
ação de forma indireta. Frases com dativo contêm, geralmente, também
elementos no acusativo.

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

 Der Vater kaufte seiner Tochter eine Schokolade. [O pai comprou para a
sua filha um chocolate.]
 Der Mann hat seiner Frau ein schönes Kleid gekauft. [O marido comprou
à sua esposa um vestido bonito.]

O caso genitivo

O caso genitivo é o caso que indica posse de algum objeto ou de uma


característica. Ele pode aparecer dentro de outros elementos, porque não
estabelece uma função sintática, mas uma relação de posse.

 Das Haus meiner Eltern ist sehr groß. [A casa dos meus pais é muito
grande.]
 Ich habe das Buch meines Lehrers gefunden. [Eu encontrei o livro do meu
professor.]

Quais as palavras que declinam?


A declinação dos substantivos - estes sofrem poucas alterações em função das
declinações.

O que é realmente declinado são as palavras que estão em volta dos


substantivos, como pronomes, artigos e adjetivos.

As terminações são essencialmente as mesmas:

Masculino Feminino Neutro Plural


Nominativo der die Das die

dieser diese dieses diese

kein keine kein keine

ein eine ein meine

mein meine mein


Acusativo den die das die

diesen diese dieses diese

keinen keine kein keine

einen eine ein meine

meinen meine mein

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

Dativo dem der dem den

diesem dieser diesem diesen

keinem keiner keinem keinen

einem einer einem meinen

meinem meiner meinem


Genitivo des der des der

dieses dieser dieses dieser

keines keiner keines keiner

eines einer eines meiner

meines meiner meines

Ainda que a tabela aparente ser grande, as únicas terminações que devem ser
memorizadas são as seguintes:

-er -e -es -en -em


A parte difícil é saber a qual caso é que cada uma se refere, que só pode ser
colmatado com estudo, treino e memorização.

A leitura é também muito importante e a aprendizagem deve ser faseada, por


partes, para não se correr o risco de misturar os conceitos e os conhecimentos
adquiridos.

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

Declinação dos adjetivos


Adjetivos são palavras que têm a função de caracterizar ou qualificar
substantivos. Na língua alemã, os adjetivos são escritos em letra minúscula e
podem ser variáveis ou invariáveis, de acordo com a sua posição na frase. No
que diz respeito aos adjetivos, é de extrema importância que se preste atenção
à posição dos adjetivos na frase, bem como às palavras que os antecedem.

A classificação dos adjetivos


Na língua alemã, existem três tipos de adjetivos: predicativos, adverbiais e
atributivos e só estes últimos é que estão sujeitos às declinações.

Os adjetivos predicativos

Os adjetivos predicativos são conhecidos como os predicativos de sujeito.

Eles surgem depois dos verbos e, quando não são acompanhados de


substantivos, não sofrem declinação.

Para um adjetivo ser predicativo, ele tem que surgir depois de verbos com função
predicativa.

Os três verbos mais comuns são: sein (ser), bleiben (ficar, permanecer) e werden
(ficar, tornar-se).

 Der Schüler ist intelligent. [O aluno é inteligente.]


 Das Kind wird müde. [A criança está a ficar cansada.]
 Der Lehrer bleibt ruhig. [O professor permanece calmo.]

Os adjetivos adverbiais

Os adjetivos adverbiais, têm uma função semelhante a um advérbio, que é toda


a palavra invariável que acompanha o verbo, o adjetivo ou outro advérbio,
modificando o seu sentido.

Exemplo: Cheguei cedo. Esse carro é muito bom. Ele estava muito bem.

O advérbio, tal como os predicativos, também surge depois dos verbos e só se


declinam se estiverem acompanhados de substantivos.

A diferença centra-se nos tipos de verbos:

 Enquanto que nos predicativos o verbo tem que ter função predicativa, os
adverbiais englobam todos os demais verbos que não têm essa função.

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

Exemplo:

 Der Schüler schreibt schön. [O aluno escreve bonito.]


 Der Mann läuft sehr schnell. [O homem anda muito rápido.]
 Der Lehrer spricht laut. [O professor fala alto.]

Os adjetivos atributivo

Todos os adjetivos podem ser tanto predicativos, como adverbiais ou atributivos,


porque a definição depende do lugar em que eles aparecem na frase e das
palavras que os acompanham.

Os adjetivos atributivos são aqueles que estão diretamente ligados aos


substantivos, ou seja, aparecem antes deles, ou entre substantivos e artigos.

Os adjetivos atributivos são declináveis, isto é, a sua terminação muda de acordo


com o género, o caso e o tipo da palavra que vem antes deles.

 Der Schüler hat ein neues Buch. [O aluno tem um novo livro.]
 Der Mann kauft seiner hübschen Frau ein Geschenk. [O homem compra
um presente para a sua bela esposa.]
 Der Lehrer begrüßte den alten Professor. [O professor cumprimenta o
antigo professor.]

A classificação dos adjetivos


Com algum conhecimento adquirido no que importa qual os adjetivos
declináveis, iremos aferir, o procedimento em pormenor. Conforme já abordado,
a declinação depende do género, do caso e do tipo de palavra que acompanha
os adjetivos. Deste modo, existem três formas possíveis de declinação, que
exigem a consulta de 3 três tabelas diferentes: a declinação forte, a declinação
fraca e a declinação mista.

Esta é uma das partes mais aborrecidas da matéria e ainda que seja importante
a memorização das declinações apresentadas, é imperativo que seja
considerada a posição do adjetivo e o género das palavras.

A par da memorização das tabelas de declinação deve ser entendido, em pleno,


como funciona cada um dos casos e em que situação o adjetivo é variável ou
invariável.

Declinação forte

Para determinar quando se deve usar a tabela da declinação forte, deve


perceber-se que tipo de palavra acompanha o adjetivo. Se não houver nenhum
tipo de artigo ou pronome antes do adjetivo, é ele que carrega a marca indicativa
de género e caso. Assim, é esta a tabela a usar quando o adjetivo vem sozinho
antes do verbo, isto é, não acompanhado de artigos ou pronomes que possam
indicar o caso.

Maria João Vicente 2018


Alemão Iniciação – A1
30-5-2018

NOMINATIVO ACUSATIVO DATIVO GENITIVO


MASCULINO -er -en -em -en
FEMININO -e -e -er -er
NEUTRO -es -es -em -en
PLURAL -e -e -en -er

Esta declinação é idêntica à terminação dos artigos definidos, com exceção do


genitivo, que muda no masculino e no neutro singular – mas, em caso de
dificuldade no momento de determinar o caso, pode-se tentar reconstruir a frase
procurando um sinónimo que seja feminino, tentando usar o plural ou, em
alternativa, pode usar-se o “von” para indicar posse.

Declinação fraca

A declinação fraca é aquela que ocorre quando aparece algum artigo definido
ou pronome antes do adjetivo.

Atenção: o pronome não pode ser um pronome possessivo (mein, dein, sein…).

NOMINATIVO ACUSATIVO DATIVO GENITIVO


MASCULINO -e -en -en -en
FEMININO -e -e -en -en
NEUTRO -e -e -en -en
PLURAL -en -en -en -en

A tabela acima só apresenta as declinações -E e -EN.

Declinação mista

Existe ainda a declinação é a mista, que abrange o que não foi abordado até
agora pelas anteriores: os artigos indefinidos e os pronomes possessivos.

NOMINATIVO ACUSATIVO DATIVO GENITIVO


MASCULINO –er -en -en -en
FEMININO -e -e -en -en
NEUTRO –es –es -en -en
PLURAL -en -en -en -en

Refere-se que únicas mudanças relativamente à declinação fraca ocorrem no


masculino nominativo e no neutro (nominativo e acusativo). De resto é
semelhante!

Ainda que sejam 3 tabelas e aparentem existir inúmeras possibilidades de


terminação, na realidade trata-se de apenas cinco:

-e -en -er -es -em

Maria João Vicente 2018