Você está na página 1de 8

08.

O tecido ósseo animal é rígido, especializado na


BOTÂNICA sustentação do organismo, e encontra paralelo no
esclerênquima dos vegetais, em relação às
1) (UFSC) Depois de maduras, as plantas funções que exercem.
fanerogâmicas florescem. As flores são os 16. Cordados e Angiospermas possuem hormônios
elementos que possibilitam a reprodução que controlam, por exemplo, o crescimento dos
sexuada. Elas exibem uma imensa diversidade indivíduos.
de formas, cores, tamanhos e aromas.
A partir da análise da figura e das 32. O parênquima amilífero vegetal e o tecido adiposo
características estruturais e funcionais das animal apresentam funções semelhantes, uma vez
flores, assinale a(s) proposição(ões) que ambos estão envolvidos com a reserva de
VERDADEIRA(S): nutrientes.

3) (UEPG) Algumas plantas se reproduzem


II sexuadamente e para isso utilizam vários
verticilos, que são conjuntos de folhas
D modificadas constituindo a flor. Sobre as
flores, assinale o que for correto.
C 01. O conjunto de folhas modificadas, geralmente
estão dispostas em círculos e é constituído por:
III sépalas, pétalas, estames e carpelos.
I 02. Se o número de peças por verticilo for 2, 4, 5 ou
múltiplos deles, fala-se respectivamente em flores
B E dímeras, tetrâmeras e pentâmeras.
B A 04. Se a flor estiver organizada com 3 peças por
. verticilo, fala-se em trimeria, característica das
dicotiledôneas.
08. A corola é o conjunto de pétalas e tem função
atrativa. A corola e o cálice constituem o perianto,
01. Em I, temos a estrutura floral típica das e se as sépalas e pétalas são semelhantes em
angiospermas. forma, tamanho e cor, fala-se em tépalas, como se
02. Em A e B temos, respectivamente, o cálice e a pode observar no lírio.
corola, que são acessórios que protegem C e D, 16. Como a maioria das flores são monoclinas, há
além de serem elementos de atração de animais, mecanismos que evitam a autopolinização, o que
principalmente insetos e pássaros. não favoreceria a variabilidade genética. São
04. A figura II representa a antera em corte exemplos desses mecanismos a hercogamia, em
transversal, mostrando os sacos polínicos que que os estames ficam sob o estigma, e a
encerram os grãos de pólen. dicogamia, em que o amadurecimento dos
08. Nas figuras II e III, está representado o processo estames e dos óvulos ocorrem em épocas
de polinização, que ocorre depois da fecundação. diferentes.
16. Em III, temos a representação esquemática do
gineceu formada pelo pistilo, cuja parte principal é
o óvulo, que origina e aloja o ovário. 4) (UEM) O Paraná é um estado agrícola por
32. Em III, a letra E representa o óvulo, contendo o excelência, que vive sob o regime da
saco embrionário, que aloja o gameta feminino policultura, cultivando plantas tropicais e
denominado oosfera. temperadas, sendo considerado o celeiro do
Brasil. Sua agricultura é moderna, de elevada
2) (UFSC) Cordados e Angiospermas apresentam tecnologia, proporcionando uma produtividade
semelhanças e diferenças em relação a relativamente boa, contribuindo com 24% da
características citológicas, histológicas e produção nacional de grãos. Entre as riquezas
fisiológicas. Com relação a este assunto, agrícolas do Paraná estão o café, o algodão, o
assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). feijão, a soja, o trigo, o centeio, a aveia, a
01. Enquanto as células dos Cordados são cevada, a batata inglesa, o milho, o amendoim,
procarióticas, as das Angiospermas são o arroz, a cana-de-açúcar e as frutas (abacaxi,
eucarióticas. maçã, laranja e uva) (Camargo, J.B. Geografia
02. As células vegetais possuem membranas duplas – Física, Humana e Econômica do Paraná, 1999. p.
a plasmática e a celulósica – enquanto as animais 165).
apresentam apenas a última. Considerando as características botânicas dos
04. O tecido epitelial animal é altamente diferenciado, produtos agrícolas do Paraná, assinale o que
ao contrário dos tecidos meristemáticos vegetais. for correto.
01. Abacaxi, maçã, laranja e uva são considerados 08. A produção de frutos com deiscência explosiva é
pseudofrutos, originados a partir do um mecanismo evolutivo que garante a dispersão
desenvolvimento do ovário. e a conquista de novos ambientes.
02. Dos grãos são utilizadas as substâncias de 16. Os frutos carnosos indeiscentes podem ser
reserva das sementes, presentes no endosperma classificados como aquênio (como o girassol) e
(milho, trigo e arroz) ou nos cotilédones (feijão e cariopse (como a cevada).
soja).
04. O caule subterrâneo, constituído pelo parênquima 7) Na conquista do meio terrestre pelos vegetais,
amilífero, rico em amido, é a parte utilizada da as adaptações referentes à reprodução foram
batata inglesa. fundamentais. No contexto da propagação de
08. A importância econômica do algodão está gametas, indique se as angiospermas ou as
relacionada com a utilização dos pelos existentes pteridófitas as que apresentam menor
nas sementes. dependência da água. Justifique sua resposta.
16. O açúcar é retirado do parênquima de reserva de
sacarose do caule das plantas de cana-de-açúcar.
32. O amadurecimento dos frutos é induzido pelo 8) (UEL-PR) A figura a seguir representa uma flor
etileno, um produto do metabolismo das células de angiosperma.
vegetais.

5) (UFSC) A dispersão das sementes, que


acontece após a polinização e a formação dos
frutos, é a fase mais crítica na vida de uma
planta. As sementes precisam mover-se para
longe da planta-mãe, a fim de que as plantas-
filhas tenham maior chance de sobrevivência.
Em relação ao conteúdo do texto acima e das
Com base na figura e nos conhecimentos
formas “utilizadas” pelas plantas na dispersão
sobre o assunto, analise as afirmativas a seguir
de suas sementes, assinale a(s)
e assinale V ou F:
proposição(ões) CORRETA(S).
( ) As setas 2 e 4 indicam estruturas pertencentes ao
01. A dispersão permite às plantas-filhas evitarem uma
aparelho reprodutor masculino da flor.
competição por luz e água com a planta-mãe.
( ) A seta 3 indica o local de produção do grão de
02. As samambaias são bons exemplos de plantas
pólen.
que utilizam animais dispersores de suas
( ) No interior da estrutura indicada pela seta 1 ocorre
sementes, ao contrário das angiospermas, que
o crescimento do tubo polínico.
utilizam principalmente o vento como agente
( ) As setas 1 e 3 indicam estruturas pertencentes ao
dispersor de sementes.
aparelho reprodutor feminino da flor.
04. Características como formas, cores e aromas
( ) No interior da estrutura indicada pela seta 4 ocorre
devem ter sido importantes ao longo do processo
a formação de grãos-de-pólen.
evolutivo de plantas que têm sementes recobertas
por frutos, já que as tornariam mais atraentes para
9) (UFPR) A polinização consiste no transporte do
os animais dispersores.
grão de pólen (micrósporo) da antera ao
08. Um tipo de agente dispersor de sementes são as
estigma. Com relação a este processo, é
aves, que se alimentam de frutos e eliminam as
correto afirmar que:
sementes em locais distantes, através de suas
01. De um modo geral, as plantas não desenvolvem
fezes.
processos para evitar a polinização cruzada, pois
16. Uma das vantagens da dispersão é a redução das
este processo é favorável à reprodução.
taxas de mortalidade causadas por predadores de
02. A polinização realizada pelo vento denomina-se
sementes e por fungos.
entomófila.
6) (UEPG) Sobre a formação e classificação dos 04. Quando a polinização é anemófila, as flores são
frutos, assinale o que for correto. normalmente desprovidas de envoltórios vistosos e
de nectários e apresentam grande produção de
01. Os frutos indeiscentes das gramíneas têm parede
grãos de pólen, pequenos e leves.
seca e uma semente.
08. Quando o pólen de uma flor alcança o estigma da
02. Maçã, abacaxi e banana, frequentes em nossa
mesma flor, a polinização é denominada autógama
alimentação, são exemplos de pseudofruto, fruto
ou autofecundação.
partenocárpico e infrutescência, respectivamente.
16. Autoesterilidade é a incompatibilidade entre pólen
04. Em algumas gimnospermas, o fruto não é
e gineceu e, neste caso, o grão de pólen não
originado do ovário, sendo então denominado
germina.
pseudofruto, como o caju.
10) (UFPR) Atualmente, as angiospermas dominam
o ambiente terrestre. Para isso, essas plantas
desenvolveram, ao longo do processo 08. Os tecidos parenquimáticos executam numerosas
evolutivo, características que lhes permitiram tarefas, tais como o preenchimento de espaços, a
colonizar os diferentes biomas terrestres. realização da fotossíntese e o armazenamento de
Identifique, nas características listadas abaixo, substâncias.
aquelas que foram importantes para o
desenvolvimento do atual processo 16. As cactáceas apresentam parênquima aerífero
reprodutivo das angiospermas e após, assinale bem desenvolvido. Já as plantas aquáticas, como,
V para verdadeiro e F para Falso: por exemplo, o aguapé, apresentam o parênquima
( ) Fase gametofítica masculina reduzida. aquífero bem desenvolvido.
( ) Presença de elementos traqueais, como os
13) (UFSC) Pouca vantagem representaria, para
elementos de vasos e respectivas placas de
animais e plantas, serem multicelulares, se
perfuração.
todas as células fossem iguais. [...] Os órgãos
( ) Presença da cutícula – uma estrutura de
das plantas, [...] são formados por tecidos.
revestimento –, que é uma substância graxa, de
FROTA-PESSOA, O. Os caminhos da vida I.
composição química de natureza complexa. Estrutura e ação. São Paulo: (Scipione, 2001, p. 157)
( ) O produto da reprodução sexuada é protegido pelo Com relação a esse assunto é CORRETO
fruto. afirmar que:
( ) Desenvolvimento da estrutura floral, concomitante 01. As raízes, a epiderme e os estômatos são
com o processo de polinização biótica. exemplos de órgãos das plantas.
02. Os frutos, outro tipo de órgão nas plantas, são
11) (UEPG) Sobre os frutos, assinale o que for formados basicamente de células meristemáticas.
correto. 04. O xilema e o floema compõem o sistema de
01. São órgãos exclusivos das angiospermas e tecidos vasculares das plantas.
originam-se do desenvolvimento do ovário da flor 08. Na epiderme existem células meristemáticas com
e, portanto, das folhas carpelares. função de aeração da planta.
02. O fruto é composto pelo pericarpo que de fora para 16. Os diversos tipos de parênquimas exercem
dentro apresenta: epicarpo, mesocarpo e funções de respiração, fotossíntese e aeração,
endocarpo. O mesocarpo geralmente se torna entre outras.
carnoso e suculento. 32. O colênquima e o esclerênquima são tecidos de
04. Em alguns casos, o fruto não é originado do ovário condução, compostos de parênquimas vivos.
da flor, sendo denominado, então, pseudofruto. 64. Pelo xilema circula a seiva bruta, rica em água e
São exemplos de pseudofrutos: o figo, o morango sais minerais.
e o caju.
08. Os pseudofrutos simples originam-se do 14) (UFSC) Plantas que vivem em locais onde há
pedúnculo ou do receptáculo de uma só flor, como escassez de água, como, por exemplo, na
a maçã. Já os pseudofrutos compostos formam-se caatinga, possuem adaptações que favorecem
do receptáculo de uma flor com muitos ovários, a sua sobrevivência neste ambiente. Assinale
como o morango e os pseudofrutos múltiplos, a(s) proposição(ões) que apresenta(m) este
desenvolvem-se de uma inflorescência, como o tipo de adaptações.
abacaxi. 01. Redução da superfície foliar.
16. Os frutos atraem animais servindo-lhes de 02. Tecidos de revestimento altamente permeáveis.
alimento e dispersando sementes. Um exemplo 04. Epiderme rica em estômatos.
são as sementes da erva-de-passarinho, que são 08. Presença de parênquima aquífero.
eliminadas com as fezes de pássaros em ninhos, e 16. Intensa gutação.
aí germinam sobre as copas das árvores. 32. Camada epidérmica cerificada (cutícula).
12) (UFSC) As plantas são seres vivos
pluricelulares e organizados que apresentam 15) (UFSC) A folha é uma estrutura vegetal
diferentes tecidos. responsável pelas trocas gasosas entre a
Com relação aos tecidos vegetais, assinale a(s) planta e o meio. Com relação a esse órgão
proposição(ões) CORRETA(S). pode-se afirmar corretamente:
01. Em plantas vasculares, o tecido condutor 01. Os estômatos são as únicas células epidérmicas
especializado na condução da seiva bruta é o desprovidas de cloroplastos.
floema e, na condução da seiva elaborada, é o 02. O parênquima foliar é rico em cloroplastos e é o
xilema. local onde ocorre o fenômeno da fotossíntese.
02. Os tecidos meristemáticos são formados por 04. A cutícula é uma camada externa, relativamente
células diferenciadas que, por desdiferenciação impermeável, sendo bastante espessa em plantas
destas células, originam todos os demais tecidos adaptadas as regiões áridas.
da planta. 08. As nervuras são feixes vasculares que realizam o
04. O colênquima e o esclerênquima constituem os transporte de seiva através da folha.
tecidos de sustentação do vegetal. 16. Os movimentos dos estômatos são regulados pela
temperatura do meio e pela intensidade luminosa.
16. E–I
16) (UDESC) “Pela primeira vez, a ciência
consegue avaliar com precisão a destruição da
Floresta Amazônica. A cada ano são 18) (UFPR) Sobre a organização morfo-anatômica
derrubados 30.000 quilômetros quadrados de das plantas vasculares, é correto afirmar:
mata – o equivalente a uma Bélgica inteira ou a 01. As gimnospermas e angiospermas apresentam
vinte cidades de São Paulo ...” (Trecho extraído várias características em comum, sendo a mais
do artigo “O estrago que não se vê do alto”, importante delas a presença de frutos que
publicado na Revista Super Interessante.) protegem as sementes auxiliando sua dispersão.
Uma grande parte da referida perda ocorre 02. Os tecidos vegetais podem ser classificados em
devido a incêndios, naturais ou provocados. dois grandes grupos: meristemáticos, formados
Quando consideramos árvores de grande por células altamente especializadas, e
porte, observamos que as labaredas muitas permanentes, com células pouco especializadas e
vezes não alcançam suas copas, porém lesam grande capacidade de divisão.
seus troncos. 04. O sistema vascular é constituído pelo xilema e
floema, responsáveis pelo transporte de seiva
Com relação a árvores de grande porte: bruta e elaborada, respectivamente.
a) Cite um dos papéis desempenhados pelos caules. 08. Todos os órgãos da planta originam-se direta ou
b) Que tipos de tecidos vegetais são indispensáveis indiretamente do embrião formado pela união
para que o caule possa desempenhar com gamética ocorrida durante a fase esporofítica.
eficiência o papel citado no item anterior? 16. A flor é um conjunto de órgãos especializados para
Justifique sua resposta. a reprodução gâmica das angiospermas.
32. Os meristemas responsáveis pelo crescimento
17) (UFSC) Parênquimas são tecidos vegetais que lateral ou em espessura da planta são o felogênio
preenchem os espaços entre a epiderme e os e o câmbio vascular.
tecidos condutores. 64. Tubérculos, rizomas, bulbos e xilopódios são
exemplos de modificações do caule com função
Faça a associação CORRETA entre os principal de aumentar a sustentação das partes
parênquimas vegetais e a principal função que aéreas da planta.
desempenham.

19) (UFPR) Nas plantas, a epiderme é o tecido


primário de revestimento, formado por células
de forma variada, sem espaços intercelulares.
É um tecido complexo devido à presença dos
seus anexos. Sobre a epiderme, considere as
PARÊNQUIMAS FUNÇÃO afirmativas abaixo e assinale V ou F:
( ) A epiderme pode ter função reprodutiva, com o
reconhecimento do grão de pólen pelas células
papilosas do estigma da flor.
( ) Os estômatos são compostos pela associação de
A - medular I - reserva de água três células-guarda e estão presentes
principalmente nas partes verdes dos vegetais.
( ) Os tricomas glandulares são apêndices
B - clorofiliano II - preenchimento
epidérmicos que podem atuar na defesa da planta
contra a herbivoria.
C - amilífero III - reserva de ar ( ) Sobre a epiderme pode depositar-se a cutícula,
cuja espessura e composição varia entre as
espécies vegetais e condições ambientais.
D - aquífero IV - assimilação ( ) A epiderme pode ser múltipla, como, por exemplo,
o velame, que ocorre nas raízes de orquídeas.
E - aerênquima V - reserva de amido
20) (UEM) Considerando a morfologia e a função
das células e dos órgãos vegetais, assinale o
que for correto.
01. Elementos minerais absorvidos do solo pelas
01. A – II raízes podem ser encontrados nas células do
02. B – IV xilema das raízes, do caule e das folhas.
02. Moléculas de água absorvidas do solo participam,
04. C–V nos cloroplastos das células do parênquima foliar,
08. D – III das reações de fotossíntese.
04. Carboidratos produzidos nas células do 08. São exemplos de tecidos vegetais constituídos por
parênquima foliar podem ser armazenados em células mortas: o súber e o colênquima.
tecidos parenquimáticos das raízes. 16. O esclerênquima é um tecido formado por células
08. Carboidratos produzidos nas células do indiferenciadas e com intensa atividade mitótica.
parênquima foliar podem ser encontrados nos
elementos crivados que constituem o floema. 23) (UEM) De maneira geral, as raízes constituem a
16. Moléculas de CO2 absorvidas pelos estômatos parte subterrânea das plantas, ao passo que o
chegam às células do parênquima clorofiliano das caule e as folhas formam a parte aérea. Na
folhas onde participam de reações da fotossíntese. maioria das plantas adultas, formam-se flores,
32. A água absorvida do solo pelas raízes é das quais se originam frutos e sementes. Sobre
transportada até as folhas pelas traqueídes que os tecidos e os órgãos das plantas, assinale o
constituem o xilema e o floema. que for correto.
64. Células constituintes do cilindro central das raízes 01. Nas raízes e nos caules, ocorrem tecidos
e dos caules em estrutura secundária apresentam meristemáticos responsáveis pelo crescimento em
intenso metabolismo respiratório e síntese de comprimento e em espessura.
hormônios. 02. Os tecidos de condução, de sustentação, de
revestimento, além dos parênquimas, são
21) (UEM) Nas Angiospermas, células do embrião constituídos por células diferenciadas derivadas
jovem, existente nas sementes, multiplicam-se, dos meristemas.
crescem e se diferenciam formando os 04. Os vasos condutores do xilema (ou lenho) e do
diversos órgãos que constituem a planta floema (ou líber) estão presentes nos caules, nas
adulta. Sobre as células e os tecidos que raízes e nas folhas.
constituem os órgãos dessas plantas, assinale 08. Os tecidos parenquimáticos podem executar
o que for correto: diferentes funções, como a realização da
01. As células vegetais possuem um envoltório fotossíntese nas folhas ou o armazenamento de
externo constituído basicamente por celulose, substâncias, como o amido, nas sementes e em
denominado parede celular. determinados tipos de caules e de raízes.
02. Os meristemas primários, presentes nos ápices de 16. A epiderme, que apresenta células com paredes
caules e de raízes, são conjuntos de células espessas, devido à deposição de lignina, de
capazes de se multiplicarem ativamente por celulose e de cutina, formando uma cutícula
mitose. externa, constitui o tecido de revestimento das
04. Os parênquimas, localizados em diversas partes folhas, dos caules e das raízes.
das plantas, como as raízes e as folhas, 32. Frutos e sementes são estruturas reprodutivas das
apresentam paredes celulares. plantas decorrentes de mecanismos naturais de
08. A epiderme é um tecido presente nas folhas e nas reprodução assexuada.
partes jovens de caules e de raízes, constituído
por células achatadas, geralmente desprovidas de 24) (UFPR) Com base nos conhecimentos de
cloroplastos. fisiologia e histologia vegetal, é correto
16. O lenho ou xilema, assim como o líber ou floema, afirmar:
formam feixes de células vivas impregnadas de 01. Os elementos condutores do xilema são células
celulose e de lignina, que apresentam funções alongadas, com paredes reforçadas. Elas se
diferenciadas. encaixam umas sobre as outras, formando longos
32. Colênquima é o tecido de sustentação encontrado vasos, que transportam a seiva bruta.
nos caules jovens, constituído por células vivas, 02. Os pelos absorventes da epiderme da raiz
clorofiladas, revestidas por paredes espessadas absorvem a maior parte da água e dos sais
com celulose. minerais de que a planta necessita.
64. O lenho de uma árvore apresenta uma região 04. O mesófilo das folhas é composto principalmente
central mais clara, denominada alburno, formada de parênquima clorofiliano, que é responsável pela
por vasos lenhosos em atividade. Por ser rígida e fotossíntese por ser rico em cloroplastos.
resistente, é a parte do tronco utilizada para 08. As plantas só não morrem por dessecação graças
trabalhos de marcenaria. à cutícula, substância gordurosa que é
completamente impermeável à água, e também,
22) (UEPG) Em se tratando de tecidos vegetais, porque os estômatos abrem o ostíolo apenas à
assinale o que for correto. noite, período de maior umidade atmosférica.
01. O parênquima lenhoso é um dos elementos do 16. Na superfície foliar, os estômatos são compostos
xilema que apresenta células vivas. por duas células-guarda que delimitam um poro. É
02. O lenho ou xilema é um tecido complexo através dos poros que a planta perde a maior parte
encarregado do transporte da seiva bruta nas da água absorvida, no processo conhecido por
plantas. transpiração estomatar.
04. Os meristemas secundários determinam o
crescimento em espessura dos caules e raízes.
Esses tecidos compreendem: câmbio e periblema.
25) (UEPG) Assinale as alternativas que 04. E – II
contenham a relação correta entre o tecido 08. B – IV
vegetal e suas características. 16. F–I
01. Meristema primário: localizado nos ápices de 32. D–V
caules e raízes e no interior de feixes líbero-
lenhosos. 28) (UDESC) Nos vegetais inferiores, não há
02. Parênquima: preenchimento de espaços internos, qualquer sistema de sustentação. Mas nas
com funções de reserva de substâncias e plantas desenvolvidas, muitas delas atingindo
fotossíntese. enormes dimensões, já existe o estereoma,
04. Lenho: células alongadas e mortas, com paredes conjunto de tecidos de sustentação
espessas, impregnadas de lignina e com reforços representados pelo colênquima e pelo
adicionais. esclerênquima.
08. Colênquima: células alongadas e mortas, com a) Qual desses dois últimos tecidos é o responsável
paredes reforçadas de lignina. pela flexibilidade que observamos nas plantas
16. Líber: células alongadas que se dispõem em superiores? Dê duas características das células
cordões desde as folhas até as raízes. Os que o compõe.
elementos de tubos crivados apresentam b) Trace um paralelo entre os tecidos de sustentação
citoplasma mas não possuem núcleo. dos vegetais superiores e os tecidos de
sustentação dos vertebrados.
26) (UEM) Plantas terrestres geralmente têm uma
parte subterrânea, constituída pelas raízes, e 29) (UDESC) Experimentos mostram que, se a
uma parte aérea, formada pelo caule e seus temperatura do pecíolo diminuir, a velocidade
ramos, onde se prendem as folhas. Sobre os com que a seiva elaborada flui também diminui.
órgãos vegetais mencionados no texto, Considerando os conhecimentos sobre tecidos
assinale o que for correto. vegetais e sua fisiologia e o esquema abaixo,
01. Os ramos e as raízes secundárias são Responda:
ramificações exógenas do caule, originadas a
partir do desenvolvimento de gemas caulinares.
02. As raízes, o caule e as folhas apresentam tecidos
condutores, o xilema e o floema.
04. O xilema e o floema são tecidos constituídos por
traqueídes e desaparecem na estrutura
secundária, resultante do crescimento das plantas,
em espessura.
08. Nas extremidades do caule e das raízes,
observam-se tecidos meristemáticos responsáveis
pelo crescimento do vegetal e pela formação dos
demais tecidos.
16. O revestimento das raízes, do caule e das folhas é
feito pela epiderme, constituída por uma camada
de células clorofiladas.
32. Gemas e pelos absorventes são estruturas
presentes no caule, nas raízes e nas folhas.
64. Nas folhas e nos caules jovens, pode ser
observado o parênquima clorofiliano.

27) (UFPR) Indique a(s) associação(ões) que


relaciona(m) corretamente estruturas animais e a) Como se denominam os vasos por onde circula a
vegetais que apresentam as mesmas funções. seiva elaborada e qual o sentido dessa circulação
na planta, logo após a produção de tal seiva?
Animal Vegetal b) Como se denomina o conjunto de vasos por onde
A Vasos I Seiva circula a seiva bruta e qual o sentido do fluxo
sanguíneos desse tipo de seiva?
B Cartilagens II Esclerênquima c) Comente sobre a quantidade de amido encontrada
C Gordura III Xilema e floema nas folhas indicadas por I e II, após a passagem
D Glândulas IV Parênquima de da água fria pelo dispositivo representado na
reserva figura.
E Ossos V Pelos secretores
F Sangue VI Colênquima
30) (UEM) As plantas daninhas, quando crescem
01. A – III juntamente com as culturas, interferem no seu
02. C – VI desenvolvimento, reduzindo-lhes a produção.
Competem pela extração dos elementos vitais: 16. A planta é uma gimnosperma, porque apresenta
água, luz, CO2 e nutrientes e exercem inibição sementes encerradas no interior de um fruto.
química sobre o desenvolvimento das plantas.
Sobre alguns aspectos fisiológicos das 32) Este gráfico representa a taxa de transpiração
plantas, relacionados a esses elementos, estomática e cuticular de uma Angiosperma,
assinale o que for correto. durante certo tempo. Considerando-se a
01. A água, importante em processos fisiológicos fisiologia das estruturas envolvidas nesta
como a fotossíntese, é absorvida pelas raízes e função:
transportada pelos elementos do xilema até as
folhas.
02. Com relação à absorção de nutrientes, as plantas
daninhas são favorecidas pela capacidade de
realizarem a fixação de nitrogênio atmosférico nas
células das folhas, independentemente da
presença de bactérias e de fungos micorrízicos.
04. Os elementos minerais absorvidos do solo são
transportados até as folhas onde participam da
estrutura celular, como nas proteínas das
membranas, e de reações metabólicas, como a
fotossíntese.
08. A transpiração, nos vegetais, consiste na perda de
( ) no ponto A, os estômatos estão abertos.
água na forma de vapor através dos poros
( ) no ponto B, os estômatos estão túrgidos.
estomáticos e da cutícula, favorecendo a absorção
( ) no ponto A ao ponto C, existe transpiração
de nutrientes.
cuticular.
16. A luz absorvida pelas moléculas de clorofila é a
( ) o ponto B marca o início da transpiração
fonte de energia para a produção de carboidratos
estomática.
e, também, influencia no mecanismo de abertura e
de fechamento do poro estomático.
33) (UEM – PR) O equilíbrio hídrico compreende
fenômenos como a absorção (que consiste na
31) (UFSC) O desenho esquemático ao lado
retirada de água e de elementos minerais do
representa uma planta vascular. Considerando
substrato onde as plantas vivem), o transporte
o desenho, podemos afirmar CORRETAMENTE
(que envolve um sistema especializado capaz
que:
de promover a
eficiente distribuição do material absorvido) e a
transpiração (responsável pela eliminação de
parte da água absorvida). Baseando-se no
texto e nas características dos vegetais,
assinale o que for
correto.
01. Nas plantas, a absorção de água e de elementos
minerais ocorre na região das raízes onde a
epiderme apresenta os pelos absorventes.
02. O movimento da água e dos elementos minerais,
desde a superfície da epiderme das raízes até o
interior do xilema, dá-se através dos
microcapilares da parede celular e através do
protoplasma das células.
04. A absorção de água e de nutrientes pelas células
vegetais se faz por osmose e por transporte ativo,
com utilização de energia metabólica.
08. Os estômatos e as lenticelas, presentes na
01. A água e os sais minerais penetram na planta epiderme das folhas, realizam a transpiração e a
através dos pelos absorventes das raízes. eliminação de nutrientes para a atmosfera.
02. No caule, o sentido das setas representa a subida 16. A transpiração estomática é um processo
da seiva bruta pelos vasos do xilema. puramente físico de evaporação, que ocorre de
04. O órgão indicado em A é o resultado da forma lenta e constante na planta.
fecundação ocorrida no ovário de uma flor. 32. Nas pteridófitas, nas gimnospermas e nas
08. O fechamento dos estômatos das folhas facilitaria angiospermas, o transporte de água e de minerais
a saída de vapor d'água. – das raízes até as folhas – é realizado pelos
vasos lenhosos ou xilema.
GABARITO

1) 39 2) 60 3) 27 4) 62
5) 13 6) 09

7) As angiospermas possuem menor dependência da água


para a reprodução, pois possuem o tubo polínico para
que o gameta masculino chegue ao óvulo e fecunde o
gameta feminino.

8) FFVFV 9) 29 10) VFFVV 11) 31 12) 12

13) 84 14) 41 15) 30

16) a) Sustentação das partes aéreas da planta, ligação entre a


raiz e o caule, transporte de seiva bruta e elaborada,
reserva de carboidratos ou água, etc.
b) Sustentação: colênquima e esclerênquima - tecidos
ricos em fibras, com deposição de polissacarídeos, como
lignina e celulose. Transporte de seiva – xilema e floema
– tecidos compostos por células em forma de tubo,
especializados para a condução de seiva.

17) 07 18) 52 19) VFVVV 20) 31


21) 47 22) 03 23) 15 24) 23
25) 22 26) 74 27) 53

28) a) O colênquima. O colênquima é formado por células


vivas com deposição angular de celulose.
b) O esclerênquima é análogo ao tecido ósseo, pois
ambos conferem resistência. O colênquima é análogo ao
tecido cartilaginoso, pois ambos conferem flexibilidade.

29) a) A seiva elaborada é transportada pelos vasos do


floema no sentido descendente, das folhas para o resto
do vegetal.
b) A seiva bruta é transportada pelos vasos do xilema no
sentido ascendente, da raiz para as folhas.
c) O amido é um dos componentes da seiva elaborada.
Se a passagem de água fria diminui a velocidade de
passagem de seiva elaborada, A região I está retendo
mais seiva elaborada, logo, tem maior concentração de
amido que a região II, cujo fluxo de seiva elaborada é
normal.

30) 29 31) 07 32) VFVF 33) 35

Interesses relacionados