Você está na página 1de 3

SER VELHO E SER IDOSO

Para reflexão de jovens e "menos jovens"


sobre seu comportamento diante da vida.
IDOSO, é quem tem muita idade,
VELHO é quem perdeu a jovialidade.
A idade causa a degeneração das células,
a velhice, a degeneração do espírito.
Você é idoso quando se pergunta se vale a pena;
você é velho quando, sem pensar, responde que não.
Você é idoso qdo sonha;
você é velho qdo apenas dorme.
Você é idoso qdo ainda aprende;
Você é velho qdo já nem ensina.
Você é idoso qdo se exercita,
Você é velho qdo apenas descansa.
Você é idoso qdo ainda sente amor;
Você é velho qdo só sente ciúmes.
Você é idoso qdo o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida;
Você é velho qdo todos os dias parecem o último da longa
jornada.
Você é idoso qdo seu calendário tem amanhãs;
Você é velho qdo só tem ontem.
O idoso se renova a cada dia que começa,
o velho se acha cada noite que termina pois,
enquanto o idoso tem seus olhos postos no horizonte,
de onde o sol desponta e ilumina a esperança,
O velho tem sua vista curta voltada para as sobras do passado.
O idoso tem planos, o velho tem saudades.
O idoso curte o que lhe resta de vida,
O velho sofre o que o aproxima da morte.
O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e plena de
esperança.
Para ele, o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega.
Para o velho suas horas se arrastam sem sentido.
As rugas do idoso são bonitas pq foram marcadas pelo sorriso;
As rugas do velho são feias pq foram cravadas pela amargura.
Resumindo... Idoso e velho podem ter a mesma idade no
cartório,
mas têm idades diferentes no coração.
QUE VOCÊ, IDOSO, VIVA UMA VIDA LONGA, MAS NUNCA FIQUE
VELHO. E VOCÊ, VELHO, APRENDA A SER IDOSO.

Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com


medo do gato, então um mágico teve pena dele e o transformou em
gato.

Mas ele ficou com medo do cão, por isso o mágico o transformou
em cão. Então ele começou a ter medo da pantera e o mágico o
transformou em pantera. Foi quando ele se encheu de medo do
caçador.

Nessa altura, o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo


novamente e disse:

“Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem a
coragem de um camundongo”.

Essa fábula nos remete ao poder que temos em nós para


sobrepujarmos os desafios ou desistir deles. Todos precisam ter
consciência do tipo de coragem que têm. Não adianta se comparar
a outras pessoas, seja para concluir que se é um medroso ou para
querer ser tão corajoso como seu modelo, pois coragem não é a
ausência de medo, e sim a capacidade de avançar apesar do medo.

 Como avançar apesar do medo


 Medo é insegurança diante daquilo que não se
experimentou ainda ou daquilo que lhe fez mal. Por isso, se você
quer ter coragem em situações desafiadoras, duas ações
básicas são importantes quando se apresentar a ocasião:

 1. Tenha determinação
 Lembre-se do dito popular: “Não há bem que nunca acabe
ou mal que dure para sempre”. Isso é pensar positivo, é olhar
para os desafios com vontade de vencer independente do que
lhe seja exigido no momento. Determinação faz com que a
pessoa tenha coragem de enfrentar os desafios com a certeza
de que mesmo que haja queda ou lhe provoque dor, tudo
passará.

 2. Aprenda algo de bom com a situação


 Coragem é ter a certeza de que independente do que
tenha que enfrentar, saber que algo de bom vai restar. Olhe para
o desafio como uma oportunidade de aprendizagem e para
ganhar experiência, nem que seja para aprender o que não se
deve fazer. Olhar a situação com bons olhos sempre lhe dará a
sensação de que valeu a pena, que enfrentar o medo com
coragem, aquela coragem que lhe faz avançar independente do
medo, fez você melhor porque aprendeu algo, porque ficou mais
forte ou porque simplesmente venceu o medo.

 Se hoje você perceber que tem a coragem de um


camundongo, não se aflija, faça o melhor com o que tem. Só
assim passará para a coragem do gato, depois do cão e da
pantera, até que tenha a coragem do caçador, mas de um
caçador de conquistas internas, de vitórias sobre desafios e
vencedor de medos