Você está na página 1de 16

I.

O INTERCESSOR E ELE MESMO:


A. O que é intercessão? O que é Interceder?
1. Interceder, quer dizer rogar por alguém, intervir a favor de alguém
ou de algo, suplicar, pedir por alguém.
2. A Intercessão é colocar uma reivindicação na habilidade de Deus
pela oração intercessória. Trazendo à habilidade de Deus à
situação em causa, não há nada passivo na intercessão, pois nela
nos agarramos a Deus. Como? Chegando diante dEle com a sua
Palavra em nossos lábios de acordo com Isaías 2:6,7.
3. Intercessão é servir a Deus na Evangelização do mundo. O Salmos
2:8 declara: “Pede-me, e eu te darei as nações por Herança, e as
extremidades da Terra por tua Possessão.”
II. BENEFÍCIOS DA INTERCESSÃO:
1. A intercessão alarga nossa visão;
2. A intercessão edifica a fé;
3. A intercessão nos transforma o espírito em lugar propício para o
Espírito Santo trazer à luz as promessas de Deus. (II Corintios 1:20).
4. A intercessão nos torna parte de Deus.( Comparar Ap. 8:3-4 com
Deut. 33:110).
III. CARACTERÍSTICAS DO INTERCESSOR:
1. Amor ( I João 4:8b);
2. Identificação;
3. Compaixão;
4. Discernimento.

IV. O QUE O INTERCESSOR PRECISA?


1. Precisa ser um Adorador ( Salmos 34:1; Salmos 51:10; 116:12);
2. Precisa ser Quebrantado ( Sl. 51:17; II Cronicas 7:14; Jeremias
18:1-6);
3. Precisa ser Liberto( João 8:332,36; I Pedro 5:8).Precisamos restaurar
os muros de nossas vidas em Vários aspectos, vejamos:
a) Nossa Mente(Romanos 12:2);
b) Nossa Vontade( Gálatas 2;20; II Corintios 10:4-5) . A Minha vontade
é não ter vontade. Entregar tudo para Deus. Ele sabe o que é
melhor para mim, e o que é bom, agradável e perfeita para mim;
c) Nossas Emoções ( Hebreus 12:15; Gálatas 5:22---26)..

V. O intercessor precisa conhecer:


1. O inimigo( Ez. 28:12-19; Is. 14: 12; Ap. 12:3,9; Êxodo 28:12-19;);
2. O Caráter do Inimigo ( Isaías 14:12-15);
3. A rebeldia do Inimigo( Seu pecado: Orgulho- soberba precede a
ruína, a queda. Ap. 12:4);
4. A Queda do inimigo;
5. Os objetivos do inimigo( João 10:10: Roubar, Matar e Destruir)-
Isaías 14;
6. Os comandos do Inimigo: (Efésios :12-):Satanás em sua rebelião
contra Deus levou consigo a terça parte dos anjos(Ap. 12:4). Os
demônios são seres espirituais com personalidade e inteligência.
Como súditos de satanás, inimigos de Deus e dos seres humanos,
são malignos, destrutivos e estão sob a autoridade de satanás.

O INTERCESSOR E A CURA INTERIOR:

VOCÊ NÃO É O QUE PENSA QUE É (AUTO-IMAGEM)

Texto: Juízes 6.1-24

I. Pv 23.7 “Porque, como ele pensa consigo mesmo, assim é…”

Como imaginou em sua alma, assim é…”

Os líderes que vencem são os que têm consciência de que podem


vencer.

“A Visão nos forma”.

Quem sou eu? Qual é o meu valor?

As respostas a estas perguntas irão depender do meu conceito sobre


mim

mesmo.
Auto Imagem é o que eu penso de mim mesmo, que começa a ser
formada

desde o ventre materno.

- É a minha própria avaliação de minha aparência e capacidades físicas.

- É o que eu penso e o que eu sinto a meu respeito. Minha atitude para

comigo mesmo.

Auto Imagem: é a nota que eu dou a mim mesmo. 95% das pessoas se

sentem inferiores.

Por quê? “Por que tu és o que tu vês e tu tens o que tu dizes”

II. . O QUE É AUTO-IMAGEM

“São pensamentos, sentimentos e atitudes que temos para conosco

mesmos”.

“É a auto-avaliação sobre nossos valores pessoais” (físicos, intelectuais,

habilidades, etc).

“É uma ótica pela qual enxergamos a vida. Algumas pessoas têm óculos

negativos que dão perspectiva pessimista à vida toda, enquanto outros


têm

óculos positivos que dão brilho à vida toda”.

III. AS FONTES DA NOSSA AUTO-IMAGEM

Há muitos fatores que influenciam nossa imagem negativamente ou

positivamente.

Por Exemplo:

- Relacionamento entre Pais e Filhos (defeituosos ou maduros).


- Pensamentos que alimentamos em nossa mente e emoções.

- Influências da sociedade (amigos da escola, trabalho e igreja, etc).

- Expectativas reais ou irreais que desenvolvemos.

- Interpretações certas ou erradas que temos do Ensino Bíblico.

IV. POR QUE MUITAS PESSOAS TÊM UMA AUTO-IMAGEM NEGATIVA.

A Principal razão de uma auto -imagem negativa é a falta de amor

fundamental. Sem este amor como alicerce, a pessoa não se sente


amada e

aceita. A pessoa que experimentou tal amor tem uma confiança de que
é

aceita, não importa o que ela faça ou deixe de fazer. Seus sentimentos
e

pensamentos a respeito de si mesmo não dependem de suas


habilidades ou

desempenho.

A pessoa que se aceita tem a seguinte ótica: “Eu sou bom porque Deus
me

fez, e Ele não faz besteiras”.

Se eu me aceito, normalmente enxergo a vida de forma positiva, Se eu


não

me aceito, normalmente enxergo a vida de forma negativa. É uma


atitude

que me norteia, dando óculos emocionais através dos quais enxergo a


vida

toda.
A auto-imagem negativa às vezes está tão arraigada em nós que
lutamos

contra a verdade de Deus.

Complexo de inferioridade.

Crise de habilidade.

Crise de credibilidade consigo mesmo.

Pecados conseqüentes da baixo-estima e auto-imagem negativa:

Incredulidade, revolta, omissão, murmuração, desespero, desânimo.

f) Deus investe novamente com uma Promessa – V.16

“Tornou-lhe o Senhor: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos

midianitas como a um só homem”.

g) Gideão começa a mudar a fonte da sua auto-imagem e uma nova

perspectiva – V.17.

“Prosseguiu Gideão: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-
me um

sinal de que és tu que falas comigo”.

Deus te trouxe aqui neste reencontro, para que você exponha toda sua

insegurança, e para que você saia daqui com a certeza de que TUDO DE

DEUS TEM PARA FAZER E TUDO QUE DEUS QUER DE VOCÊ.

- Os complexados e medrosos sempre querem uma prova a mais de


que

vão conseguir.

- Deus já tem lhe dado provas de que está contigo.

- Deus quer que você olhe para Ele. Seu caráter é a fonte de nossa

identidade!
QUAL É A FONTE DE SUA AUTO-IMAGEM?

Qual é a fonte que alimenta a sua visão de si mesmo?

Se for o eu, você se tornará orgulhoso, prepotente, vaidoso e soberbo.

Se forem os conceitos que outros revelam a seu respeito você se


tornará

um joguete manipulado pelas opiniões alheias.

Se forem às memórias de experiências negativas você será um escravo


do

passado e nunca desenvolverá seu potencial.

Se for o que você é e pode em Cristo, AÍ SIM, você entrará num


processo de

desenvolvimento de tudo quanto Deus projetou para que você fosse


em

Cristo.

- Busque uma nova perspectiva. Deus te trouxe aqui para que tenha
uma

nova perspectiva de você mesmo.

V. 12-15 “Os midianitas, os amalequitas, e todos os filhos do oriente


jaziam

no vale, como gafanhotos em multidão; e os seus camelos eram

inumeráveis, como a areia na praia do mar. No momento em que


Gideão

chegou, um homem estava contando ao seu companheiro um sonho, e

dizia: Eu tive um sonho; eis que um pão de cevada vinha rolando sobre
o

arraial dos midianitas e, chegando a uma tenda, bateu nela de sorte a


fazêla
cair, e a virou de cima para baixo, e ela ficou estendida por terra. Ao
que

respondeu o ao seu companheiro, dizendo: Isso não é outra coisa


senão a

espada de Gideão, filho de Joás, varão israelita. Na sua mão Deus


entregou

Midiã e todo este arraial. Quando Gideão ouviu a narração do sonho e


a sua

interpretação, adorou a Deus; e voltando ao arraial de Israel, disse:

Levantai-vos, porque o Senhor entregou nas vossas mãos o arraial de

Mídia”.

Antes Gideão estava morrendo de medo dos midianitas, mas agora sua

reação foi de adorar a Deus. Ele ganhou uma nova perspectiva. Ele já
podia

dizer aos seus 300 – “não se preocupem, porque a vitória é nossa”.


“Eles é

que são gafanhotos”.

- Deus quer trabalhar na sua perspectiva de si mesmo. VOCÊ É O QUE


DEUS

DIZ QUE VOCÊ É.

h) Gideão Experimentou A Presença que Cura – V.22-24.

“Vendo Gideão que era o anjo do Senhor, disse: Ai de mim, Senhor


Deus!

pois eu vi o anjo do Senhor face a face”.

Porém o Senhor lhe disse: Paz seja contigo, não temas; não morrerás”.

Então Gideão edificou ali um altar ao Senhor, e lhe chamou Jeová-


Shalom; e
ainda até o dia de hoje está o altar em Ofra dos abiezritas.

Naquela mesma noite, disse o Senhor a Gideão: Toma um dos bois de


teu

pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal, que
é de

teu pai, e corta a Asera que está ao pé dele. Edifica ao Senhor teu Deus
um

altar no cume deste lugar forte, na forma devida; toma o segundo boi,
eo

oferece em holocausto, com a lenha da Asera que cortares. Então


Gideão

tomou dez homens dentre os seus servos, e fez como o Senhor lhe

dissera…”“.

- A base da nossa auto – imagem e auto-estima está em Cristo.

- Deus te convida a romper com o passado que te separa do projeto


dele

para ti.

- Neste reencontro Deus te chama a entrar na aventura do caminho de


“farei de ti uma grande nação”.

- Neste reencontro Deus te chama a entrar no caminho da


multiplicação.

- Deus te chama para entrar no caminho da prosperidade – “ abençoar-


teei”.

- O líder que Deus quer precisa aprender a se ver como Deus o vê.

- Você não é o que você pensa que é! Você não é o que as pessoas
dizem
que você é!

- Você é o que Deus diz que você é através de sua Palavra.

- Deus te chama para esta empreitada. As pedras não podem clamar


em

seu lugar!

- Fique a Sós com Deus e o ouça através da sua palavra. Derrame-se


diante

dele, e ouça o que Ele lhe diz sobre você:

“És meu filho amado em quem tenho prazer”.

Árvore Chamada Rejeição:

Salmos 1; Mateus 12:33-37; Mateus 13:1-9

A semente é quem determina o gênero da árvore. Ou seja, é


impossível que nasça uma árvore boa, de uma semente ruim, ou
vice´versa.

A árvore da rejeição, começa com uma semente de rejeição, que foi


crescendo e até se entaizar dentro de nós. Esta semente, entra
dentro de nós da mesma fora que a semente entra na terra. A terra
precisa ser ferida.

As Feridas Emocionais permitem que a semente da rejeição penetre


nas nossas emoções, e crie estas raízes podres dentro de nós,
distorcendo as nossas emoções, e provocando um desequilíbrio
emocional.

O lugar da sua dor é o lugar de sua cura. Quem não tira o lixo de suas
emoções, um dia terá que tirar suas emoções do lixo. ( Fernando
Guiller).
Precisamos identificar a Raiz dos sentimentos negativos que nos
afligem:

Frutos podres vem de raízes podres;

Frutos bons vem de raízes boas;

O tronco da árvore representa nossas memórias. As vezes temos


memórias de dor.

Rejeição: Resistir, desprezar ou recusar. Não Amar algo ou alguém.

Rejeição: É o resultado da negação de uma necessidade emocional do


ser humano: O AMOR. Somos seres humanos que precisamos amar e
ser amados.

FRUTOS DE UMA ÁRVORE E RAÍZ FERIDA:

1. Depressão;
2. Pânico;
3. Baixa Alto Estima;
4. Medo;
5. Tristeza Profunda;
6. Ansiedade

Raíz , é o produto de uma Semente.

COMO TRANSFORMAR SUAS FERIDAS EMOCIONAIS?

Gálatas 55: 22-26:

Buscar o principal fruto do Espirito, que é o AMOR. ( Romanos 5:5; I


Corintios 13).

TIPOS DE ORAÇÃO:

Poderiamos Classificar os tipos de oração em três níveis diferentes: Deus,


Nós mesmos e os outros.
Dentro de cada um desses níveis há tipos de Orações.

I. Deus como centro de nossas orações:


A) Oração de Ações de graças: Agradecimento pelo que temos
recebido e pelo que Deus tem nos alcançado.

Exemplo: Antes das refeições, ao levantar, ao recolher-se, ao término


de uma viagem, ao chegar ao trabalho, ao terminar o dia de labuta, ao
receber uma dádiva, ou uma cura, ou ao receber uma bênção, o cristão
se dirige ao Pai, agradecendo-lhe.

B) Oração de Louvor: Louvamos a Deus pelo que Ele tem feito em


nossas vidas.

Exemplo: A palavra louvor significa, entre outras coisas, “falar bem de”,
“elogiar”, “exaltar”, “enaltecer”, etc. Deste modo, oração de louvor é
aquela oração que se presta a elogiar, exaltar, enaltecer a Deus, por
aquilo que Ele é e faz. Louvar a Deus em oração é falar bem dos
atributos pessoais de Deus e de seus poderosos feitos. Em toda a
Escritura Sagrada existem inúmeras orações de louvor. O Livro dos
Salmos, em especial, é o lugar onde mais encontramos este tipo de
oração. No próprio Salmo 86: “Não há entre os deuses semelhante a ti,
Senhor; e nada existe que se compare às tuas obras. Pois tu és grande
e operas maravilhas; só tu és Deus!” (Sl 86.8,10). Davi expressou muito
bem o seu louvor a Deus quando disse: “Oferecer-te-ei
voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó SENHOR, porque é
bom” (Sl 54.6). O Profeta Isaías louvou a Deus depois de reconhecer as
suas maravilhas: “SENHOR, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei a ti e
louvarei o teu nome, porque tens feito maravilhas e tens executado os
teus conselhos antigos, fiéis e verdadeiros” (Is 25.1). Há ainda uma
infinitude orações que louvam a Deus (Sl 18.46; 57.5,11; 77.13; 99.2-5;
118.5; Dn 9.4).

C) Oração de Adoração: Exaltamos a Deus pelo que Ele é, seu Caráter e


tudo mais..

Exemplo: Esta é uma oração desprendida, altruísta, muito sagrada. O


filho de Deus, consciente de sua condição de adorador e consciente da
grandeza, santidade, magnitude, amor, majestade e divindade de
Deus, prostra-se aos seus pés não para pedir, ou agradecer, mas
somente para adorar, confessar o que pensa de Deus, glorificá-lo,
louvá-lo, magníficá-lo, gozá-lo em perfeita comunhão.

II. NÓS NO CENTRO DAS ORAÇÕES:


A) Oração de PETIÇÃO: Uma petição é um pedido fervoroso. No antigo
testamento, diversas palavras hebraicas distintas são traduzidas por
petição e traduzidas como pedido,súplica ou clamor por
misericórdia.
Exemplos de petição a Deus no Antigo Testamento, são encontradas
em Esdras 8:23 e I Samuel 1:17.
No Novo Testamento, há exemplos de petição em Filipenses
4:6(Tradução da palavra grega deesis), em Atos 2:15(Rogai,tradução
do termo hikateria), conforme revelado na Palavvra de Deus
escrita, as petições devem ser feitas de acordo com a vontade dEle
e podem estar nos estágios de Pedir, Buscar e Bater.
B) ORAÇÃO DE SÚPLICA: Três palavras hebraicas da raiz banan são
traduzidas como suplicar, e elas incluem a idéia de intercessão,
petição e pedido firme.
Em algumas passagens, essas palavras são traduzidas por implorar
por misericórdia ou favor. É um pedido fervoroso feito a Deus.
Encontramos ocorrências delas em I Reis 8:33,4 e Salmos 30:8. O
termo Suplicar quer dizer implorar a Deus ou apelar firmemente a
Ele em nome de um necessitado , no nome poderoso de Jesus
Cristo.
C) ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO:

No Jardim do Getsemani, Cristo orou este tipo de oração, isto é a


oração da submissão, da consagração, e da dedicação: “... se queres...
contudo, não se faça aminha vontade ...”(Lucas 22:42). Ele queria fazer
aquilo que o Pai queria que ele fizesse. Isso é, oração de consagração.
Nesse tipo de oração procura-se fazer a vontade de Deus e crucificar a
nossa. Portanto, submetemos, consagremos e dediquemos ao Senhor
a nossa vida por meio da oração.
Na Oração de Petição, não se usa a frase: “...Se for da tua vontade”,
pois, já se sabe o que Deus prometeu ou disse para aquela situação.
Entretanto, na oração de Consagração, emprega-se “se for da tua
vontade.” Por que? Porque você está buscando conhecimento da
vontade de Deus que ainda não foi revelada. Esse tipo de oração é
feita com a mais profunda atitude de submissão e obediência a Deus.
Portanto, a oração de consagração deve ser feita quando surgem
ocasiões em nossa vida para as quais teremos que tomar decisões,
seguir por um determinado caminho, e a vontade de Deus, naquela
área, não está claramente revelada em sua Palavra.

Não há uma Palavra específica dizendo faça isto ou aquilo.Vá aqui ou


acolá.

D) ORAÇÃO DE ENTREGA:

A oração de entrega aos cuidados do Senhor, é realizada quando em


oração, nos entregamos aos cuidados de Deus.

Exemplo: “Mas eu sou pobre e necessitado , contudo o Senhor cuida


de mim. Tu és o meu auxilio e o meu libertador, não te detenhas, ó
meu Deus. ( SL. 40:17).

Quando os ataques do mundo coincidem com os da carne, resultando


angústia, frustração e desânimo, gerando um conflito entre o homem
interior e o homem exterior, e a preocupação parece não ter fim, é a
hora de entregar tudo ao Senhor, tomar os fardos e colocá-los ao pé da
cruz e descansar n'Ele – (Sl. 37.5; Lc. 23.46; Fp. 4.6,7; I Pe. 5.6,7).

E) ORAÇÃO DE CONFISSÃO:

A oração quando precisamos confessar algo para Deus. Seja nossos


pecados, seja nossos problemas, ou algo que nos inquieta
interiormente.

Poderiamos citar outros tipos de orações, mas no momento quero


deixar apenas estes cinco tipos de orações para meditarmos e vermos
no que podemos e precisamos melhorar.
III. OS OUTROS NO CENTRO DE NOSSAS ORAÇÕES:

INTERCESSÃO: É quando nos colocamos na brecha, diante de Deus em


favor dos outros, cidades, situações .Problemas, enfim, mas o alvo
principal é chorarmos e orar perante Deus em favor de pessoas, sejam
conhecidas, familiares, desconhecidos, inimigos, enfim, é o nosso
dever, nosso chamamento( Ezequiel 22:0; Jeremias 5:1; Isaías
59:15,16).

Exemplos de intercessores:

Abraão, Moisés, Jesus Cristo, Paulo.

IV. As Armas Espirituais:


1. O Nome de Jesus Cristo;
2. A Palavra de Deus;
3. O Sangue de Jesus Cristo;
4. Nosso Testemunho de Fé.
V. AS ARMADURAS DE GUERRA: ( EFÉSIOS ¨6:10-20)
A) Armadura de satanás:
Inveja, ciúme, fofoca, mentiras, fortalezas, sofismas, calúnias,
intimidação, etc.
B) ARMADURA DE DEUS:
A espada do Espírito ( A Palavra de Deus);
O Escudo da Fé;
O CINTO DA VERDADE;
A Couraça da Justiça;
Os Sapatos do Evangelho da Paz;
O Capacete da Salvação;
JEJUM E ORAÇÃO:
Jejum e oração andam juntos. Mas qual é o tipo de Jejum que
agrada a Deus?
Em Isaías 58 Deus nos diz qual é o jejum que agrada a Ele.
Em Isaías 58: 5-12, O Jejum que Deus espera dos seus filhos não é
apenas deixar de ingerir alimentos. Deve haver um tempo de
Consagração, Santificação, Oração e Serviço.
O texto de Isaías 58 mostra algumas características do jejum que
Deus espera de nós:
1. É um tempo de Evangelizar;(58:66);
2. Soltar as correntes da injustiça;
3. Desatar as cordas do julgo;
4. Libertar os Oprimidos;
5. É tempo de fazer Justiça Social( 58:7).
6. Alguns detalhes do versículo 7:
a) Partilhar a comida com o faminto;
b) Abrigar o pobre desamparado;
c) Vestir o nú que você encontrar;
d) Não recusar ajudar ao próximo.
e) É tempo de jejum, oração e ação. Vamos ganhar almas para
Cristo e desenvolver ministérios que realmente mostrem o
Amor de Deus pelas pessoas.

12 benefícios do jejum que Deus escolheu e se agrada( Isaias 58):

1. Revelação (6,7);
2. Cura e integridade(vs. 8);
3. Justiça (8);
4. A Presença da Shekinah de Deus. (8);
5. Orações respondidas (9);
6. Direção da Parte de Deus (9,11);
7. Contentamento (11,14);
8. Refrigério (11);
9. Força (11);
10.Encorajamento (11);
11.Futuras gerações serão levantadas ( 12);
12.Restauração (12)