Você está na página 1de 3

Número:

GES-FOR-02
PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO – SERVIÇO SOCIAL Aprovação:
GERÊNCIA ACADÊMICA

ALUNO: PATRÍCIA KAROLYNE ALMEIDA DA SILVA MATRICULA: 01095250


DISCIPLINA: ETÁGIO SUPERVISIONADO EM SERVIÇO SOCIAL III PERÍODO: MANHÃ
PROFESSOR(A): JULIANA LUSTOSA JUCÁ SEMESTRE: 8º
INSTITUIÇÃO/ PROGRAMA/ PROJETO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ - CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE
SUPERVISOR(A) ACADÊMICO(A): JULIANA LUSTOSA JUCÁ
AVENIDA ANTÔNIO SALES, Nº 1740, DIONÍSIO TORRES –
ENDEREÇO: TELEFONE: 3472.1260 / 3452.4538
FORTALEZA-CE.
POLÍTICAS, PROGRAMAS E/OU PROJETOS EM
POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
QUE O(A) ESTAGIÁRIO(A) ATUARÁ:
SUPERVISOR(A) DE CAMPO/ CONTATO/ CRESS: VALDENIA DE MORAIS CORREIA / 98889.1804 / CRESS: 2692
PERÍODO DO ESTÁGIO: AGOSTO À NOVEMBRO DE 2017
DIAS DA SEMANA/ TURNO: SEGUNDA E QUARTA / MANHÃ

PERÍODO ATIVIDADES DESENVOLVIDAS OBJETIVOS INSTRUMENTAIS REFERENCIAL


UTILIZADOS TEÓRICO/ LEGAL
Agosto Reunião na Secretaria do Trabalho e Apresentar o Projeto MP e o SUAS; Reunião Técnica – Lei 12.435/2011;
Desenvolvimento Social – STDS. solicitar reunião técnica com o setor memória de reunião com
financeiro para acompanhar o destaque para
repasse de recursos de encaminhamentos;
cofinanciamento federal; Agendar
reunião para discutir o Acolhimento
Institucional de crianças e Observação e reflexão.
Adolescentes, Fortalecer o Sistema
Único de Assistência Social.
Agosto Sistematização da memória da reunião Registrar os principais pontos Leitura e escrita.
técnica com a STDS; discutidos e os encaminhamentos;
Setembro Estudo dos Slides de apresentação do Compreender quais as atribuições Leitura e reflexão.
Projeto: “Ministério Público e o Sistema da Política de Assistência baseada
Único de Assistência Social”. nas normas vigentes.
Número:
GES-FOR-02
PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO – SERVIÇO SOCIAL Aprovação:
GERÊNCIA ACADÊMICA

Setembro Leitura sobre o Sistema de Garantia de Entender quem são os atores do Leitura. Lei 8069/1990 Estatuto
Direitos de Crianças e Adolescentes. Sistema de Garantia de Direitos e da Criança e do
quais os órgãos de defesa, Adolescente – ECA.
promoção e controle dos direitos de Resolução 113, de
Crianças e Adolescentes. 19/04/06 - CONANDA,
Setembro Leitura do livro de Tipificação Nacional de Compreender os serviços de Resolução 109, de
Serviços Socioassistenciais. proteção social básica e especial, Leitura. 11/11/09 - CNAS
estabelecendo seus conteúdos Tipificação Nacional de
essenciais. Serviços
Socioassistenciais.
Setembro Visita Institucional no Centro Educacional da Realizar inspeção na Instituição para Observação e reflexão. Instrumental –
Juventude Padre João Piamarta, localizado dar suporte técnico ao Promotor de Resolução nº 71,
em Itaitinga-CE. Justiça da Comarca de Itaitinga. 15/06/11 - CNMP
Setembro Reunião no Fórum de Maracanaú Aproximar o Ministério Público da Observação e reflexão.
Rede Socioassistencial de Exposição dialogada com
Maracanaú. uso de slides;
Setembro Visita Domiciliar no Município de Morada Avaliar pedido de guarda de criança Visita domiciliar com Entrevista não-
Nova-CE. de 1 ano. objetivo de entrevistar os estruturada;
responsáveis e observar o Observação
contexto no qual está a participante;
criança;
Outubro Estudo orientado sobre os parâmetros de Compreender quais os parâmetros Leitura e reflexão. Resolução conjunta
funcionamento dos serviços da alta de funcionamento relacionados à CNAS/CONANDA nº
complexidade do SUAS - Acolhimento estrutura física, recursos humanos, 01, de 18/06/2009
Institucional de crianças e adolescentes. metodologia de atendimento (PIA, Orientações técnicas
acompanhamento familiar por para o serviço de
equipe interdisciplinar), articulação Acolhimento para
com o SGD – Sistema de Garantia crianças e
de Direitos para subsidiar a adolescentes.
inspeção.
Outubro Orientação sobre o relatório da visita Aproximação do instrumental Escrita e leitura.
institucional ao Centro Educacional da utilizado na inspeção realizada pela
Número:
GES-FOR-02
PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO – SERVIÇO SOCIAL Aprovação:
GERÊNCIA ACADÊMICA

Juventude Padre João Piamarta. equipe técnica, com a participação


do estagiario.
Outubro Leitura do artigo: Laudos, Relatórios e Aproximação e conhecimento dos Leitura.
outros registros no Serviço Social Sócio instrumentais.
Jurídico.
Outubro Visita Institucional em Casa lar no Município Realizar Inspeção para dar suporte Visita institucional; Instrumental –
de Horizonte. técnico ao Promotor de Justiça da Análise documental; Resolução nº 71,
Comarca de Horizonte. Observação participante; 15/06/11 - CNMP
Entrevista estruturada por
questionário à dirigentes e
profissionais;
Novembro Elaboração do Projeto de Intervenção. Pesquisa de tema e metodologia Escrita e leitura.
para resolver o problema Apresentação
identificado;
Novembro Execução do Projeto de Intervenção. Executar o projeto previamente Desenvolvimento das
sistematizado com vistas a alcançar atividades planejadas.
resultados satisfatórios para a
situação indicada.
Novembro Relatório final do estágio. Descrever as atividades realizadas e Escrita, leitura e
seus respectivos objetivos no observação.
andamento do estágio no CAOPIJ.

____________________________________
Assinatura do estagiário (a)
_____________________________________
Assinatura do (a) supervisor (a) de campo/ CRESS
_____________________________________
Assinatura do (a) supervisor (a) acadêmico (a) /CRESS

Você também pode gostar