Você está na página 1de 22

Advantage for implementation of

IEC61850 outside substation:


GOOSE Messages for Teleprotection
Schema

For internal use only / Copyright


Copyright
© Siemens
© Siemens
AG 2006.
2008. All rights reserved.
IEC 61850

Sistemas de Redes de Comunicação em


Subestações

Um Padrão Mundial para Automação e Controle


Dentro de Subestações de Energia

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 2 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Automação de Subestação: ONTEM

Local MMI , Painel de Controle...

Cabos de Cobre
Sala de
RTU, SCADA...
Operação

Casa de
Reles

Cabos de Cobre

Patio

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 3 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Automação de Subestação: HOJE
IHM, Gateway...
Local

Sala de
Operação

Casa de Cabos de FO
Station Bus
Reles IEDs

Patio Cabos de Cobre

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 4 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Automação de Subestação: AMANHA

Local

Sala de
Operação

Casa de Cabos de FO
Station Bus
Reles

Patio Cabos de FO
Process Bus

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 5 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Comunicação na Automação de SE

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 6 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Solução: Divisão em Modelo de Dados e “pilha de
protocolos” para comunicação

Lentas  Definição
mudanças Dados e Serviços de
acordo com a “área”
Subestação: de Subestações
Que dados tem
que ser trocados?  Mapeamento
Modelo de Dados
para as Camadas de
Comunicação
Comunicação
Tecnológica:  Seleção/Divisão
Como os dados Camadas ISO/OSI
tem que ser do fluxo principal de
trocados? informações

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 7 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Codificando/decodificando de acordo com o
modelo de referência ISO/OSI

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 8 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
O Stack do IEC 61850 e mapeamento do modelo
 Modelo de acordo com o estado da arte na tecnologia de Automação de Subestações

 Modelo de dados específicos


para Automação de Subestações
Mudanças realizadas lentamente

 Tecnologia da comunicação
Mudanças realizadas com
rapidez e com muita frequência

 Divisão “dos mundos”:


Propósito x Necessidade
Mudanças ocorrendo de formas
independentes no decorrer do
tempo

Abstract
Communication
Services
Interface (ACSI)

Interface p/ Stack

ISO/OSI – Stack
Conjuntos de regras hierárquicas de
como a informação está codificada
para transmissão

* Generic Object Oriented Substation Event  Seleção do Stack de acordo com o estado da arte em tecnologia da comunicação
Copyright © Siemens 2008. All rights reserved
Página 9 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Comunicação Cliente-Servidor
7 Camadas tempo não critico

Usado apenas em serviços que não são de tempo crítico

 Serviços Cliente-Servidor usando as 7 camadas do modelo de


referência ISO/OSI

• Uma associação ponto-a-ponto é estabelecida, supervisionada e talvez


terminada: Associate / Release / Abort.
• MMS: Criado dinamicamente (endereços do servidor, autenticação)
• O número máximo de conexões(clientes) depende da implementação no IED
• O mecanismo é muito confiável
• Telegramas são “validados” em baixo nível(camadas inferiores do ISO/OSI)
• Normalmente, dados não são perdidos desde que telegramas com erros
possam ser reenviados novamente
• É um mecanismo cômodo, pode ser utilizado do seu escritório ou da Internet
mas o tempo gasto não é adequado para comunicações de tempo crítico.

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 10 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Comunicação SERVER – SERVER
Serviços de tempo crítico

 Transferência de generic object oriented system events


(GOOSE)
• Alguns poucos dados como bloqueio, posição, trips, etc. tem que ser
transmitidos de forma rápida e confiável.
• Tempo de transmissão crítico(~ 5 ms)

 Transferência de sampled (analog) values (SV)


• Os valores analógicos tem que ser precisamente sincronizados dependendo
das necessidades das funções.
• O sincronismo de tempo é crítico(~1µs). Os valores precisam ser bem
sincronizados para comparação das ondas senoidais ou para calcular os
fasores.
• Os valores analógicos tem que ser transmitidos tão rápido quanto o tempo de
reação da proteção.
Os serviços de tempo crítico usam apenas as duas camadas inferiores do
modelo de referência ISO/OSI
Copyright © Siemens 2008. All rights reserved
Página 11 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
O mecanismo das mensagens GOOSE

 PRI = prioridade
 CFI = sem uso
 Identificador de VLAN = a que VLAN o quadro pertence

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 12 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
GOOSE – Telegramas com prioridade

Ethernet-Switch

Linha Ultrapassada pelo IEC GOOSE

O rápido
GOOSE

Telegrama normal

Buffer de um telegrama normal

Motivo: distinguir o tráfego de tempo real


dos demais tráfegos de acordo com o campo VLAN ID
Copyright © Siemens 2008. All rights reserved
Página 13 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
O mecanismo das mensagens GOOSE
No caso de uma mudança na
Se não há nenhuma mudança na
informação, a mensagem GOOSE
informação, a mensagem GOOSE é A freqüência de repetição
será enviada, e posteriormente
repetida a cada Tmax, para sempre, é diminuída até o Tmax ser
Envio do evento a repetida no menor tempo possível
até a próxima mudança na alcançado
cada Tmax Tmin
informação ocorrer.

O receptor aguarda um tempo


máximo(maior que Tmax) para
invalidar o ponto caso não
receba mais a mensagem do
emissor. Esse tempo chama-se:
TimeAllowedToLive

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 14 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Sistema de Teleproteção Convencional

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 15 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Aplicação GOOSE para sistema de Teleproteção

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 16 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Simulação

NETWORK
192.168.10.0/24
DJ Aberto 85 SEND CARRIER
NETWORK
Falta
192.168.20.0/24

Echo TRIP
85 RECEIVE
CARRIER –
ACCELARATE ZONE

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 17 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Teleprotecao Convencional x Mensagem GOOSE

Modo tradicional – Fiação IEC 61850 com GOOSE


Precisa de N*(N-1)/2 ligações para N relés Relés compartilham uma rede em comum

Reprogramação pode precisar de alterações na O número de ligações para N relés é N

fiação

Não se sabe se as ligações estão funcionando Relés enviam seus status para todos os outros, de uma vez, usando

até usá-las GOOSE

Não é necessária mão de obra especializada Status sendo trocados continuamente

Solução aceita em qualquer mercado Redução de entradas binárias e fios

ciclo de vida ilimitado -> fio será sempre fio Flexibilidade na programação é independente da fiação

Confiabilidade: status das ligações são conhecidas antes do seu uso

Mais performance com mais dados

Alto investimento em componentes de rede

É necessária mão de obra especializada

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 18 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Teleprotecao Convencional x Mensagem GOOSE

Tempos
85 – Send Carrier (ms)

Via contato
Binary Output (Line Relay SS1) -> Binary Input (Teleprotecao) -> Signal 15*
Conversion -> Binary Input (Line Relay SS2)

Via GOOSE
Internal Indication (Line Relay SS1) -> Router to WAN -> Internal 16**
Indication (Line Relay SS2)
Tempos
85 – Receive Carrier + Echo TRIP (ms)

Via contato
Binary Output (Line Relay SS2) -> Binary Input (Teleprotecao) -> Signal 9*
Conversion -> Binary Input (Line Relay SS1) -> CB TRIPs

Via GOOSE
Internal Indication (Line Relay SS2) -> Router to WAN -> Internal 10**
Indication (Line Relay SS1) -> CB TRIPs

*Tempos medidos no Esquema de Teleptrotecao do tipo PLC em um projeto entregue em maio/2008 para CPFL

** Tempos medidos em bancada com Routers conectados a WAN100Mbits/s, portanto nao considerados tempos de
latencia devido cascateamento em grandes redes
Copyright © Siemens 2008. All rights reserved
Página 19 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Conclusão

-Originalmente a norma IEC61850 foi desenvolvida para a padronização de


elementos ou objetos dentro de uma subestação.

- A mensagem GOOSE é comprovadamente um mecanismo rápido e confiável.

- Com a evolução das redes de comunicação, a utilização deste tipo de aplicação


se torna mais freqüente, substituindo, cablagem, painéis e equipamentos.

- Através da funcionalidade de roteamento de mensagens do tipo GOOSE


(GOOSE Tunnel), é possível enviar e receber pontos entre redes LAN distintas,
SEs geograficamente distantes, porem interligadas pela rede pela WAN.

- A aplicação das mensagens GOOSE na teleproteção devem ser validadas com


testes de fabrica, pois fatores como latência e segurança de rede devem ser
consideradas e comprovadas, conforme a própria norma na parte 10 define:
“Conformance testing does not replace specific system related tests such as the FAT
and SAT...” Copyright © Siemens 2008. All rights reserved
Página 20 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Contato

OBRIGADO!

Cesar Guerriero
SICAM PAS & EN100 PLM
E D Energy Automation

Av. Eng. João F.G. Molina, 1745


13213-080 - Jundiaí-SP

E-mail: cesar.guerriero@siemens.com

Copyright © Siemens 2008. All rights reserved


Página 21 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation
Obrigado pela sua atenção!

Copyright © Siemens
Copyright 2008.2008.
© Siemens All rights reserved.
All rights reserved
Página 22 Julho-08 Cesar Guerriero E D / Brasil / Energy Automation