Você está na página 1de 11

Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418) 09/06/2018

Sistema de Gestão da
Antissuborno

NBR ISO 37001:2016

MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418) 1


Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418) 09/06/2018
MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 1 – DIAGNÓSTICO E DECISÃO


 ANÁLISE E DIAGNÓSTICO através do Gap Analysis Report identificar o déficit de atendimento que a
organização possui com relação à norma NBR ISO 37001:2016.

 DEFINIÇÃO DO ESCOPO DO SGAS.


 APROVAÇÃO DO ORÇAMENTO:
 Cronograma de implantação.
 Definição dos grupos de trabalho (interlocutores) comissão de conformidade (compliance
antissuborno).
FASE 2 – CONTEXTO DA ORGANIZAÇÃO
 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
 REVISÃO DOS PROPÓSITOS ORGANIZACIONAIS: visão, missão e valores
 IDENTIFICAR FATORES PERTINENTES PARA O PROPÓSITO ORGANIZACIONAL
 Pontos fortes e pontos fracos x Oportunidades e ameaças (SWOT)
 MAPEAMENTO DO PROCESSO DEPARTAMENTAL
 Identificar partes interessadas e suas expectativas
 Legislação aplicável
 Indicadores de desempenho

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418) 2


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 3 – LIDERANÇA
 ESTABELECER A POLÍTICA ANTISSUBORNO
 CÓDIGO DE ÉTICA (CONDUTA): Internamente e terceiros.
 AÇÕES ADEQUADAS DE INVESTIGAÇÃO E MEDIAÇÃO
 CANAIS DE DENUNCIA: Hotline (linha direta).
 DUE DILIGENCE
 MATRIZ DE RESPONSABILIDADES: Delegação de autoridade.
 FUNÇÃO DE COMPLIANCE ANTISSUBORNO: supervisão e aconselhamento; garantir
conformidade e relatar desempenho do SGAS.
 AVALIAR A CULTURA SOBRE A EFICÁCIA DO PROGRAMA
FASE 4 – GERENCIAMENTO DE RISCOS
• ESTABELECER O GERENCIAMENTO DE RISCOS
• IDENTIFICAR: riscos que possam criar, aumentar, evitar, reduzir, acelerar, atrasar a realização dos
objetivos.
 CLASSIFICAR: Oportunidades e ameaças.
 AVALIAR: Probabilidade e impacto (severidade).
 TOMAR AÇÕES: evitar, remoção, alterar, compartilhar e reter
 COMUNICAR: partes interessadas.
SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)
MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 5 – SISTEMA DE GESTÃO ANTISSUBORNO


• ESTABELECER INFORMAÇÃO DOCUMENTADA

• PLANEJAMENTO E CONTROLE OPERACIONAL.


• Elaborar: Código de ética
• Elaborar / revisar: procedimentos e registros:
• Recursos humanos: contratação, avaliação e treinamento.
• Controles financeiros.
• Controles de aquisição.
• Sistema e processo de denuncia e investigação.
• Presentes, entretenimento, viagens, doações, contribuições políticas, conflito de
interesses e etc.
• Atualizar: RCF, NTO e Lista de Presença em todos os setores e terceirizados.
• Emitir: Levantamento de Necessidade de Treinamento (LNT).
• Incluir: treinamento / evento de antissuborno no PAT

• INCLUIR PROCESSO ANTISSUBORNO NO PORTAL

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 6 – SERVIÇOS ASSOCIADOS (FORNECEDORES)

• ESTABELECER CONTROLES SOBRE EMPRESAS ASSOCIADAS


• AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES
• Política antissuborno
• Código de ética
• Treinamento operacional (compreende e pratica).
• Declaração de transparência (compromisso antissuborno).

FASE 7 – PLANEJAMENTO
• ESTABELECER OBJETIVOS E METAS ANTISSUBORNO
• Esforço de combate ao suborno
• Capacidade: recursos antissuborno.
• Governança: transparência, prestação de contas e integridade.
• Papel: esforço no combate ao suborno, indicadores específicos.

• Retorno monetário

• Índice composto (RF+RE+RP):


• Taxa de risco financeiro (RF); Taxa de risco econômico (RE); Taxa de risco de pessoal (RP)
SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)
MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 8 – RECURSOS E COMUNICAÇÃO

• ESTABELECER OBJETIVOS E METAS ANTISSUBORNO

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 8 – RECURSOS E COMUNICAÇÃO


TREINAMENTOS NECESSÁRIOS A SEREM PLANEJADOS E EXECUTADOS PELA ELVLA
DURANTE O PERÍODO DE IMPLANTAÇÃO COM SEU RESPECTIVO PÚBLICO-ALVO.

CADA DEPARTAMENTO DEVERÁ EMITIR O LNT COM BASE NAS EXPECTATIVAS ABAIXO.

Treinamento e conscientização Prazo Final A B C D


Leitura e interpretação da norma ABNT NBR ISO
1 37001:2016.
setembro/17 X X

2 Planejamento estratégico Novembro/17 X X

3 Mapeamento de processos Novembro/17 X X

4 Auditor interno antissuborno Dezembro/17 X


Política Antissuborno
5 Código de ética Janeiro/18 X X X X
Cartilha sobre processo antissuborno da CMM
Legenda: A – Todos os níveis
B – Diretores / pares / Chefia intermediária
C – Grupo Técnico (envolvidos na implantação)
D – Auditores Internos

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 9 – OPERAÇÃO

• ESTABELECER OBJETIVOS E METAS ANTISSUBORNO

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 10 – AVALIAÇÃO DA PERFORMANCE E MELHORIA


 AUDITORIA INTERNA ANTISSUBORNO
 Aprovação do cronograma de auditoria interna;
 Realização da 1a. Auditoria interna antissuborno;
 Elaboração do relatório final de auditoria interna;
 Correção das divergências identificadas na auditoria interna via SAC.
 REUNIÃO DE ANÁLISE CRÍTICA
 Preparação das entradas para análise crítica do SGAS.
 Reunião da análise crítica com a alta direção
 Identificação das saídas da análise crítica.
 Elaboração do relatório de análise crítica.
 AÇÕES CORRETIVAS
 Tratamento de não conformidades:
 Tratamento de riscos e oportunidades
 Investigação de suborno

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

FASE 11 – AUDITORIA EXTERNA


 AUDITORIA PARA GAP ANALYSIS

o Avaliação do déficit de conformidade com a norma


 AUDITORIA DE CERTIFICAÇÃO FASE 1
o Avaliação documental: conformidade com a norma.
 AUDITORIA DE CERTIFICAÇÃO FASE 2
o Avaliação do processo: operacionalização do processo (PDCA).
o Conformidade com a norma e informação documentada.
 OBTENÇÃO DO CERTIFICADO

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)


MODELO SIMPLIFICADO DO PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO
Sistema de Gestão Antissuborno (ISO 37001)

CRONOGRAMA MACRO DE IMPLANTAÇÃO


2013 2014
FASE DURAÇÃO
OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
DIAGNÓSTICO E
1 DECISÃO
40 dias OK
PREPARAÇÃO DE
2 SERVIDORES
150 dias ?
DOCUMENTAÇÃO
3 100 dias OK
NORMATIVA
APROVAÇÃO E
4 TREINAMENTO
70 dias OK
# DIA “D” 16/6 OK
AUDITORIA
5 INTERNA
30 d OK
ORGANISMO
6 60 dias OK
CERTIFICADOR

7 ANÁLISE CRÍTICA 30 d OK
RECICLAGEM DE 30 d
8 SERVIDORES OK
AUDITORIA
9 30 dias OK
EXTERNA

CERTIFICAÇÃO

SIGARI - Leôncio Oliveira (92 9 9228-5418)