Você está na página 1de 4

Kousa Mahshi – Abobrinhas Recheadas

quarta-feira junho 02nd 2010, 6:03


Arquivado em: Cozinha Mediterrânea, Cozinha de Vegetais, Utensílios | Tags: abobrinha

A palavra Mahshi significa “recheado” em árabe, e serve pra designar geralmente um processo, algo
como o que os franceses chamam de “farci”.

Kousa Mahshi ou Mahshi al-Kousa, abobrinhas recheadas é um prato bastante consumido no Líbano,
Síria, Egito, Turquia, entre outros países de cultura árabe bem como a Grécia e Armênia, que muito
embora não façam parte do chamado ‘Mundo Árabe” compartilham muito desta Gastronomia.

Este prato, tem um significado bastante familiar para mim, é o tipo de comida que pode-se comer com a
mão. Roubar abobrinhas direto da panela da jadda (avó) é um clássico da infância. Além da abobrinha,
pode-se fazer Mahshi com berinjelas, nesse caso Bathenjan Mahshi.
O ideal para esta preparação, é fazer uso das baby-abobrinhas encontradas emalguns lugares
“diferenciados”. No Oriente médio essas abobrinhas pequenas são bastante comum, bem como baby-
berinjelas. Na falta, pode-se usar as abobrinhas italiana sem nenhum problema, desde que procure pelas
de formato mais reto possível, pois isso facilita a retirada da poupa.

Outro aspecto importante a ser tratado é falar sobre o caldo de tomate onde devem ser cozidas. Em
muitas receitas vejo que recomendam cozinhá-las em molho de tomate. Ok, estamos falando de cozinha
mediterrânea certo? Entendam que não deve ser um “molho de tomate” e sim um caldo de tomate, bem
aguado, o que permite um bom cozimento das abobrinhas bem como do arroz.

Exite um utensílio próprio para retirar a polpa de vegetais, em árabe é chamado demunara desconheço o
nome em português. Em São Paulo pode-se encontrá-lo noSaddi Center ou na Rua Comendador Abdo
Schain. É claro que se pode conseguir um efeito semelhante usando uma faca de lâmina estreita ou algo
que possibilite esse trabalho.

Kousa Mahshi
Abobrinhas:

 10 baby abobrinhas
 200 g de coxão mole moído

 150 g de arroz cru

 pimenta do reino

 pimenta síria

 cravo em pó
 canela em pó

 gengibre

 noz moscada

 sal

Caldo de tomate:

 4 tomates sem pele e sementes


 1/4 de cebola picada

 4 dentes de alho

 1 folha de louro

 +- 2 litros de água

 sal e pimenta do reino

 azeite

Para rechear as abobrinhas, primeiro fure algumas vezes com um garfo, retire a extremidade do
pedúnculo, e com auxílio do descaroçador “cave” por dentro da abobrinha retirando toda a polpa
cuidadosamente para não furar. Recheie 3/4 do legume com a mistura de carne, arroz e especiarias.
Reserve.

Para o caldo; cubra o fundo de uma panela com uma fina camada de azeite e frite rapidamente a cebola
picada e os dentes de alho inteiros acrescente o louro e a pimenta do reino, depois junte os tomates e
deixe até que desmanchem. Cubra tudo com água quente. Acerte o sal.

Para cozinhar as abobrinhas, arrume-as em uma panela grossa, e cubra com o caldo de tomates, não é
necessário colocar um peso pressionando as abobrinhas como é de costume fazer para o cozimento dos
charutos. Cozinhe em fogo baixo por cerca de 30 minutos.
Poderão se interessar também por: