Você está na página 1de 2

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ


CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TUCURUÍ
FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA
PLANO DE ENSINO
Professor (a): Ewerton Ramos Granhen Sem/Ano: 1º/2018
Carga Horária (h)
Eletrônica de Potência Teórica Prática Total
Semestral 60 15 75
Caráter Código Bloco Pré-requisitos Faculdade
Obrigatória EL18047 Engª. Elétrica
Objetivo da disciplina
Ao final desta disciplina, o aluno deverá ser capaz de definir, identificar, classificar e propor soluções na
área de Eletrônica de Potência. Conduzir experimentos e interpretar resultados; Conceber, projetar e
analisar sistemas e processo.
Ementa
Interruptores de Potência; Retificadores Controlados; Conversores CA – CA; Conversores CC – CC; Teoria
Básica dos Inversores.
Metodologia
Aulas expositivas com o uso de data-show, quadro branco, computadores individuais, exercícios propostos
e comentados em sala de aula. Sendo que cada aula terá duração de 3 horas-aulas.
Cronograma de Atividades
Aula 1: 1. Interruptores de Potência
1.1 - Introdução
1.2 - O Retificador Controlado de Silício (SCR)
1.3 - O Transistor Bipolar de Potência
1.4 - O MOSFET de Potência
1.5 - O Tiristor com Bloqueio pelo Gatilho ( GTO )
1.6 - O TRIAC
1.7 - O IGBT
1.8 - Comparações e Análise das Aplicações de cada Dispositivo

Aula 2: 2. Retificadores Controlados (Retificadores a Tiristor)


2.1 - Retificador Monofásico de Meia Onda
2.2 - Retificadores Monofásicos de Onda Completa
2.3 - Retificador Trifásico em Ponte
2.4 - Circuitos de Comando de Retificadores a Tiristor

Aula 3: 3 - Conversores CA - CA
3.1 - Introdução
3.2 - Gradador Monofásico
3.3 - Gradador Trifásico
3.4 - Controle por Ciclos Inteiros
3.5 - Princípio de Funcionamento dos Cicloconversores
3.6 - Exemplos de Aplicação

Aula 4: 4 - Conversores CC - CC
4.1 - Introdução
4.2 - Conversor CC - CC Elevador de Tensão
4.3 - Conversor CC - CC Abaixador de Tensão
4.4 - Modos de Variação de Razão Cíclica
4.5 - Exemplos de Aplicação

Cont...
Aula 5: 5 - Teoria Básica dos Inversores
5.1 - Introdução
5.2 - Inversor Monofásico em Ponte
5.3 - Inversor Monofásico em Meia Ponte
5.4 - Inversor “Push-Pull”
5.5 - Exemplos de Aplicação

Modalidades e Critérios da Avaliação da Aprendizagem


Como critério de aprendizagem:
 É proibido o uso de telefones celulares em aula e principalmente nos dias de provas.
Para a conclusão e aprovação no curso de Eletrônica de Potência, conforme o regimento de graduação desta IES,
serão necessários dois requisitos:
 Os alunos que obtiverem MF ≥ 5,0.
 Frequência às aulas de no mínimo 75%.
A MF será composta pela média aritmética das avaliações e trabalhos AV1, AV2 e AV3.
 MF = (AV1 + AV2+AV3)/3
 AV1: A nota da primeira avaliação será assim distribuída: 70% correspondem a prova escrita e 30% em
trabalhos individuais (resumos, exercícios).
 AV2: A nota da segunda avaliação será assim distribuída: 70% correspondem a relatórios produzidos em
equipe de análise de simulações realizadas para sistemas estudados em sala de aula e 30% em trabalhos
individuais (resumos, exercícios).
 AV3: Trabalho em equipe e compreende ao estudo detalhado de sistemas comentados e propostos em sala,
incluindo suas aplicações.

Legenda:
MF = Média Final
AV1, AV2, ..., etc. = Primeira Avaliação, Segunda Avaliação, ... etc..
Bibliografia
Bibliografia Básica:
1. Ashfaq Ahmed. Eletrônica de Potência. Pearson. 1998.
2. “Power Semiconductor Circuits” , S. B. Dewan & A. Straughen, John Wiley & Sons, 1975.
3. “Eletrônica de Potência” , Ivo Barbi , Editora da UFSC, 1986.
4. Muhammad Rashid. Eletrõnica de Potência.

Bibliografia Complementar:
5. “Power Electronics - Devices, Drivers and Applications”, B. W. Willians, Macmillan Education LTD, 1987.
6. “Eletrônica de Potência”, José Luiz Antunes Almeida, Editora Érica,1986.
7. Boylestad/Nashelsky Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos, Prentice-Hall do Brasil, 2004,8a Ed.
8. Daniel W. Hart. Eletrônica de Potência – Análise e Projetos de Circuitos, AMGH Editora Ltda, 2012.