Você está na página 1de 1

AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO

NA CLÍNICA EM TERAPIA
COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
a prática ilustrada
Neuraci Gonçalves de Araújo
Juan Pablo Rubino

Maria Inês Santana de Oliveira
Organizadores

Análise funcional do episódio de tricotilomania

ANÁLISE FUNCIONAL
SITUAÇÃO 2

Situação antecedente Situação (comportamento) Situação subsequente


• Redução momentânea da
(após ataque ao pote de Arrancar os cílios ansiedade (R-)
sorvete) pensa que está feia, • Enquanto arranca, a dor
gorda, que não consegue se (provavelmente) é menos
controlar, aumento da ansie- aversiva do que a ansiedade e
dade os pensamentos críticos (R-)

Operação Motivadora (OMs) – próximas ou distantes


Experiência interna (aversiva); sentimento de ansiedade
Regras e autorregras
Se erro, tenho que me punir (talvez); A dor física alivia a dor emocional (talvez) –
É necessário observar se há regras que descrevam relação entre eventos
e comportamento, ou entre o comportamento e consequências

Classe de respostas Frequência: de vez em quando, se ansiosa


Evitação de emoções e pensamentos desagradáveis Duração: minutos
Função do comportamento Intensidade: média
Aliviar a ansiedade, diminuir estimulação aversiva

Araújo, N. G. & Rubino, J. P. (2018). Avaliação na psicoterapia: Recursos facilitadores. In N. G. Araújo, J. P. Rubino, & M. I. S. (orgs.). Oliveira.
Avaliação e intervenção na clínica em terapia cognitivo-comportamental: A prática ilustrada (pp. 49-82). Novo Hamburgo: Sinopsys.

© Sinopsys Editora e Sistemas Ltda., 2018


Avaliação e Intervenção na Clínica em Terapia Cognitivo-Comportamental – A prática ilustrada
Neuraci Gonçalves de Araújo, Juan Pablo Rubino e Maria Inês Santana de Oliveira (Orgs.)