Você está na página 1de 14

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR

Temática Interdisciplinar: Gestão e Aspectos Sociais


Curso Superiores de Tecnologia Semestre: 1º
Disciplinas Modelos de Gestão
integradoras Gestão de Projetos
Empreendedorismo
Homem, Cultura e Sociedade
Legislação Social e Trabalhista
Conteúdos Modelos de gestão, aplicação e gestão de projetos, tipos
interdisciplinares de empreendedorismo, legislação social e trabalhista,
questões humanas, culturais e sociais.
Competência Compreender e aplicar conceitos de gestão, por meio do
entendimento de modelos e projetos, bem como a relação
deles com os aspectos humanos que envolvem (intra)
empreendedorismo, legislação social e trabalhista para a
vivência em sociedade.
Habilidades O aluno deverá ser capaz de identificar a situação
problema e, a partir dela, compreender os
desdobramentos possíveis por meio da aplicação teórica e
prática dos conteúdos estudados, elaborando a produção
científica seguindo as normas da ABNT.
Objetivos de Conhecer diferentes modelos de gestão e como podem
aprendizagem ser aplicados e geridos os projetos. Compreender
aspectos humanos, culturais, trabalhistas e legislativos
que influenciam a dinâmica social e empreendedora no
âmbito organizacional.

Prezado Aluno,
Seja bem-vindo a esse semestre!
A proposta de Produção Textual Interdisciplinar terá como temática
Gestão e Aspectos Sociais. Escolhemos esta temática para possibilitar a
aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas
desse semestre.
Nessa atividade de produção textual, você responderá a
questionamentos relacionados a cada disciplina estudada no semestre, a fim
de elucidar e resolver a situação-problema (Situação Geradora de
Aprendizagem – SGA) proposta.
Para tanto, apresentamos a seguir as orientações da atividade.
ORIENTAÇÕES DA PRODUÇÃO TEXTUAL

1. Leitura e interpretação da SGA


Você deverá ler atentamente a SGA descrita abaixo. A SGA é uma
situação-problema hipotética criada pelos professores, com base na vivência
real do profissional no ambiente organizacional. Você deve utilizar os
conhecimentos teóricos adquiridos a partir das disciplinas ofertadas no
semestre para interpretar a SGA. E destacar os aspectos mais importantes
para, posteriormente, produzir o texto (resposta).

Contextualização e Situação Geradora de Aprendizagem (SGA)

Contextualização

Atualmente podemos dizer que o mundo corporativo está cada dia mais
turbulento e que as empresas estão imersas em um ambiente em constante
transformação. A globalização e a revolução tecnológica são pano de fundo
para uma nova era: a era da informação e do conhecimento, transformados em
importante vantagem competitiva. Tais fatores convergem para uma maior
competitividade entre as organizações que passaram a atuar sob novos
padrões de qualidade, produtividade e competitividade. Isso requer a adoção
de modelos de gestão que considerem as pessoas como sua maior riqueza,
valorizando sua capacidade intelectual em detrimento da força física. Afinal,
entende-se que são as pessoas, por meio de sua capacidade criativa e
potencial de inovação, que levarão as empresas a alcançarem os diferenciais
de competitividade.
Outros fatores que precisam ser considerados no ambiente externo são:
primeiro: a alta carga tributária dificulta a sobrevivência e sustentabilidade
financeira de muitas empresas; segundo: a atual crise econômica assola a vida
financeira das pessoas. O desemprego “bate na porta” de muitos, obrigando-os
a ter “jogo de cintura” para superar todos os desafios desse ambiente. Isso
reflete nas empresas com a queda das vendas, sendo necessário criar
estratégias para superar os concorrentes com produtos inovadores, com
melhor qualidade e menor preço.

Groselli (apud DORNELAS, 2008, p. 7) afirma:


São tantos os requisitos para se manter competitivo no novo
paradigma econômico que os velhos gigantes começam a
buscar rapidamente soluções para não perderem o passo. A
organização precisa ser mais ágil, buscar novas oportunidades
de negócio de forma mais efetiva, se reestruturar, rever seus
processos, incentivar seus funcionários na busca da inovação,
a serem mais criativos, a proporem soluções, não serem
reativos, e fugir da mesmice de outrora.

A ética e a responsabilidade socioambiental são valores que devem ser


incorporados pelas organizações como um fator estratégico, e tais requisitos
devem nortear as ações com todos os seus públicos de relacionamento.
Ao passo que as empresas precisaram se reestruturar, o mercado de
trabalho acompanhou essa tendência com a flexibilização das leis trabalhistas
e passaram a permitir novas relações de trabalho, por exemplo, o trabalho
terceirizado e outros tipos de contrato como o trabalho temporário, por projeto,
meio período (part time) e até mesmo o teletrabalho, ou remoto, uma tendência
da sociedade virtual.
Agora que você entende o contexto organizacional, acompanhe a seguir
a situação geradora de aprendizagem.

Situação Geradora de Aprendizagem

A MÓVEIS HEMEJAN é uma empresa familiar localizada na cidade de


Londrina/PR, especializada na fabricação de móveis como armários para
cozinhas, mesas, camas, guarda-roupas, sofás, racks e diversos outros
produtos.
O diretor geral da HEMEJAN é o Sr. Rubens. Márcio é filho de
Sr. Rubens e cuida do financeiro; Juliana, filha do Sr. Rubens cuida do
Marketing; Alberto, o filho caçula, cuida da parte da produção e Lauro, sobrinho
de Sr. Rubens, é responsável pelo departamento de RH.
Observe o organograma (resumido) da empresa Hemejan:

O processo decisório está totalmente concentrado nas mãos do Sr.


Rubens. Todas as decisões, seja de qual área for, precisam passar “pelo
conhecimento e pelas mãos” do Sr. Rubens. Assim, Márcio, Juliana, Alberto e
Lauro reclamam um pouco, pois muitas das decisões que eles mesmos
poderiam tomar sozinhos não podem fazê-lo, já que o Sr. Rubens faz questão
de tomar ele mesmo.
Cabe ressaltar que o processo decisório concentrado nas mãos do Sr.
Rubens faz com que as decisões demorem para acontecer. Por exemplo,
Juliana entende que para manter a competitividade da empresa, é necessária
agilidade para entender as tendências de mercado e inovar, lançando novos
produtos. Por isso, constantemente traz projetos para análise. No entanto, até
o Sr. Rubens tomar conhecimento desses projetos, pensar sobre eles e decidir,
pode demorar bastante, pois ele possui outras atribuições. Se Juliana pudesse
tomar as decisões, o processo de mudança/lançamento de produtos seria
realizado com muito mais agilidade.
Outro ponto a considerar é que o Sr. Rubens está pensando
atualmente em abrir lojas de fábrica por todo o Brasil. Ele possui recursos
financeiros para isso, e uma estratégia como essa poderia ser bastante
interessante para a HEMEJAN crescer em seu mercado de atuação.
No entanto, o modelo de gestão que prevalece na HEMEJAN é o modelo
burocrático. Leia a seguinte descrição do modelo burocrático, segundo
Sandrocan (2012):
O modelo burocrático possui a bagagem do próprio nome, que é um
modelo excessivamente administrativo e esse excesso interrompe
ações que, normalmente, deveriam ser rápidas. Algumas das
características de uma empresa burocrática é o formalismo, não o
formalismo no cumprimento e no trato entre as pessoas, mas o
formalismo no sentido do “engessamento da autonomia”. No
formalismo não há espaço para autonomia, e sim para a
centralização do poder, com regras e diretrizes. Em uma empresa
burocrática, todas as decisões são tomadas por um superior e tudo é
decidido via diretriz rígida e incapaz de fugir ao planejamento rígido.
Além do formalismo, outra característica do sistema burocrático e é
consequência do formalismo é a impessoalidade. As pessoas não se
relacionam entre si, o relacionamento ocorre entre cargos e funções.
As pessoas não falam além do necessário, não se comunicam, não
se conhecem. Conhecem o Diretor de Operações, mas não
conhecem a pessoa que dirige o departamento de operações. Este
tipo de comportamento leva a uma outra característica do modelo
burocrático, que é o profissionalismo, onde as competências técnicas
têm muito mais valor do que competências interpessoais.
(SANDROCAN, 2012)

Diante dessa situação, a HEMEJAN precisa adotar um novo modelo de


gestão que faça com que a empresa tenha, inclusive, mais agilidade no seu
processo decisório. Além disso, precisa rever práticas, políticas e ações que
visem sua adaptação ao novo cenário organizacional altamente competitivo e
em constante transformação.

2. Agora é com você!

Você foi contratado pela empresa HEMEJAN para propor soluções para
a mudança do modelo de gestão, para a gestão eficiente de projetos, para
buscar a inovação e para verificar se atende aos requisitos legais e de ética e
responsabilidade socioambiental que o atual mercado requer. Para isso, é
preciso que reflita sobre os passos abaixo, visando apresentar um
direcionamento para a empresa nos aspectos indicados.
2.1 Passo 1

Será que com o modelo de gestão atual (burocrático) a HEMEJAN


conseguirá efetuar a estratégia de ser ágil em entender as tendências de
mercado e inovar constantemente lançando novos produtos visando manter a
competitividade? Será que não seria necessário um novo modelo de gestão
para dar conta das exigências de um ambiente turbulento atual?

- Pesquise e apresente quais são as principais características do Modelo


Burocrático.

- Qual seria o modelo de gestão que traria a empresa um formato mais


Participativo de Gestão? Explique como funcionaria esse modelo.

- Qual seria o modelo de gestão que traria a empresa um formato mais


“Orientado para Resultados”? Explique como funcionaria esse modelo.

Bibliografia indicada:
CANTÍDIO, Sandro. Diferenças entre o modelo burocrático e o modelo
contemporâneo. 04/12/2012. Disponível em:
https://sandrocan.wordpress.com/tag/modelo-de-gestao-burocratico/. Acesso
em 11.12.2017.

CHIAVENATO I. Introdução a Teoria Geral da Administração. Rio de Janeiro:


Elsevier, 2003.
FOWLER, Guilherme. Precisamos falar sobre burocracia e produtividade das
empresas no Brasil. ENDEAVOR BRASIL. 17/10/2017. Disponível em:
https://endeavor.org.br/precisamos-falar-sobre-burocracia-e-produtividade-das-
empresas-brasil/ Acesso em 11/12/2017.

DORNELAS, José C. A. Empreendedorismo corporativo. 2 ed. Rio de Janeiro:


Elsevier, 2008.

GROSELLI, Ricardo. Globalização e seus impactos no mercado de trabalho no


Brasil. 29 jun 2008. Disponível em:
<www.gerenciamentoeconomico.com.br/economia/globalizacao-e-seus-
impactos-no-mercado-de-trabalho-no-brasil/#ixzz31hsdwaVm>. Acesso em 3
maio 2013.

MAXIMIANO A. C. A. Teoria Geral da Administração. São Paulo: Atlas, 2005.


Introdução a Administração. São Paulo: Atlas, 2011.
RODRIGUES E. Modelos de gestão e processos gerenciais: a evolução da
administração e a atuação do gestor, Londrina: Editora e Distribuidora
Educacional S.A., 2016.

2.2 Passo 2

Diante do cenário atual, o diretor geral da HEMEJAN, Sr. Rubens,


precisa da sua participação para que possa alcançar o seu objetivo: a
preparação da organização para a competividade e a abertura de novas filiais.
Sendo assim, você deve providenciar alguns documentos e artefatos,
baseados na disciplina de gestão de projetos, para que o Sr. Rubens tenha
sucesso neste projeto, de acordo com as melhores práticas do PMBoK:
- Pesquise e descreva a importância da elaboração da EAP (estrutura analítica
do projeto). Faça um EAP especificando as principais ações e entregas que
ocorrerão por conta do projeto desejado pelo Sr. Rubens.
- Desenvolva um plano de gestão de recursos humanos, conforme o PMBoK,
para a construção de uma equipe preparada para efetuar as mudanças
previstas pelo executivo da HEMEJAN, descrevendo as principais
responsabilidades, habilidades e conhecimentos por cada pessoa envolvida no
projeto. Elabore a matriz RACI deste projeto.
- Agora, elabore um plano de riscos, com as algumas ações possíveis de
acordo com a área do conhecimento do PMBoK, baseado neste cenário de
mudanças previstas pelo Sr. Rubens.

Bibliografia Recomendada

KERZNER, Harold. Gestão de projetos: as melhores práticas [recurso


eletrônico] / Harold Kerzner; tradução: Christiane de Brito Andrei; revisão
técnica: Fábio Giordani. – 3. ed. –Porto Alegre: Bookman, 2016. Editado como
livro impresso em 2016. ISBN 978-85-8260-381-9

CAVALCANTI, Francisco Rodrigo P., Fundamentos de gestão de projetos:


gestão de riscos / Francisco Rodrigo P. Cavalcanti, Jarbas A. N. Silveira. São
Paulo: Atlas, 2016. Inclui bibliografia ISBN 978-85-970-0561-5

STAKEHOLDERS. Declaração de escopo do projeto: O que incluir? Disponível


em < http://stakeholdernews.com.br/artigo/declaracao-escopo-projeto/>.
Acesso em novembro de 2017.
XAVIER, Carlos Magno da Silva. Gerenciamento de Projetos: como definir e
controlar o escopo do projeto. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

2.3 Passo 3
Para melhorar a capacidade da empresa HEMEJAN de enfrentar o
cenário desafiador que se lhe apresenta, você deve ajudá-la. Inicialmente você
deve considerar que obter boas informações aumenta o arsenal que o
empreendedor terá para enfrentar o desafio da mudança de gestão e expansão
da empresa. Neste aspecto, a empresa, ao mudar seu modelo, enfrentará
algumas condições semelhantes às encontradas pelos novos negócios. Uma
das melhores fontes de informação é o GEM - Global Entrepreneurship
Monitor.

Pesquise no GEM 2016 (publicado em 2017):

- Quais são os principais fatores limitantes para a abertura e manutenção de


novos negócios, tanto segundo os especialistas entrevistados quanto segundo
os empreendedores entrevistados.

- Quais as principais recomendações dos especialistas para melhoria das


condições para empreender no Brasil, e destas quais você entende que teriam
mais impacto sobre os planos da empresa.

- É reconhecida a importância da inovação como um fator que estabelece


diferencial competitivo e posicionamento de mercado. Você deve pesquisar:

- O conceito de cultura de inovação.

- Fatores organizacionais que afetam diretamente o processo de inovação


numa empresa:

Bibliografia indicada:

DORNELAS, José. Empreendedorismo corporativo: como ser empreendedor,


inovar e diferenciar na sua empresa. 3. ed. LTC: Rio de Janeiro, 2015.
JULIANO, Marcio de Cassio. Empreendedorismo. Livro Didático. Londrina:
Editora e Distribuidora Educacional S.A. 2016. 252 p.

PATRÍCIO, Patricia Sales; CANDIDO, Claudio Roberto (Org).


Empreendedorismo: uma perspectiva multidisciplinar. LTC: Rio de Janeiro,
2016.

SEBRAE. Empresas familiares.


<http://www.bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bd
s.nsf/1a5d95208c89363622e79ce58427f2dc/$File/7599.pdf> Acesso em
11.12.2017

SEBRAE. Global Entrepreneurship Monitor 2016.


<http://www.bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bd
s.nsf/b4607994f241c36ef87a76f233fda2cf/$File/7578.pdf > Acesso em
11.12.2017

2.4 Passo 4

A empresa Hemejan está se deparando com um conflito de gerações em


sua administração; por um lado tem uma pessoa com experiência e que vem
administrando bem ao longo dos anos; e, por outro, lado uma equipe que, tanto
poderá administrar melhor ainda, como também poderá não obter sucesso ou
obtê-lo em grau menor. Algumas culturas, sobretudo as orientais, valorizam
bastante as pessoas mais experientes, mas a nossa sociedade não age desse
modo.
Jürgen Habermas, filósofo da segunda geração da Escola de Frankfurt,
desenvolveu a Ética Dialógica, ou Discursiva, que pode apresentar elementos
importantes para orientar a ação dos membros da diretoria. Inteire-se sobre o
assunto, lendo o artigo indicado, e, caso julgue necessário, amplie sua
pesquisa, para poder contribuir significativamente ao que se pede no item 2.5.
A outra questão a ser melhor trabalhada está no âmbito da autonomia no
momento das tomadas de decisões. Nessa temática, Immanuel Kant pode
contribuir com as ideias desenvolvidas nos textos sugeridos. Leia os textos e a
seguir procure participar ao que se pede abaixo:
- Como evitar, ou amenizar, o conflito de gerações na administração da
empresa pautado nos valores apresentados pela Ética Dialógica de Jürgen
Habermas?

- Leia o ponto 4 do texto de Haide Maria Hupffer e a seguir apresente a


contribuição do conceito de autonomia de Kant para a administração no modelo
contemporâneo.

Bibliografia indicada:
CIZOTO, Sonelise Auxiliadora; DIÉGUES, Carla Regina Mota Afonso; PINTO,
Rosangela de Oliveira. Homem, Cultura e Sociedade. Londrina: Editora e
Distribuidora Educacional S. A.

HUPFFER, Haide Maria. O princípio da autonomia na ética kantiana e sua


recepção na obra direito e democracia de Jürgen Habermas. Disponível em:
http://www.anima-opet.com.br/pdf/anima5-Seleta-Externa/Haide-Maria-
Hupffer.pdf

KANT, Immanuel. Aufklärung – Resposta à Pergunta: O que é o


Esclarecimento? Disponível em:
http://coral.ufsm.br/gpforma/2senafe/PDF/b47.pdf

MACHADO, José Adir Lins. A Ética Discursiva de Habermas. Disponível em:


http://zeadir.blogspot.com.br/2017/12/a-etica-discursiva-de-habermas.html.

2.5 Passo 5

Considerando o projeto de expansão no mercado por parte da MÓVEIS


HEMEJAN e as possibilidades que o ordenamento jurídico tem oferecido em
relação às novas modalidades de contratação, o Diretor Geral da empresa, Sr.
Rubens, pretende em seu novo projeto experimentar diferentes possibilidades
de contratações e com isso diminuir as despesas com a folha de pagamento
dos novos empregados que serão contratados, nos seguintes termos:

- Os setores voltados às atividades de criação/ design deverão exercer


atividade em home office (tele trabalho);
- Trinta por cento do setor de marcenaria deverá ser terceirizado;

- Os representantes comerciais que viajam na região deverão ser contratados


mediante contrato intermitente.

Diante deste projeto, Sr. Rubens procura por você para orientá-lo a respeito de
algumas dúvidas que possui:

- Quanto ao contrato em regime de home office ou tele trabalho, a lei obriga


(em regra) o empregador ao pagamento de adicionais de horas extras e
noturno, caso o empregado extrapole oito horas em sua jornada diária?
Justifique:

- Considerando que marcenaria é atividade fim da empresa, fundamente com


base na legislação vigente a respeito da possibilidade ou não da contratação
dos marceneiros:

- Explique o que é contrato intermitente, indicando o modo de pagamento, bem


como a forma de estabelecimento do vínculo empregatício:

Bibliografia indicada:

BRASIL, Lei 12.429/2017. Altera dispositivos da Lei no 6.019, de 3 de janeiro


de 1974, que dispõe sobre o trabalho temporário nas empresas urbanas e dá
outras providências; e dispõe sobre as relações de trabalho na empresa de
prestação de serviços a terceiros. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil
03/_ato2015-2018/2017/lei/L13429.htm. Acesso em Dez, 2017.

Consolidação das Leis do Trabalho. Disponível em:


http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del5452.htm. Acesso em Dez,
2017.

Especialista explica o novo contrato de trabalho intermitente. Disponível


em: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,contrato-intermitente-pode-
precarizar-relacoes-de-trabalho,70002086853. Acesso em Dez, 2017.

MELO, Geraldo Magela. O teletrabalho na nova CLT


Disponível em: https://www.anamatra.org.br/artigos/25552-o-teletrabalho-na-
nova-clt. Acesso em Dez, 2017.
Plenário aprova terceirização para atividade-fim e reforma trabalhista
.http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/538197-
PLENARIO-APROVA-TERCEIRIZACAO-PARA-ATIVIDADE-FIM-E-REFORMA-
TRABALHISTA.html. Acesso em Dez, 2017.

Reforma trabalhista regulamenta o trabalho intermitente. Disponível em:


https://cd.jusbrasil.com.br/noticias/451912167/reforma-trabalhista-regulamenta-
o-trabalho-intermitente. Acesso em dez, 2017.

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E ENTREGA DA PRODUÇÃO TEXTUAL

A produção textual interdisciplinar deverá ser postada no ambiente


virtual de aprendizagem. Para isso:
- Deve ter no mínimo 7 e no máximo 10 laudas (páginas), abarcando
todos os aspectos apresentados na etapa anterior. As referências
bibliográficas não serão contadas entre as laudas;
- A produção textual deve ser cadastrada em arquivo Word;
- A produção textual deverá obedecer às normas técnicas da ABNT. O
aluno deve acessar a “Biblioteca Digital”, clicar em “Padronização” e
escolher as opções “Trabalhos acadêmicos – Apresentação” e “Modelo
para elaboração de Trabalho Acadêmico”, para orientação.
- Lembre-se que o seu tutor a distância está à disposição para
esclarecimento de qualquer dúvida.

ESTRUTURA DA PRODUÇÃO TEXTUAL

A produção textual deverá obedecer às normas técnicas da ABNT,


incluindo os elementos pré e pós textuais (quando houver).

Veja a seguir algumas orientações:

1. INTRODUÇÃO
Na introdução você deverá apresentar um breve panorama do
ambiente organizacional e os objetivos dessa atividade.
2. DESENVOLVIMENTO
No desenvolvimento deverá abordar todos os aspectos solicitados
pelos professores do semestre, apontados nos itens 2.1 até 2.5.
Para o embasamento teórico, deverá utilizar os Livros Textos das
disciplinas do curso, web aulas, materiais complementares
disponibilizados, materiais disponibilizados na biblioteca digital e as
bibliografias sugeridas pelos professores.

3. CONSIDERAÇÕES FINAIS
Nas considerações finais você deverá fazer uma análise dos
principais aspectos discutidos ao longo do trabalho, sugerindo caminhos
para a empresa HEMEJAN manter sua competitividade e cumprir com a
estratégia de inovar produtos e expandir sua atividade com a abertura
de lojas de fábrica.

4. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Aqui devem constar todos os materiais consultados e referenciados na
PTG.

Critérios de avaliação dos trabalhos pelo tutor à distância

Apresentamos os critérios avaliativos que nortearão a devolutiva escrita e o


conceito empregado pelo tutor à distância.

Critério Significado Valor/peso


Coerência, Possui uma linguagem de fácil compreensão, 10%
clareza e apresentando os argumentos de modo claro e
coesão coeso.
Aplicação dos As ideias apresentam relação direta com a 40%
conteúdos situação descrita e explicitam conteúdos
interdisciplinares trabalhados em cada disciplina do semestre.
Riqueza de Apresenta relação direta com o tema, traduz uma 20%
argumentação reflexão crítica e contempla os pontos solicitados.
Conclusão Contempla os pontos essenciais da 20%
pesquisa/entrevista, apresenta de fato a resolução
da problemática pelo aluno sobre a SGA sem
repetições ou redundâncias.
Normalização Respeito às normas da ABNT, respeito a escrita 10%
ortográfica e estrutura solicitada.

Um ótimo trabalho!
Equipe de Professores do 1º Semestre