Você está na página 1de 8

REALIMENTAÇÃO NEGATIVA EM AMPLIFICADORES

Ítalo Rodrigo Moreira Borges, Marcos Adriano Nery de Abrantes

Programa de Graduação em Engenharia Eletrônica, Faculdade Gama


Universidade de Brasília
Gama, DF, Brasil
italrmb@gmail.com, marcosadrianonery@gmail.com

RESUMO Todas essas 5 propriedades são interessantes dependendo da


No presente relatório está apresentado de forma a condizer aplicação, porém nem tudo é perfeito, para que haja essas
com simulação e prática, das análises possíveis a uma rea- vantagens, haverá redução no ganho[1].
limentação negativa em amplificadores, sendo as seguintes As análises serão feitas levando em consideração os ga-
análises da realimentação negativa: Ganhos, parâmetros de nhos, parâmetros do quadripolo, função de transferência e
quadripolo, função de transferência e banda passante do am- banda passante do amplificador. O ganho é uma relação en-
plificador. tre uma fonte independente de saída e entrada, onde o β é o
ganho apenas na malha de realimentação, o A é o ganho do
amplificador operacional sem a malha de realimentação e o
1. INTRODUÇÃO
Af é o ganho do amplificador operacional com a malha de
A maioria dos sistemas físicos incorpora a alguma forma de realimentação. Observe que a figura 1 que apresenta um re-
realimentação, contudo a teoria foi desenvolvida por enge- sumo dos ganhos em realimentação negativa série-paralelo.
nheiros eletrônicos. Em busca por métodos para projeto de Seguindo os passo contidos na figura, deve-se calcular o
amplificadores com ganha estável para uso em repetidores R11 , onde destaca-se a malha de realimentação e fecha um
telefônico, Harold Black, foi um engenheiro eletrônico da curto-circuito na saída da para extrair a resistência equiva-
W estern Eletric Company, inventou o amplificador com lente nos terminais da entrada e o R22 é o contrário, fecha
realimentação em 19280. Desde de então essa técnica tem curto-circuito na entrada e extrai a resistência equivalente
sido bastante utilizada[1]. nos terminais da saída. Na extração do β deve-se destacar a
A realimentação pode ser negativa (degenerativa) ou po- malha de realimentação, insere-se uma fonte de tensão nos
sitiva (regenerativa). No projeto de um amplificador, a rea- terminais da saída e abri o circuito na entrada, onde deve-se
limentação negativa é aplicada para obter uma ou mais das mensurar a tensão de entrada em função da tensão da saída:
seguintes propriedades:
Vf
1. Dessensibilidade do ganho; isto é, fazer o valor do β= (1)
Vo
ganho menos sensível as variações dos componentes
Observa-se que para encontrar o ganho A, tem-se que
do circuito.
encontrar a tensão Vi em função de Vf . Como já obteve-se
2. Redução do efeito do ruído; ou seja, minimizar a con- o R11 e o R22 , pode-se encontrar a seguinte relação:
tribuição na saída de sinais elétricos indesejáveis, ge-
rados tantos pelos componentes do circuitos quanto Vo
pelos interferências externos. A= (2)
Vi
3. Redução da distorção não-linear;ou seja, fazer a saída Para o ganho Af , deve-se usar a seguinte relação:
proporcional à entrada (em outras palavras, fazer o ga-
nho constante independente do nível do sinal). A
Af = (3)
4. Estender a faixa de passagem do amplificador. 1 + Aβ
E para finalizar deve-se obter a resistência de entrada
5. Controle das impedâncias de entrada e saída; isto é,
(Rin ) e a resistência de saída (Rout ).Observe as relações se-
aumentar ou diminuir a impedância de saída e de en-
guinte:
trada pela seleção apropriada da topologia da reali-
mentação. Rin = Rif − Rs (4)
1
Rout = 1 1 (5)

Rof RL µV1 R22 ||RL
Vo = (10a)
R22 ||RL + ro
Onde,
Vi = Ii Rid (10b)
Vin
Rif = (Rs + R11 + Rid )x(1 + Aβ) (6) Ii = (10c)
R11 + Rid
µR22 ||RL Rid
A= (10d)
R22 ||RL + ro R11 + Rid
Rs ||R11 ||Rid µR22 ||RL Rid
Rof = (7) R22 ||RL +ro R11 +Rid
1 + Aβ Af = (10e)
22 ||RL
1 + (β RµR Rid
22 ||RL +ro R11 +Rid
)
Os parâmetros de um quadripolo devem ser extraídas Para a escolha dos resistores, utilizou-se as seguintes re-
para as análise dos ganhos de malha. A função de trans- lações, sendo que pode-se usar a eq.11c,assim que escolher
ferência também é a relação entre a saída e a entrada e a o R2 ou a eq.11d, assim que escolher o R1 :
análise da banda passante do amplificador é importante para
identificar como o dispositivo eletrônico se comporta diante
A
de frequências baixas e altas. Af = (11a)
1 + Aβ
A − Af
β= (11b)
Af A
2. EXPERIMENTO
βR2
R1 = (11c)
1−β
Antes de fazer a mensuração do circuito, houve o cálculo da R1 (1 − β)
realimentação negativa da figura 2. Onde obteve-se β,A,Af ,Ri n R2 = (11d)
β
e Ro ut.
Seguindo o desenvolvimento apresentado na introdução, 2.1. Procedimento Experimental
tem-se que o R11 , R22 e β será:
No laboratório, analisamos as seguintes realimentações ne-
gativas:
R11 = R2 ||R1 (8a) 1. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
R22 = R2 + R1 (8b) ganho 11 sem os transistores bipolares;
R1 2. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
β= (8c) ganho 11 sem a carga RL ;
R2 + R1
(8d) 3. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
ganho 11 com a carga RL ;
Agora deve-se obter o ganho de malha aberta A: 4. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
ganho 11 com a carga RL para a obtenção da função
de transferência;
µV1 R22
Vo = (9a) 5. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
R22 + ro
ganho 11 com a carga RL para a obtenção da banda
Vi = Ii Rid (9b)
passante;
Vin
Ii = (9c) 6. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
R11 + Rid
µR22 Rid ganho 22 sem a carga RL ;
A= (9d)
R22 + ro R11 + Rid 7. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
(9e) ganho 22 com a carga RL ;
8. Montagem do Circuito com realimentação negativa de
E por fim encontrar o ganho de malha aberta A e fechada ganho 22 com a carga RL para a obtenção da função
Af ,levando em consideração a carga RL : de transferência;
9. Montagem do Circuito com realimentação negativa de aumento do ganho. Sendo assim percebe-se que no circuito
ganho 22 com a carga RL para a obtenção da banda com Af = 11, figura 19, a banda é de 33.283KHz que é
passante; maior que a do circuito com Af = 22, que tem uma banda
de 1.5252KHz, 20.
10. Extração dos parâmetros de impedância do quadri-
polo;

2.2. Material Utilizado

Tabela 1. Material utilizado no experimento


3.2. Laboratório
Quantidade Material
1 Fonte de alimentação MPL 1303
1 Gerador de função SDG SIGLENT
1 Osciloscópio Digital PRECISION BK 2530 Foi-se montado o circuitos apresentados nas figuras 3 e 4.
3 Pontas de prova para osciloscópio Assim foi-se realizado os testes de acordo com o roteiro.
1 Protoboard Minipa MP-1680 A Foi-se realizada a montagem primeiramente do amplificador
2 Multímetro Digital sem os dispositivos bipolares a saída da montagem esta na
1 Amplificador operacional figura 5, pode-se notar que o ganho na saída está de fato
1 Transistor NPN como se esperava a grande questão é que quando solicitado
1 Transistor PNP uma corrente mais significativa o circuito em questão torna-
2 Resistores de 10k ohm se ineficiente, tal é a necessidade da presença dos bipolares
4 Resistores de 1k ohm no circuito. Na figura 6 está apresentado o ganho de tensão
do amplificador com o seu Af = 11 VV , o mesmo se encontra
3. RESULTADOS com sua carga de RL = 10KOhm de o ganho apresentado
é de Af = 10 VV a diferença é dada pelos erros presentes nos
A seguir segue-se os resultados obtidos na analise obtida por valores de cada dispositivo. Na figura 10 está apresentado o
via de simulação com a utilização do Software OrCad e os ganho de tensão do amplificador com o seu Af = 22 VV , o
resultados obtidos em laboratório com a devida supervisão mesmo se encontra com sua carga de RL = 10KOhm de o
do Professor. ganho apresentado é de Af = 20.769 VV a diferença é dada
pelos erros presentes nos valores de cada dispositivo. Na 7
tem-se a função de transferência do circuito com Af = 11 VV
3.1. Experimento
na mesma é possível ver que o ganho do circuito montado
Foram-se realizado duas simulações para o mesmo circuito é de Af = 10 VV enquanto para o circuito com Af = 22 VV
como se foi pedido o primeiro é a simulação cujo o ganho na figura 11 que o ganho do circuito é de Af = 20 VV , assim
do Amplificador é de 11 que pode ser visto na figura 13, como esperado para ambos os casos. Por ultimo nas figuras
a segunda tem seu ganho caracterizado de 22 que pode ser 8 e 12, está apresentado o a largura de banda para ambos
visto na figura 15. Acerca desses esquemáticos no primeiro os circuitos, na figura 8 a largura de banda é de 13.36KHz
caso de analise foi-se construído um diagrama em que se bem diferente da largura encontrada na simulação, a causa
construiu o diagrama de bode de ambos os circuitos, para o mais comum da ocorrência do fato é quanto a erros e falhas
circuito com ganho de 11 tem-se o diagrama na figura 17 en- de montagem ou pelo próprio uso inadequado do dispositivo
quanto para o circuito de ganho de 22 tem-se seu diagrama por terceiros.
na figura 18. Foi-se possível perceber que se baseia em um
circuito de baixas frequências e que a simulação respeita as Na figura 12 a largura de banda é de 11.86KHz o que
observações de montagem dos diagramas assim como espe- vai na direção contraria ao outro caso. Para o caso segundo
rado. caso encontrou-se experimentalmente uma banda maior que
No ambiente de simulação transiente encontrou-se a saída a encontrada em simulação, enquanto para o primeiro encontrou-
do amplificador aplicando-se uma entrada senoidal com frequên- se uma menor.
cia de 1KHz, para o circuito com ganho de Af = 11 o com-
portamento está apresentado pela figura 14 e para o circuito E na tabela 2 tem-se os valores obtidos para o quadripolo
com ganho de Af = 22 o comportamento está apresentado a saber o circuito responsável pela realimentação. Os valo-
pela figura 16. res dos parâmetros estão na tabela 3 e pode os erros foram
E por fim foi-se encontrado as frequências de corte de bem baixos, a montagem consiste na malha de realimenta-
ambos, sendo percebível que de fato a banda é menor com o ção.
nas figuras 14 e 16. Na aplicação deste sinal é possível per-
Tabela 2. Dados quadripolo.
ceber o ganho do circuito em medias frequências . O ganho
Valores obtidos para quadripolo em laboratório de ambos respeitam a analise realizada e vista na sua saída
Parte A assim como com o diagrama de bode, sendo ainda possí-
V1 (V) I1 (mA) V2 (V ) vel observar que não houve qualquer alteração no formato
1 1 0.92 da onda senoidal de entrada, sendo respeitada a frequência e
2 2 2.02 formato, sendo tão somente modificado sua amplitude assim
Parte B como se era esperado.
Por fim se torna necessário conhecer qual a banda do
V1 (V) I2 (mA) V2 (V )
amplificador nas configurações montadas, sendo que se é
0.092 0.00001 1
importante se lembrar que para conseguir-se qualquer outra
0.2 0.0000192 2 característica do amplificador se torna necessário sacrificar
seu ganho, já por teoria se é sabido que a banda do amplifi-
cador de Af = 11 terá uma banda maior que o amplificador
montado com ganho de Af = 22, o que pode ser notado
Tabela 3. Parâmetros quadripolo. na figuras 19 e 20, que para o o amplificador de Af = 11
Z11 Z21 Z12 Z22 apresenta uma banda de 33.283KHz enquanto o do circuito
1000 920 1000 100000 com Af = 22, tem uma banda de 1.5252KHz. Os dados
1000 1010 1041.666 104166.6 do quadripolo estão na tabela 2 estes são os valores obtidos
Teórico 1000 1000 1000 100000 para o quadripolo a saber o circuito responsável pela rea-
limentação. Os valores dos parâmetros estão na tabela 3 e
Média 1000 965 1020.833 102083.3
pode os erros foram bem baixos.
Erro(%) 0 3.5 2.0408 2.0833

4.2. Conclusões
4. DISCUSSÃO E CONCLUSÕES
No experimento em questão demonstrou-se o uso da reali-
4.1. Discussão mentação e sua grande utilidade seja está em qualquer área
da eletrônica sendo primordial tanto para construção de cir-
Foi-se realizado a montagem em sala conforme os passos cuitos básicos quanto avançados, verificou-se como de fato
pré-ditos pelo professor e também sobre a supervisão do a realimentação permite que se controle o ganho de um am-
mesmo, em algumas ocasiões foi-se tido erros mas os mes- plificador sendo que o ganho final em medias frequências é
mos foram corrigidos, o mais importante a se citar é o da basicamente controlado pela malha de realimentação. Foi-
presença de um jump quebrado dentre os demais, foi-se ve- se concluído e verificado a entrada de um sinal senoidal e o
rificado que na saída do circuito conforme visualização por seu comportamento na saída dos dois circuitos amplificado-
meio do osciloscopio que a saída era inadequada com re- res os sinais não sofreram qualquer alteração a não ser em
lação ao que se esperava. Foi feito a correção do circuito e sua amplitude o que se tinha como objetivo, como pode ser
tudo se normalizou. verificado nas figuras 14 e 16. A amplitude vai caindo com
No primeiro momento foi-se analisado o ganho para o o aumento da frequência de entrada ate que se chegue a am-
amplificador de Af = 11 VV na simulação o ganho foi-se re- plitude nula, ou como no caso que se é de fato importante
produzido como se esperava como é possível ver na figura próximo da frequência de corte. E é nessas frequências pró-
17 já na analise laboratorial o ganho obtido foi-se de ape- ximas e superiores a de f−3dB que o sinal de saída sofre
nas Af = 10 VV o erro entre o esperado e o obtido foi do distorções no seu formato como pode ser verificado nas fi-
percentual de 9.091% algo esperado dado a situação dos er- guras 8 e 12. Notável ainda que as bandas são menores que
ros presentes em cada dispositivo usado. Foi-se analisado as esperadas dado as impossibilidades de repetir nas condi-
o ganho para o amplificador de Af = 22 VV na simulação o ções experimentais os resultados de simulação, e sendo por
ganho foi-se reproduzido como se esperava como é possível meio do tal experimento conotado a "máxima"que diz que
ver na figura 18 já na analise laboratorial o ganho obtido foi- é necessário sacrificar o ganho para obter outros parâmetros
se de apenas Af = 20 VV o erro entre o esperado e o obtido o que pode ser comprovado nos experimento que apresenta
foi do percentual de 9.091% algo esperado dado a situação uma banda bem maior para o circuito com ganho inferior.
dos erros presentes em cada dispositivo usado, e é interes-
sante observar que o erro é o mesmo para ambos os ganhos 5. REFERENCIAS
e de fato o erro está associado aos erros intrínsecos aos dis-
positivos usados. Ainda na mesma linha foi-se aplicado a [1] A. Sedra and K. Smith, Microeletrônica. São Paulo, Brasil:
entrada um sinal senoidal de 1KHz que pode ser verificado Prentice Hall, 2007.
6. ANEXO

Fig. 1. Realimentação Série-Paralelo. Fig. 4. Circuito montado em laboratorio com Af = 22.

Fig. 2. Realimentação Série-Paralelo.

Fig. 5. Ganho sem bipolar.

Fig. 3. Circuito montado em laboratorio com Af = 11. Fig. 6. Amplificador ganho 11 com carga.
Fig. 10. Amplificador ganho 22 com carga.
Fig. 7. Função transferencia para amplificador ganho 11
com carga.

Fig. 11. Função transferencia amplificador ganho 22 com


Fig. 8. Banda de passagem para amplificador ganho 11 com carga.
carga.

Fig. 12. Banda de passagem para amplificador ganho 22


Fig. 9. Amplificador ganho 22 sem carga. com carga.
Fig. 16. Simulação do amplificador com ganho de 22 en-
trada com frequência de 1 Khz

Fig. 13. Simulação do amplificador com ganho de 11

Fig. 17. Saída simulação do amplificador com ganho de 11

Fig. 14. Simulação do amplificador com ganho de 11 en-


trada com frequência de 1 Khz
Fig. 18. Saída simulação do amplificador com ganho de 22

Fig. 15. Simulação do amplificador com ganho de 22 Fig. 19. Banda simulação do amplificador com ganho de 11
Fig. 20. Banda simulação do amplificador com ganho de 22

Você também pode gostar